A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENPL 2013. Preparar uma celebração Porquê preparar uma celebração? Sabermos o que estamos a fazer Sabermos o que estamos a celebrar Sabermos como fazer.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENPL 2013. Preparar uma celebração Porquê preparar uma celebração? Sabermos o que estamos a fazer Sabermos o que estamos a celebrar Sabermos como fazer."— Transcrição da apresentação:

1 ENPL 2013

2 Preparar uma celebração

3 Porquê preparar uma celebração? Sabermos o que estamos a fazer Sabermos o que estamos a celebrar Sabermos como fazer Ajudar a comunidade a celebrar ?

4 Com quem preparar? Grupo de acólitos Pároco e/ou presidente da celebração Grupo coral Leitores Monitores Outros (acolhimento, etc.)

5 Bibliografia a utilizar: Ritual / Pontifical Missal Romano Leccionário IGMR Cerimonial dos Bispos

6 Não esquecer: Preparar a Sacristia Orientador da celebração mestre de cerimónias Preparar o Ambão Preparar a Credência Preparar a Presidência Preparar outro local necessário Fogo novo / baptistério / etc. Distribuição de tarefas Conhecer o local saber o quê e como adaptar Ter um esquema da celebração

7 Exemplo de uma celebração: Planta do local Esquema da celebração Preparativos Sacristia Paramentos para o Presidente e concelebrantes Turíbulo e naveta Cruz e velas Evangeliário Ambão Leccionário Livro da Oração Universal Altar Toalha Velas Credência Ritual do crisma Âmbula com óleo do Crisma, algodão Lavandas com sabonete Cálix Patena Píxide Galhetas Corporal Sanguíneo Lavandas Livro de concelebrantes A Celebração: Entrada Como habitualmente Liturgia da Palavra Como habitualmente Depois do Evangelho o bispo senta-se de Mitra e sem báculo O pároco faz a apresentação dos crismandos Os crismandos podem ser chamados pelo o nome e dispõe-se diante do bispo ou simplesmente levantam-se O bispo faz a homilia Depois da homilia o bispo senta-se de báculo e mitra O ministro do livro apresenta o ritual do crisma O bispo interroga os crismandos pedindo-lhes a Profissão de Fé (todos permanecem de pé) O bispo depõe o báculo e mitra levanta-se e convida à oração Faz a oração de crismação Senta-se e recebe a mitra O acólito da âmbula aproxima-se Os crismandos aproximam-se do bispo e ajoelham-se o padrinho de pé coloca a mão direita sobre o ombro direito do crismando e diz o nome deste O bispo crisma e o crismado e padrinho retiram-se Entretanto um acólito pode estar a receber os boletins do crisma. Quando faltarem poucos para serem crismados preparam-se as lavandas com o sabonete Terminada a crismação o acólito da âmbula retira-se, o bispo lava as mãos O bispo depõe a mitra e levanta-se O acólito do livro apresenta o livro da Oração Universal Terminada a oração o bispo conclui, todos se sentam e o bispo recebe a mitra Liturgia Eucarística Como habitualmente Comunhão Como habitualmente Os que foram crismados poderão receber a comunhão nas Duas Espécies Ritos finais Depois da oração o bispo recebe a mitra e inicia a bênção final Será usada o bênção própria Como habitualmente Celebração do Crisma

8 Planta do local BP Acólitos Presidência Altar Crismandos e padrinhos Ambão Lugares de comunhão B- Bispo P- Pároco 1 a 8

9 Esquema da celebração Preparativos Sacristia 1.Paramentos para o Presidente e concelebrantes 2.Turíbulo e naveta 3.Cruz e velas 4.Evangeliário Credência 1.Ritual do crisma 2.Âmbula com Óleo do Crisma, algodão 3.Lavandas com sabonete 4.Cálix 5.Patena 6.Píxide 7.Galhetas 8.Corporal 9.Sanguíneo 10.Lavandas 11.Livro de concelebrantes Ambão 1.Leccionário 2.Livro da Oração Uni. Altar 1.Toalha 2.Velas

10 A Celebração: 1.Entrada 1.Como habitualmente 2.Liturgia da Palavra e Crisma 1.Como habitualmente 2.Depois do Evangelho o bispo senta-se de Mitra e sem báculo 1.O pároco faz a apresentação dos crismandos 2.Os crismandos podem ser chamados pelo o nome e dispõe-se diante do bispo ou simplesmente levantam-se 3.O bispo faz a homilia 4.Depois da homilia o bispo senta-se de báculo e mitra 1.O ministro do livro apresenta o pontifical do crisma 2.O bispo interroga os crismandos pedindo-lhes a Profissão de Fé (todos permanecem de pé) 3.O bispo depõe o báculo e mitra levanta-se e convida à oração 4.Faz a oração de crismação 5.Senta-se e recebe a mitra 6.O acólito da âmbula aproxima-se 7.Os crismandos aproximam-se do bispo e ajoelham-se o padrinho de pé coloca a mão direita sobre o ombro direito do crismando e diz o nome deste 8.O bispo crisma e o crismado e padrinho retiram-se 9.Entretanto um acólito pode estar a receber os boletins do crisma. 10.Quando faltarem poucos para serem crismados preparam-se as lavandas com o sabonete 11.Terminada a crismação o acólito da âmbula retira-se, o bispo lava as mãos 5.O bispo depõe a mitra e levanta-se 1.O acólito do livro apresenta o livro da Oração Universal 2.Terminada a oração o bispo conclui, todos se sentam e o bispo recebe a mitra 3.Liturgia Eucarística 1.Como habitualmente 4.Comunhão 1.Como habitualmente 1.Os que foram crismados poderão receber a comunhão nas Duas Espécies 5.Ritos finais 1.Depois da oração o bispo recebe a mitra e inicia a bênção final 1.Será usada o bênção própria 2.Como habitualmente

11 Após a celebração: Certificar que tudo ficou arrumado e limpo Cada um com a sua missão Livros Turíbulo Ajudar a desparamentar o presidente Etc. Arrumar e limpar tudo o que foi utilizado Mesmo o que foi alterado para essa celebração específica (bancos, etc.)

12 ENPL 2013 – Pe. Luís Leal


Carregar ppt "ENPL 2013. Preparar uma celebração Porquê preparar uma celebração? Sabermos o que estamos a fazer Sabermos o que estamos a celebrar Sabermos como fazer."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google