A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIAGNÓSTICO E FLUXOGRAMA DO CA TESTICULAR Bruno Ratusznei Fonseca Janaina de Mattos Moraes João Henrique Pereira Liana Tozetto da Veiga Roberta Cristine.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIAGNÓSTICO E FLUXOGRAMA DO CA TESTICULAR Bruno Ratusznei Fonseca Janaina de Mattos Moraes João Henrique Pereira Liana Tozetto da Veiga Roberta Cristine."— Transcrição da apresentação:

1 DIAGNÓSTICO E FLUXOGRAMA DO CA TESTICULAR Bruno Ratusznei Fonseca Janaina de Mattos Moraes João Henrique Pereira Liana Tozetto da Veiga Roberta Cristine Suetugo Orientação: Professor Dr. Ângelo Palma Contar

2 INTRODUÇÃO o CA de testículo Tumor maligno sólido mais comum em homens Um dos paradigmas da medicina quando se refere ao tratamento do câncer Uma das neoplasias sólidas mais curáveis: mortalidade ~ 90% mortalidade < 10%

3 EPIDEMIOLOGIA Incidência : 0,07% a 0,5% 1% de todos os cânceres em homens Maior incidência em homens jovens (15-35 anos) Brasil : 2,2/ habitantes novos casos de câncer testicular nos Estados Unidos em 2009

4 EPIDEMIOLOGIA 4,5 vezes mais frequente em indivíduos brancos do que em negros Mais frequente em habitantes de áreas urbanas que rurais Evidências epidemiológicas sugerem que a incidência de câncer testicular vem aumentando em todo o mundo desde 1900 em aproximadamente 3% ao ano.

5 CLASSIFICAÇÃO o Tumores de células germinativas (seminomas) – 95% dos casos  Seminoma puro  Tumores germinais celulares não seminomatosos o Tumores de células não-germinativas  Tumores do estroma especializado  Tumores do estroma geral  Tumores hematológicos  Miscelânea

6 CLASSIFICAÇÃO Tumores de células não-germinativas o Tumores do Estroma Especializado Tumor de células de Leydig Tumor de células de Sertoli Tumores de células da Granulosa Tumores Mistos Tumores com diferenciação incompleta o Tumores do Estroma Geral Tumores vasculares Tumores de músculos lisos e esqueléticos Tumores adenomatóides Mesotelioma o Tumores Hematológicos Linfoma Leucemia Plasmocitoma o Miscelânea Carcinóide Cisto epidermóide Adenocarcinoma da Rete Testis Tumores metastáticos Tumores tipo - Superfície epitelial do ovário

7 FATORES DE RISCO Criptorquidia (> de 3 a 47 vezes) História pessoal ou familiar de câncer testicular (1-3% dos afetados) Infertilidade ou subfertilidade Atrofias testiculares idiopáticas ou virais Hipospadia Infecção pelo HIV Efeitos de estrogênicos intra útero Síndromes de insensibilidade androgênica e disgenesia gonadal mista Outras síndromes (Klinefelter ; Down) **Ausência de risco à vasectomia

8 CLÍNICA o Massa ou aumento de volume testicular indolor “A palpação de uma massa endurecida no testículo deve ser considerada um tumor germinativo de testículo até que se prove o contrário.” SIMÕES, João Carlos. Câncer: estadiamento e tratamento. São Paulo: Lemar, o Dor indefinida ou sensação de peso no baixo ventre, região perianal, ou hemiescroto afetado. o Dor aguda é sintoma menos comum (10% dos casos)

9 CLÍNICA o Em outros 10 por cento, as manifestações do câncer de testículo são atribuíveis à doença metastática. o Tumores de células de Leydig/Sertoli – sintomas de excesso de estrógeno e queda da testosterona;

10 DIAGNÓSTICO o Exame físico o Exames de imagem Ultra-sonografia escrotal (sens %, esp. %) Raio-X simples Tomografia Ressonância Magnética o Dosagem de marcadores tumorais Fração beta da gonadotrofina coriônica humana (Beta-HCG) Alfa-fetoproteína(AFP) Lactato desidrogenase (DHL) o Análise de material cirúrgico

11 DIAGNÓSTICO o A presença de marcadores associada a lesão testicular caracteriza neoplasia local, uma vez que tais marcadores não apresentam resultados falso positivo, porém resultado negativo não exclui a doença. **A biópsia transescrotal não é considerada porque existe risco de disseminação local do tumor no escroto e também para os linfonodos inguinais

12 DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL o Epididimite o Orquite traumática o Torção do funículo espermático o Hidrocele o Espermatocele o Varicocele o Hérnia inguino-escrotal **Transiluminação escrotal em sala escura

13 ESTADIAMENTO o Sistema TNM global de estadiamento do câncer testicular American Joint Committee on Cancer (AJCC); International Union Against Cancer (UICC) Nesse sistema TNM, a avaliação do tumor primário (T), dos linfonodos (N) e das metástases a distância (M) são combinados com valores séricos dos marcadores tumorais (Beta-HCG, AFP e LDH), sendo usado para classificar esses pacientes em 3 estágios da doença (Estágio I, II e III)

14 ESTADIAMENTO

15

16 TRATAMENTO o O tratamento de escolha para massa testicular maligna é a orquiectomia radical por via inguinal com ligadura alta do funículo espermático o Quimioterapia e/ou radioterapia – adjuvantes à intervenção cirúrgica ou isoladamente o Linfadenectomia retroperitoneal

17 FLUXOGRAMA DO TRATAMENTO DO CA TESTICULAR

18

19

20 CONSIDERAÇÕES FINAIS o Diagnóstico precoce o Criopreservação de esperma

21 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS STEELE, S.G., RICHIE, J.P., OH, W.K., MICHAELSON, M.D. Clinical Manifestations, Diagnosis, and Staging of Testicular Germ Cell Tumors. Maio, At: STEELE RICHIEOHMICHAELSON OH, W.K. Overview of the Treatment of Testicular Germ Cell Tumors. Fevereiro, At: OHwww.uptodate.com MICHAELSON, M.D., OH, W.K. Epidemiology of and Risk Factors for Testicular Germ Cell Tumors. Maio, At: MICHAELSONOHwww.uptodate.com MICHAELSON, M.D., OH, W.K. Serum Tumor Markers in Testicular Germ Cell Tumors. Maio, At: MICHAELSONOHwww.uptodate.com Alan J.W. et. al. Campbell-Walsh Urology – 9 th edition SIMÕES, João Carlos. Câncer: estadiamento e tratamento. São Paulo: Lemar, POLLOCK, Raphael E. UICC manual de oncologia clínica 8. ed. São Paulo: FOSP, JUNIOR, Nelson Rodrigues Netto. Urologia prática 5. ed. São Paulo: Roca, xvii, 493 p., il. (algumas color.). Inclui bibliografia e índice. ISBN (enc.). HERING, Flávio Luis Ortiz; SROUGI, Miguel. Urologia: diagnóstico e tratamento. 1. Ed. São Paulo: Roca, 1998.


Carregar ppt "DIAGNÓSTICO E FLUXOGRAMA DO CA TESTICULAR Bruno Ratusznei Fonseca Janaina de Mattos Moraes João Henrique Pereira Liana Tozetto da Veiga Roberta Cristine."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google