A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIA DA DETECÇÃO DE GÁS. Com o avanço da modernização, o uso de gases tem aumentado rapidamente. Por outro lado, é um fato que vários acidentes de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIA DA DETECÇÃO DE GÁS. Com o avanço da modernização, o uso de gases tem aumentado rapidamente. Por outro lado, é um fato que vários acidentes de."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIA DA DETECÇÃO DE GÁS

2 Com o avanço da modernização, o uso de gases tem aumentado rapidamente. Por outro lado, é um fato que vários acidentes de explosão, envenenamento e falta de oxigênio também vem aumentando. Portanto, a necessidade de uma explicação sobre os gases é algo importante. Gases podem ser divididos em três grupos: Gases combustíveis, que são inflamáveis; Gases tóxicos, que podem causar fatalidades em humanos por respirar alguns ppm; e Gases asfixiantes, que causam deficiência de oxigênio. Introdução

3 Primeiros detectores Já se usou por muito tempo canários em jaulas para a medição de CH4, CO ou baixo nível de O2. Um canário fraco ou desmaiado é uma situação perigosa de gás. Porém, alguns canários eram mais resistentes que outros, causando grandes tragédias subterrâneas onde os trabalhadores morriam e o pássaro continuava inteiro. Portanto este alternativa provou não ser mais confiável.

4 Primeiros detectores A Flame Safety Lamp foi inventada em 1815 pelo Sir Humphry Davey. Utiliza uma chama, a partir da queima de óleo, dentro de uma proteção de vidro, com um detentor de chama. Chama alta indica presença de gases combustíveis, chama baixa indica falta de oxigênio. Por ter uma chama continuamente ligada, este aparelho não era seguro e foi culpado por 123 das 365 explosões em minas de carvão no Japão.

5 Sensor de explosividade desenvolvido para o aparelho Model A Desenvolvido pelo Dr. Oliver Johnson em enquanto trabalhava pela Standard Oil Company, atual Chevron. Se tinha a necessidade para evitar explosões em tanques de armazenamento de óleo e gasolina. MODEL A

6 Produzido pela Standard Oil, o Monitor de explosividade Model B foi o primeiro detector por combustão catalítica, lançado em Foram fabricadas cem unidades, que foram utilizados por mais de 50 anos. Utiliza bomba de sucção manual e pesa cerca de 6 quilos. MODEL B

7 A empresa Johnson-Williams Instruments foi fundada em Fabricaram mais 80 detectores Model B Reconhecida como primeira empresa de eletrônica no Silicon Valley, na Califórnia. 1ª Empresa de detecção de gás

8 O Model C foi lançado pela Johnson-Williams em Menor e mais leve que o Model B Aprovado pela Marinha dos EUA Aproximadamente 300 unidades produzidas J-W MODEL C

9 2ª Empresa de detecção de gás Em 1929/1930 a MSA pediu emprestado o Model C por 3 meses, afirmando que poderia querer vender este modelo. O Model C foi retornado com uma carta dizendo Não encaixa nos planos de venda da MSA Seis meses depois, a MSA lança seu primeiro detector de explosividade, com as mesmas características do Model C.

10 MSA MODEL 2A Explosímetro MSA Model 2A Lançado em 1935 Unidade popular robusta, ainda em uso hoje Utiliza oito pilhas tamanho D

11 INTERFERÔMETRO Interferômetro desenvolvido de pelo Dr. Uzumi Doi e o Dr. Ziro Tsuji dos Instituto de Pesquisa Física e Química no Japão. Foram vendidas 40 unidades para minas de carvão em Hokkaido.

12 3ª Empresa de detecção de gás De este interferômetro foi reinventado e simplificado, sendo criado o Model 18. A Riken Keiki foi fundada para fabricar este aparelho. Algumas versões ainda são vendidas e usadas hoje em dia.

13 J-W MODEL K Foi lançado em 1965 o primeiro detector de oxigênio portátil com célula galvânica Sensor projetado pela Johnson-Williams

14 J-W MODEL GPK O Model GPK é o primeiro detector portátil que mede mais de um gás, medindo LEL e O2. Este aparelho é a combinação do Model G e Model K Lançado em 1969

15 GasTech Inc. A Johnson-Williams foi vendida para a Bacharach em Alguns anos depois, Ken Johnson, o filho do fundador Oliver Johnson, saiu e começou uma nova empresa, a Johnson Instrument Division of E.D. Bullard, que mudaria de nome para GasTech Inc. em Ken Johnson e o Sr. Nakajima, no momento presidente da Riken Keiki, tinham uma parceria e criaram muitas inovações no mercado

16 Riken GX-3 Lançado em 1970 o primeiro aparelho com sensor de LEL e O2, com alarme. Utiliza bomba interna, no lugar da bomba de amostragem manual. Aproximadamente unidades vendidas

17 RIKEN/GASTECH MODEL 1641 Idéia e protótipo feitos pela GasTech Re-projetado e fabricado pela Riken Keiki Primeiro detector portátil de três gases com alarme. LEL/O2/H2S ou CO Lançado em 1979

18 RIKEN GX-82 Lançado em 1982, este foi um equipamento revolucionário, que dominou o mercado por muitos anos. Primeiro detector de três gases, com alarme, para usar no cinto e com cabo extensor para sensores Ainda é vendido hoje

19 RIKEN GX-86 Lançado pela Riken em 1986 Primeiro detector de quatro gases para usar no cinto LEL/O2/H2S/CO Cabo de extensão para sensores Dominou o mercado por muitos anos Ainda é vendido hoje

20 Sensores novos Cerca de 1985, a City Technology desenvolveu sensores para oxigênio e gases tóxicos, vendidos para qualquer indústria. Isto gerou dezenas de empresas novas de detectores de gases do final dos anos 80 aos anos 90.

21 RIKEN SÉRIE GASWATCH 2 Lançado em 2000, este foi o primeiro detector de gás para ser usado no pulso, como um relógio. Existem quatro versões disponíveis: LEL, O2, H2S e CO.

22 RIKEN GX-2001 Lançado em 2001, este é o menor detector de 4 gases (LEL/O2/H2S/CO) do mundo. Pesa 170 gramas Modelo muito popular

23 RIKEN GX-2003 Em 2003, foi lançado o GX-2003, sendo o menor detector com 5 sensores, com bomba embutida. Mede: HC (%LEL) / CH4 (%VOL) / O2 / H2S / CO Tem opções de modo de operação normal, modo para buscar vazamentos e modo de teste de buracos no solo

24 RIKEN GX-2009 Em 2009 foi lançado o sucessor do GX Menor e mais leve detector de quatro gases do mercado. Pesa 130 gramas Proteção IP-67 Datalogger com alta capacidade

25 RIKEN/RKI EAGLE 2 Lançado em 2010 Monitora até 6 gases Capacidade para sensor de Combustão Catalítica, Galvânico, Eletroquímico, Foto Ionização (PID), Condutividade Térmica, Infravermelho e Eletroquímico Inteligente. Datalogger com enorme capacidade

26 Fundada em 1939 Maior fabricante asiático, com três fábricas no Japão. Capital aberto na bolsa de Tóquio. Faturamento anual de 200 milhões de Dólares. ISO 9001 e ISO Especializados em detectores de gases, fabricam seus próprios sensores. Possui representação em mais de 60 países, com filiais em 06 países. RIKEN KEIKI

27 NAKAYAMA – RIKEN Desde 1972 fornecendo detectores de gases no Brasil. Associada e distribuidora exclusiva do fabricante no Brasil. A Nakayama não é uma simples representante. Assistência técnica com engenheiros treinados no próprio fabricante. Grande estoque para pronta-entrega. Prêmio Petrobras – Melhores Fornecedores de Serviços, categoria Cristal e Pequenos Contratos. Contrato de manutenção com diversas indústrias.


Carregar ppt "HISTÓRIA DA DETECÇÃO DE GÁS. Com o avanço da modernização, o uso de gases tem aumentado rapidamente. Por outro lado, é um fato que vários acidentes de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google