A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MAPA MENTAl COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE UNIVERSITÁRIOS DA UNISUL(CAMPUS, TB) Ciências Biológicas – Programa de Mestrado em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MAPA MENTAl COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE UNIVERSITÁRIOS DA UNISUL(CAMPUS, TB) Ciências Biológicas – Programa de Mestrado em."— Transcrição da apresentação:

1 MAPA MENTAl COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE UNIVERSITÁRIOS DA UNISUL(CAMPUS, TB) Ciências Biológicas – Programa de Mestrado em Educação SOUZA, Edson Rodrigues (Bolsista PIBIC )1; MARCOMIN, Fatima Elizabeti (Orientadora) 2 1. Ciências Biológicas - Campus Regional Sul 2. Programa de Mestrado em Educação – Campus Regional Sul Introdução Nunca as questões ambientais foram tão discutidas como nos tempos atuais. Nessa direção, a universidade, como “centro de excelência” da produção do conhecimento, não pode ficar a mercê de tão importante reflexão. Muito pelo contrario, deve ser o agente articulador de processos de investigação em Educação Ambiental. É importante que tais programas aconteçam em todas as áreas de ensino, não somente nas ciências ecológicas, mas nas áreas sociais, naturais e de educação, uma vez que as “relações entre a natureza, tecnologia e sociedade marcam e determinam o desenvolvimento de qualquer sociedade’’ (SATO, 1997, p.31). O uso de instrumentos de análise da percepção ambiental, incluindo mapas mentais, tem sido pouquíssimo enfocado no sul do Brasil e na própria UNISUL. Apurar essa percepção no campus de Tubarão é premente, não somente no contexto da universidade e sua inserção na região, como a todos os importantes processos que serão desencadeados no fortalecimento da Educação Ambiental e nos diversos desdobramentos que dela decorrerão. Somente com uma visão mais apurada dessa percepção é que será possível ampliar as discussões e análises dos processos de EA vivenciados no ambiente universitário e, desta forma, sugerir abordagens metodológicas que realmente favoreçam o aprofundamento do estudo de tais processos, desencadeando assim, um repensar da formação também em nível superior. Objetivos Objetivo Geral Analisar o nível de percepção ambiental de universitários da UNISUL, campus Tubarão, com base inclusive em mapas mentais, com vistas à proposição de uma abordagem metodológica de Educação ambiental favorecendo a reconstrução de valores, a uma conduta ética e comprometida com uma melhor qualidade de vida e ao desenvolvimento de sociedades sustentáveis, bem como a formação de um novo olhar para o exercício da cidadania. Objetivos Específicos - Verificar, através de mapas mentais, o nível de percepção ambiental dos universitários em cada bloco; - Identificar os “landmarks” predominantes nos mapas mentais de cada um dos grupos amostrados; - Comparar o universo amostrado entre si, no intuito de verificar se há relação entre o nível de percepção dos universitários com os diferentes grupos de graduação. Metodologia A pesquisa foi desenvolvida junto aos universitários do Campus de Tubarão da Unisul. Os alunos integrantes das quatro sub-amostras foram investigados com base nos mapas mentais e suas expressões. Trata-se de pesquisa qualitativa, com suporte em dados quantitativos, de cunho fenomenológico, onde a atenção é dada ao fenômeno investigado e seus processos (MOREIRA, 2004; OLIVEIRA, 2006). O diagnóstico da percepção ambiental apresenta como instrumento de coletas de dados a análise de mapas mentais para identificação de “landmarks” adaptado de Maroti e Santos (1998), Seemann (2003) e Oliveira (2006) e o questionário, sendo as categorias encontradas nesse último, estabelecidas com base na análise de conteúdos de Bardin (1977). Resultados No período de execução da pesquisa foram amostrados 165 indivíduos, sendo 18 do prédio Sede, 8 do prédio Dehon, 98 do prédio Pedagógico e 41 do prédio Cetal. Com relação aos mapas mentais, foram observados os quesitos levantados no Quadro 1, 2, 3 e 4 (representados ao lado) como: cores empregadas, componentes abióticos e bióticos, representação da imagem (positiva ou negativa), elementos de ação antrópica, eventos naturais, ambiente (urbano e rural) e problemas ambientais. Foram extraídos para essa análise 8 mapas mentais (sendo 2 pra cada Lócus), tomando-se como critério os de maior expressão em função de aspectos como: traços, beleza, impacto, impressão, diferenciação dos demais. Análise dos mapas mentais Quadro 1: Elementos abióticos identificados nos mapas mentais. Quadro 2: Elementos bióticos e representação humana identificada nos mapas mentais. Quadro 3: Representação antrópica expressa nos mapas mentais Quadro 4: Problemas ambientais levantados nos mapas mentais. Mapas Mentais Lócus Sede Lócus Dehon Indivíduo: nº06 Indivíduo: nº15 Individuo: nº 25 Individuo: nº 23 Lócus Pedagógico Lócus Cetal Individuo: nº 42 Individuo: nº 110 Individuo nº 136 Individuo: nº 153 Conclusões Observou-se que o uso dos questionários associado aos mapas mentais ofereceram importantes contribuições no sentido de identificar a percepção que os acadêmicos possuem de seu entorno e do meio ambiente como um todo. A representação mental pelos desenhos permitiu constatar que o entorno imediato afeta o indivíduo e vice versa. Bibliografia BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, MAROTI, P. S.; SANTOS; J. E. Caracterização perceptiva da Estação Ecológica de Jataí por docentes do ensino do primeiro grau. In: SEMINÁRIO REGIONAL DE ECOLOGIA (VIII). Programa de Pós-graduação em Ecologia e Recursos Naturais. UFSCar, p MOREIRA, D. A. O método fenomenológico na pesquisa. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, p. OLIVEIRA, L. de. Percepção da paisagem geográfica: In: editada pela Associação de Geografia Teórica. v.1. Rio Claro, SP.: GETEO, SATO, M. Educação Ambiental. 3. ed. São Carlos: PPGERN/UFSCar, ______. Educação Ambiental. São Carlos: RIMA, p. SEEMANN, J. Mapas e Percepção Ambiental: do mental ao material e vice-versa. v. 3, Rio Claro: 2003, p Apoio Financeiro: CNPQ. PRÉDIO N° Amostrado (Acadêmicos) CoresInclui componentes AbióticosQuais? 1-3c4-6c7-9cSimnãoÁguaSolosolnuvensAr N°% % % % % % Sede Dehon Pedagógico Cetal PRÉDIO Inclui componentes BióticosQuais?Inclui HomemImagem SimNãoHomemPlantaspeixesAvesAnfíbioInsetossimNãopositivaNegativa N°% % % % % % Sede Dehon Pedagógico Cetal PRÉDIO Inclui elementos de ação antrópicaQuais?Inclui frases ou palavras SimNãoPrédioCasaCarro Quadra de esportesAsfalto Postes de eletecidadeMuroponteLixeiroBarcoSimNão N°% % % % Sede Dehon Pedagógico Cetal PRÉDIO Ambiente Problemas ambientais (decorrentes da ação antrópica) UrbanoRuralÁrvores cortadasPoluição do arRio poluído Poluição do soloLixo N°% % Sede Dehon Pedagógico Cetal


Carregar ppt "MAPA MENTAl COMO INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE UNIVERSITÁRIOS DA UNISUL(CAMPUS, TB) Ciências Biológicas – Programa de Mestrado em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google