A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

09 e 10 de setembro de 2010 Seminário Institucional de Avaliação e Planejamento da Pós-graduação da UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "09 e 10 de setembro de 2010 Seminário Institucional de Avaliação e Planejamento da Pós-graduação da UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE."— Transcrição da apresentação:

1 09 e 10 de setembro de 2010 Seminário Institucional de Avaliação e Planejamento da Pós-graduação da UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMITÊ ASSESSOR DA PRPGP Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal Conceito na Capes: 4 Início do Curso: Mestrado: 1990 Doutorado: 1997 Apresentador: Prof. Frederico Dimas Fleig Prof. Dilson A. Bisognin Prof. César A. G. Finger Centro de Ciências Rurais

2 09 e 10 de setembro de 2010 Seminário Institucional de Avaliação e Planejamento da Pós-graduação da UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMITÊ ASSESSOR DA PRPGP Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal Áreas de concentração: Manejo florestal – MSc Dr Silvicultura – MSc Dr Tecnologia de produtos florestais – MSc

3 UFSM Pontos fortes do Programa Núcleo duro do curso consolidado e atuante número de linhas de pesquisa adequado a capacidade de orientação atual Alta vinculação de artigos a teses e dissertações Alta demanda, importância social e econômica, grande número de novos cursos em Engenharia Florestal deve elevar a demanda Aprovação de projetos CT-Infra Alunos com origem em todo o país, America do Sul, com intercambistas da Áustria, Alemanha e Bolivia Teses e dissertações com aplicação prática na ciência, tecnologia e no setor produtivo Interação com universidades e institutos de pesquisa nacionais e internacionais – PROCAD Egressos com facilidade de ocupar o espaço em IE e de pesquisa Formação de professores Assessoria técnica e laboratorial a comunidade civil, empresas e órgãos públicos

4 UFSM Pontos fracos do Programa colaboradores vinculados a baixa produção científica e/ou técnica Distribuição de projetos por docente e produção docente não equilibrada Dificuldade de publicação em revistas internacionais Falta de profissionais e professores habilitados em algumas áreas e falta de laboratórios

5 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 1 PROPOSTA DO PROGRAMA MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Expandir a área de concentração de Tecnologia de Produtos Florestais para o nível de Doutorado - alta demanda - necessidade apoio setor de base florestal contratação de professor Custo operacional Viabilizar contratação docente 1 Criar a Linha de Pesquisa Colheita Florestal e Estradas Florestais - alta demanda - necessidade apoio setor de base florestal Falta de professor Laboratório Disponibilidade de Recursos 1 Fortalecer a Linha de Pesquisa Planejamento Ambiental e Engenharia Natural - alta demanda - necessidade apoio setor de base florestal Falta Laboratório hidrologia, equipamentos e veículos Disponibilidade de Recursos 1

6 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 1 PROPOSTA DO PROGRAMA Meta Viabilidade Ameaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Fortalecimento da linha de pesquisa Sementes Florestais desenvolver padrões para tecnologia de sementes florestais Falta de equipamentos Recursos financeiros1 Reavaliar Linhas de Pesquisa e distribuição de docentes nas Linhas melhor aproveitamento dos recursos humanos e de infra-estrutura Não há 1 Buscar conceito de excelência fortalecimento e entrosamento do grupo de pesquisa e formação de rede Produção científica/ docente (distribuição uniforme) Flutuação/mudança dos critérios de avaliação 1

7 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 2 CORPO DOCENTE MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Incorporação novos docentes colaboradores - diversificação e renovação Não há 1 Contratação professores para Tecnologia da Madeira, Colheita e Estradas Florestais e Engenharia Natural - alta demanda de pesquisa - necessidade apoio setor de base florestal Depende ReitoriaVaga 1 Incentivar que 100% dos DP tenham bolsa Produtividade em Pesquisa ou Técnica - melhoria da qualidade - reconhecimento Não publicaçãoNão há 1 DP

8 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 2 CORPO DOCENTE MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Ascensão de docentes colaboradores para permanente - Melhoria da qualidade Aumento de Publicações Não há1 Viabilizar vaga para, no mínimo, um pós- doctor/ano -Reconhecimento externo -melhoria da qualidade Não háBolsas -1 DP

9 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 3 ATIVIDADES DE PESQUISA MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Priorida de 1 a 5 Readequar os Projetos de Pesquisa às atividades docentes e Linhas Pesquisa - Planejamento e adequação as atividades Docentes Não há 1 Consolidar os convênios internacionais ativos e atuantes - Renovação - Integração em redes - Financiamento - falta de tempo para a atividade Falta financiamento 2 fortalecimento de grupos de pesquisa e participação em rede de pesquisa - maior produção técnico-cientifica - renovação - Financiamento - falta de tempo para a atividade Não há1 Consolidar a interação com empresas - Adequação da academia às necessidades operacionais - Financiamento - falta de tempo para a atividade Não há Número de projetos de pesquisa

10 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 4 PRODUÇÃO INTELECTUAL MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Aumentar a produção intelectual para, no mínimo, 2 artigos em revista Internacional por docente/ano ALTA Não há Baixo número de veículos qualificados 1 Aumentar o número de publicações por docente oriundas de dissertação e tese ALTA Não há Dificuldade de publicação em revistas qualificadas 1 Fomentar o registro de patentes ALTA Não há Dificuldade inerente a tramitação burocrática Trabalhos completos em periódicos

11 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 5 ATIVIDADES DE FORMAÇÃO Capacidade de formação MESTRADONº Bolsas =26 Número de discentes matriculados em cada ano Número de titulados em cada ano DOUTORADO N º Bolsas =34 Número de discentes matriculados em cada ano Número de titulados em cada ano MetaViabilidadeAmeaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Aumentar o número de Mestres e Doutores Formados Nova linha de pesquisa Falta de docentes Recursos financeiros Formar Doutores em Tecnologia de Produtos Florestais formação de RH em área deficiente de profissionais Não contratação de docentes Bolsas e recursos financeiros 1 Formar Mestres e Doutores em Colheita Florestal formação de RH em área deficiente de profissionais Não contratação de docentes Bolsas e recursos financeiros 1

12 UFSM EIXO 6 DESTINO DOS MESTRES E DOUTORES EGRESSOS Situação dos egressosMestresDoutores Total de egressos Porcentual de egressos como professores universitários, IFETs ou pesquisadores em institutos de pesquisa ou semelhantes 90 Porcentual de egressos que participam em Programas de PG 20 Demais destinos relevantes dos egressos Empresas Publicas, Privadas e Ministério Publico 1510

13 UFSM EIXO 7 ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO SATISFAÇÃO INTERNA Sala de estudo para os alunos: com internet, computadores e infra-estrutura adequada Aquisição de material bibliográfico para consulta pelos alunos do PPGEF Inclusão de professores para que se tenha oferta de novas disciplinas: existem poucas disciplinas oferecidas e os alunos não podem extrapolar os 20% fora do programa devido à avaliação da Capes Infra-estrutura para realização de pesquisas, como casa de vegetação Incluir nota do aluno (peso) no rankeamento de professores para posterior distribuição de bolsas. Maior divulgação das decisões tomadas pela coordenação para os alunos do PPGEF

14 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 8 INFRA-ESTRUTURA MetaViabilidade Ameaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Construção de Lab. de Produtos não- Madeiráveis -alta demanda de pesquisa -necessidade apoio setor de base florestal -formação de rec. Humanos qualificados Financiamento1 Construção de Lab. de Bioengenharia Financiamento1 Construção de Lab. de Colheita Financiamento1 Construção de Lab. de Biodeterioração da Madeira Financiamento1 Construção de Casa de Vegetação Climatizada Financiamento1 Modernização dos equipamentos para o lab. Análises de Sementes Financiamento1

15 UFSM METAS RELATIVAS AO EIXO 9 INSERÇÃO SOCIAL MetaViabilidade Ameaças internas Ameaças externas Prioridade 1 a 5 Melhorar a infra- estrutura física e de pessoal da Revista Ciência Florestal Influi em todas as áreas e pesquisas -Influi na avaliação do curso e visibilidade Falta de pessoal Recursos financeiros 1 Fortalecer a integração com o setor de base florestal, órgãos públicos e de comunicação Falta de pessoal Recursos financeiros 1

16 UFSM CONSOLIDAÇÃO DOS 9 EIXOS Expandir a área de concentração de Tecnologia de Produtos Florestais para o nível de Doutorado Criar a Linha de Pesquisa Colheita Florestal e Estradas Florestais Fortalecer a Linha de Pesquisa Planejamento Ambiental e Engenharia Natural Buscar conceito de excelência Contratar novos docentes Readequar os Projetos de Pesquisa às atividades docentes e Linhas Pesquisa Ampliar e equilibrar o número e qualidade das publicações por docente Ampliar o número de ingressos em até 30% Melhorar a comunicação entre corpo discente e coordenação do PPG PRINCIPAIS METAS

17 UFSM


Carregar ppt "09 e 10 de setembro de 2010 Seminário Institucional de Avaliação e Planejamento da Pós-graduação da UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google