A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 51 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB CONSIDERAÇÕES FINAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 51 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB CONSIDERAÇÕES FINAIS."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB CONSIDERAÇÕES FINAIS

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC DURANTE OU AO FINAL DESTA AULA TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO.

4 INFORMAÇÕES TÉCNICAS AO ALUNO UMEC SOMENTE NA UMEC VOCÊ ASSISTE AS AULAS AO VIVO OU GRAVADAS ! NO SITE DA UMEC, VOCÊ TEM O FÓRUM COM DICAS E SOLUÇÕES E OS MANUAIS DOS PRODUTOS DE NOSSOS PATROCINADORES. PARTICIPE E PRESTIGIE !

5 Já tivemos aula sobre: IMOBILIZADOR. Agora veremos: IAW 4SF E IAW 4AFB CONSIDERAÇÕES FINAIS.

6 DIAGRAMAÇÃO E C U IAW 4SF 4AFB ROTAÇÃO E PMS * DETONAÇÃO * INTERRUPTOR DE FREIO * POSIÇÃO BORBOLETA 1 E 2 * SONDA LAMBDA * MAP+TEMPERATURA DO AR * 04 INJETORES * BOBINAS 1 e 2 * CANISTER * ATUADOR DE M. LENTA * RELÉ BOMBA * LÂMPADA DE DIAGNOSE * CONECTOR DIAGNOSE PADRÃO OBD2 * AR CONDICIONADO * VSS – VELOCIDADE * ACELERADOR ELETRÔNICO * PRESSOSTATO A/C * ELETROVENTILADOR * IMOBILIZADOR * TEMPERATURA DA ÁGUA * POSIÇÃO DO PEDAL 1 E 2 * REDE CAN * INTERRUPTOR DE ÓLEO *

7 DETALHES FINAIS JÁ ESTAMOS NA RETA FINAL NAS AULAS SOBRE OS SISTEMAS IAW 4SF E IAW 4AFB, E AGORA VEREMOS ALGUNS DETALHES QUE SÃO NOVIDADES NA COMPARAÇÃO COM OUTROS MODELOS E MAIS DICAS PARA ESTES DOIS SISTEMAS QUE EQUIPAM O NOVO PÁLIO.

8 NOVOS MODELOS

9 OUTROS MODELOS ABORDAMOS AS MOTORIZAÇÕES 1.0 E 1.3, MAS HÁ AINDA O MOTOR 1.4 FIRE, QUE É A DERIVAÇÃO DO MESMO MOTOR 1.3, E AINDA O MOTOR 1.8, DA UNIÃO ENTRE FIAT E GENERAL MOTORS PARA FORNECIMENTO DE SISTEMAS MOTRIZES E DE TRANSMISSÕES. O FUNCIONAMENTO NA INJEÇÃO E REDE CAN SÃO SEMELHANTES.

10 BIELAS FRATURADAS

11 BIELA FRATURADA UMA MARCANTE CARACTERÍSTICA NESTE MOTORES DO NOVO PÁLIO É A BIELA FRATURADA, ONDE ATRAVÉS DE UM PINO ELÁSTICO A CAPA DA BIELA É QUEBRADA EM UM VINCO, O QUE DETERMINARÁ UMA ÚNICA E CORRETA FORMA DE MONTAGEM. A BIELA FRATURADA PROPORCIONA UM ENCAIXE PERFEITO E MELHOR TROCA DE CALOR.

12 COLETOR DE ESCAPE

13 O BOCAL DO ESCAPAMENTO ESTÁ INCORPORADO AO CONJUNTO PRIMÁRIO, QUE É COMPOSTO DO COLETOR DE ESCAPAMENTO, CATALISADOR E CAPA PROTETORA, FORMANDO UM ÚNICO CONJUNTO EM AÇO INOXIDÁVEL. A FINALIDADE É DIMINUIR A COTAMINAÇÃO E AJUDAR A MANTER ALTA A TEMPERATURA DO CATALISADOR.

14 CÓDIGO DO CHICOTE

15 DICA SEMPRE QUE HÁ NECESSIDADE DE TROCA DE ALGUM CHICOTE DO MOTOR (ATENÇÃO ESPECIAL AO MODELO ADVENTURE 1.8) DEVEMOS IDENTIFICAR A ETIQUETA COM CÓDIGO NO PRÓPRIO CHICOTE, POIS ESTA É A MANEIRA MAIS PRÁTICA E RÁPIDA PARA SOLICITAR UMA NOVA PEÇA SEM ERROS.

16 COLETOR DE ADMISSÃO UM DOS COMPONENTES DO MOTOR QUE MAIS CONTRIBUI PARA A EFICIÊNCIA E MELHOR TRANSFORMAÇÃO DA ENERGIA DO COMBUSTÍVEL EM POTÊNCIA PARA O MOTOR É O COLETOR DE ADMISSÃO DE MATERIAL PLÁSTICO. O BAIXO PESO E O FORMATO AUXILIAM EM TRÊS FATORES SEU FUNCIONAMENTO.

17 COLETOR DE ADMISSÃO

18 FATORES DO COLETOR O PRÓPRIO MATERIAL EM QUE É FABRICADO PROPORCIONA MENOR PESO AO CONJUNTO, AINDA O FORMATO QUE PODE SER TRABALHADO PELOS ENGENHEIROS PARA FACILITAR O FLUXO DO AR ADMITIDO E PROVOCAR UMA TURBULÊNCIA, E AINDA O SEU ACABAMENTO INTERNO TOTALMENTE LISO.

19 ANÉIS DE VEDAÇÃO

20 NÃO HÁ MAIS A JUNTA DO COLETOR, MAS UM JOGO DE ANÉIS O´RING´S DE BORRACHA QUE FAZEM A VEDAÇÃO ENTRE OS CANAIS DO COLETOR E A SUPERFÍCIE LISA DO CABEÇOTE. SEMPRE QUE FOR REMOVIDO O COLETOR HÁ NECESSIDADE DE TROCA DESTES ANÉIS.

21 DICA ATENÇÃO NA REMOÇÃO DOS PRISIONEIROS GUIA DO COLETOR DE ADMISSÃO, HÁ DOIS GUIA QUE SÃO VAZADOS AOS CANAIS DE LUBRIFICAÇÃO DO CABEÇOTE E SE NÃO FOREM RECOLADOS NA MANUTENÇÃO DO CABEÇOTE OCASIONARÁ VAZAMENTO DE ÓLEO ENTRE O CABEÇOTE E O COLETOR DE ADMISSÃO.

22 PERGUNTA OCORRENDO QUEBRA DE CORREIA DENTADA HÁ EMPENAMENTO DE VÁLVULAS ?

23 RESPOSTA APENAS NOS MOTORES COM 16 V. NOS MOTORES 8 VÁLVULAS NÃO OCORRE EMPENAMENTO, MESMO O OU CILINDRADAS

24 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DESTA AULA. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA 53/2008 AULA 01 CORSA 16V Instrutor Scopino


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 51 2008 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMAS: IAW 4SF e IAW 4AFB CONSIDERAÇÕES FINAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google