A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais."— Transcrição da apresentação:

1 LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais

2 A Transnordestina Logística, que é uma empresa de capital aberto e tem como acionistas a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e a Taquari Participações e o BNDES, tem a concessão de 4.238 quilômetros de ferrovias em sete dos nove estados do Nordeste

3 NOVA TRANSNORDESTINA

4 Os principais portos do Nordeste - Suape (PE), Pecém (CE) e Itaqui (MA), além de outros cinco portos

5

6 As principais cargas movimentadas são contêineres, cimento, calcário, combustíveis, óleo de soja, álcool, açúcar, produtos siderúrgicos e alumínio

7 AnoJan.Fev.Mar.Abr.Mai.Jun.Jul.Ago.Set.Out.Nov.Dez.Total 2002 392138494256264133404352 480 2003 444649342742474139503450 503 2004 421950533440475161634963 572 2005 59616360614249443328 31 559 2006 232021202714 1614191613 217 2007 1614 2017 121618141817 193 2008 191323203514192027242815 257 2009 20109111715221115191815181 PRINCIPAIS DESAFIOS Número oficial de ocorrências

8 PRINCIPAIS DESAFIOS Malha exige grandes investimentos em manutenção, o mesmo valendo para o material rodante Volume de transporte é baixo, e com poucas cargas constantes Baixo número de colaboradores Grande investimento na nova Transnordestina Área de Meio Ambiente em reestruturação Processo de capacitação interna

9 Treinamento de todo efetivo 2008/2009 (350 Empregados/Geope); Programação de viagens de auditorias dos inspetores ( Meta: 6 viagens/Mês); Treinamento específico dos maquinistas com índice de acidentes/100 horas trabalhadas acima da média do seu destacamento. Execução PAT – Plano anual de treinamento 2009 Exemplo de ação isolada ATIVIDADES DA OPERAÇÃO 2009 Ações difusas visando o gerenciamento de riscos, sem um plano consolidado

10 MUDANÇA DE VISÃO 2009 Avaliação sistemática de riscos - 2009 Ampliação da malha ferroviária Necessidade premente de redução nos índices de acidentes Adequação à legislação ambiental e às exigências dos órgãos ambientais.

11 Avaliação sistemática de riscos - 2009 Visita a toda a malha Análise preliminar de perigos Diagrama unifilar da malha

12

13

14 APP Foram identificados 187 perigos, e destes obtidos 439 cenários acidentais relacionados aos riscos ambientais, à segurança (pessoal, comunidade e patrimonial) e à imagem da empresa.

15 ESTRUTURAÇÃO PGR/PAE. Capitulo 1 - Introdução Capitulo 2 – Objetivo Capitulo 3 – Definições e Siglas Capitulo 4 – Caracterização do empreendimento Capitulo 5 – Estrutura organizacional do PGR Capitulo 6 – Informações Segurança Capitulo 7 - Analise, Avaliação e Revisão de Riscos Capitulo 8 – Procedimentos Operacionais Capitulo 9 – Gerenciamento de mudanças Capitulo 10 – Manutenção de ativos Capitulo 11 – Capacitação de Recursos Humanos Capitulo 12 – Programa de comunicação de riscos Capitulo 13 - Investigação de Incidentes e Acidentes Capitulo 14 - PAE Capitulo 15 – Auditorias Capitulo 16 - Manutenção Capitulo 17 – Equipe Técnica Capítulo 18 – Referencias Bibliográficas

16 ESTRUTURAÇÃO PGR/PAE.

17 A avaliação sistemática desencadeou uma série de ações na empresa Reestruturação da área de meio ambiente Reavaliação dos PR’s Avaliação e otimização dos invenstimentos Elaboração de novos PR’s

18

19 LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO ludmila.brito@tlsa.com.br 85 40082771 OBRIGADA!


Carregar ppt "LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google