A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FACULDADE ATLÂNTICO SUL – RIO GRANDE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO COMÉRCIO EXTERIOR ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA II Profª Thais Cipollina P. Tubino Avaliação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FACULDADE ATLÂNTICO SUL – RIO GRANDE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO COMÉRCIO EXTERIOR ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA II Profª Thais Cipollina P. Tubino Avaliação."— Transcrição da apresentação:

1 FACULDADE ATLÂNTICO SUL – RIO GRANDE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO COMÉRCIO EXTERIOR ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA II Profª Thais Cipollina P. Tubino Avaliação de Projetos nº de folhas: 9

2 Valor do dinheiro no tempo Custo de Oportunidade ou Taxa Mínima de Atratividade (TMA) Fluxos de Caixas - Valor do dinheiro no tempo - recursos em tempos diferentes não têm o mesmo valor. Juros simples e compostos. - Custo de Oportunidade ou Taxa Mínima de Atratividade (TMA) - melhor alternativa rejeitada, custo dimensionado com alternativas de mesmo risco. - Fluxos de Caixas - Investimentos (saídas) e Lucro (entrada).

3 Métodos de avaliação de projetos de investimentos Métodos de avaliação de projetos de investimentos - Payback - VPL - TIR

4 Payback Simples (PBS) É o método de avaliação que mede o prazo de retorno do investimento realizado. Exemplo: Aquisição de uma Copiadora moderna - Estimativa de economia Período (ano)Fluxo de Caixa (R$)Saldo (R$)Payback 0(35.000)(35.000) 1 10.000(25.000) 2 10.000(15.000) 3 10.000( 5.000) 4 10.000 5.000 5 10.000 15.000 Calcula-se o PBS por interpolação: 5.000 - (-5.000) 4 - 3 = 10.000 1 = 12 meses = 833,33 - 5.000 = 6 meses 833,33 3,6 meses

5 Critérios PBS Fluxo de Caixa Estipular prazo máximo aceitável - Fluxo de Caixa - necessário que o fluxo de caixa apresente apenas uma mudança de sinal. - Estipular prazo máximo aceitável - deverá ser definido qual o prazo máximo que um investimento deverá retornar, para se avaliar se o projeto é viável ou não.

6 Características PBS Vantagens: Fácil de ser aplicado e entendido Apresenta um resultado de fácil mensuração O PBS é uma medida de risco O PBS é uma medida de liquidez O PBS é bom como método complementar Desvantagens: Não considera o valor do dinheiro no tempo Não considera todos os capitais do fluxo de caixa Não é medida de rentabilidade do investimento Vantagens: - Fácil de ser aplicado e entendido - Apresenta um resultado de fácil mensuração - quanto menor o prazo de recuperação, melhor. - O PBS é uma medida de risco - Quanto mais demorado for o retorno mais arriscado é o investimento. - O PBS é uma medida de liquidez - Quanto menor for prazo de recuperação do investimento, maior será a liquidez do projeto. - O PBS é bom como método complementar - O PBS é indicado para ser utilizado como complemento de métodos mais completos. Desvantagens: - Não considera o valor do dinheiro no tempo - custo de capital de zero. - Não considera todos os capitais do fluxo de caixa - como mo prazo máximo tolerado é arbitrado, pode-se escolher projetos de curta maturação e baixa rentabilidade e rejeitar projetos de maior maturação e alta rentabilidade. - Não é medida de rentabilidade do investimento - Não exite nenhuma relação entre PBS e rentabilidade. O método apenas mede o prazo necessário para recuperar o valor do investimento.

7 Exercício

8 Payback Descontado (PBD) É o método de avaliação que mede o prazo de retorno do investimento realizado. Considera o custo de capital da empresa. O fluxo de caixa de cada período trazido a valor presente, ou seja, calculado o valor de cada fluxo na data zero. Exemplo: Aquisição de uma Copiadora moderna - Estimativa de economia Custo de capital 10% a.a. Período (ano)Fluxo de Caixa (R$)Valor PresenteSaldo (R$) 0(35.000)(35.000)(35.000) 1 10.000 9.091(25.909) 2 10.000 8.264(17.645) 3 10.000 7.513(10.132) 4 10.000 6.830( 3.302) 5 10.000 6.209 2.907 10.000 (1+0,1) 1 10.000 (1+0,1) 2 10.000 (1+0,1) 3 10.000 (1+0,1) 4 10.000 (1+0,1) 5 PBD = 2.907 - (-3.302) = 517,42 = 3.302 12 517,42 = 4 anos e 6 meses

9 Exercício

10 Valor Presente Líquido (VPL) É a diferença entre o valor presente das entradas líquidas de caixa associadas ao projeto, devidamente descontadas à taxa mínima de atratividade (TMA), e o investimento inicial. TMA = 6% a.a. 200 (1+0,06) 1 200 (1+0,06) 2 150 (1+0,06) 3 100 (1+0,06) 4 +++ - 500 VLP = VLP = 188,7 + 178,0 + 125,9 + 79,2 - 500 = 71,8 Todos os projetos com VPL > 0 podem ser aceitos, projetos com VPL = 0 são indiferentes e projetos com VPL < 0 devem ser rejeitados.

11 Critérios Valor Presente Líquido (VPL) Fluxo de Caixa VPL - Fluxo de Caixa - não são uniformes, mas com periodicidade uniforme - VPL - compara todas as entradas e saídas de dinheiro na data inicial do projeto, descontando todos os valores futuros do fluxo de caixa na taxa de juros (TMA) que mede o custo de capital. Sendo o VPL > 0, a soma de todos os capitais do fluxo de caixa é maior que o valor investido. Podemos dizer então que o capital investido será recuperado a uma determinada taxa (TMA) e o projeto gerará um lucro extra, na data zero, igual a VPL.

12 Características VPL (Valor Presente Líquido) Vantagens: Considera o fator tempo no valor do dinheiro Estabelece o retorno mínimo a ser obtido para manter inalterado o valor da empresa Analisa todos os fluxos de caixa de um projeto Considera o custo de capital Embute o risco no custo de capital O VPL positivo - Desvantagens: Custo de capital Vantagens: - Considera o fator tempo no valor do dinheiro - Estabelece o retorno mínimo a ser obtido para manter inalterado o valor da empresa - quanto o VPL > 0 o projeto garante um ganho extra - Analisa todos os fluxos de caixa de um projeto - Considera o custo de capital - Embute o risco no custo de capital - O VPL positivo - indica que o capital investido será recuperado, remunerado na taxa de juros que mede o custo de capital do projeto e gerará um ganho extra, na data zero, igual ao VPL. Desvantagens: - Custo de capital - dificuldade de dimensionar o custo de oportunidade em fluxo de caixa de longo prazo. (qual o risco ?) - Projetos com tamanhos diferentes - dificuldade em decidir por qual projetos quando investimentos são bem diferentes.

13 Indice de Lucratividade (IL) É a razão entre o valor presente das entradas líquidas de caixa do projeto e o investimento inicial. Portanto, tem-se, conforme Galesne, Fensterseifer e Lamb (1999): Exemplo anterior: IL = VPL + Investimento inicial (I 0 ) = 71,8 + 500 = 1,1436 Investimento (I 0 ) 500 - Sempre que o IL for superior a 1 o projeto é passível de aceitação, levando-se em conta somente a análise financeira. - Facilita para comparar projetos com tamanhos bem diferentes.

14 Taxa Interna de Retorno (TIR) É a taxa de desconto que torna o valor presente das entradas líquidas de caixa associadas ao projeto igual ao investimento inicial. Em outras palavras, é a TMA que torna o VPL do projeto igual a zero. Ou seja: Para Gitman (1997, p. 330-335), é a técnica sofisticada de análise de investimentos mais usada pelos executivos. A TIR considera que as entradas de caixa do projeto são reinvestidas à própria TIR.

15 Taxa Interna de Retorno (TIR) Deve-se em primeiro lugar calcular-se o VPL a diferentes taxas (TMA), até se encontrar pequena diferença entre duas taxas que geram dois VPL, um positivo e outro negativo. Na realidade, parte-se de uma TMA=0, e eleva-se o seu valor até que o VPL sofra uma inversão de sinal. No exemplo: TMAVPL 0%4500 10%1.774,81 20%-173,61 Visualiza-se claramente que a TIR está entre 10% e 20%. Tenta-se 15% e chega-se a um VPL de 724,05, descobrindo-se que a taxa procurada está entre 15% e 20%. Utiliza-se 17,5%, e obtém-se um VPL de 258,08. Neste ponto, resolve-se fazer a interpolação.

16 Taxa Interna de Retorno (TIR)

17


Carregar ppt "FACULDADE ATLÂNTICO SUL – RIO GRANDE ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO COMÉRCIO EXTERIOR ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA II Profª Thais Cipollina P. Tubino Avaliação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google