A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

V Encontro Regional de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais do Nordeste A Industria do Capital Empreendedor no Brasil: evolução,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "V Encontro Regional de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais do Nordeste A Industria do Capital Empreendedor no Brasil: evolução,"— Transcrição da apresentação:

1 V Encontro Regional de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais do Nordeste A Industria do Capital Empreendedor no Brasil: evolução, importância e estágio atual Paulo de Sousa Oliveira Junior Diretor Executivo de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Outubro/2009

2 2 Agenda Evolução do Mercado de Capitais Brasileiro Private Equity – Oportunidades de Saída Alternativas BM&FBOVESPA

3 Preparação para retomada do mercado de capitais brasileiro (1) Estabilidade econômica que teve início na década de 90 e foi consolidada na década atual Em 2000, a Resolução CMN facilitou o ingresso de investidores estrangeiros no mercado brasileiro Criação do Novo Mercado em 2000 Padrões mais elevados de Governança Corporativa para as companhias listadas Aumento do interesse de investidores locais e estrangeiros pelo mercado acionário brasileiro 3

4 Fim da CPMF para operações realizadas em bolsa que tornou o mercado acionário brasileiro mais competitivo (jun/02) Esforços para ampliação da base de investidores Programas de popularização voltados para investidores individuais Maior divulgação do mercado brasileiro (BEST - iniciativa da BM&FBOVESPA, Anbid, CVM, Tesouro Nacional e Banco Central) Atuação da CVM na regulação e fiscalização do mercado 4 Preparação para retomada do mercado de capitais brasileiro... (2)

5 Maior bolsa de ações e derivativos da América Latina 6º maior mercado em captação de recursos do mundo (Set/09) 3º maior mercado de IPOs do mundo (Set/09) 4º mercado de opções do mundo (Set/09) EXPRESSIVO MERCADO DE CAPITAIS 1º contrato de opção sobre ações mais negociada (em bolsa) do mundo (2008) - Petrobras 1º contrato de futuro de moedas mais negociado (em bolsa) do mundo (2008) 8º contrato futuro de taxa de juros mais negociado (em bolsa) do mundo (2008) RELEVANTES INSTRUMENTOS DE PROTEÇÃO CONTRA O RISCO 4ª maior bolsa listada do mundo (out/09): R$ 27,6 bilhões* *Valor de Mercado em 14/out/ e a Bolsa brasileira ganhou projeção global

6 Bolsa Mundial 4ª Fonte: Bloomberg - US$ bilhões, em 14/10/ com reflexos sobre o seu valor de mercado perante as bolsas mundiais

7 7... e sobre as distribuições públicas de ações Volume captado em distribuições públicas de ações (em R$ milhões) Ofertas públicas iniciais (IPOs) e ofertas subseqüentes (follow-ons) Fonte: BM&FBOVESPA. * * Acumulado até 07/10/2009

8 8 Agenda Evolução do Mercado de Capitais Brasileiro Private Equity – Oportunidades de Saída Alternativas BM&FBOVESPA

9 9 Private equity e listagem em bolsa Private equity e listagem em bolsa: concorrentes ou complementares? O histórico recente indica complementaridade entre ambos O mercado acionário brasileiro proporcionou saída gradual ou integral aos privates (ofertas secundárias) Adicionalmente, algumas companhias, ainda investidas, captaram recursos mediante ofertas primárias de ações A visibilidade proporcionada para a companhia listada pode ser uma importante aliada no processo de precificação no momento da saída do private Acessar o mercado de forma gradual é uma estratégia a ser considerada

10 10 Private equity e listagem em bolsa: parceria Distribuição de ações em IPOs por cias. investidas (R$ milhões) Fonte: BM&FBOVESPA. Total * Acumulado até 07/10/2009

11 11 Private equity e saída (*) em bolsa (*) Saída parcial ou integral (26 distribuições secundárias)

12 12 Agenda Efeitos da Crise Alternativas BM&FBOVESPA Private Equity – Oportunidades de Saída

13 13 Considerando que... Ingresso do private equity sinaliza disposição, por parte dos empreendedores originais, de compartilhar informações e poder de controle Exigências da indústria de private (profissionalização da administração, adoção de boas práticas de governança corporativa, aceleração do crescimento etc) proporcionam vantagens e implicam custos Os custos mensuráveis (ou tangíveis) para a listagem em bolsa podem ser marginais, considerando-se que, com o ingresso do private, existe a necessidade de auditoria dos números, controles internos, composição de um Conselho de Administração etc Listagem em bolsa e atitude pró-ativa da companhia perante o mercado podem resultar numa precificação mais adequada A prévia exposição da companhia não deixa de ser uma forma gradual de acessar o mercado

14 14... existem alternativas na BM&FBOVESPA Novo Mercado Distribuição de ações concomitante com a listagem devido à necessidade de free float (25% de ações em circulação) Balanceamento entre oferta primária e secundária (saída integral ou gradual do private equity) Bovespa Mais Distribuição de ações posterior à listagem (7 anos para alcançar free float de 25%) Estratégias possíveis Listagem sem oferta Listagem com oferta primária (com menor volume) Listagem com ofertas primária e secundária (captação de recursos e saída gradual)

15 15 Atenção: Esta apresentação visa a fornecer informações institucionais sobre a economia e o mercado de valores mobiliários brasileiros. Não é uma recomendação de investimento em qualquer ativo financeiro específico. O Bovespa Mais é um segmento especial de mercado de balcão organizado administrado pela BM&FBOVESPA. Como tal, os negócios realizados por investidores no mercado de balcão organizado não contam com o Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos instituído pela BM&FBOVESPA. Paulo de Sousa Oliveira Junior Diretor Executivo de Desenvolvimento e Fomento de Negócios +55 (11) / 2004


Carregar ppt "V Encontro Regional de Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais do Nordeste A Industria do Capital Empreendedor no Brasil: evolução,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google