A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GRÉCIA ANTIGA HISTÓRIA PROFESSORA: ROSA M.S.GRANA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GRÉCIA ANTIGA HISTÓRIA PROFESSORA: ROSA M.S.GRANA."— Transcrição da apresentação:

1 GRÉCIA ANTIGA HISTÓRIA PROFESSORA: ROSA M.S.GRANA

2 ATENAS Atenas foi fundada na região da Ática, próxima ao litoral, no século VIII a.C. em torno de uma colina fortificada, onde encontrava-se o Palácio do rei (Basileu) e o templo, constituindo a Acrópole.

3 Acrópole de Atenas e o Partenon

4 ECONOMIA Base econômica – agricultura e comércio Exportavam - azeite, figo, cerâmica, prata, etc. Importavam – tecidos, tapetes, perfumes, etc. Moeda – Dracma – imagem de coruja (Sabedoria)

5 Eupátridas – aristocracia rural geomores - pequenos agricultores demiurgos – C omerciantes e artesãos Metecos - estrangeiros Escravos – capturados na guerra, compra ou dívida A SOCIEDADE ATENIENSE

6 POLÍTICA Século VIII a.C Século VIII a.C – rei (basileu) – figura decorativa Poder – famílias nobres – Areópago Nove Arcontes ( Arcontado) substitui o rei. Drácon Drácon ( arconte eupátrida) – legislador - conservou os privilégios da aristocracia Sólon Sólon ( comerciante) – Mudanças: abolição da escravidão por dívidas; limitação da quantidade de terras e incentivo ao comércio exterior

7 Tirania Tirania o Pisístrato,Hípias e Hiparco o Perdem apoio popular o Iságoras – tirano impopular o Clístenes depôs Iságoras e assumiu o poder – implantou a democracia Direitos políticos para todos os cidadãos Metecos, mulheres e escravos – não tinham direitos Democracia direta – divisão em demos – participação de assembleias ( Eclésias) Instituiu o ostracismo

8 ESPARTA A cidade de Esparta(ou Lacedemônia) era formada por cinco aldeias localizadas no vale do rio Eurotas, na região do Peloponeso. Surgiu por volta do século XI a.C., quando os dórios invadiram a região e dominaram a população aqueia, transformando-a em hilotas – escravos do Estado.

9 ECONOMIA Toda atividade econômica era proibida aos espartanos - eram os proprietários das terras – dependiam dos periecos e hilotas Cobravam impostos dos periecos que eram comerciantes e artesãos

10

11 SOCIEDADE ESPARTANOS OU ESPARCIATAS PERIECOS – LIVRES – SEM DIREITOS POLÍTICOS HILOTAS – SERVOS PERTENCENTES AO ESTADO

12 POLÍTICA Reis Reis : a cidade era governada por dois reis que possuíam funções militares e religiosas. Tinham vários privilégios. AssemblEia AssemblEia : constituída pelos cidadãos, que se reuniam na Apella (ao ar livre) uma vez por mês para tomar decisões políticas como, por exemplo, aprovação ou rejeição de leis. Gerúsia Gerúsia : formada por vinte e oito gerontes (cidadãos com mais de 60 anos) e os dois reis. Elaboram as leis da cidade que eram votadas pela Assembleia. Éforos Éforos : formado por cinco cidadãos, tinham diversos poderes administrativos, militares, judiciais e políticos. Atuavam na política como se fossem verdadeiros chefes de governo.

13 Guerras Médicas Pérsia X Grécia A principal causa dessas guerras foi a luta pela independência das cidades jônicas, colônias gregas na Anatólia (região da atual Turquia), que os persas em sua expansão territorial passaram a dominar, comprometendo o comércio grego no Oriente. A vitória da Grécia garantiu-lhe o controle comercial da região, imortalizou seus heróis e impôs ao mundo o modelo ocidental de se fazer a guerra. A batalha de Maratona A batalha de Maratona ocorreu em setembro de 490 a.C.. Os atenienses e iniciaram a ofensiva contra os persas. Numa planície apertada entre o mar e as montanhas, um contingente de no máximo 15 mil gregos avançou contra os persas, buscando a batalha corpo a corpo. Heródoto conta que os súditos persas ao verem os gregos se aproximando velozmente, sem o auxílio nem de cavalaria, nem de arqueiros, acreditaram que estavam diante de um exército irracional, e muitos fugiram do combate.

14 Batalha de Termópilas - Batalha de Termópilas - Leônidas, um dos dois reis espartanos, com sua guarda pessoal composta por 300 homens, e com o apoio de mais de 6 mil gregos, aguardava os persas numa situação geográfica que lhes dava ampla vantagem: no meio do desfiladeiro de Termópilas o pequeno número de gregos poderia suportar o imenso exército persa. Batalha de Salamina - Batalha de Salamina -Estima-se que 360 embarcações gregas enfrentaram mais de 600 embarcações persas na batalha de Salamina (setembro de 480 a.C.), considerada a mais mortal das batalhas navais travadas na história. A armada persa não tinha espaço para se locomover, enquanto os gregos manobravam rapidamente e atacavam os persas com seus aríetes.

15 TRATADO DE SUSA OU PAZ DE KALIAS TRATADO DE SUSA OU PAZ DE KALIAS ( 448 a.C) – Os persas reconheceram a hegemonia dos gregos no Mar Egeu e prometiam não atacar mais a grécia

16 GUERRA DO PELOPONESO A Guerra do Peloponeso foi um conflito militar entre as cidades-estado de Atenas e Esparta. Ocorreu entre os anos de 431 e 404 a.C. Causas da guerra Causas da guerra:-Os espartanos viam com desconfiança e ameaça o desenvolvimento econômico e aumento da influência política de Atenas na região da península do Peloponeso; -Relações tensas entre as duas cidades-estado e disputa pela hegemonia política e econômica na região; Final da guerra e consequências Final da guerra e consequências A Guerra do Peloponeso terminou em abril de 404 a.C, após a rendição de Atenas e a conquista espartana em Helesponto. O fim da guerra derrubou o poder de Atenas na península e resultou na hegemonia política e economia de Esparta na região, com seu sistema voltado para o fortalecimento militar. Principais líderes da guerra: Principais líderes da guerra: - Liga de Delos: Arquídamo II, Lisandro e Brásidas - Liga do Peloponeso: Péricles, Cléon, Nícias, Alcibíades e Demóstenes

17

18 GRÉCIA - CULTURA Artes Plásticas Os gregos eram excelentes escultores, pois buscavam retratar o corpo humano em sua perfeição. Músculos, vestimentas, sentimentos e expressões eram retratados pelos escultores gregos. Filosofia A cidade de Atenas foi palco de grande desenvolvimento filosófico durante a o Período Clássico da Grécia (século V AC). Os filósofos gregos pensavam e criavam teorias para explicar a complexa existência humana, os comportamentos e sentimentos. Podemos destacar como principais filósofos gregos Platão e Sócrates. Podemos citar também Tales de Mileto, importante filósofo, matemático e astrônomo da Grécia Antiga.GréciaPlatãoSócrates

19 Algumas frases e pensamentos atribuídos ao filósofo Sócrates : - A vida que não passamos em revista não vale a pena viver. - A palavra é o fio de ouro do pensamento. - Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância. - É melhor fazer pouco e bem, do que muito e mal. - Alcançar o sucesso pelos próprios méritos. Vitoriosos os que assim procedem. - A ociosidade é que envelhece, não o trabalho. - Há sabedoria em não crer saber aquilo que tu não sabes. - Não penses mal dos que procedem mal; pense somente que estão equivocados. - O amor é filho de dois deuses, a carência e a astúcia. - A verdade não está com os homens, mas entre os homens. - Quem melhor conhece a verdade é mais capaz de mentir. - Todo o meu saber consiste em saber que nada sei. - Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o Universo de Deus.

20

21 ARQUITETURA 1 - Coríntio - pouco utilizado pelos arquitetos gregos, caracterizava-se pelo excesso de detalhes. Os capitéis das colunas eram, geralmente, decorados com folhas. 2 – Dórico - estilo com poucos detalhes, transmitindo uma sensação de firmeza. 3 – Jônico - este estilo transmitia leveza, em função dos desenhos apresentados, principalmente nas colunas das construções. Outra característica deste estilo era o uso de base circular.

22 Esportes Foram os gregos que desenvolveram os Jogos Olímpicos. Aconteciam de quatro em quatro anos na cidade grega de Olímpia. Era uma homenagem aos deuses, principalmente a Zeus (deus dos deuses). Atletas de diversas cidades gregas se reuniam para disputarem esportes como, por exemplo,natação, corrida, arremesso de disco entre outros. Os vencedores das Olimpíadas eram recebidos em suas cidades como verdadeiros heróis. Mitologia Para explicarem as coisas do mundo e transmitirem conhecimentos populares, os gregos criaram vários mitos e lendas. As estórias eram transmitidas oralmente de geração para geração. A mitologia grega era repleta de monstros, heróis, deuses e outras figuras mitológicas. Os mitos mais conhecidos são: Minotauro, Cavalo de Tróia, Medusa e Os Doze trabalhos de Hércules. Teatro Os gregos eram apaixonados pelo teatro. As peças eram apresentadas em anfiteatros ao ar livre e os atores representavam usando máscaras. As comédias, dramas e sátiras retravam, principalmente, o comportamento e os conflitos do ser humano. Ésquilo e Sófocles foram os dois mais importantes escritores de peças de teatro da Grécia Antiga.

23

24 RELIGIÃO Os gregos eram politeísta - os deuses tinham o poder de agir no mundo material dos humanos. Os deuses gregos eram imortais, porém podiam apresentavam várias características comportamentais e físicas dos seres humanos. Faziam coisas boas e ruins, certas e erradas, ajudavam ou atrapalhavam a vida das pessoas. De acordo com a crença grega, estes deuses habitavam o monte Olimpo e possuíam poderes particulares. Afrodite, por exemplo, era a deusa do amor; Deméter era a deusa das colheitas; Atena a deusa das artes e Zeus o deus dos deuses (deus superior). Além destes principais, havia muitos outros deuses na religião grega. Cada cidade possuía uma espécie de deus protetor. Este deus tinha um templo e era cultuado também dentro das casas. Os gregos pediam aos deuses proteção, bens materiais e sucesso nas atividades da vida. Para agradar estes deuses, costumavam fazer oferendas, orar e sacrificar animais. Eram comum as festas realizadas nos templos em homenagem ao deus protetor da cidade.

25

26 MACEDÔNIA Os macedônicos, durante o reinado de Felipe, conquistaram a Grécia em 338 a.C. com a batalha de Queronéia. O sucessor de Felipe, seu filho Alexandre Magno, assumiu o trono após a conquista da Grécia, e proporcionou a expansão do império para o Oriente Médio. Em 333 a.C., Alexandre destruiu o exército persa liderado pelo rei Dario III, na batalha de Issos. Em 334 a.C chegou à Fenícia onde conquistou a cidade de Tiro, logo depois seguiu para o Egito onde foi acolhido como o filho de deus pelos sacerdotes do templo de Amon-Rá. Em 331 a.C Alexandre assumiu o trono de rei dos persas após executar uma invasão no Reino Persa. O Império Macedônico funda o mais vasto dos impérios da humanidade com a conquista da Palestina e da Índia. Em 323 a.C Alexandre Magno morre aos 33 anos na Babilônia.


Carregar ppt "GRÉCIA ANTIGA HISTÓRIA PROFESSORA: ROSA M.S.GRANA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google