A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Administração Financeira ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Aula 10 Prof. Reinaldo Coelho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Administração Financeira ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Aula 10 Prof. Reinaldo Coelho."— Transcrição da apresentação:

1 Administração Financeira ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Aula 10 Prof. Reinaldo Coelho

2 INVESTIDOR: INVESTIDOR: BUSCA ATIVOS QUE PROPORCIONEM RETORNO ACIMA DOS JUROS REFERENCIAIS DO MERCADO, MAS SEM COLOCAR EM RISCO TODO SEU CAPITAL INICIAL. BUSCA ATIVOS QUE PROPORCIONEM RETORNO ACIMA DOS JUROS REFERENCIAIS DO MERCADO, MAS SEM COLOCAR EM RISCO TODO SEU CAPITAL INICIAL. MANTÉM O ATIVO EM SEU PORTFÓLIO, COM A FINALIDADE DE ALCANÇAR O RETORNO DESEJADO EM DETERMINADO PRAZO. MANTÉM O ATIVO EM SEU PORTFÓLIO, COM A FINALIDADE DE ALCANÇAR O RETORNO DESEJADO EM DETERMINADO PRAZO. ESPECULADOR: ESPECULADOR: É INEGÁVEL A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A LIQUIDEZ DO DIA-A- DIA DO MERCADO. É INEGÁVEL A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A LIQUIDEZ DO DIA-A- DIA DO MERCADO. ASSUME RISCOS CRESCENTES PARA OBTER ELEVADA RENTABILIDADE EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO. ASSUME RISCOS CRESCENTES PARA OBTER ELEVADA RENTABILIDADE EM CURTO ESPAÇO DE TEMPO. NA PRÁTICA, O NÚMERO DE ESPECULADORES BEM SUCEDIDOS É MUITO PEQUENO. CASO CONTRÁRIO, TODO INVESTIDOR SERIA UM ESPECULADOR. NA PRÁTICA, O NÚMERO DE ESPECULADORES BEM SUCEDIDOS É MUITO PEQUENO. CASO CONTRÁRIO, TODO INVESTIDOR SERIA UM ESPECULADOR. INVESTIDOR X ESPECULADOR

3 SELEÇÃO DE INVESTIMENTOS PERFIL DO INVESTIDOR CONSERVADOR: NÃO QUER ASSUMIR RISCOS. PORTANTO O RETORNO REAL É REDUZIDO. O investidor está mais preocupado em manter o valor real do ativo. MODERADO: DESEJA ASSUMIR POUCO RISCO. O RETORNO SERÁ ENTÃO POUCO ACIMA DO RETORNO MÉDIO DAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS EM GERAL. Em troca de maior retorno, o investidor aceita incorrer em risco de perder pequena parte do capital investido. AGRESSIVO: ASSUME ALTOS RISCOS, POIS DESEJA RETORNO MUITO ACIMA DA MÉDIA DO RETORNO REAL OBTIDO NAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS. O investidor está ciente que pode perder parte ou todo capital investido, em troca de elevado retorno.

4 SELEÇÃO DE INVESTIMENTOS PERFIL DO INVESTIDOR CONSERVADOR = RISCO BAIXO = IMÓVEIS, OURO, MOEDAS, POUPANÇA, ETC MODERADO = RISCO MÉDIO = AÇÕES, FUNDOS, CLUBES, CDB, ETC AGRESSIVO = RISCO ALTO = FUNDOS ALAVANCADOS, DERIVATIVOS,ETC FATORES DE AVALIAÇÃO DAS ALTERNATIVAS DE INVESTIMENTO LIQUIDEZ = POTENCIALIDADE DE COMPRAR E VENDER O ATIVO SELECIONADO COM MÍNIMO DE ESFORÇO LUCRATIVIDADE = POTENCIALIDADE DE AUFERIR LUCROS COM O ATIVO SEGURANÇA = POTENCIALIDADE DE RECUPERAÇÃO DOS RECURSOS INVESTIDOS NO ATIVO EXEMPLO DE TABELA DE SUGESTÃO DA DIVERSIFICAÇÃO DO RISCO PERFIL DO INVESTIDOR - CONSERVADOR MODERADO AGRESSIVO RISCO DO ATIVO % % % BAIXO MODERADO ALTO

5 ESCOLAS DE ANÁLISE ANÁLISE GRAFISTA Procura determinar quando comprar ou vender um ativo (timing). ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Procura responder porque comprar determinado ativo.

6 ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Objetivo: determinar o valor justo de uma ação ou de outro ativo, Objetivo: determinar o valor justo de uma ação ou de outro ativo, respaldando as decisões de compra ou de venda. respaldando as decisões de compra ou de venda. Metodologia: avaliar as empresas de acordo com o Metodologia: avaliar as empresas de acordo com o desempenho econômico-financeiro e sua capacidade desempenho econômico-financeiro e sua capacidade de geração de lucros futuros. de geração de lucros futuros. Ferramentas: análise de Demonstrativos Financeiros, elaboração de Ferramentas: análise de Demonstrativos Financeiros, elaboração de cenários econômicos, projeção de resultados, análise cenários econômicos, projeção de resultados, análise de indicadores econômicos e financeiros e modelos de de indicadores econômicos e financeiros e modelos de avaliação de empresas, o chamado Valuation*. avaliação de empresas, o chamado Valuation*. Valuation*: modelos de avaliação de empresas, baseados no Valuation*: modelos de avaliação de empresas, baseados no valor presente dos fluxos de caixa, descontados a valor presente dos fluxos de caixa, descontados a uma taxa previamente definida pelo investidor uma taxa previamente definida pelo investidor (taxa de retorno exigida). (taxa de retorno exigida). ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Objetivo: determinar o valor justo de uma ação ou de outro ativo, Objetivo: determinar o valor justo de uma ação ou de outro ativo, respaldando as decisões de compra ou de venda. respaldando as decisões de compra ou de venda. Metodologia: avaliar as empresas de acordo com o Metodologia: avaliar as empresas de acordo com o desempenho econômico-financeiro e sua capacidade desempenho econômico-financeiro e sua capacidade de geração de lucros futuros. de geração de lucros futuros. Ferramentas: análise de Demonstrativos Financeiros, elaboração de Ferramentas: análise de Demonstrativos Financeiros, elaboração de cenários econômicos, projeção de resultados, análise cenários econômicos, projeção de resultados, análise de indicadores econômicos e financeiros e modelos de de indicadores econômicos e financeiros e modelos de avaliação de empresas, o chamado Valuation*. avaliação de empresas, o chamado Valuation*. Valuation*: modelos de avaliação de empresas, baseados no Valuation*: modelos de avaliação de empresas, baseados no valor presente dos fluxos de caixa, descontados a valor presente dos fluxos de caixa, descontados a uma taxa previamente definida pelo investidor uma taxa previamente definida pelo investidor (taxa de retorno exigida). (taxa de retorno exigida).

7 ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Existe também a avaliação baseada em índices (ratios), como Existe também a avaliação baseada em índices (ratios), como por exemplo, Preço/Lucro, Valor da Firma/Ebitda, Cotação/Valor por exemplo, Preço/Lucro, Valor da Firma/Ebitda, Cotação/Valor Patrimonial, etc. No mercado acionário os dois enfoques são Patrimonial, etc. No mercado acionário os dois enfoques são bastante utilizados. bastante utilizados. Qual a diferença entre preço de mercado e valor justo? Qual a diferença entre preço de mercado e valor justo? O preço de mercado é a média de uma avaliação coletiva dos O preço de mercado é a média de uma avaliação coletiva dos participantes do mercado. O valor justo é fruto de uma análise participantes do mercado. O valor justo é fruto de uma análise individual do analista ou investidor em função da expectativa do individual do analista ou investidor em função da expectativa do desempenho da empresa e do retorno esperado para o investimento. desempenho da empresa e do retorno esperado para o investimento. Qual o efeito desejado da análise fundamentalista? Qual o efeito desejado da análise fundamentalista? Espera-se que após um determinado tempo, o preço da ação irá convergir para o preço justo. Espera-se que após um determinado tempo, o preço da ação irá convergir para o preço justo. ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Existe também a avaliação baseada em índices (ratios), como Existe também a avaliação baseada em índices (ratios), como por exemplo, Preço/Lucro, Valor da Firma/Ebitda, Cotação/Valor por exemplo, Preço/Lucro, Valor da Firma/Ebitda, Cotação/Valor Patrimonial, etc. No mercado acionário os dois enfoques são Patrimonial, etc. No mercado acionário os dois enfoques são bastante utilizados. bastante utilizados. Qual a diferença entre preço de mercado e valor justo? Qual a diferença entre preço de mercado e valor justo? O preço de mercado é a média de uma avaliação coletiva dos O preço de mercado é a média de uma avaliação coletiva dos participantes do mercado. O valor justo é fruto de uma análise participantes do mercado. O valor justo é fruto de uma análise individual do analista ou investidor em função da expectativa do individual do analista ou investidor em função da expectativa do desempenho da empresa e do retorno esperado para o investimento. desempenho da empresa e do retorno esperado para o investimento. Qual o efeito desejado da análise fundamentalista? Qual o efeito desejado da análise fundamentalista? Espera-se que após um determinado tempo, o preço da ação irá convergir para o preço justo. Espera-se que após um determinado tempo, o preço da ação irá convergir para o preço justo.

8 ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA MATÉRIA PRIMA: INFORMAÇÃO FONTES DE INFORMAÇÕES MACRO - ECONÔMICAS Acompanhamento da economia doméstica e internacional, através da Acompanhamento da economia doméstica e internacional, através da mídia em geral. mídia em geral. Empresas de consultoria econômica. Empresas de consultoria econômica. Instituições privadas e públicas de pesquisa econômica. Instituições privadas e públicas de pesquisa econômica. FONTES DE INFORMAÇÕES MICRO- ECONÔMICAS Demonstrações Financeiras divulgadas pelas companhias. Demonstrações Financeiras divulgadas pelas companhias. Notas Explicativas das Demonstrações Notas Explicativas das Demonstrações Visitas e reuniões com as empresas. Visitas e reuniões com as empresas. Acompanhamento do setor. Acompanhamento do setor. Informações divulgadas pela mídia. Informações divulgadas pela mídia. Contatos com outros profissionais do mercado. Contatos com outros profissionais do mercado. Relatórios produzidos pela comunidade de analistas. Relatórios produzidos pela comunidade de analistas. ANÁLISE FUNDAMENTALISTA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA MATÉRIA PRIMA: INFORMAÇÃO FONTES DE INFORMAÇÕES MACRO - ECONÔMICAS Acompanhamento da economia doméstica e internacional, através da Acompanhamento da economia doméstica e internacional, através da mídia em geral. mídia em geral. Empresas de consultoria econômica. Empresas de consultoria econômica. Instituições privadas e públicas de pesquisa econômica. Instituições privadas e públicas de pesquisa econômica. FONTES DE INFORMAÇÕES MICRO- ECONÔMICAS Demonstrações Financeiras divulgadas pelas companhias. Demonstrações Financeiras divulgadas pelas companhias. Notas Explicativas das Demonstrações Notas Explicativas das Demonstrações Visitas e reuniões com as empresas. Visitas e reuniões com as empresas. Acompanhamento do setor. Acompanhamento do setor. Informações divulgadas pela mídia. Informações divulgadas pela mídia. Contatos com outros profissionais do mercado. Contatos com outros profissionais do mercado. Relatórios produzidos pela comunidade de analistas. Relatórios produzidos pela comunidade de analistas.

9 ETAPAS DE AVALIAÇÃO DE UMA AÇÃO PELA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA 1. PERSPECTIVAS PARA O COMPORTAMENTO DAS PRINCIPAIS VARIÁVEIS MACRO-ECONÔMICAS: PRINCIPAIS VARIÁVEIS MACRO-ECONÔMICAS: JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO. JUROS, CÂMBIO E INFLAÇÃO. 2. PERSPECTIVAS PARA O SETOR E PARA A EMPRESA OBJETO DE ANÁLISE: PREÇOS DOS PRODUTOS E DOS PRINCIPAIS DE ANÁLISE: PREÇOS DOS PRODUTOS E DOS PRINCIPAIS INSUMOS, QUANTIDADES PRODUZIDAS E VENDIDAS NO INSUMOS, QUANTIDADES PRODUZIDAS E VENDIDAS NO MERCADO INTERNO E EXTERNO. MERCADO INTERNO E EXTERNO. 3. PROJEÇÃO DE RESULTADOS E DAS PRINCIPAIS CONTAS DO BALANÇO PATRIMONIAL EM CADA TRIMESTRE CIVIL : BALANÇO PATRIMONIAL EM CADA TRIMESTRE CIVIL : RESULTADO OPERACIONAL. RESULTADO OPERACIONAL. EBITDA = Resultado Operacional + Depreciação, Amortização e Exaustão EBITDA = Resultado Operacional + Depreciação, Amortização e Exaustão NECESSIDADES DE CAPITAL DE GIRO. NECESSIDADES DE CAPITAL DE GIRO. PROJEÇÃO DA GERAÇÃO OPERACIONAL DE CAIXA. PROJEÇÃO DA GERAÇÃO OPERACIONAL DE CAIXA.

10 3. (CONTINUAÇÃO) AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS E EMPRÉSTIMOS. AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS E EMPRÉSTIMOS. NECESSIDADES DE INVESTIMENTOS: NOVOS OU REPOSIÇÃO. NECESSIDADES DE INVESTIMENTOS: NOVOS OU REPOSIÇÃO. NECESSIDADES DE NOVOS RECURSOS FINANCEIROS. NECESSIDADES DE NOVOS RECURSOS FINANCEIROS. PROJEÇÃO DAS DESPESAS E RECEITAS FINANCEIRAS PROJEÇÃO DAS DESPESAS E RECEITAS FINANCEIRAS PAGAMENTO DE DIVIDENDOS INTERMEDIÁRIOS E JUROS PAGAMENTO DE DIVIDENDOS INTERMEDIÁRIOS E JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO. SOBRE CAPITAL PRÓPRIO. PROJEÇÃO DO LUCRO ANTES DE IMPOSTO DE RENDA E C.S. PROJEÇÃO DO LUCRO ANTES DE IMPOSTO DE RENDA E C.S. PROJEÇÃO DO IR E CONTRIB SOCIAL. PROJEÇÃO DO IR E CONTRIB SOCIAL. LUCRO LÍQUIDO LUCRO LÍQUIDO

11 PONTOS CRÍTICOS NA ELABORAÇÃO DA PROJEÇÃO: RISCOS MACROECÔNOMICOS RISCOS MACROECÔNOMICOS Taxa de inflação Taxa de inflação Taxa de juro Taxa de juro Taxa de câmbio Taxa de câmbio Jurídico/Institucional Jurídico/Institucional Preço do petróleo Preço do petróleo Recessão mundial Recessão mundial Crescimento mundial Crescimento mundial RISCOS MICROECONÔMICOS RISCOS MICROECONÔMICOS Concorrência interna e externa Concorrência interna e externa Surgimento de produtos substitutos Surgimento de produtos substitutos Custos e oferta de insumos no mercado interno e externo Custos e oferta de insumos no mercado interno e externo Regulamentação ambiental Regulamentação ambiental Mudanças na tributação Mudanças na tributação Venda do controle acionário e/ou mudanças na gestão da companhia Venda do controle acionário e/ou mudanças na gestão da companhia


Carregar ppt "Administração Financeira ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Aula 10 Prof. Reinaldo Coelho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google