A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modalidades Trabalho realizado por: Jorge Novais – nº 13 Rui Soares – nº20.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modalidades Trabalho realizado por: Jorge Novais – nº 13 Rui Soares – nº20."— Transcrição da apresentação:

1 Modalidades Trabalho realizado por: Jorge Novais – nº 13 Rui Soares – nº20

2 O basebol é um desporto praticado por duas equipas de nove jogadores, que alternadamente ocupam as posições de ataque e defesa. O objectivo é pontuar batendo com um bastão numa bola lançada e depois correr pelas quatro bases do campo. Um jogador da equipa atacante pode parar numa das bases e, depois, avançar com a ajuda da batida de um companheiro. As equipas trocam de posição assim que três batedores são eliminados. Um turno de ataque e defesa de cada equipa representa uma entrada e nove entradas compõem um jogo profissional. A equipa com mais corridas no final vence. Basebol

3 É um desporto muito popular na América do Norte, em alguns países da América Central, no Caribe hispanófobo e no Extremo Oriente. Nos Estados Unidos a modalidade é a que atrai mais espectadores aos estádios. O basebol, apresentado a título de modalidade de demonstração em vários Jogos Olímpicos dispersos ao longo do tempo, foi incluído no programa oficial dos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992, sendo posteriormente removido a partir de Londres Na América do Norte, a liga profissional é a Major League Baseball (MLB), e as equipas são divididas nas ligas Americana, cada uma com três divisões: Oeste, Leste e Central. O campeão da Major League é determinado pelos play-offs, culminando na World Series. O Basebol também é o desporto líder em Cuba e no Japão, e o nível profissional, assim como nos EUA, é muito equilibrado na Série Nacional de Basebol, em Cuba, e Nippon Professional Baseball, no Japão.

4 O críquete é um desporto que utiliza bola e tacos, cuja origem remonta ao sul da Inglaterra, durante o século XVI. Considerado por muitos um desporto parecido com o basebol. Foi inspirado num rudimentar jogo rural medieval chamado stoolball. Foi adoptado pela nobreza no século XVII. Sofreu muitas transformações ao longo dos anos até se tornar um desporto bastante admirado no Reino Unido, na Índia e no Paquistão. Jogam onze de cada lado, num campo sem dimensões fixas, mas sempre muito amplo. Os movimentos principais passam-se numa faixa rectangular de 20,1 metros de comprimento, no centro do campo, onde a bola (de cortiça e couro) chega a voar 150 km/h. Críquete

5 A bola é lançada pelo arremessador contra o alvo do adversário (três varetas presas no solo, chamadas wicket), defendido pelo batedor. Os outros jogadores das duas equipas tomam posições de ataque ou defesa, de acordo com a posse da bola dos batedores, e agem com o mesmo objectivo destes: atacar ou defender o wicket. A contagem de pontos varia de acordo com o tipo de jogadas empregadas. No início, os jogos podiam durar até dez dias. Os tempos modernos, porém, exigiram mudanças. Hoje, a maioria dos jogos é disputada em dois tempos, numa tarde ou numa noite.

6 O futebol americano, conhecido nos Estados Unidos da América simplesmente como football e em alguns outros países de língua inglesa como gridiron, é um desporto de equipa e de contacto que surgiu de uma variação do rugby e que recompensa a velocidade, agilidade, capacidade táctica e força bruta dos jogadores que se empurram, bloqueiam e perseguem uns aos outros, tentando fazer avançar uma bola em território inimigo durante uma hora de tempo de jogo, que se transforma em três ou quatro de tempo real. É frequente ver no futebol americano uma metáfora para a guerra, com muita violência pessoal a ter lugar dentro do campo, com jogadores pesando 150 kg ou mais a empurrar-se mutuamente com cada grama do seu peso, e com uma linha de frente claramente definida, que se move para trás e para a frente ao longo do campo, separando as equipes de ataque e defesa. Futebol Americano

7 O hóquei no gelo é um desporto olímpico jogado entre duas equipas de seis jogadores - onde todos os jogadores e juízes calçam patins - sobre o gelo. Os jogadores patinam no gelo e usam tacos (sticks) para movimentar um disco de ferro (puck). O objectivo do jogo é fazer com que o disco seja colocado na baliza do adversário. Um golo equivale a um ponto. A equipe com o maior número de pontos no final vence a partida. O hóquei no gelo é um dos jogos mais rápidos do mundo - tanto pelo movimento constante e rápido dos jogadores quanto pelas tacadas desesperadas pelos jogadores, que podem alcançar uma velocidade de mais de 160 quilómetros por hora. O hóquei no gelo é um dos poucos desportos que permitem a troca de jogadores (ilimitadamente) enquanto o jogo ainda está em progresso. É também um desporto muito violento e agressivo, embora pesados equipamentos de protecção sejam utilizados, diminuindo o número de lesões. Brigas entre jogadores - embora contra as regras - são muito comuns nas partidas de hóquei. Hóquei no gelo

8 O hóquei no gelo surgiu no Canadá, onde é o desporto nacional do país. O Canadá é o maior vencedor de competições internacionais de hóquei no gelo do mundo - como o Campeonato Mundial e nos Jogos Olímpicos. O desporto também é muito popular nos Estados Unidos da América (maioritariamente na região Nordeste e Centro-Norte do país), Suécia, Rússia, República Checa, Finlândia, Eslováquia e Eslovénia, Letónia, e em menor escala, em outros países de clima temperado. No Canadá, nos Estados Unidos e na Rússia, o hóquei no gelo é chamado simplesmente de "hóquei". O hóquei no gelo pode ser praticado ao ar livre num dia frio, ou durante o ano inteiro, até mesmo no Verão, em estádios especializados.

9 É um desporto que combina basquetebol, futebol americano, hóquei no gelo e ginástica num só. Quando desenhou o primeiro campo de slamball num guardanapo, Mason Gordon estava longe de imaginar que o novo desporto que acabara de inventar se ia tornar um fenómeno nos EUA. Estávamos em 2000 e a ideia já fermentava na sua cabeça há algum tempo: "Queria combinar basquetebol com futebol americano para criar um desporto duro, rápido e atlético que parecesse mais um videojogo", explica o criador ao i. Mais tarde percebeu que o hóquei no gelo e a ginástica também cabiam no conceito. Assim nasceu o slamball. Nessa altura trabalhava como estafeta numa produtora audiovisual. Um dia apresentou a ideia a Mike Tollin - hoje sócio, na altura patrão - para convencê-lo a apoiar o projecto. "Saltei para cima da mesa e disse: ''Vai ser uma liga cheia de Kobe Bryants, Dwyane Wades e Michael Jordans; e toda a gente vai saltar acima do aro e os defesas enormes vão abafá-los no ar! Vai ser brutal!''" SlamBall

10 Tollin gostou e juntos decidiram subverter a ordem natural das coisas. Como, de início, ninguém ia conhecer o slamball, porque não começar com um programa de televisão? "Se fosse suficientemente bom, depois podíamos divulgá--lo pelo mundo e usar a visibilidade da televisão para ajudar o desporto a crescer. É nesse ponto que estamos agora." Dez anos depois dos primeiros passos, o slamball já ultrapassou as fronteiras norte-americanas. Continua a ser jogado apenas nos EUA, mas as temporadas têm sido transmitidas na China, em Espanha e em Itália. Portugal junta-se à lista partir de Março, através da SIC Radical. "Se o feedback por positivo, até vamos ter um torneio ao vivo em Lisboa." Por cá o fenómeno ainda é desconhecido. Por isso, vamos até ao mais básico: como funciona este desporto? A mistura tem no basquetebol a maior base. À primeira vista, os trampolins (quatro em cada meio-campo) sobressaem como a principal diferença. Estão ali para ajudar os jogadores a saltar mais alto e a criar lances mais espectaculares. E os afundanços até são premiados: tal como os triplos, também valem três pontos. O número de jogadores também não é o mesmo do basquetebol - são quatro jogadores por equipa, em vez de cinco. Do futebol americano vem o contacto físico - as placagens são permitidas, à excepção da zona dos trampolins (conhecida como slamzone). O hóquei no gelo empresta as paredes, feitas em plexiglass, e parte da estratégia (os jogadores são substituídos com o jogo a decorrer).

11 Nos EUA, o slamball já tem lugar ao lado dos principais desportos. E a relação com a NBA é boa, garante Mason Gordon. "Já tivemos uma série de estrelas nos nossos treinos e nas nossas transmissões, tais como Shaquille O'Neal, Amare Stoudemire ou Spudd Webb. Ainda assim, não vale a pena entrar em comparações com os grandes atletas da NBA. "Se o LeBron James, por exemplo, entrasse num campo de slamball e pusesse os pés num trampolim ia saltar até ao parque de estacionamento!" O All-Star Weekend da NBA realiza-se a partir de hoje, em Los Angeles. Por isso, os participantes do concurso de afundanços até podiam pedir umas dicas aos jogadores de slamball. Menos a Mason Gordon. "Sou o pior que já passou pela modalidade. O meu maior talento é ser deitado ao chão vezes sem conta por jogadores mais fortes do que eu."

12 Podemos mostrar melhor o que é o Slamball, neste vídeo: edded&v=2ouXw328WYI edded&v=2ouXw328WYI


Carregar ppt "Modalidades Trabalho realizado por: Jorge Novais – nº 13 Rui Soares – nº20."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google