A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 41 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB ATUADORES SISTEMA DE PARTIDA A FRIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 41 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB ATUADORES SISTEMA DE PARTIDA A FRIO."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB ATUADORES SISTEMA DE PARTIDA A FRIO

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC DURANTE OU AO FINAL DESTA AULA TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO.

4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS AO ALUNO UMEC SOMENTE NA UMEC VOCÊ ASSISTE AS AULAS AO VIVO OU GRAVADAS ! NO SITE DA UMEC, VOCÊ TEM O FÓRUM COM DICAS E SOLUÇÕES E OS MANUAIS DOS PRODUTOS DE NOSSOS PATROCINADORES. PARTICIPE E PRESTIGIE !

5 Já tivemos aula sobre: ELETROVENTILADOR E AR CONDICIONADO. Agora veremos: IAW 4SF E IAW 4AFB SISTEMA DE PARTIDA A FRIO.

6 DIAGRAMAÇÃO E C U IAW 4SF 4AFB ROTAÇÃO E PMS * DETONAÇÃO * INTERRUPTOR DE FREIO * POSIÇÃO BORBOLETA 1 E 2 * SONDA LAMBDA * MAP+TEMPERATURA DO AR * 04 INJETORES * BOBINAS 1 e 2 * CANISTER * ATUADOR DE M. LENTA * RELÉ BOMBA * LÂMPADA DE DIAGNOSE * CONECTOR DIAGNOSE PADRÃO OBD2 AR CONDICIONADO * VSS – VELOCIDADE * ACELERADOR ELETRÔNICO * PRESSOSTATO A/C * ELETROVENTILADOR * IMOBILIZADOR TEMPERATURA DA ÁGUA * POSIÇÃO DO PEDAL 1 E 2 * REDE CAN INTERRUPTOR DE ÓLEO *

7 PARTIDA A FRIO O SISTEMA DE PARTIDA A FRIO É NECESSÁRIO EM VEÍCULOS MOVIDOS A ÁLCOOL HIDRATADO, JÁ QUE NESTE TIPO DE COMBUSTÍVEL OCORRE A CONDENSAÇÃO ANTES DA MISTURA CHEGAR DENTRO DA CÂMARA DE COMBUSTÃO, E CHEGANDO NO ESTADO LÍQUIDO NÃO OCORRERÁ A QUEIMA.

8 PARTIDA A FRIO

9 COMPOSIÇÃO O SISTEMA DE PARTIDA A FRIO EQUIPA OS VEÍCULOS FLEX DA LINHA NOVO PÁLIO, COM RESERVATÓRIO PRÓXIMO À TORRE DO AMORTECEDOR DIANT. ESQ., COM TAMPA COM VÁLVULAS, ELETROBOMBA, FILTRO, BÓIA INDICADORA DE NÍVEL E ELETROVÁLVULA DE 2 VIAS. A LIGAÇÃO É FEITA POR TUBOS ESPECIAIS AO COLETOR DE ADMISSÃO.

10 LOCALIZAÇÃO

11 SENSOR DE TEMPERATURA

12 FUNCIONAMENTO SEGUINDO DOIS CONTROLES, A ECU FAZ O ACIONAMENTO SIMULTÂNEO (PINO 38)DA ELETROBOMBA E DA VÁLVULA SOLENÓIDE NA PARTIDA E TAMBÉM NA FASE FRIA DE FUNCIONAMENTO, SEMPRE QUE IDENTIFICAR MAIOR QUANTIDADE DE COMBUSTÍVEL ÁLCOOL NO TANQUE E TEMPERATURA DO ARREFECIMENTO MENOR QUE 15º CELSIUS.

13 FILTRO DE PARTIDA A FRIO

14 FILTRO COM RECOMENDAÇÃO DE TROCA JUNTO À TROCA DO FILTRO PRINCIPAL, O FILTRO DE PARTIDA A FRIO ENTOPE COM FACILIDADE, POIS MUITOS CONDUTORES NÃO ABASTECEM O RESERVATÓRIO COM GASOLINA ADITIVADA. A OBSTRUÇÃO IMPEDE A INJEÇÃO DA PARTIDA A FRIO, DIFICULTANDO O FUNCIONAMENTO DO MOTOR.

15 PINOS DA ECU 4AFB= FLEX ELETROBOMBA (1,3 OHMS) + RELÉ 10 PINO 40 - ATERRAMENTO PRÓXIMO AO FAROL ESQUERDO 4AFB= FLEX SOLENÓIDE (26 OHMS) + RELÉ 10 PINO 40 - ATERRAMENTO PRÓXIMO AO MOTOR DE PARTIDA

16 DICA A ECU FAZ UMA ADAPTAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DA MISTURA APÓS O ABASTECIMENTO, E NA PARTIDA A FRIO IDENTIFICA PELOS MAPAS A NECESSIDADE OU NÃO DE ACIONAR SIMULTANEMANETE O MOTOR ELÉTRICO E O SOLENÓIDE DE INJEÇÃO DE GASOLINA ADITIVADA.

17 TABELA DE PARTIDA OS SISTEMAS DE INJEÇÃO DO NOVO PÁLIO FLEX NÃO POSSUEM SENSOR DE IDENTIFICAÇÃO DO COMBUSTÍVEL DO TANQUE, PORTANTO, ATRAVÉS DOS MAPAS QUE A ECU SEGUE, É POSSÍVEL TER UMA IDENTIFICAÇÃO MÉDIA DA PORCENTAGEM DE CADA COMBUSTÍVEL NO TANQUE DO VEÍCULO.

18 EXEMPLO DE TABELA

19 RELAÇÃO DE ACORDO COM A TEMPERATURA DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO E A PORCENTAGEM DE ÁLCOOL, A ECU FAZ A INJEÇÃO DA PARTIDA A FRIO, QUANTO MAIS BAIXA A TEMPERATURA E MAIOR A PORCENTAGEM DE ÁLCOOL, MAIOR SERÁ O TEMPO DE ACIONAMENTO DO RELÉ 10 DE PARTIDA A FRIO.

20 SOLENÓIDE É UM TIPO DE VÁLVULA DE CORTE, JÁ QUE A LIGAÇÃO COM O COLETOR ESTÁ PÓS BORBOLETA, OU SEJA, UMA ÁREA COM AÇÃO DA DEPRESSÃO, DE MODO QUE SE FOSSE LIGADO DIRETO À ELETROBOMBA DEIXARIA VAZIO O RESERVATÓRIO DE GASOLINA. RESISTÊNCIA: 26 OHMS

21 SOLENÓIDE

22 DICA EXCESSO DE ACELERAÇÃO FORÇADA NA FASE FRIA DO MOTOR, E COM A TEMPERATURA EXTERNA MUITO BAIXA FARÁ COM O QUE CONSUMO DE GASOLINA DA PARTIDA A FRIO SEJA ALTO, SENDO NECESSÁRIO COMPLETAR O TANQUINHO EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO. O INDICADOR DE NÍVEL ESTÁ NO PAINEL.

23 PERGUNTA HÁ NECESSIDADE DE INSTALAÇÃO DE UM BOTÃO PARA A PARTIDA A FRIO NESTE SISTEMA ?

24 RESPOSTA NÃO. A ECU ESTANDO PROGRAMADA COM A RELAÇÃO DE COMBUSTÍVEL E COM SINAIS DE SENSORES CORRETAMENTE NÃO HAVERÁ PROBLEMAS.

25 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DESTA AULA. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA 43/2008 NOVO PÁLIO 1.0/1.3/1.4 FLEX AULA 17 REDE CAN Instrutor Scopino


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 41 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB ATUADORES SISTEMA DE PARTIDA A FRIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google