A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 48 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS AULA SOBRE ELÉTRICA E ELETRÔNICA TEMA DE HOJE: ANÁLISE DE GASES PARTE 06 – EQUIPAMENTOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 48 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS AULA SOBRE ELÉTRICA E ELETRÔNICA TEMA DE HOJE: ANÁLISE DE GASES PARTE 06 – EQUIPAMENTOS."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS AULA SOBRE ELÉTRICA E ELETRÔNICA TEMA DE HOJE: ANÁLISE DE GASES PARTE 06 – EQUIPAMENTOS DE TESTES II

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC DURANTE OU AO FINAL DESTA AULA TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO.

4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS AO ALUNO UMEC NO SITE DA UMEC, VOCÊ TEM O FÓRUM COM DICAS E SOLUÇÕES E OS MANUAIS DE NOSSOS PATROCINADORES. PARTICIPE E PRESTIGIE !

5 JÁ TIVEMOS AQUI NA UMEC, A AULA SOBRE AULA 05 – EQUIPAMENTOS DE TESTES Nesta aula veremos: ANÁLISE DE GASES AULA 6 – EQUIPAMENTOS DE TESTES II

6 PROGRAMAÇÃO INTRODUÇÃO QUEIMA DA MISTURA DETALHES DOS GASES COMO MEDIR EQUIPAMENTOS DE TESTES SISTEMAS DE CONTROLE CATALISADOR VÁLVULA EGR CANISTER LEGISLAÇÃO

7 O APARELHO

8 ANALISANDO OS GASES

9 A ANÁLISE DE GASES OS GASES MEDIDOS PODEM SER AVALIADOS POR DADOS BÁSICOS DE ESPECIFICAÇÃO DE MÍNIMO OU MÁXIMO DADOS PELO EQUIPAMENTO. AS ANÁLISES DEVEM SER FEITAS COM O MOTOR AQUECIDO E EM DIVERSAS ROTAÇÕES PARA UMA MELHOR ANÁLISE DO FUNCIONAMENTO DO MOTOR.

10 TESTES DO MOTOR

11 OS GASES MUITAS SÃO AS VARIÁVEIS QUE OS GASES DE ESCAPE PODEM SER ALTERADOS DURANTE O FUNCIONAMENTO DO MOTOR, COMO A FORMAÇÃO DA MISTURA, TEMPERATURA DO MOTOR E SISTEMAS DE CONTROLES. POR EXEMPLO, COM O MOTOR FRIO É MAIOR A POSSILIDADE DE HC A MAIS QUE O PERMITIDO.

12 MEDIÇÃO EM LENTA

13 VALORES IDEAIS FATOR LAMBDA- PRÓXIMO A 1,00 CO- PRESCRITO PELO FABRICANTE CO2- PRÓXIMO A 14% SEM CATALISADOR E ACIMA 14% COM CATALISADOR HC- CARBURADOS PRÓXIMO A 300 PPM COM INJEÇÃO ELETRÔNICA ATÉ 200 PPM O2- CERCA DO DOBRO DO CO OU ATÉ 3% COc COcorrigido- PRÓXIMO DO VALOR DE CO DILUIÇÃO- CO+CO2 DEVE SER ACIMA DE 6%

14 DETALHE NA CÂMARA

15 EFICIÊNCIA DO MOTOR ESCAPE 30% TRABALHO ÚTIL 35% EVAPORAÇÃO 15% ARREFECIMENTO 20% EM QUE SE TRANSFORMA 1 LITRO COMBUSTÍVEL

16 A EFICIÊNCIA SE NO GRÁFICO ANTERIOR MOSTRAMOS QUE OS MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA SÃO POUCO PRODUTIVOS (SOMENTE 35% VIRA TRABALHO), PODEMOS AFIRMAR QUE SÃO POLUENTES ATIVOS, POIS ALÉM DA POLUIÇÃO DE GASES, TEMOS MUITA POTÊNCIA PERDIDA POR EVAPORAÇÃO E NOS SISTEMAS DE ARREFECIMENTO.

17 FASES

18 FILTROS / SATURAÇÃO

19 O ÓLEO MOTORES COM CONSUMO EXCESSIVO DE ÓLEO LUBRIFICANTE, TEM AUMENTO DE CO, MAS PRINCIPALMENTE, A ALTERAÇÃO NOS GASES DO ESCAPE SERÃO DE FORMA INDIRETA, POIS ESTE ÓLEO AFETARÁ A SONDA LAMBDA E O CATALISADOR, QUE ENTÃO AFETARÃO A EMISSÃO DE POLUENTES.

20 CONSUMO DE ÓLEO

21 PERGUNTA QUAL MOTOR POLUI MAIS, O ÁLCOOL, A GASOLINA, OU FLEX ?

22 RESPOSTA SE FOR ANALISADO A QUANTIDADE DE GASES, VEREMOS QUE O VEÍCULO A ÁLCOOL APRESENTA UMA QUEIMA MUITO MELHOR E MAIS LIMPA, POLUINDO MENOS.

23 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: AULA 50 ELÉTRICA E ELETRÔNICA ANÁLISE DE GASES PARTE 07 Instrutor Scopino


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 48 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS AULA SOBRE ELÉTRICA E ELETRÔNICA TEMA DE HOJE: ANÁLISE DE GASES PARTE 06 – EQUIPAMENTOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google