A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Living Labs no Contexto da Inovação Tecnológica Prof. Dr. Anilton Salles Garcia Dr. Álvaro Duarte Oliveira

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Living Labs no Contexto da Inovação Tecnológica Prof. Dr. Anilton Salles Garcia Dr. Álvaro Duarte Oliveira"— Transcrição da apresentação:

1 Living Labs no Contexto da Inovação Tecnológica Prof. Dr. Anilton Salles Garcia Dr. Álvaro Duarte Oliveira

2 2 O que é um Living Lab? Eco-Sistema envolvendo todos os agentes da Inovação e no qual a inovação aberta se desenvolve centrada nos usuários e estimulada por estes.

3 O que é um Living Lab(1/3) Parceria Público-Privadas na qual empresas, organizações de pesquisa, governo e cidadãos trabalham juntos na co-criação da inovação. É uma metodologia para Inovação Aberta fomentada pelos Usuários (UDI - User Driven Open Innovation). É também a organização que coordena e facilita atividades baseadas nessa metodologia. Está relacionada à experimentação e a co-criação com usuários reais em ambientes da vida real, onde os usuários junto com os pesquisadores, empresas e instituições públicas procuram juntos novas soluções, novos produtos, novos serviços, novos modelos de negócio ou novos mercados. 3

4 O que é um Living Lab(2/3) User-driven significa envolver os usuários tanto como agentes ativos do processo de P,D&I. Antes os usuários eram objetos do ciclo de desenvolvimento do produto (user-centric model), agora eles são sujeitos ativos nos Living Labs – parceiros de igual valor com setor público, academia e negócios. Para os usuários as principais motivações para serem parceiros ativos são a paixão por desenvolver produtos e serviços para seu uso e terem o reconhecimento (trust and reputation) como utilizadores iniciais (early adopters) nas Comunidades de usuários 4

5 O que é um Living Lab(3/3) Ambiente da vida real, local habitual aonde o usuário (residente, trabalhador, estudante, visitante, consumidor ou cidadão) vive,trabalha, estuda, joga, se diverte. Neste ambiente real experimenta novas idéias, produtos e serviços e realiza seu teste. O ambiente da vida real substitui o ambiente clássico de laboratório onde os cientistas e técnicos procuravam desenhar e desenvolver produtos e serviços para satisfazer necessidades de mercado que muitas vezes não existem ou não conseguem satisfazer. 5

6 Living Labs Parcerias Públicas – Privadas Cidadãos operando em ambientes reais de trabalho e de vida Fornecendo serviços de apoio à Inovação orientada e promovida pelos usuários PESSOAS UNIVERSIDADES GOVERNO EMPRESAS (A designação Living Lab foi criada por Bill Mitchell, MIT) © 2008 European Network of Living Labs

7 7 Inovação estimulada pelo usuário Inovação estimulada pelo usuário As Metodologias de inovação Living Lab são baseadas no interesse dos usuários e na imposição tecnológica. Inovação do usuário significa inovação proveniente dos usuários, consumidores/cidadãos em vez dos cientistas e tecnólogos. Inovação centrada no utilizador significa produtos e serviços focados no usuário em todas as fases do desenvolvimento Inovação desenvolvida pelo usuário significa que os usuários têm influência direta no processo de co-criação. As Metodologias de inovação Living Lab são baseadas no interesse dos usuários e na imposição tecnológica. Inovação do usuário significa inovação proveniente dos usuários, consumidores/cidadãos em vez dos cientistas e tecnólogos. Inovação centrada no utilizador significa produtos e serviços focados no usuário em todas as fases do desenvolvimento Inovação desenvolvida pelo usuário significa que os usuários têm influência direta no processo de co-criação.

8 8 Inovação Inovação Fechada Refere-se a metodologias de inovação que se limitam à utilização dos conhecimentos internos de uma empresa com pouca ou nenhuma abertura ao conhecimento exterior. Inovação Aberta Utilização de fluxos de conhecimento para dentro e para fora da empresa capazes de acelerar a inovação interna. Ligação ao mercado, estimulando o avanço do desenvolvimento de novas tecnologias, produtos e serviços.

9 Fatores de mudança dos Living Labs A Internet está no centro da mudança Plataformas e conectividade abertas são facilitadores fundamentais A inovação aberta é a alma da competividade (Redes sociais,código aberto). Emergência de novos serviços Living Labs são ambientes orientado para o ser humano. Promovem a inovação em mercados pioneiros A sustentabilidade ecológica promove a mudança comportamental do consumidor © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL)

10 – Melhor acesso às idéias externas – Melhor utilização e mais alargada das idéias internas – Aceleração do processo de inovação – Aumentar a atividade de P,D&I. – Explorar a criação de novos conhecimentos e de novos modelos de negócio © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL) Da inovação proprietária à inovação aberta

11 Maturidade Tecnológica vs. Aceitação © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL) IDEIACONCEITO PROTÓTIPOPILOTOADOTAOTIMIZACRESCE Aceitação Humana Maturidade Tecnológica Processo Tradicional Processo Social

12 Maturidade Tecnológica vs. Aceitação © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL) IDEIACONCEITOPROTÓTIPOPILOTOADOPTAOPTIMIZACRESCE Aceitação Humana Maturidade Tecnológica Processo Tradicional Processo Social

13 13 © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL) – FIAM, Manaus, Inovação Aberta

14 Cultura de inovação aberta no Brasil Criatividade. Aderência à novidade. Inovaçao e experimentação Empreendorismo (Banco eletrônico,Orkut) Colaboração. Solidaridade social Co-criação de novos produtos e serviços. Atitude emocional.Envolvimento mais forte. Maior produtividade. Qualidade de vida Governo eletrônico avançado. Código aberto. Facilita inovação noutros serviços. Cultura abertaDesenvolvimento de redes. Acrescenta valor.

15 O elo perdido da inovação Terra de Ninguém da Inovação PESQUISA -PUSH MERCADO-PULL FASE 2 APLICAÇÃO FASE 3 PROTÓTIPO FASE 4 PRODUTO/SERVIÇO PRE-COMERCIAL FASE 5 PRODUTO/SERVIÇO COMERCIAL FASE 1 PESQUISA © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL)

16 16 Ecossistema Empresarial Um eco-sistema é um sistema cujos membros se beneficiam recíprocamente através da participação das relações simbióticas (soma de relacionamentos positivos). É um termo que tem origem na biologia, e refere-se aos sistemas auto- sustentados. Um eco-sistema pode ser visto como um sistema onde as relações estabelecidas entre diferentes indústrias se tornam mutuamente benéficas gerando um modelo de negócio auto- sustentável. Ecossistema Natural Eco-sistemas

17 Ecossistema do Living Lab Living Lab Comunidades de Utilizadores Empresas Governo Local, Regional e Nacional Universidades e Institutos de investigação Financiamento Agentes de IDI Facilitação

18 As Comunidades de utilizadores nos Living Labs Comunidade Virtual Comunidade de Usuários Universidades e Institutos de investigação Comunidades de utilizadores Empresas Financiamento e Gestão Politicas e Facilitação

19 Espaço de actuaçãodos LLs Envolvimento dos utilizadores Entusiastas Utilizadores precoces(visionários) Consumidores Financiamento publico e privado da investigação Capital semente Capital de risco Bancos de investimento Lacuna pré-comercial Investigação Básica Investigação aplicada Pilotos de demonstração Desenvolvimento de produtos e serviços Mercado Ecosistemas de Inovação aberta estimulada pelos utilizadores e envolvendo todos os agentes relevantes da cadeia de valor Parcerias publico-privadas Mercado inicial (Pragmáticos) O espaço de atuação dos Living Lab

20 Nível Humano Comunidades Nível Local/Regional Living Labs Nível Temático Rede temática de Living Labs Nível Global Redes Globais de Living Labs Nível de Utilização Test beds e outras plataformas de ensaio Nível Europeu Rede Europeia de Living Labs As Dimensões dos Living Labs

21 Posicionamento dos Living labs (source: Ballon et al. 2005) © 2008 European Network of Living Labs (ENoLL)

22 Living Labs emergentes no Brasil Serviços Bem estar e saúde Educação à distância Indústria criativa Inclusão digital Segurança pessoal e do património Serviços online Turismo temático Plataformas de convergência de serviços.

23 Living Labs emergentes no Brasil Tecnologias Energia.Cadeia de valor. Energia sustentável. Etanol Eficiência energética Tecnologias RFID e aplicações. Logística. Tecnologias de materiais. Nanotecnollogia. Indústria automotiva Indústria aeronáutica civil Biotenologia. Genétca. Tecnologias do ambiente Agroindústria

24 LLs Emergentes no Espirito Santo (1/3) 24 Saúde e Bem Estar Este Living Lab está no domínio e-Health e Wellbeing da ENoLL (European Network of Living Labs).Este Living Lab inclui as ações de Telemedicina já apoiadas pela FAPES/FACITEC. Energia Este Living Lab está no domínio Energy Efficiency do ENoLL e inclui os domínios da Eficiência Energética e das Energias Renováveis.

25 Inclusão Digital Este Living Lab já está constituído com apoio do FACITEC, UFES, Petrobras e já é reconhecido pelo ENoLL. Agronegócio Este Living Lab está no domínio Rural Agribusiness do ENoLL e inclui a área de Fruticultura e sua cadeia produtiva nos projetos em desenvolvimento pela INCAPER. LLs Emergentes no Espirito Santo (2/3) 25

26 Segurança Este Living Lab está no domínio Security do ENoLL e inclui todos os aspectos relacionados com Segurança Pública e Defesa Civil. LLs Emergentes no Espirito Santo (3/3) 26

27 27 do Plano Estratégico de Inovação e a Rede de Living Labs no Estado do Espírito Santo(1/4) 1. Levantamento dos recursos humanos, tecnológicos e econômicos da região e a construção de cenários de desenvolvimento na perspectiva da inovação. Com foco nos Living Labs. 2.Alinhamentos com as Politicas Nacionais e Estaduais de desenvolvimento sócio-económico, com destaque para as politicas e linhas de incentivos para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação 3.Enquadramento nas tendências em particular internacionais e nos fatores competitivos do Brasil e do Estado do Espirito Santo. Proposta para o Desenvolvimento

28 28 4.Definição de objetivos, indicadores e métricas de avaliação. 5.Plano de comunicação interativa com os cidadãos, empresas do Estado e outras organizações relevantes (SEBRAE-ES, Tecvitória, Federações, IEL/IDEIS, etc..) 6.Estabelecimento de linhas de acção, implementação de mecanismos de execução e operacionalização do Plano de Acção Proposta para o Desenvolvimento do Plano Estratégico de Inovação e a Rede de Living Labs no Estado do Espírito Santo(2/4)

29 29 7.Estudo de um sistema de incentivos para o desenvolvimento da Inovação no Estado do Espirito Santo orientado para a Inovação Aberta e participação das comunidades dos utilizadores num sistema de Living Labs. 8.Sistema de gestão, monotorização e avaliação com indicadores de sucesso. Benchmarketing Nacional e Internacional. Proposta para o Desenvolvimento do Plano Estratégico de Inovação e a Rede de Living Labs no Estado do Espírito Santo(3/4)

30 30 Identificação dos atores e da topologia das redes sociais, empresariais e institucionais existentes no Estado, com especial atenção para as redes inclusivas, para a erradicação da pobreza, a redução das desigualdades sociais e o desenvolvimento dos capitais sociais e humano dos capixabas. Proposta para o Desenvolvimento do Plano Estratégico de Inovação e a Rede de Living Labs no Estado do Espírito Santo(4/4)

31 Conclusões (1/2) Parcerias público-privadas são fundamentais Living Labs funcionam a nível regional, rural, urbano, setorial Colaboração de todos os intervenientes em todas as fases desde a co-criação à distribuição do produto ou serviço Comunidades de usuários participativos e fomentadores de Inovação 31

32 Conclusões (2/2) Um Living Lab se faz com: – Pessoas – Redes de pessoas e organizações – Redes de conhecimentos – Colaboração aberta Living Lab é uma metodologia para aumentar a eficiência e a eficácia do processo de inovação 32

33 33 Validação Bottom-up pelo usuário Orientação e validação pelo usuário / Inovação aberta Criação de ambientes facilitadores de inovação orientada para os usuários Ambiente de produção de conteúdos pelos usuários IPR ( Intellectual Property Rights ) e DRM ( Digital Rights Management ) Criando um ecossistema flexível de serviços PMEs locais inovadoras, arquiteturas e redes abertas Infra-estrutura de acesso Diversidade de redes e operadores regulados ou não-regulados

34 Obrigado Perguntas??


Carregar ppt "Living Labs no Contexto da Inovação Tecnológica Prof. Dr. Anilton Salles Garcia Dr. Álvaro Duarte Oliveira"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google