A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O QUE SÃO, PARA QUE SERVEM, COMO SÃO CLASSIFICADOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O QUE SÃO, PARA QUE SERVEM, COMO SÃO CLASSIFICADOS."— Transcrição da apresentação:

1 O QUE SÃO, PARA QUE SERVEM, COMO SÃO CLASSIFICADOS

2 Observe o texto 1: Dilbert 14/01/09 - Negação - Dilbert 14/01/09 - Negação

3 Texto 2: Bolo de milho no liquidificador Ingredientes 1 lata de milho verde 3 ovos inteiros 8 colheres de sopa de fubá 1 copo e 1/2 de açúcar 1/2 copo de óleo de soja 1 copo de leite Modo de Preparo Bater todos os ingredientes no liquidificador Untar uma forma redonda com margarina e polvilhar com farinha de trigo, facilita para desenformar depois de frio. Leve em forno moderado por aproximadamente 40 minutos. Bom apetite!

4 Texto 3: Manuel acorda o seu chefe e diz: - Está na hora de tomar o remédio de dormir O português entra no restaurante e pede: - Por favor, me dá uma bacalhoada! Ao que o atendente pergunta: - Já sei! O senhor é português?! - Como descobriste? Foi por causa do meu sotaque ou pelo fato de eu ter pedido a bacalhoada? - Nem um, nem outro, é que aqui é o Mc Donald's!

5 Considerações Todos nós construímos, ao longo da nossa existência, uma competência para reconhecer o que é típico em certas práticas comunicativas e, por conseguinte, saber escolher o que produzir textualmente nas diversas situações comunicativas em que participamos. Por isso não contamos piada em velório, não cantamos o hino de um time numa conferência acadêmica; nem fazemos preleções em uma mesa de bar.

6 Definição de Gênero Todas as nossas produções, quer orais, quer escritas, se baseiam em formas-padrão relativamente estáveis de estruturação de um todo. Essas práticas comunicativas são (re)modeladas em processos interacionais dos quais participam os sujeitos de uma determinada cultura. KOCH, I.V & ELIAS, V. M. Ler e Escrever: estratégias de produção textual. São Paulo: Contexto, 2009.

7 Mais definição de gênero... Fenômenos históricos profundamente vinculados à vida cultural e social... Que contribuem para ordenar e estabilizar as atividades comunicativas do dia-a-dia. MARCUSCHI, L. A. Gêneros Textuais: definição e funcionalidade. In: DIONISIO, A. P. et al. Gêneros Textuais e Ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

8 Para que servem? Para estabelecer a comunicação. De acordo com Marcuschi (2002), é impossível pensar em comunicação a não ser por meio dos gêneros textuais. Conforme Koch (2009), os indivíduos adquirem uma competência (metagenérica) que lhes possibilita interagir de forma conveniente, na medida em que se envolvem nas diversas práticas sociais.

9 CLASSIFICAÇÃO DOS GÊNEROS PRIMÁRIOS (ESFERAS SOCIAIS COTIDIANAS) Ex: DIÁLOGO, CARTA, BILHETE, RECEITA, PIADA SECUNDÁRIOS (ESFERAS PÚBLICAS MAIS COMPLEXAS) Ex: TESE, MONOGRAFIA, RESENHA, EDITAL

10 OBSERVE O TEXTO A SEGUIR GOTA QUE FALA GOTA QUE RI GOTA QUE NÃO GOTA QUE CHORA GOTA QUE PASSA GOTA QUE PASSA LÁ NO PORTÃO GOTA QUE VAI GOTA QUE ESFREGA GOTA QUE ENXERGA GOTA QUE NÃO GOTA QUE NÃO GOTA QUE SOBE GOTA QUE PASSA NO ESCADÃO LÁ NO PORTÃO Leonardo Campos Yunes Elias, 6 anos, Escola Pueri Regnum

11 QUE GÊNERO É O TEXTO QUE VOCÊ ACABOU DE LER? FOI FÁCIL IDENTIFICAR? POR QUE?

12 RESPOSTA O gênero poema foi de fácil reconhecimento não só por sua forma de estruturação, mas também por seu estilo e função. Além disso, pelo fato de você já ter sido exposto a esse gênero. O que possibilitou à criança a produção do poema? As situações em que foi exposta a esse gênero possibilitaram-lhe a construção de um modelo que ativa na escrita e na leitura, ainda que não tenha consciência disso.

13 PRESSUPOSTOS Escritores produzem textos com base em modelos construídos socialmente; Os modelos são constituídos e reconstituídos ao longo de nossa existência em decorrência das inúmeras práticas sociais de que participamos.


Carregar ppt "O QUE SÃO, PARA QUE SERVEM, COMO SÃO CLASSIFICADOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google