A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

7/5/20141 CURSO DE ECONOMIA DOMÉSTICA Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Ciências Humanas e Sociais Departamento de Economia Doméstica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "7/5/20141 CURSO DE ECONOMIA DOMÉSTICA Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Ciências Humanas e Sociais Departamento de Economia Doméstica."— Transcrição da apresentação:

1 7/5/20141 CURSO DE ECONOMIA DOMÉSTICA Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Ciências Humanas e Sociais Departamento de Economia Doméstica UFRRJ/2008 Bacharelado e Licenciatura

2 7/5/20142 Identificação Denominação do curso: Economia Doméstica Modalidades: Bacharelado e licenciatura Estrutura Acadêmica: presencial, semestral, sistema de créditos e integral Local de oferta: Campus sede - Seropédica Número total de vagas: 40 (20-20) a partir de 2010 Carga horária: 2790 h Licenciatura e 3060 h Bacharelado Duração: 04 a 06 anos

3 Cordenador Consuelo Salvaterra Magalhães Formação: Economia Doméstica – UFRRJ ( ) Especialização: Educação Superior do Brasil: Atualidade e Perspectivas – UFF ( ) Mestrado: Engenharia de Produção – COPPE/UFRJ ( ) Doutorado: Engenharia de Produção – COPPE/UFRRJ ( )

4 7/5/20144 OFERTA EM IES PÚBLICAS No Brasil 5 Universidades: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ*; Universidade Federal de Viçosa – UFV; Universidade Federal do Ceará – UFC; Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE; Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE. (*)O único curso no Brasil com as modalidades Licenciatura e Bacharelado, os demais oferecem apenas bacharelado e, Guia Melhores Universidades: **** em 2008

5 7/5/20145 Economia Doméstica é uma profissão de natureza técnico-científica, que se caracteriza por uma atuação técnico-educativa desenvolvendo programas, projetos, planos e pesquisas concernentes ao atendimento das necessidades básicas da família e outros grupos em instituições públicas, privadas e organizações não governamentais. Reconhecimento: Parecer nº 175/62-CFE, Decreto nº 1.984/63-MEC Profissão Regulamentada pela Lei nº de 21/10/85 Conselhos: Federal e regional de Economistas Domésticos: Lei nº de 13/06/1990. Conceito, Reconhecimento e Legislação

6 Justificativa A graduação em Economia Doméstica compreende um conjunto de conhecimentos e aptidões direcionados primeiramente à qualidade de vida da família. Estes conhecimentos gerados, aplicados, transferidos e divulgados para a sociedade, são instrumentos para possibilitar a melhoria da qualidade de vida. Os princípios norteadores do exercício profissional estão expressos nas Leis anteriormente citadas. Neste contexto: considerando que a sociedade contemporânea evidencia grande necessidade de profissões, com novos e crescentes espaços de atuação, frente à demanda dos grandes desafios nacionais, o curso de Economia Doméstica tem sofrido alterações com o objetivo de contextualizar sua proposta ao novo modelo de competitividade, produtividade e criatividade exigida aos profissionais, estabelecendo novas relações de trabalho e/ou emprego, tanto quanto o fortalecimento de novos setores como o de serviços, defendendo e focando a preocupação com aspectos inerentes à formação do Economista Doméstico de modo a repensar e viabilizar a melhor implementação e consolidação de um processo contínuo de ensino e aprendizagem.

7 7/5/20147 Atuação Bacharel em Economia Doméstica Comprometido com a formação profissional generalista, com sólida formação multidisciplinar, humanista e crítica-reflexiva sobre o cotidiano dos indivíduos, da família e de demais grupos sociais, capacitando o profissional a atuar nas áreas de: Extensão Rural e Urbana, Alimentação e Nutrição, Saúde, Família e Desenvolvimento Humano, Espaço e Administração Familiar, Vestuário e Têxteis.

8 Competências do Bacharel em Economia Doméstica (1) Compete ao Bacharel em Economia Doméstica: Coordenar, orientar e executar programas e projetos de desenvolvimento sustentável nas áreas urbanas e rurais; Planejar, coordenar e executar atividades relativas à elaboração de cardápios balanceados para coletividades sadias, treinamento de manipuladores de alimentos, orientação quanto ao aproveitamento integral e preparação técnica dos alimentos juntamente com programas de educação alimentar;

9 Planejar, administrar e avaliar serviços de modelagem e produção de vestuário, rouparia e lavanderias institucionais e em hotelaria; Planejar, orientar, supervisionar e executar programas de atendimento integral à criança e assistência a outros grupos vulneráveis, bem como realizar projetos de campanhas educativas para promoção da Saúde Pública; Planejar, coordenar e executar programas de informação e educação do consumidor quanto à utilização de bens e serviços e no planejamento do orçamento familiar maximizando a utilização dos recursos disponíveis na família ou na comunidade. Competência do Bacharel em Economia Doméstica (2)

10 Licenciatura em Economia Doméstica Formação comprometida com o profissional educador e administrador educacional para atuar no ensino público e privado pautando sua prática nos princípios: Éticos - da autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum, Políticos - dos direitos e deveres da cidadania, do exercício da crítica e respeito à ordem democrática, Estéticos - da sensibilidade, da criatividade, do lúdico e da diversidade de manifestações artísticas e culturais. Humanistas - do desenvolvimento do ser humano em suas essências.

11 Competências do Licenciado em Economia Doméstica Compete ao Licenciado em Economia Doméstica: Atuar no ensino do nível superior, lecionando disciplinas específicas de sua formação; Atuar no ensino da matéria de Educação para o Lar ou disciplinas correlatas nas escolas; Coordenar, orientar e executar cursos de atualização de professores que lecionam na Educação Infantil; Planejar, orientar e executar cursos de capacitação profissional nas diversas áreas de competência do Economista Doméstico; Planejar, orientar e executar cursos na educação informal.

12 7/5/ Perfil do Profissional Egresso O curso de graduação em Economia Doméstica deve formar um profissional generalista, porém com sólida formação científica e técnica; possuidor de capacidade de desenvolver programas, projetos e ações de forma crítica e criativa, capaz de atuar na identificação e resolução de problemas sociais e do ambiente, considerando os aspectos sociais, econômicos e culturais da população com visão ética e humanista, em atendimentos relativos às necessidades básicas da comunidade, família e indivíduo. Profissional apto a atuar em um mercado altamente competitivo e em constante transformação, como impactos periódicos ou sazonais, segundo as mudanças na vida social, cultural, econômica, política, empresarial e organizacional, com ênfase na qualidade de vida, em seus mais diversos e importantes aspectos estruturais, infra- estruturais e eficácia, primando pelo qualitativo funcionamento, de acordo com os diversos segmentos culturais, sociais e econômicos.

13 7/5/ Visão da Pesquisa e Extensão Vocação Contar com diferentes recursos que viabilizem o contato do acadêmico com o mercado: -o local de implantação da Unidade de Ensino. - Programa Integrado de Pós-graduação da UFRRJ, que apóia o desenvolvimento de projetos de pesquisa, além de programas e convênios de intercâmbio, internacionais e nacionais. -Pós-Graduação (Lato sensu), em duas modalidades Administração dos Serviços de Alimentação e Gestão em Hotelaria e Stricto Sensu Gestão e Estratégia em Negócios Tecnologia de Alimentos por exemplo, podem dar continuidade em sua formação profissional Oferecer condições para os profissionais desenvolverem sua criatividade, capacidade de planejamento estratégico e uma visão crítica da realidade sócio-econômica e cultural visando a melhoria as qualidade de vida.

14 Colegiado de Curso Departamentos envolvidos na composição do quadro docente – Colegiado de Curso Departamento de Economia Doméstica (ICHS); Departamento de Ciências Contábeis e administrativas (ICHS); Departamento de Economia (ICHS); Departamento Letras e Ciências Sociais (ICHS); Departamento de Teoria e Planejamento do Ensino (IE);

15 ...Colegiado Departamento de Psicologia (IE); Departamento de Biologia Animal (IB); Departamento de Matemática (ICE); Departamento de Microbiologia e Imunologia Veterinária (IV) Departamento de Arquitetura e Urbanismo (IT); Departamento de Química (ICE).

16 7/5/ FUNCIONAMENTO DO CURSO RECURSOS HUMANOS Coordenador - 01; Técnicos de Laboratório: 02 Técnicos de Laboratório em Economia Doméstica – Área de Vestuário e Têxteis e na UPAT - Unidade de Produção de Artigos Têxteis - e 01 no Laboratório de Alimentação. Corpo Docente: Efetivos (14) 6 Doutores 4 Mestres 2 Doutorandos 2 Mestrandos Substitutos (3) 1 Mestre 2 Graduados

17 ESTRUTURA FÍSICA Atualmente dispõe de nove laboratórios (DED/ICHS/CAIC): três Laboratórios de alimentação (Planejamento, Beneficiamento e Análises) 01 de Espaço e Habitação 01 de Desenvolvimento Humano 01 de Vestuário 01 de Têxteis 01 da Unidade de Produção de Artigos Têxteis - UPAT Um de Informática

18 7/5/ Estrutura Física (cont.) Efetivo uso de espaços (salas de aula e laboratórios) do ICHS, IB, IV, IT, IE. Disponibilização no ICHS, de área útil de aproximadamente m 2 distribuída por três edifícios, com 30 salas de aula, distribuídos nos Prédios Principal, Anexo I e Anexo II, além do Anexo III, com acesso por escada e rampas em atendimento aos portadores de necessidades especiais. Os demais espaços no ICHS, compostos por Diretoria e Secretaria Administrativa (39.9m 2 ), Vice-Diretoria (13.40m 2 ), Copa (21.15m 2 ), Chefia e Coordenação, Salas de Aula, Laboratório de Informática e Centro de Leitura e Estudo Rômulo Cavina, além do Espaço Cultural Paulo Freire, com 300 poltronas, camarim, planejado também para eventos. Composto ainda de áreas de circulação, de lazer (pátio interno com mesas e bancos em concreto), sanitários (4M e 4F).

19 Estrutura logística(outras) Alojamento Biblioteca Bandejão Ambulatório Ginásio de Esportes Salas de aula Laboratórios de aulas práticas Laboratório de Informática Professores Funcionários Técnicos Funcionários Administrativos

20 Principais fatores que ocasionam a evasão, a retenção, o trancamento e a baixa taxa de conclusão do curso Reprovação e abandono nas disciplinas do ciclo básico, principalmente as Químicas; Falta de identificação com o curso; Preconceito quanto ao nome; Utilizado como trampolim Falta de adaptação; Dificuldade financeira (alojamento, dificuldade em se manter na universidade); Falta de interesse; Mercado de trabalho; Tempo integral


Carregar ppt "7/5/20141 CURSO DE ECONOMIA DOMÉSTICA Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Instituto de Ciências Humanas e Sociais Departamento de Economia Doméstica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google