A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS 2012/2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS 2012/2013."— Transcrição da apresentação:

1 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS 2012/2013

2 Critérios de Avaliação Identificação e valoração Instrumentos de avaliação a utilizar Classificação e percentagens atribuídas nas fichas de avaliação

3 Critérios de Avaliação Efeitos do não cumprimento de alguns dos itens em observação Material necessário à aulaO caderno diárioConsiderações finais

4 Critérios de avaliação: identificação e valoração Conhecimento / Aprendizagem: 80% Atitudes e ética 20%

5 Critérios de Avaliação : Conhecimento/Aprendizagem Aquisição de conhecimentos Aquisição de conhecimentos Oralidade Oralidade Leitura e Escrita Leitura e Escrita Educação Literária Educação Literária Gramática Gramática

6 Critérios de Avaliação : Atitudes e ética Socialização Motivação Participação Organização Cooperação Responsabilidade Autonomia Assiduidade Pontualidade Comportamento

7 Critérios de Avaliação : instrumentos de avaliação Conhecimentos/Aprendizagens Fichas de avaliação Fichas de compreensão oral e escrita Participação oral Fichas de trabalho Trabalhos de casa (produto) Leitura Trabalhos de grupo Trabalhos de pesquisa / projeto Portefólio e / ou Plano de Trabalho (PT)

8 Critérios de Avaliação : instrumentos de avaliação Atitudes e ética Observação direta Observação direta - Postura - Empenho - Participação nas aulas - Participação nos trabalhos de grupo - Espírito de iniciativa - Sentido crítico Registos informais Registos informais Grelhas de observação: Grelhas de observação: - Trabalhos de casa; material; caderno diário; assiduidade; pontualidade; comportamento

9 Critérios de Avaliação : Classificação e percentagens atribuídas nas fichas de avaliação ClassificaçõesPercentagensNível correspondente Fraco Não satisfaz Satisfaz Satisfaz bem Satisfaz muito bem de 0% a 19% de 20% a 49% de 50% a 69% de 70% a 89% de 90% a 100%

10 Critérios de Avaliação : Efeitos do não cumprimento de alguns dos itens em observação OcorrênciaAlunoProfessor Não realização de um teste / ficha de avaliação ou de qualquer outro trabalho sujeito a avaliação, marcado pelo professor(a) Justificação obrigatória por parte do aluno e, preferencialmente, também, por parte do encarregado de educação, na primeira aula a que o aluno venha a assistir após a falta. O aluno solicita ao professor(a) a marcação de nova data. O aluno não apresenta uma justificação (ou a justificação apresentada não é aceite por indevida), ou caso o aluno não envide esforços no sentido da marcação de uma nova data. Aceita a justificação. Marcação de uma nova data para realização do teste ou trabalho em falta. A não realização do teste ou trabalho em causa corresponderá à atribuição de uma classificação de nível 1.

11 Critérios de Avaliação : Efeitos do não cumprimento de alguns dos itens em observação OcorrênciaAlunoProfessor Não cumprimento de prazos para entrega de trabalhos. Não cumprimento de um prazo. Reincide no não cumprimento Será refletido na classificação do trabalho. Poderá levar à não aceitação do referido trabalho por parte do professor(a). Nesse caso, a ausência do trabalho corresponderá à atribuição de uma classificação de nível 1, facto que deverá ser comunicado ao encarregado de educação (relembra-se que o uso da caderneta escolar pelo aluno é obrigatório).

12 Critérios de Avaliação : Efeitos do não cumprimento de alguns dos itens em observação OcorrênciaAlunoProfessor Não realização de trabalhos de casa. Um trabalho de casa. Três faltas de trabalho de casa. Quatro faltas de trabalho de casa por período. Oito faltas de trabalho de casa por período Marcação de uma falta na caderneta do(a) professor(a). Comunicação do facto ao encarregado de educação através da caderneta escolar. Será avaliado com nível 2 no domínio das atitudes, independentemente da avaliação que possa vir a obter nos restantes aspetos das competências de ética. Será avaliado com nível 1 no domínio das atitudes, independentemente da avaliação que possa vir a obter nos restantes aspeto das competências de ética.

13 Critérios de Avaliação : Efeitos do não cumprimento de alguns dos itens em observação OcorrênciaAlunoProfessor Não cumprimento das regras específicas de comporta mento definidas na turma. Duas situações, por período, de incumprimento das regras definidas. Quatro situações, por período, de incumprimento das regras definidas Comunicação do facto ao encarregado de educação através da caderneta escolar. O registo conduz à atribuição de nível 2 no comportamento (uma comunicação na caderneta poderá corresponder ao registo de uma situação grave ou ao acumular de outras situações irregulares e repreendidas oralmente nas aulas). Atribuição de nível 1 no comportamento.

14 Critérios de Avaliação : Material necessário à aula Manual + caderno de atividades Caderno diário e fichas de trabalho e / ou informativas distribuídas pelo(a) professor(a) Caneta azul / preta, caneta vermelha, lápis, borracha, afiadeira…. Outros materiais previamente solicitados pelo(a) professor(a)

15 Critérios de Avaliação : O caderno diário O caderno diário é de utilização obrigatória e deve: ter todos os registos da aula e todos os sumários; estar sempre limpo, organizado e em dia; conter todas as fichas de trabalho/informativas bem como todas as fichas de avaliação que aí deverão também ficar arquivadas (ou no portefólio), de acordo com as orientações dadas pelo(a) professor(a) no início do ano.

16 Critérios de Avaliação : considerações finais O documento com os Critérios de Avaliação está disponível, para consulta, na página do Agrupamento. Será apresentado e explicado aos alunos, logo no início do ano letivo, pelos professores do Departamento

17 Critérios de Avaliação : considerações finais ACORDO ORTOGRÁFICO (AO) Tendo em conta a entrada em vigor do Acordo Ortográfico (AO) no sistema de ensino no ano letivo de , e uma vez que os manuais escolares serão adaptados de modo progressivo às novas regras de ortografia, o Ministério da Educação e Ciência esclarece que: os critérios de classificação das provas de aferição do 1.º Ciclo e das provas finais dos 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário considerarão como válidas exclusivamente as regras definidas pelo AO a partir dos anos letivos indicados abaixo (inclusive). 2013/2014 – 6ºAno 2014/2015 – 4º; 9º; 11º; 12º. Até aos anos letivos indicados, serão consideradas como válidas ambas as grafias (i.e., a anterior ao AO e a definida pelo AO). Fonte: MEC/DGIDC

18 FIM


Carregar ppt "CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS 2012/2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google