A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comitê Técnico Nacional de Produtos Médicos CTNPM Dr. Valdmário Rodrigues Diretor de Integração Cooperativista – U. Brasil Dr. Marcolino Cargnin Cabral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comitê Técnico Nacional de Produtos Médicos CTNPM Dr. Valdmário Rodrigues Diretor de Integração Cooperativista – U. Brasil Dr. Marcolino Cargnin Cabral."— Transcrição da apresentação:

1 Comitê Técnico Nacional de Produtos Médicos CTNPM Dr. Valdmário Rodrigues Diretor de Integração Cooperativista – U. Brasil Dr. Marcolino Cargnin Cabral Diretor Administrativo-Financeiro – U. Mercosul

2 GASTOS COM OPME Órteses, Próteses, Materiais Especiais e Medicamentos Sistema Unimed Brasil R$ 2,5 bilhões/ano

3 Cenário Anterior NEGOCIAÇÕES ISOLADAS PREÇOS ABUSIVOS

4 Cenário Anterior FALTA DE PADRONIZAÇÃO DIFERENTES FORMAS OPERACIONAIS

5 Cenário Anterior SEGREGAÇÃO DO SISTEMA – BENEFÍCIO DOS FORNECEDORES

6 Cenário Anterior DISPARIDADES DE VALORES ENTRE OS ESTADOS E DENTRO DOS ESTADOS

7 Cenário Anterior UNIMED PRESA FÁCIL AO MERCADO DE OPME

8 Modelo Ideal e Proposto Objetivos Combater o crescimento dos custos assistenciais; Conter a prática de preços abusivos pelos Fornecedores; Uniformizar os preços dentro e entre os Estados; Reduzir a diferença de preços do mesmo material ou similares;

9 Modelo Ideal e Proposto Objetivos Resgatar o direito de comprador e pagador da conta; Profissionalizar o Sistema – sinergias estratégicas e operacionais únicas (Negociações); Colaborar para a justa remuneração do ato médico aos Cooperados; Padronizar a incorporação de novas tecnologias.

10 Modelo Ideal e Proposto Responsabilidade Civil e Solidária Art Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo. Art Os bens do responsável pela ofensa ou violação do direito de outrem ficam sujeitos à reparação do dano causado; e, se a ofensa tiver mais de um autor, todos responderão solidariamente pela reparação.

11 Modelo Ideal e Proposto Organizar um processo de negociação de materiais de alto custo; Criar referenciais de preços e condutas para nortear a política de intercâmbio; Criar uma estrutura técnica operacional do processo de contratação de fornecedores (RDC 59); Desenvolver negociações e compras conjuntas para a rede própria do sistema; Estabelecer políticas de relacionamento entre todas as partes envolvidas no processo.

12

13 Definição de CTNPM... O que é o CTNPM? É um fórum de negociação de OPME, com o propósito de viabilizar junto aos seus principais fornecedores, condições comerciais justas e compatíveis com o potencial de negócio oferecido pelo Sistema da Unimed do Brasil.

14 Trabalhos realizados em 2010 e 2011

15 Reuniões Realizadas Empresas Atendidas Empresas Negociadas Visitas Técnicas Realizadas 15 reuniões 19 Empresas 15 Empresas 28 Visitas

16 Linha Cardiovascular Linha Bariátrica Linha Ortopedia – Coluna e Trauma Linha Cardioarritmia Linha Neuroendovascular Linha Endoscopia Linha Eletrofisiologia Linha Cirurgia Geral Linhas de materiais 09 Itens negociados – Kits e itens individuais 540

17 Visitas Técnicas 28 empresas visitadas Constatações: - Quebra de paradigmas; Receptivas as mudanças; Movimento no mercado; Credibilidade no Sistema Unimed; Resgate como Comprador

18 Planejamento Estratégico

19 Evoluir para uma Tabela Nacional com preços únicos – meta 2012 Realizar negociações para a rede própria do Sistema Unimed Integrar e definir papéis de atuação dos núcleos estaduais/regionais com o CTNPM Capacitar o grupo para o aprimoramento das negociações (treinamento para fortalecer o processo de negociação) Desenvolver alinhamento estratégico com o Colégio Nacional de Auditores, Comitê de Intercâmbio e Medicina Baseada em Evidências Criar mecanismos de monitoramento das ações nas Singulares definidas pelo CTNPM

20 Capacitação do Comitê 2011

21 Treinamento de Negociação Avançada

22

23 Os preços dos materiais devem obedecer os valores máximos negociados pelo Comitê Técnico Nacional de Produtos Médicos Unimed (CTNPM) para os atendimentos nos Hospitais próprios do Sistema Unimed e aqueles em que a Unimed Executora possua negociação de pagamento direto ao fornecedor.

24 Delimitação dos Fóruns de negociação

25 In Loco FORNECEDORES LOCAIS; ESPECIALIDADES NAO NEGOCIADAS NOS FÓRUNS MAIORES; PROIBIDO RENEGOCIAR TABELAS DEFINIDAS PELOS GRUPOS MAIORES Estadual FORNECEDORES ESTADUAIS ou REGIÃO DENTRO DO ESTADO; ESPECIALIDADES NAO NEGOCIADAS NOS FÓRUNS MAIORES; PROIBIDO RENEGOCIAR TABELAS DEFINIDAS PELOS GRUPOS MAIORES CTM - Mercosul FORNECEDORES/FABRICAN TES QUE ATENDEM PELO MENOS 2, DOS 3 ESTADOS; PERMITIDO RENEGOCIAR/APRIMORAR QUANDO A NEGOCIAÇÃO DO CTNPM FOR DE PREÇO MÁXIMO, DESDE QUE SEJA COM FORNECEDOR JÁ PARCEIRO DO CTM. CTNPM - Brasil FABRICANTES OU IMPORTADORES QUE ATENDAM ALÉM DOS 3 ESTADOS DO SUL; FOCO EM PREÇO ÚNICO, MENOR DO QUE O PRATICADO EM QUALQUER LUGAR DO BRASIL; SEGUNDA ALTERNATIVA, PREÇO MAXIMO PRATICADO NO BRASIL; O CTNPM INFORMARÁ O FORNECEDOR QUE POSSÍVELMENTE SERÁ CHAMADO NOS COMITES ESTADUAIS E/OU MERCOSUL, PARA MELHORAR NEGOCIAÇÃO, SE ALI ELE ACORDAR UM TETO E NÃO TABELA ÚNICA. Delimitação dos Fóruns de Negociação

26 6ª Reunião CTNPM – São Paulo Maio/2010

27 12ª Reunião CTNPM – São Paulo Fevereiro/2011

28 15ª Reunião CTNPM – São Paulo Maio/2011

29 Adesão total das Federações/ Singulares ao CTNPM (Sintonia Política e Operacional) 1. Ações junto ao cooperado 2. Cumprimento dos acordos 3. Busca do faturamento direto pelas Unimeds 4. Levantamento e integração das informações 5. Atuação de todas as áreas envolvidas: auditoria, autorização e comitês de especialidades. Adesão total das Federações/ Singulares ao CTNPM (Sintonia Política e Operacional) 1. Ações junto ao cooperado 2. Cumprimento dos acordos 3. Busca do faturamento direto pelas Unimeds 4. Levantamento e integração das informações 5. Atuação de todas as áreas envolvidas: auditoria, autorização e comitês de especialidades.

30 Estratégias de Negociação Preço único nacional, valor abaixo do menor praticado sistema Unimed Preço máximo nacional (teto), respeitando: - o valor menor já praticado por algumas Singulares. - Fornecedores com dificuldade de composição de preço único – práticas de mercado.

31 Estratégias de Negociação Negociações conquistando preços únicos nacionais: ganhos nas singulares e no intercâmbio. Preço acordado referencial – possibilidade de compra por volume ou pagamento antecipado – Rede Própria.

32 Algumas considerações Reconhecimento do Comitê Nacional pelas Empresas Fornecedoras (Reuniões com os Diretores Mundiais): Covidien Boston Abbott US Endoscopy CTNPM

33 Resultados Econômicos

34 Bariátrica Endoscopia Tabela única de Preços

35 2009 Hemodinâmic a aa 2010 Teto Máximo

36 ECONOMIA ESTIMADA MILHÕES

37 153 MILHÕES +70%

38 Obrigado!


Carregar ppt "Comitê Técnico Nacional de Produtos Médicos CTNPM Dr. Valdmário Rodrigues Diretor de Integração Cooperativista – U. Brasil Dr. Marcolino Cargnin Cabral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google