A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cientificidade na Execução da Proéxis Prof. Cícero Schünemann Fev/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cientificidade na Execução da Proéxis Prof. Cícero Schünemann Fev/2012."— Transcrição da apresentação:

1 Cientificidade na Execução da Proéxis Prof. Cícero Schünemann Fev/2012

2 Principais Tópicos Vivência do paradigma consciencial. Assimilação de verdades relativas de ponta. Ser pesquisador(a). Explorar o laboratório consciencial. Argumentação científica. Gestações conscienciais. Inovação na Proéxis.

3 Histórico pessoal Voluntariado –APEX –Editorial (Revista Conscientia) Docência Metodologia

4 Ciência / Cientificidade 1.Ramo de conhecimento sistematizado como campo de estudo ou observação e classificação dos fatos atinentes a um determinado grupo de fenômenos e formulação das leis gerais que os regem. 2.Soma dos conhecimentos práticos que servem a determinado fim. Cientificidade: qualidade do emprego da postura científica.

5 Vivência do Paradigma Consciencial Escolha um trabalho que voê ame e não terá de trabalhar um único dia em sua vida. Confúcio

6 Vivência do Paradigma Consciencial O principal instrumento utilizado pelo pesquisador é a própria consciência. Vontade. A força íntima suprema da consciência é a impulsão da vontade.

7 Princípio da Descrença Não acredite em nada, nem mesmo o que for falado e debatido aqui nesta web conference. EXPERIMENTE. Tenha suas vivências pessoais.

8 Autoenfrentamento / Hiperacuidade Nem toda a descoberta traz tranquilidade. Hiperacuidade. O ponto mais alto da consciência quanto à evolução é a sua lucidez (hiperacuidade, ou nível de recuperação dos cons).

9 Vivência do Paradigma Consciencial Nem toda a descoberta traz tranquilidade. Hiperacuidade. O ponto mais alto da consciência quanto à evolução é a sua lucidez (hiperacuidade, ou nível de recuperação dos cons).

10 Características do Paradigma Consciencial Auto e heteroconsciencialidade Autoevolução consciencial Autoexperimentação persuasiva. Bioenergética autoconsciente. Causas extrafísicas nas pesquisas (parafatos).

11 Características do Paradigma Consciencial … Cosmoconsciência e ideias originais. Cosmoética autoconsciente vivenciada. Holossomática. Laboratório consciencial. Maxiuniversalismo.

12 Características do Paradigma Consciencial … Modelo prático: serenão. Multidimensionalidade. Multidotação e interdisciplinaridade. Multisserialidade. Neociência. Paracérebro.

13 Características do Paradigma Consciencial … Pensene. Pesquisas conscienciais diretas. Pesquisas participativas. Predomínio do autodidatismo teático. Valorização do parapsiquismo útil.

14 Teste do Espírito Científico Discernimento. Disciplina (auto-organização; priorização; trabalhar em equipe; autolucidez); Cultura (acumulação de conhecimento; biblioteca pessoal fecunda); Família (domicílio estável; personalidade confiável; menor entropia no dia-a-dia).

15 Opções da Conscienciologia Abertismo consciencial. Animismo ativo. Atacadismo consciencial. Autenticidade plena. Autoconhecimento. Autodeterminação. Autovivência lúcida.

16 Opções da Conscienciologia... Gestações conscienciais. Interdependência / interassistência. Mentalsomática. Projetabilidade lúcida. Tarefa do esclarecimento. Verdade relativa de ponta.

17 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à vivência do paradigma consciencial) Sabedoria significa vivência. Multipliquemos nossas vivências. Vivências constituem autoprovas. Não basta viver. Viver: pensenizar ininterruptamente.

18 Exemplos (Relacionados à vivência do paradigma consciencial) 20 EVs. Holopensenes. Iscagem lúcida. Labcon. Projeções lúcidas.

19 Bibliografia (Relacionada à vivência do paradigma consciencial) Vieira, Waldo. 700 Experimentos da Conscienciologia. Idem, Projeciologia – panorama das experiências fora do corpo humano. Idem, Manual dos Megapensenes Trivocabulares.

20 Assimilação de Verpons A verpon, ou verdade relativa de ponta, é a conformidade entre o neopensene, a expressão do neopensene (forma) e o objeto do neopensene (conteúdo), ou a realidade (fato) ou pararrealidade (parafato) nova, existindo iniludivelmente para a própria conscin (autoconvicção), segundo o princípio da descrença, obtida por intermédio das pesquisas da Conscienciologia.

21 Fatologia relacionada à verpon A primeira informação. A renovação. A curiosidade científica. A descoberta. O neoconhecimento. A exploração do desconhecido. O extrapolacionismo.

22 A VERDADE RELATIVA DE PONTA, DE QUALQUER NATUREZA, EM GERAL CHEGA GERANDO IMPACTO, INCLUSIVE SOBRE O PROPOSITOR, HOMEM OU MULHER, EM TODO LUGAR, SOCIN OU MOMENTO EVOLUTIVO. Questionologia. Quais verpons da Conscienciologia causaram impacto em você? Qual a razão? Qual a natureza? Quais consequências proveitosas refletiram na proéxis?

23 Assimilação de verpons 2ª Dessoma. Centrais extrafísicas (energias, fraternidade, verdade). Cosmovisão / Cosmoconsciência. Docência. Epicentrismo consciencial. Estado da consciência contínua.

24 Assimilação de verpons Gestações Conscienciais / Megagescon. Holomaturidade. Importância da quantidade da qualidade. Intermissibilidade. Ísca lúcida. Macrossoma. Paramicrochip.

25 Assimilação de verpons Policarmalidade. Proéxis / Compléxis / Moréxis. Serenões. Telepatia / Conscienciês. Tenepes / Ofiex. Voluntariado.

26 Relação verpon / pedidos Você não mais pede nem reclama, em seus pensamentos, reflexões, sentimentos, idealizações, devaneios e anseios, quaisquer condições ou facilitações que constituam tão-somente interesses personalistas para você próprio, por mais sutis, mascarados, maquilados ou indiretos que você possa apresentá-las, para si mesmo.

27 O efeito da verpon é a consequência direta, imediata, da autovivência ou exemplificação das verdades relativas de ponta por parte da conscin lúcida empenhada na reciclagem da própria evolução, eliminando definitivamente o bifrontismo, o murismo e as demagogias de toda natureza.

28 A CONDIÇÃO DA RENDIÇÃO ÀS VERDADES RELATIVAS DE PONTA AVANÇADAS INDICAM, INVARIAVEL- MENTE, A ULTRAPASSAGEM DE ALGUM GARGALO DE ELEVADA EXPRESSÃO AUTEVOLUTIVA DA CONSCIN LÚCIDA.

29 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à assimilação das verpons) Amemos a verdade. A verdade amadurece. Encaremos a verdade. Sejamos a verdade. Toda verdade ensina. Verdade: realidade provisória.

30 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à assimilação das verpons) As verdade envelhecem. As verdades espetam. Encontremos novas verdades. Há verdades evidentes. Verdades avançadas tumultuam. Evitemos viver sobrecarregados.

31 Bibliografia (Relacionada à assimilação das verpons) Vieira, Waldo. Enciclopédia da Conscienciologia. Verbetes: Efeito da Verpon; Rendição à Verpon; Verpon. Idem. Manual dos Megapensenes Trivocabulares.

32 Ser pesquisador Necessidade. A Ciência se origina da necessidade de saber e entender. Dúvida. A dúvida fundamenta a Ciência. Questionamento. O questionamento é uma necessidade para a permanente produção de ideias originais.

33 Normas para a atividade científica: Conhecimento. Avaliar o conhecimento novo crítica e objetivamente. Desinteresse. Empregar os seus achados de modo desinteressado do ponto de vista econômico-financeiro. Mérito. Avaliar o mérito independente das condições sociais ou pessoais do(a) cientista. Achados. Os achados não são propriedade do(a) cientista, sendo proibido o segredo. Neutralidade. Do trabalho do cientista, se espera uma atitude de neutralidade emocional com respeito ao seu trabalho.

34 Características do conhecimento científico Abertura. Acumulação. Análise (re-análise). Clareza. Comunicabilidade. Dependência à verificação metódica (exaustibilidade).

35 Características do conhecimento científico … Explicitação. Factualidade (realidade). Falibilidade. Generalidade. Objetividade. Precisão (na forma e no conteúdo).

36 Características do conhecimento científico … Predição (Ciência preditiva). Racionalidade (lógica, discernimento, razão). Sistematização (codificação, decodificação, recodificação). Transcendência aos fatos. Utilidade (aplicação, praticidade, tecnologia). Verificabilidade (reverificabilidade).

37 Parapsiquismo Apesar do método frio no contexto científico, os atributos intuitivos, ou os recursos transracionais, parapsíquicos, são decisivos nas descobertas.

38 Características da tecnologia 1.Universo. A tecnologia é local (empresas). 2.Desenvolvimento. Busca desenvolver um produto. 3.Acesso. Não é de livre acesso ao modo da Ciência. 4.Comunicação. Não é publicada. 5.Proteção. É protegida por patentes. 6.Competição. Desenvolve-se pela competitividade na economia. 7.Mercado. A aquisição é feita pela cotação do mercado. 8.Indução. É induzida por uma demanda econômica ou social. 9.Espontaneidade. Raramente a pesquisa tecnológica é espontânea qual ocorre, não raro, com a Ciência (serendipitia).

39 O aspecto mais triste da vida de hoje é que a ciência ganha em conhecimento mais rapidamente que a sociedade em sabedoria. Isaac Asimov

40 Humanidade É inteligente desejar que as potencialidades dos conhecimentos e descobertas da Ciência sejam sempre empregadas a favor da humanidade.

41

42

43 Pesquisa quantitativa

44 Pesquisa Qualitativa

45 DimensãoPesq. QuantitativaPesq. Qualitativa Realidade a estudar Existe uma realidade a conhecer Existe uma realizade a descobrir, construir e interpretar Natureza da realidade Não se altera pelas observações Altera pelas observações da pesquisa ObejtividadeObjetivaAdmite subjetividade Metas da pesquisa Descrever, explicar e prever fenômenos Descrever, compreender e interpretar fenômenos através das percepções produzidos pelas experiências dos participantes. LógicaDedutivaIndutiva

46 DimensãoPesq. QuantitativaPesq. Qualitativa Posição pessoal do pesquisador Neutra Explícita. O presquisador reconhece seus próprios valores e são parte do estudo. Interação entre pesquisador e o fenômeno Distanciada, separada. Independência e neutralidade. Própria, pode haver contato. Interdependência, se influenciam. Papéis dos fenômenos PassivosAtivos Papel da revisão da literatura Tem um papel crucial Desempenha papel menos importante no início. Modelo de pesquisa Estruturado, predeterminado (precede a coleta dos dados) Aberto, flexível, construído durante o trabalho de campo ou realização do estudo

47 DimensãoPesq. QuantitativaPesq. Qualitativa População- amostra O objetivo é generalizar os dados Normalmente não se pretende generalizar Natureza dos dados Numéricos, confiáveis Textos, narrações, profundos, enriquecedores Coleta dos dados Instrumentos padronizados Orientada a prover um maior entendimento dos significados Característica da análise dos dados Sistematizada; estatística; com base em variáveis; posterior à coleta dos dados Varia conforme a coleta dos dados; simultânea à coleta dos dados; a análise consiste em descrever informações e desenvolver temas

48 Fatos Fatos. Contra fatos não há argumentos. Refutação. Toda a teoria deve ser posta a prova, na tentativa de refutá-la. Refutá-la, não de confirmá-la. Um pesquisador de 1ª ordem tem maior validade do que muitos outros pesquisadores de 2ª ordem.

49 A TENDÊNCIA APRESENTADA PELO PESQUISADOR OU PESQUISADORA, ATUANTE NO UNIVERSO DA CONSCIENCIOLOGIA, É, ANTES DE TUDO, SER CURIOSO, POLIVALENTE E VALORIZADOR DO AUTOPARAPSIQUISMO.

50 Posturas Próprias do Cientista Posturas. A tendência do cientista interdisciplinar, generalista e universalista é tornar-se cada vez mais específico com a sua Ciência, sem chegar a um especialismo hemiplégico, e isso se reflete em seus atos comuns no cotidiano.

51 Posturas Próprias do Cientista 1.Acerto. 2.Antientropia. 3.Bem-estar. 4.Ciência. 5.Conjectura. 6.Consciencialidade. 7.Depuração. 8.Dessacralização. 9.Dúvidas.

52 Posturas Próprias do Cientista 10. Exatidão. 11. Franqueza. 12. Humanismo. 13. Logicidade. 14. Objetividade. 15. Omniquestionamentos. 16. Paciência. 17. Pensenidade. 18. Previsão.

53 Posturas Próprias do Cientista 19. Prudência. 20. Racionalidade. 21. Refinamento. 22. Reflexão. 23. Sociabilidade. 24. Teática. 25. Verbação.

54 Otimizações da postura científica Contatos. Heterocríticas. Ideias. Intercâmbios. Laboratórios. Leituras. Participar em eventos científicos. Poliglotismo. Publicações.

55 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Ciência: acerto lógico. Ciência: alta cultura. Ciência: criatividade curativa. Ciência: curiosidade, esperança. Ciência: discernimentos práticos.

56 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Ciência é riqueza. Ciência: filosofia teática. Ciência: interrogações ininterruptas. Ciência: megacultura básica. Ciência: megacumulação, superrrenovação.

57 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Ciência: prática prazerosa. Ciência: universalismo altruísta. Ciência: verdade prática. Igreja, não. Ciência. Inexiste ciência nacional.

58 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Muitas interrogações: Ciência. Multipliquemos as ciências. Cientista: artista cerebral. Cientista: curioso profissional. O cientista explica.

59 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Lógica: alma científica. Criemos pensenes exemplares. Penso, logo duvido. Quando pensamos, vivemos. Sabedoria: avidez mentalsomática.

60 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Pesquisar: montar puzzles. Pesquisar é descrer. Pesquisar: entrecruzar achados. Pesquisemos, pesquisemos, pesquisemos.

61 Megapensenes Trivocabulares (Relacionados à Pesquisa e ao Pesquisador) Quem duvida, pesquisa. Quem pesquisa, encontra. Quem pesquisa, escreve. Quem pesquisa, publica.

62 Bibliografia (Relacionada à Ser Pesquisador) Sampieri, Roberto H.; Fernández-Collado, Carlos; & Lucio, Pilar Baptista. Metodología de la Investigación. Vieira, Waldo. 700 Experimentos da Conscienciologia. Idem. Enciclopédia da Conscienciologia. Verbete: Pesquisador Conscienciológico. Idem. Manual dos Megapensenes Trivocabulares.

63 Explorar o labcon Explorar o laboratório consciencial - labcon – significa adentrar, compreender, investigar e tirar o máximo proveito das próprias vivências com a finalidade de otimizar os neoconhecimentos e promover reciclagens existenciais, 24h por dia.

64 Falta de tempo é desculpa daqueles que perdem tempo por falta de métodos. Albert Einstein

65 Facetas da autopesquisa As autoavaliações alicerçam as autopesquisas. Autocomprovar. Autoconfrontar. Autoconhecer. Autoenfrentamento. Autoexperimentar.

66 Facetas da autopesquisa … Autopesquisa é análise. Recéxis é síntese. Autoverbação. Código Pessoal de Cosmoética – CPC. Compreender a autoparaprocedência. Descrença. Eliminar o achismo.

67 Facetas da autopesquisa … Leituras com anotações. O objetivo é a evolução. Possuir autodisponibilidade pesquisística. Possuir rotinas úteis das autopesquisas. Realizar pesquisas ininterrúptas é um megainvestimento.

68 Facetas da autopesquisa … Recuperar cons magnos. Reeducação através do exemplarismo. Ser altruísta, combater o egocentrismo. Ser autocrítico. Sinalética parapsíquica pessoal atuante. Ter ousadia criativa.

69 Quem não pesquisa fica, evolutivamente, para trás.

70 O AUTOPESQUISADOR IDEAL É O SER TRIDOTADO CURIOSO, AUTOCOBAIA, EXPERIMENTADOR- SENSITIVO, FILÓSOFO-FILÓLOGO, LEXICÓGRAFO-ANALÓGICO (IDEIAS AFINS) E EXPERIMENTADOR- RELATOR COSMOÉTICO.

71 Bibliografia (Relacionada à Exploração do Labcon) Vieira, Waldo. Enciclopédia da Conscienciologia. Verbete: Autopesquisologia Idem. Manual dos Me.gapensenes Trivocabulares.

72 Argumentação científica A argumentação científica é a expressão comunicativa com base na claresa das ideias, com sequenciamento didático, lógica e objetividade, apresentando conteúdo esclarecedor. A argumentação científica aliada à cosmoética é caminho para a ortopensenidade.

73 Ortopensenidade A ortopensenidade é a qualidade, o ato ou o efeito da manutenção da autopensenidade caracterizada pelo predomínio constante dos ortopensenes, os pensenes retos ou cosmoéticos, compondo a condição própria da holomaturidade da consciência, conscin ou consciex, e a unidade da Cosmoeticologia Prática.

74 Experiência Revista Conscientia Objetivo. Introdução – Desenvolvimento – Conclusão. Alface. Parágrafos soltos. Técnica do 1 o botão da camisa.

75 Gestações Conscienciais Busca ampliar a conta corrente policármica. Idéias libertárias. Lucidez multidimensional. Maturidade consciencial. Maxifraternidade. Obras perenes.

76 Gestações Conscienciais Quantidade x qualidade. Exemplos: Internet. Artigos acadêmicos. No que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz. Ayrton Senna

77 Megapensenes Trivocabulares Livro: catalizador imaginativo. Livro: grafopensene fixado. Livro: legado consciencial. Livros geram livros. Livros: megaferramentas prioritárias. Os livros inspiram.

78 Inovação na Proéxis As programações existenciais são únicas, personalíssimas. Como é possível ser completista em uma proéxis personalíssima sem inovar?

79 Inovação na Proéxis Inovação é uma neoideia implementada com sucesso, que produz resultados evolutivos. Inovação na proéxis é um processo estratégico de renovação contínua da própria consciencialidade e de criação de novos empreendimentos evolutivos e gestações conscienciais.

80

81 Bibliografia (Relacionada à Proéxis Inovadora) Schünemann, Cícero. Perfil Inovador e Empreendedor de Alberto Santos- Dumont. Vieira, Waldo, Manual da Proéxis.

82 Curso EAD – Ensino a Distância Introdução à Programação Existencial Período: 01/Mar/12 a 01/Mai/12. Informações: (45) ou


Carregar ppt "Cientificidade na Execução da Proéxis Prof. Cícero Schünemann Fev/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google