A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno É o tempo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno É o tempo."— Transcrição da apresentação:

1 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno É o tempo decorrido entre o INVESTIMENTO inicial e o momento no qual o LUCRO líquido acumulado se iguala ao valor desse investimento. O payback pode ser:

2 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno - NOMINAL; se calculado com base no fluxo de caixa com valores nominais, e - PRESENTE LÍQUIDO; se calculado com base no fluxo de caixa com valores trazidos ao valor presente líquido.

3 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Relembrando VPL. é a fórmula matemático-financeira capaz de determinar o valor presente de pagamentos futuros descontados a uma taxa de JUROS apropriada, menos o custo do INVESTIMENTO inicial

4 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Relembrando VPL. Exemplo: R$ 1 milhão hoje não valeria R$ 1 milhão daqui a um ano, devido ao custo de oportunidade de se colocar, por exemplo, tal montante de dinheiro na poupança para render juros. Se for menor que a inflação, o VPL fica comprometido

5 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Qualquer projeto de investimento possui de inicio um período de despesas (em investimento)a que se segue um período de receitas liquidas(liquidas dos custos do exercício). As receitas recuperam o capital investido.

6 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno O período de tempo necessário para as receitas recuperam a despesa em investimento é o período de recuperação. O período de recuperação pode ser considerado com o cash- flow atualizado ou sem o cash-flow atualizado.

7 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Exemplo: João deseja comprar um computador para desenvolver sites, um computador com todos os recursos e softwares devidamente licenciados sairá no valor de R$3.000,00. João já tem 10 contratos de sites confirmados todos no valor de R$ 600,00 cada. Se João leva 1 mês para fazer um site, qual é o seu Payback?

8 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Resposta: Payback= R$3.000,00 = 5 meses

9 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno O payback SIMPLES não leva em consideração a taxa de juros, nem a inflação do período ou o custo de oportunidade. Além disso, nem sempre os fluxos esperados são constantes. João poderia receber os R$600,00 do primeiro site em duas vezes. Assim uma análise mais apurada deve levar em conta outros aspectos.

10 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno DESVANTAGENS DO MÉTODO DO PB O método do PB apresenta o inconveniente de não ter em conta os cash flows (fluxo de caixa) gerados depois do ano de recuperação, tornando-se assim, desaconselhável na avaliação de projetos de longa duração. O PB valoriza diferentemente os fluxos recebidos em diferentes períodos, mas apenas segundo o critério dualista: antes ou depois do PB, sendo indiferente o período em que recebe dentro de cada um destes intervalos.

11 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno VANTAGENS DO MÉTODO DO PB Este método tem como principais vantagens: - O fato de ser bastante simples na sua forma de cálculo e de fácil compreensão; - Fornece uma idéia do grau de liquidez e de risco do projeto; - Em tempo de grande instabilidade e pela razão anterior, a utilização deste método é uma forma de aumentar a segurança dos negócios da empresa; - Adequado à avaliação de projetos em contexto de risco elevado; Adequado à avaliação de projetos com vida limitada;

12 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno PERGUNTA-SE; -Posso estirar um terno de investimento? PORQUÊ?

13 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno CONCLUSÃO; Trata-se sobretudo de um critério de avaliação de risco, sendo, nesta perspectiva, mais atraentes aqueles projetos que permitam uma recuperação do capital investido em menor tempo. -Determinar o tempo limite para visualizar a otimização do empreendimento ou não; -

14 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno

15 Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno Muito obrigado ! PROF. AMAURI DOMAKOSKI


Carregar ppt "Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR Escola de Negócios - TECNÓLOGO Análise das Demonstrações Financeiras II Payback / Retorno É o tempo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google