A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Palestras temáticasHPV Fórum Saúde da Mulher no Século XXI Brasília 27 de março de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Palestras temáticasHPV Fórum Saúde da Mulher no Século XXI Brasília 27 de março de 2012."— Transcrição da apresentação:

1

2 Palestras temáticasHPV Fórum Saúde da Mulher no Século XXI Brasília 27 de março de 2012

3 Mauro Romero Leal Passos Professor Associado Chefe do Setor de Deessetologia - DST Vice-Presidente da Comissão Nacional Especializada em Doenças Infecto-contagiosas em G&O da Febrasgo Vice-Presidente da SGORJ Editor-chefe do Jornal Brasileiro de DST

4 Conflito de interesses Trata-se de um conjunto de condições em que o julgamento profissional relacionado a um interesse primário (bem-estar do paciente ou validade de uma pesquisa) tende a ser definitivamente influenciado por um segundo interesse (ganho financeiro). É uma condição e não um comportamento. D.F.Tompson. New England Journal of Medicina Appud Roberto Luiz dAvila. Conflito de intersse no relacionamento entre médicos e indústria farmacêutica. O inferno são os outros. Medicina CFM 2006; XXI(161) Out/Nov/Dez: Autor, com colaboração, de livros editados pelas editoras Revinter, Cultura Médica, RQV e Editora da UFF; Editor chefe de Jornal Brasileiro de DST Palestrante, aqui, convidado por Inst. Bras. de Ação Responsável, passagem patrocinada por MSD

5 HPV é problema novo. NÃO

6

7 *Rigoni-Stern 1842 Morirono di cancio StateDelluteroDelle MamTotale Nubili compresse le monache Maritate Vedove Di stato non indicato Somme *Extract from original thesis

8 Alguns Tipos de HPV e Suas Manifestações Clínicas HPV 1a, b, c Verrugas plantares HPV 2 a e Verrugas vulgares HPV 3 a, b Verrugas planas juvenis, forma leve da EV HPV 6, 11 Condilomas acuminados, NIC, Papilomas laringianos, tumor de Buschke-Löwenstein, câncer de pênis HPV 7 Verrugas vulgares da mão (açougueiros) HPV 13 a, b Hiperplasia focal epitelial em mucosa oral HPV 16, 18 NIC, NIV, NIVa, NIP, NIA, Ca de colo, Condiloma acuminado, papulose bowenóide HPV 30 Carcinoma escamoso de laringe HPV 38 Melanoma maligno HPV 57 NIC, verrugas da pele, papiloma invertido nasal

9

10

11

12

13

14

15

16

17 - Probabilidade de transmissão de HPV por ato sexual 5 – 100%; mediana de 40% - Homem Mulher é de 60% para HPV 16 - HIV e HSV 2 em casais discordantes 1 por intercursos sexuais -Fatores que influenciam na transmissão de HPV: carga viral, outras DST, HIV, transplantadas, infecções cervicais, coitarca, número de parceiros, mediadores imunes, preservativos, circuncisão do parceiro, contraceptivos hormonais (?), fumo (?)

18

19

20 Laia Bruni et al19, Cervical HPV prevalence in five continents; meta-analysis on one million womwn with normal cytology. O 437. IPV Montreal p101

21 Mulher CÂNCER de COLO UTERINO CÂNCER de CABEÇA e PESCOÇO CÂNCER ANAL CÂNCER de VULVA e VAGINA Homem CÂNCER de CABEÇA e PESCOÇO CÂNCER ANAL CÂNCER de PÊNIS CONDILOMA ACUMINADO CONDILOMA ACUMINADO Annual new cancer and genital warts cases related to HPV 6, 11, 16 and 18 or In Males and Females in Europa Relatos de Múltiplas Causas de Doenças por HPV em Homens e Mulheres Anna R Giuliano, 27th International Papillomavirus Conference and Clinical Workshop, Berlin,setember 2011 Não estão consideradas PRR e lesões em boca

22 Incidência Mundial Estimada do HPV Câncer cervical : milhões em Lesões pré-cancerosas de Alto Grau (risco): 10 milhões 2 Lesões cervicais de Baixo Grau (risco): 30 milhões Verrugas genitais: 30 milhões 3 Atribuída a tipos Alto Risco de HPV Infecção pelo HPV sem anormalidades detectáveis: 300 milhões 2 1. Parkin DM, Bray F, Ferlay J, Pisani P. CA Cancer J Clin. 2005;55:74– Organização Mundial de Saúde. Genebra, Suíça: Organização Mundialo de Saúde; 1999:1– Organização Mundial de Saúde. Departamento de Informações da OMS. Destaque da OMS. 1990;152:1–6. Atribuída a tipos Baixo Risco de HPV Não estão consideradas PRR, lesões em boca e outros cânceres por HPV

23 HPV e Câncer: Um Quadro Mais Abrangente + Inclui câncer e neoplasia intra-epitelial 1. Walboomers JM, Jacobs MV, Manos MM, et al. J Pathol. 1999;189:12– American Cancer Society. Disponível em: Acessado em 30 de março de Herrero R, Castellsagué X, Pawlita M, et al. J Natl Cancer Inst. 2003;95:1772– World Health Organization. Geneva, Switzerland: World Health Organization; 1999:1–22. % Associada com Alguns Tipos de HPV Tipo de Câncer Colo do Útero +,1,2 Vaginal/ Vulvar 2,4 Peniano 2,4 Anal 2,4 Oro- Faríngeo 2-4 Larínge e Trato Aerodigestivo 2,4 Novos Casos Estimados em 2006, EUA (x1000) Câncer% HPV Colo uterino 100 % Ânus 88 % Vulva 55 % Vagina 54 % Tonsila 51% Conjuntiva 50 % Pênis 42 % Laringe 25 % Oral 22 % Nasal 22 % Estudos dos anos 2000, com métodos de biologia molecular mais específicos, mostram percentuais maiores de HPV

24 No Brasil, cerca de casos novos de câncer de colo uterino são registrados a cada ano.No Brasil, cerca de casos novos de câncer de colo uterino são registrados a cada ano. Aproximadamente mulheres morrem vítimas deste câncer. UICC 8.000Aproximadamente mulheres morrem vítimas deste câncer. UICC Mortes por câncer de colo de útero/ mulheres: 2000 = = 9,3* *Fonte: IPEA, 30/08/2007 (Metas do Milênio)

25

26

27 1.000 pênis são amputados, por ano, no Brasil (DataSUS)

28

29

30 saude/noticia/2010/08/homens-precisam- tomar-cuidado-com-hpv-diz-nobel-de- medicina.html saude/noticia/2010/08/homens-precisam- tomar-cuidado-com-hpv-diz-nobel-de- medicina.html "Os homens precisam entender que eles também transmitem e recebem o HPV É uma questão de solidariedade entre gêneros, é preciso evitar práticas que levem a infecções." Há uma chance de erradicar o vírus por meio das vacinas, mas é preciso que elas sejam administradas tanto em homens como em mulheres, de preferência antes do começo da atividade sexual".

31 Continued rapid decline in warts after national quadrivalent HPV vacccine program (Australia) Christopher Fairley et al. IPV Montreal O 259. p 77.

32

33 Vol 377 June 18, 2011

34

35

36 Câncer do colo do útero - Mortalidade (Brasil) Programa Viva Mulher (1996) Programa de Oncologia do INCA – Pró-Onco (1986) Siscolo (1999) Política Nacional de Atenção Oncológica (2005) 1ª Campanha Nacional de Rastreamento (1998) 2ª Campanha Nacional de Rastreamento (2002) Programa Nacional de Combate ao Câncer do Colo do Útero (1998) Pacto de Saúde (2006)

37 As vacinas estão aprovada em mais de 120 países 36 Países – Inclusões no Setor Público 36 Países – Inclusões no Setor Público Quadrivalente Quadrivalente EUA EUA CANADÁ CANADÁ FRANÇA FRANÇA ALEMANHA ALEMANHA NORUEGA NORUEGA BÉLGICA BÉLGICA DINAMARCA DINAMARCA ÁUSTRIA ÁUSTRIA ITÁLIA ITÁLIA ESPANHA ESPANHA SUÍÇA SUÍÇA PORTUGAL PORTUGAL AUSTRALIA AUSTRALIA Reino Unido Reino Unido Holanda Holanda América Latina MéxicoColômbia Porto Rico PanamáArgentinaBivalente Vacina qualificada pela OMS E o Brasil?

38

39 Tema de igual relevância

40 _______________________________

41

42

43 politicas-de-dst-aids-e-hepatites-virais 8 fevereiro :01 CNAIDS Ministro Padilha define três prioridades nas políticas de DST, aids e hepatites virais Ministério fará o que for necessário para dar mais segurança e sustentabilidade aos tratamentos, além de reformular ações de diagnóstico precoce desses agravos, especialmente da sífilis Não faz sentido o Brasil, que conseguiu tanto sucesso no controle da transmissão vertical do HIV, não conseguir controlar a sífilis congênita, disse o ministro.

44 20 de outubro de 2012

45 Na atenção às DST/HPV, talvez mais fácil ou mais didático, seja indicar o que NÃO FAZER: Ter uma atitude preconceituosa sobre a sexualidade. Emitir diagnósticos baseados em suposições, sem averiguar dados epidemiológicos, clínicos e laboratoriais. Não convidar a pessoa/comunidade para uma atitude reflexiva sobre a situação/tema, não fornecendo informações básicas. Tomar atitude de juiz. Ignorar toda a trama emocional envolvida.

46 Para mim, a importância da atenção ampla, com equidade de gêneros, contra HPV/DSTs está clara, tem excelentes estudos publicados em periódicos científicos de qualidade e tem alta prioridade. E para vocês?

47 O Governo desonerou a linha branca, móveis, lustres... Mas, mantém a maior carga tributária do mundo para medicamentos Para agir, pois é dispensável refletir 37%

48 OBRIGADO You Tube Programa da Larah

49 Tratamento Regressão Espontânea Persistência Viral Eliminação Viral Novas Lesões/NIC/Ca Portador Ausência de lesão Lesão Sub-clínica Lesão Clínica Infecção Eliminação viral Biologia da infecção pelo HPV


Carregar ppt "Palestras temáticasHPV Fórum Saúde da Mulher no Século XXI Brasília 27 de março de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google