A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dr Gustavo Duarte Hematologia e Hemoterapia Centro de Hemoterapia Celular em Medicina A importância do doador de sangue voluntário.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dr Gustavo Duarte Hematologia e Hemoterapia Centro de Hemoterapia Celular em Medicina A importância do doador de sangue voluntário."— Transcrição da apresentação:

1 Dr Gustavo Duarte Hematologia e Hemoterapia Centro de Hemoterapia Celular em Medicina A importância do doador de sangue voluntário

2

3 Brasil 1,77% 1,5 % Campinas 0,6% Doadores regulares de sangue

4 Total transfusões transfusão a cada 6 segundos

5 Centro de Hemoterapia Celular em Medicina

6 Reposição (70%) Autóloga (2%) Espontâneo (28%) Centro de Hemoterapia Celular em Medicina

7 Esporádico (12%) Repetição (20%) 1 a vez (68%) Centro de Hemoterapia Celular em Medicina

8

9

10 Transfusão Doação

11 Por quê as pessoas doam sangue? Altruísmo Benevolência Apelo direto Realizar sorologias Pagamento (doação remunerada)

12 Quem recruta novos doadores? > 50% sugestão de conhecidos (doaodores e/ou profissionais de saúde) 30% reposição 10% propagandas de doação de sangue

13 Quem recruta novos doadores? Responsabilidade social de todos os cidadãos

14 RDC Nº 153, DE 14 DE JUNHO DE A.1 - Toda transfusão de sangue traz em si um risco, seja imediato ou tardio, devendo, portanto, ser criteriosamente indicada. A2 - Em caso de cirurgias eletivas, devem ser consideradas ações que reduzam o consumo de hemocomponentes alogênicos como métodos que diminuam o sangramento no intra-operatório ou a realização de transfusão autóloga A.11 - A transfusão de sangue e componentes deve ser utilizada criteriosamente, tendo em conta que é um procedimento que não está isento de risco. Sua indicação poderá ser objeto de análise pelo serviço de hemoterapia. B.1 - A doação de sangue deve ser voluntária, anônima, altruísta e não remunerada, direta ou indiretamente.

15 Doação de sangue remunerada X não remunerada Maior número de doadores Maior custo Viés de seleção Dobro risco de doenças infecciosas transfusionais Sangue perigoso Menor número de doadores Fator cultural Depende de autruísmo Menor risco de doador em janela sorológica Sangue seguro

16 Auto-transfusão Pré-operatória, hemodiluição intra-operatória Cirurgias sem previsão de grande sangramento ( necessidade < 2u CH) Coleta pré-operatória de 1 a 3 unidades de sangue total ( 3 CH / 3 PFC) Segurança transfusional Risco de reações transfusionais

17 Auto-transfusão Idade Não há limite Hb > 11 g/dl antes de cada doação Critérios de inclusão

18 Auto-transfusão Pacientes em tratamento ou com bacteremia. Hemoglobinopatias Doenças Cardíacas: Angina pectoris, Valvulopatias, etc. Epilepsia e Síncopes recorrentes AVC ou IAM nos 6 meses precedentes Medicamentos: uso de drogas que possam causar reações adversas (beta bloqueador, antiagregantes plaquetários) Cirurgias oncológicas (exceto próstata) Critérios de exclusão

19 Conclusão Protocolos de indicação transfusional rigorosos Participação ativa profissionais de saúde no recrutamento de doadores Maior utilização de auto-transfusão Alternativas a hemocomponentes

20

21 Venha conhecer nosso serviço! Seja nosso parceiro! Rua Onze de Agosto, número 415, Centro - Campinas Próximo ao Hospital Vera Cruz Tel:


Carregar ppt "Dr Gustavo Duarte Hematologia e Hemoterapia Centro de Hemoterapia Celular em Medicina A importância do doador de sangue voluntário."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google