A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais."— Transcrição da apresentação:

1 LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais

2 A Transnordestina Logística, que é uma empresa de capital aberto e tem como acionistas a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e a Taquari Participações e o BNDES, tem a concessão de quilômetros de ferrovias em sete dos nove estados do Nordeste

3 NOVA TRANSNORDESTINA

4 Os principais portos do Nordeste - Suape (PE), Pecém (CE) e Itaqui (MA), além de outros cinco portos

5

6 As principais cargas movimentadas são contêineres, cimento, calcário, combustíveis, óleo de soja, álcool, açúcar, produtos siderúrgicos e alumínio

7 AnoJan.Fev.Mar.Abr.Mai.Jun.Jul.Ago.Set.Out.Nov.Dez.Total PRINCIPAIS DESAFIOS Número oficial de ocorrências

8 PRINCIPAIS DESAFIOS Malha exige grandes investimentos em manutenção, o mesmo valendo para o material rodante Volume de transporte é baixo, e com poucas cargas constantes Baixo número de colaboradores Grande investimento na nova Transnordestina Área de Meio Ambiente em reestruturação Processo de capacitação interna

9 Treinamento de todo efetivo 2008/2009 (350 Empregados/Geope); Programação de viagens de auditorias dos inspetores ( Meta: 6 viagens/Mês); Treinamento específico dos maquinistas com índice de acidentes/100 horas trabalhadas acima da média do seu destacamento. Execução PAT – Plano anual de treinamento 2009 Exemplo de ação isolada ATIVIDADES DA OPERAÇÃO 2009 Ações difusas visando o gerenciamento de riscos, sem um plano consolidado

10 MUDANÇA DE VISÃO 2009 Avaliação sistemática de riscos Ampliação da malha ferroviária Necessidade premente de redução nos índices de acidentes Adequação à legislação ambiental e às exigências dos órgãos ambientais.

11 Avaliação sistemática de riscos Visita a toda a malha Análise preliminar de perigos Diagrama unifilar da malha

12

13

14 APP Foram identificados 187 perigos, e destes obtidos 439 cenários acidentais relacionados aos riscos ambientais, à segurança (pessoal, comunidade e patrimonial) e à imagem da empresa.

15 ESTRUTURAÇÃO PGR/PAE. Capitulo 1 - Introdução Capitulo 2 – Objetivo Capitulo 3 – Definições e Siglas Capitulo 4 – Caracterização do empreendimento Capitulo 5 – Estrutura organizacional do PGR Capitulo 6 – Informações Segurança Capitulo 7 - Analise, Avaliação e Revisão de Riscos Capitulo 8 – Procedimentos Operacionais Capitulo 9 – Gerenciamento de mudanças Capitulo 10 – Manutenção de ativos Capitulo 11 – Capacitação de Recursos Humanos Capitulo 12 – Programa de comunicação de riscos Capitulo 13 - Investigação de Incidentes e Acidentes Capitulo 14 - PAE Capitulo 15 – Auditorias Capitulo 16 - Manutenção Capitulo 17 – Equipe Técnica Capítulo 18 – Referencias Bibliográficas

16 ESTRUTURAÇÃO PGR/PAE.

17 A avaliação sistemática desencadeou uma série de ações na empresa Reestruturação da área de meio ambiente Reavaliação dos PR’s Avaliação e otimização dos invenstimentos Elaboração de novos PR’s

18

19 LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO OBRIGADA!


Carregar ppt "LUDMILA LADEIRA ALVES DE BRITO Gerente de Meio Ambiente da TLSA A Experiência da Transnordestina Logística no Gerenciamento de Riscos Ambientais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google