A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Capitalismo de Estado – Solução ou Problema? Antony P. Mueller Universidade Federal de Sergipe (UFS) The Continental Economics.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Capitalismo de Estado – Solução ou Problema? Antony P. Mueller Universidade Federal de Sergipe (UFS) The Continental Economics."— Transcrição da apresentação:

1 O Capitalismo de Estado – Solução ou Problema? Antony P. Mueller Universidade Federal de Sergipe (UFS) The Continental Economics Institute

2 Perguntar é responder O capitalismo de estado é o problema – Não a solução

3 Crise do capitalismo? Não é o capitalismo que está em crise, porque não há capitalismo livre, mas é o Capitalismo de Estado que está na crise na medida em que o Capitalismo de Estado se tornou o sistema de governança dominante durante os últimos cem anos.

4 Capitalismo de Estado O Capitalismo de Estado" é termo para designar os sistemas socioeconômicos que são caracterizados pela simbiose precária entre o estado e o capitalismo, entre a política e o mercado.

5 Objetivo, medidas, consequências Objetivo (promessa): Bem-estar, justiça social Medidas: Intervencionismo, guerra interna e externo Consequências: Tributos, déficits, dívidas, calote

6 A tese O Capitalismo de Estado não pode sobreviver. O grande tema do século 21 será qual sistema socioeconômico deve substituir o Capitalismo de Estado.

7 Custos e benefícios O sistema não é mais capaz de cumprir sua promessa de proporcionar o bem- estar. Junto com a falha para manter a segurança social, o Estado- intervencionista de bem-estar e da guerra também falhou ao não ser capaz garantir a segurança física interna e externa. O sistema evoluiu para a correção de que os custos de sua manutenção aceleram, enquanto o seu desempenho está em declínio.

8 Justiça social Uma vez que se tornou amplamente aceito que a função do estado seria a realização da justiça social e a segurança social, a noção liberal clássica, que a atividade do governo seja limitada, evaporou e as novas metas abriram a porta para uma atividade estatal ilimitada.

9 A grande mudança Enquanto no século 19 foi principalmente a defesa da liberdade individual, que serviu como critério para limitar a atividade estatal, esse critério desapareceu em favor da eficiência econômica como é hoje o caso. O moderno estado de bem-estar intervencionista não preocupa-se com a preservação da liberdade: a sua única barreira à sua expansão infinita são os limites estabelecidos pela economia.

10 Um sistema contraditório

11 Setor público e privado

12 Tributação é roubo

13 Déficits, dívidas e inflação Déficits, dívidas e inflação estão inevitáveis porque as pressões do processo político de gastar sempre excedem a disponibilidade de recursos.

14 O estado cria o capitalismo financeiro A simbiose entre o setor financeiro e o governo significa que estado de bem-estar e da guerra depende do setor financeiro para financiar a dívida, enquanto o setor financeiro depende do estado para manter uma alta rentabilidade.

15 Desenvolvimentismo Tornou-se um erro comum das políticas de desenvolvimento de argumentar que, tanto quanto a população é pobre, o "estado" deve intervir para promover o crescimento econômico. Nos tempos áureos do keynesianismo dos anos 1950 e 1960, a visão tornou-se popular entre os economistas do desenvolvimento que uma espécie de "déficit" para o desenvolvimento seja necessário.

16 Modelo kaleckiano Os seguidores da macroeconomia kaleckiana têm promovido políticas de déficits orçamentários sistemáticos sem levar em conta a consequência para o endividamento público, pois eles têm promovido uma política de investimento quantitativo bruto que levou ao um enorme desperdício de capital e a inflação.

17 A origem do estado corrupto Os seguidores deste modelo de desenvolvimento têm promovido uma política de substituição de importações, que tem impedido a competitividade e a produtividade. Na medida em que o modelo macroeconômico kaleckiana promove o Capitalismo de Estado, a adoção desse modelo foi também crucial de espalhar a corrupção nos governos do terceiro mundo.

18 O legado de Keynes e Kalecki Uma estranha combinação das doutrinas de Keynes e Kalecki levaram a catástrofe de desenvolvimento ainda mais graves quando o déficit de orçamento foram combinadas com incentivos para o consumo. Com apenas um leve exagero pode-se dizer que Keynes é o pai e o Michal Kalecki é a mãe do Capitalismo de Estado moderno e, assim, todos os males que vêm com este sistema de governança.

19 Processo de descobrimento

20 O estado-babá O Estado-Babá tem sua origem no projeto bismarckiano de criar um sistema abrangente de segurança social para a classe trabalhadora. O outro pilar histórico do moderno estado babá é o movimento progressista nos Estados Unidos, que lançou seu programa totalitário de controle comportamental que vão da proibição até a eutanásia forçada e o controle de natalidade pelos orgãos governamentais.

21 Os pais do estado-babá como o estado de bem-estar e guerra

22 Brutalização e infantilização Enquanto o fascismo e o comunismo mostram o lado negro do capitalismo de estado, o estado babá mostra seu lado aparentemente ensolarado. Enquanto o fascismo e o comunismo transformado nações inteiras em brutos, o Estado-babá cria uma infantilização completa de seus cidadãos.

23 Escola como instituição da doutrinação

24 Controle comportamental O Estado-babá mantém um aparelho extenso de controle comportamental que cobre quase todos aspectos da vida. A contradição fundamental da democracia moderna existe em entregar ao governo ou direito de tratar os próprios eleitores como crianças ou imbecis.

25 Perda da legitimação O Capitalismo de Estado não tem legitimidade moral e, como tal, carece do fundamento do direito de existir. É apenas por suborno que este sistema tem sido capaz de se manter. Níveis de endividamento atuais representam um limite para continuar com as políticas sistemáticas de suborno. A austeridade é a hora de verdade para o Capitalismo de Estado.

26 Previsões

27 De volta à estrada para a servidão?

28 Revisar a expansão do Governo

29 A tarefa pedagógica existe em explicar o grande engano

30 Espalhar a notícia de que Papai Noel morreu (em 2000)

31 Desmascarar o estado como assassino

32 O mundo da informação mudou

33 Uma ideia cuja tempo chegou

34 A política ainda não mudou

35 Obrigado

36 Data show Esta data show vai ser publicado no site: Contacto:


Carregar ppt "O Capitalismo de Estado – Solução ou Problema? Antony P. Mueller Universidade Federal de Sergipe (UFS) The Continental Economics."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google