A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA! QUAL A DISTÂNCIA Francisco Baccarin Universidade Metodista de Piracicaba - SP.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA! QUAL A DISTÂNCIA Francisco Baccarin Universidade Metodista de Piracicaba - SP."— Transcrição da apresentação:

1 EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA! QUAL A DISTÂNCIA Francisco Baccarin Universidade Metodista de Piracicaba - SP

2 ABED EAD – Definições São muitas as definições sobre EAD. São muitas as definições sobre EAD. Conceito comum: separação presencial entre aluno e professor. Conceito comum: separação presencial entre aluno e professor. Contra-ponto: o pressuposto primeiro deveria ser o da liberdade com responsabilidade, sem o qual não é possível educar. Contra-ponto: o pressuposto primeiro deveria ser o da liberdade com responsabilidade, sem o qual não é possível educar.

3 ABED Educação Educação deve ser um processo integral, na plenitude da palavra, que preenche toda vida e não apenas alguns determinados momentos, (quando estamos em sala de aula ou conectados). Educação deve ser um processo integral, na plenitude da palavra, que preenche toda vida e não apenas alguns determinados momentos, (quando estamos em sala de aula ou conectados). Qualquer modelo que se restrinja à um tempo e espaço, torna-se incompleto. Qualquer modelo que se restrinja à um tempo e espaço, torna-se incompleto.

4 ABED O tempo e a distância. São Verbetes de alto poder semântico: São Verbetes de alto poder semântico: Aristóteles e Newton -> tempo absoluto: resultado da medição entre dois eventos. Este resultado deveria ser sempre o mesmo.Aristóteles e Newton -> tempo absoluto: resultado da medição entre dois eventos. Este resultado deveria ser sempre o mesmo. Teoria Geral da Relatividade, aperfeiçoada pela imprevisibilidade da teoria quântica.Teoria Geral da Relatividade, aperfeiçoada pela imprevisibilidade da teoria quântica. Poderíamos avançar sobre dobra do tempo e curvatura do Universo. Poderíamos avançar sobre dobra do tempo e curvatura do Universo. Contudo o que nos interessa é o significado do que seja estar distante. Contudo o que nos interessa é o significado do que seja estar distante.

5 ABED O Tempo Conceituar o tempo é tarefa das mais difíceis pois existem muitos tempos. Conceituar o tempo é tarefa das mais difíceis pois existem muitos tempos. Hugo Assmann relaciona mais de vinte contribuições para entendimento do que seja o tempo, deixando claro, que se trata de uma sinopse. Hugo Assmann relaciona mais de vinte contribuições para entendimento do que seja o tempo, deixando claro, que se trata de uma sinopse. Chronos,Kairós,tempo real,tempo absoluto tempo histórico, tempo biológico, tempo meteorológico, tempo pedagógico, etc. Chronos,Kairós,tempo real,tempo absoluto tempo histórico, tempo biológico, tempo meteorológico, tempo pedagógico, etc. Podendo-se agrupar em duas grandes pluralidades temporais: Podendo-se agrupar em duas grandes pluralidades temporais: CRONOLÓGICAS KAIROLÓGICAS CRONOLÓGICAS KAIROLÓGICAS

6 ABED CHRONOS É o tempo do relógio, é o tempo contado, tempo quantitativo, tempo do calendário. É o tempo do relógio, é o tempo contado, tempo quantitativo, tempo do calendário. É a medida expressa pelo metrômetro, movimento pendular ou relógio atômico. É a medida expressa pelo metrômetro, movimento pendular ou relógio atômico. Tem como metáforas a disciplina, a ordem, a harmonia, a exatidão, o aperfeiçoamento tecnológico. Tem como metáforas a disciplina, a ordem, a harmonia, a exatidão, o aperfeiçoamento tecnológico. Sua origem é marcada pelos primeiros relógios mecânicos na Idade Média. Sua origem é marcada pelos primeiros relógios mecânicos na Idade Média. Hoje identifica-se com o clock dos processadores, que nos dão a idéia de velocidade e poder de processamento. Hoje identifica-se com o clock dos processadores, que nos dão a idéia de velocidade e poder de processamento.

7 ABED KAIRÓS É o tempo da sensibilidade. É reconhecer a hora certa de falar o que deveríamos dizer. É o tempo da sensibilidade. É reconhecer a hora certa de falar o que deveríamos dizer. A medida do Kairós está em atingirmos a justa medida do precioso momento que corresponde a tênue película que separa um ainda não de um agora é tarde. A medida do Kairós está em atingirmos a justa medida do precioso momento que corresponde a tênue película que separa um ainda não de um agora é tarde. É o tempo qualitativo. É o tempo qualitativo.

8 ABED Paradigma da Racionalidade Dominância do tempo quantitativo sobre o qualitativo. Dominância do tempo quantitativo sobre o qualitativo. Estabelecimento de uma profunda relação com o tempo do relógio. Estabelecimento de uma profunda relação com o tempo do relógio. Esta pode ser observada pelos controles estabelecidos como: quantidade de acertos, tempo para realização de uma tarefa, avaliação pela produtividade, indicadores de qualidade, entre outros. Esta pode ser observada pelos controles estabelecidos como: quantidade de acertos, tempo para realização de uma tarefa, avaliação pela produtividade, indicadores de qualidade, entre outros.

9 ABED Novo Paradigma: Pós-moderno Encaixes não são mais exatos. Encaixes não são mais exatos. A vida se revelando no limite entre caos e ordem. A vida se revelando no limite entre caos e ordem. A incerteza ocupa seu lugar. A incerteza ocupa seu lugar. Resposta pronta e conteúdo pré-definido já não atentem as novas necessidades, resultado das constantes mudanças. Resposta pronta e conteúdo pré-definido já não atentem as novas necessidades, resultado das constantes mudanças. O tempo pedagógico assume a dimensão temporal dedicada à produção de vivências prazerosas do estar aprendendo. O tempo pedagógico assume a dimensão temporal dedicada à produção de vivências prazerosas do estar aprendendo.

10 ABED Superação das Distâncias Extensão do tempo de sala de aula, sem efetivamente aumentarmos o chronos. Extensão do tempo de sala de aula, sem efetivamente aumentarmos o chronos. Novas tecnologias da informação e comunicação em conjunto com novos paradigmas educacionais. Novas tecnologias da informação e comunicação em conjunto com novos paradigmas educacionais. Superação da visão de que educar é mais do que uma boa transmissão de conhecimentos, colocando mais qualidade no processo do que quantidade. Superação da visão de que educar é mais do que uma boa transmissão de conhecimentos, colocando mais qualidade no processo do que quantidade.

11 ABED Superação das Distâncias A metáfora do hipertexto. A metáfora do hipertexto. A Internet com seus filtros e buscadores inteligentes nos possibilita encontrar diversos vórtices para o tema escolhido. A Internet com seus filtros e buscadores inteligentes nos possibilita encontrar diversos vórtices para o tema escolhido. Os verbos utilizados dão conta de que o novo processo de aprendizagem deva ocorrer no limite entre dois ambientes, o real e o virtual, como navegar, surfar, a exemplo da vida que se revela no limiar entre caos e ordem. Os verbos utilizados dão conta de que o novo processo de aprendizagem deva ocorrer no limite entre dois ambientes, o real e o virtual, como navegar, surfar, a exemplo da vida que se revela no limiar entre caos e ordem.

12 ABED Tempo Pedagógico Nesta nova condição o professor é condutor do processo educacional e não mais reprodutor vivo do conhecimento. Nesta nova condição o professor é condutor do processo educacional e não mais reprodutor vivo do conhecimento. O aluno deve ser sujeito aprendente e não mais um tabula rasa que deve ser preenchida pelo conhecimento vindo do professor. O aluno deve ser sujeito aprendente e não mais um tabula rasa que deve ser preenchida pelo conhecimento vindo do professor.

13 ABED Comunicação A comunicação assíncrona possibilita à professor e alunos aproveitarem e organizarem melhor seu tempo, é o kairós se equiparando ao chronos, entre os envolvidos no diálogo pedagógico. A comunicação assíncrona possibilita à professor e alunos aproveitarem e organizarem melhor seu tempo, é o kairós se equiparando ao chronos, entre os envolvidos no diálogo pedagógico. O tempo pedagogizado aparece como uma categoria abstrata, relativa a um tempo sem variação. O tempo pedagogizado aparece como uma categoria abstrata, relativa a um tempo sem variação.

14 ABED Tempo e Distância O planeta não encolheu, mas o homem está se deslocando mais rapidamente em todas as direções. O planeta não encolheu, mas o homem está se deslocando mais rapidamente em todas as direções. Nos afastamos de nossos semelhantes próximos e nos aproximamos dos distantes. Nos afastamos de nossos semelhantes próximos e nos aproximamos dos distantes. Comunidades desterritorializada e o conseqüente embate entre a aplicação da tecnologia sem a necessária reflexão social e seus impactos no cotidiano. Comunidades desterritorializada e o conseqüente embate entre a aplicação da tecnologia sem a necessária reflexão social e seus impactos no cotidiano.

15 ABED Reflexos na Avaliação. Qualitativa ou quantitativa? Qualitativa ou quantitativa? Avaliar o que? Nro. de acessos, downloads, tempo de permanência, outras estatísticas, ou participação em fórum, construções colaborativas. Avaliar o que? Nro. de acessos, downloads, tempo de permanência, outras estatísticas, ou participação em fórum, construções colaborativas. Listas automáticas, progressões pré- determinadas ou orientação e tutoria. Listas automáticas, progressões pré- determinadas ou orientação e tutoria. Substituição ou não do professor no processo avaliativo. Substituição ou não do professor no processo avaliativo.

16 ABED O papel do Professor e do Aluno. Ajudar na aprendizagem, sendo ponto de ligação ou conexão para uma maior compreensão de vida, que nos realize e desenvolva nossas capacidades. Ajudar na aprendizagem, sendo ponto de ligação ou conexão para uma maior compreensão de vida, que nos realize e desenvolva nossas capacidades. A força de uma instituição de ensino está no seu potencial humano, que pode ser traduzido pelas qualidades e potencialidades de seu corpo docente e discente e não no potencial tecnológico instalado. A força de uma instituição de ensino está no seu potencial humano, que pode ser traduzido pelas qualidades e potencialidades de seu corpo docente e discente e não no potencial tecnológico instalado.

17 ABED O papel do Professor e do Aluno. Refletir sobre novas formas de aprendizagem, mais do que repetir velhas fórmulas com nova roupagem. Refletir sobre novas formas de aprendizagem, mais do que repetir velhas fórmulas com nova roupagem. Não acreditar em verdades dogmáticas ou simplistas, simplesmente pré- estabelecidas. Receitas que deram certo. Não acreditar em verdades dogmáticas ou simplistas, simplesmente pré- estabelecidas. Receitas que deram certo.

18 ABED Ensinar. O ato de ensinar não deve restringir-se à comunicação. O ato de ensinar não deve restringir-se à comunicação. É necessário que haja credibilidade nesse processo. É necessário que haja credibilidade nesse processo. Ensinar é discorrer sobre um assunto do qual se tenha conhecimento intelectual e/ou conhecimento de vida. Ensinar é discorrer sobre um assunto do qual se tenha conhecimento intelectual e/ou conhecimento de vida. É um processo de interação autêntica, que pode contribuir para que os outros e nós mesmos avancemos no grau de compreensão do que já existe. É um processo de interação autêntica, que pode contribuir para que os outros e nós mesmos avancemos no grau de compreensão do que já existe.

19 ABED NTIC e o Professor As novas tecnologias não substituirão o professor, nem diminuirão o esforço disciplinado do estudo. As novas tecnologias não substituirão o professor, nem diminuirão o esforço disciplinado do estudo. Elas devem ajudar a intensificar o pensamento complexo, interativo e transversal, criando novas chances para a sensibilidade solidária no interior das próprias formas do conhecimento. Elas devem ajudar a intensificar o pensamento complexo, interativo e transversal, criando novas chances para a sensibilidade solidária no interior das próprias formas do conhecimento.

20 ABED Aprendizagem e Avaliação. O Aprender não é apreender, não é reter para si o conhecimento, não é um ato solitário, mas sim solidário. O Aprender não é apreender, não é reter para si o conhecimento, não é um ato solitário, mas sim solidário. O processo avaliativo deve levar tudo isto em conta, uma vez que ele é mais do que uma simples nota ou conceito, ele deve se encontrar intrinsecamente inserido no processo de ensino. O processo avaliativo deve levar tudo isto em conta, uma vez que ele é mais do que uma simples nota ou conceito, ele deve se encontrar intrinsecamente inserido no processo de ensino.

21 ABED Novo Paradigma e a Tecnologia. Preocupação com o distanciamento entre quem está produzindo conhecimento e quem será afetado por este conhecimento. Preocupação com o distanciamento entre quem está produzindo conhecimento e quem será afetado por este conhecimento. Somente para servir ao homem e facilitar sua educação é que estão à sua disposição os meios, que se constituem no espaço de sua educação. Somente para servir ao homem e facilitar sua educação é que estão à sua disposição os meios, que se constituem no espaço de sua educação. A reivindicação desse espaço é um direito de todos. Direito de superar a ausência física, pela presença mediatizada, pela eliminação da distância, pela superação do tempo, e principalmente pela conexão em rede. A reivindicação desse espaço é um direito de todos. Direito de superar a ausência física, pela presença mediatizada, pela eliminação da distância, pela superação do tempo, e principalmente pela conexão em rede.

22 ABED O professor e a Tecnologia O professor deverá ter participação efetiva no projeto, oferecimento, acompanhamento e avaliação dos cursos oferecidos à distância. O professor deverá ter participação efetiva no projeto, oferecimento, acompanhamento e avaliação dos cursos oferecidos à distância. O envolvimento do corpo docente e do corpo técnico na elaboração do projeto e construção dos cursos permitem que as novas práticas tenham um grau de integração e colaboração na medida certa, evitando-se o uso excessivo e prejudicial das novas tecnologias. O envolvimento do corpo docente e do corpo técnico na elaboração do projeto e construção dos cursos permitem que as novas práticas tenham um grau de integração e colaboração na medida certa, evitando-se o uso excessivo e prejudicial das novas tecnologias.

23 ABED Aspectos Conclusivos. As atualizações ou incorporações conceituais na educação são quase sempre processadas de modo lento e gradativo. (Reformulação curricular). As atualizações ou incorporações conceituais na educação são quase sempre processadas de modo lento e gradativo. (Reformulação curricular). As novas tecnologias de comunicação e sistemas de informação avançam muito rapidamente. Provocando descompasso. As novas tecnologias de comunicação e sistemas de informação avançam muito rapidamente. Provocando descompasso. Tempo e distância podem assumir signos, que levam a desvios não pretendidos, ou seja, expandir uma educação para a distância ou educação com distância. Tempo e distância podem assumir signos, que levam a desvios não pretendidos, ou seja, expandir uma educação para a distância ou educação com distância.

24 ABED Aspectos Conclusivos A abrangência da Educação a Distância não tem limites, somente após a defini- ção do público alvo é que professores e corpo técnico devem optar pela tecnolo- gia que mais se adequará aos objetivos e conteúdos do curso em construção. A abrangência da Educação a Distância não tem limites, somente após a defini- ção do público alvo é que professores e corpo técnico devem optar pela tecnolo- gia que mais se adequará aos objetivos e conteúdos do curso em construção. Definir critérios avaliativos, que devam sempre privilegiar o qualitativo sobre o quantitativo, verificando qual a relevância deste conteúdo para a formação do aluno antes da emissão do juízo de valor que cerca toda avaliação. Definir critérios avaliativos, que devam sempre privilegiar o qualitativo sobre o quantitativo, verificando qual a relevância deste conteúdo para a formação do aluno antes da emissão do juízo de valor que cerca toda avaliação.

25 ABED Aspectos Conclusivos. É necessário olhar o mundo de hoje com os olhos do mundo de amanhã, não com os do mundo de ontem. É necessário olhar o mundo de hoje com os olhos do mundo de amanhã, não com os do mundo de ontem. Os olhos de amanhã são os olhos planetários. Os olhos de amanhã são os olhos planetários. As fronteiras são as ruínas, ainda em pé, de um mundo em revolução. As fronteiras são as ruínas, ainda em pé, de um mundo em revolução.


Carregar ppt "EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA! QUAL A DISTÂNCIA Francisco Baccarin Universidade Metodista de Piracicaba - SP."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google