A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL. CIENCIAS NATURAIS E EXATAS Biodiesel Princípio, Impacto Ambiental, Economia e Visão Brasil - Mundial Componentes do Grupo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL. CIENCIAS NATURAIS E EXATAS Biodiesel Princípio, Impacto Ambiental, Economia e Visão Brasil - Mundial Componentes do Grupo."— Transcrição da apresentação:

1 O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL

2 CIENCIAS NATURAIS E EXATAS Biodiesel Princípio, Impacto Ambiental, Economia e Visão Brasil - Mundial Componentes do Grupo Alexsandro Ramos Sandro Koppe Raphael Medeiros Vinicius Reginato Jeferson Nunes

3 Justificativa Biodiesel é um tema importante para o desenvolvimento sócio econômico do país e está ligado as áreas de conhecimento de nossos cursos. Biodiesel é um tema importante para o desenvolvimento sócio econômico do país e está ligado as áreas de conhecimento de nossos cursos.

4 O que é o biodiesel e as áreas de utilização; O que é o biodiesel e as áreas de utilização; O impacto ambiental; O impacto ambiental; O que mudou na economia; O que mudou na economia; A participação Brasil e Visão Mundial; A participação Brasil e Visão Mundial; Roteiro

5 Biblioteca da Ulbra Título do Livro: Energia e Meio Ambiente Título do Livro: Energia e Meio Ambiente Ator do Livro: Joaquim de Carvalho Ator do Livro: Joaquim de Carvalho Registro Completo: (81) C331 Registro Completo: (81) C331 Palavras-chave: Biodiesel, Biocombustível e Renovável Palavras-chave: Biodiesel, Biocombustível e Renovável Resumo: Resumo:

6 O biodiesel é um combustível renovável (Biocombustivel) e biodegradável, obtido comumente a partir da reação química de óleos ou gorduras, de origem animal ou vegetal, com um álcool na presença de um catalisador (reação conhecida como transesterificação). Pode ser obtido também pelos processos de craqueamento e esterificação. O biodiesel substitui total ou parcialmente o óleo diesel de petróleo em motores ciclo diesel automotivos (de caminhões, tratores, camionetas, automóveis, etc.) ou estacionários (geradores de eletricidade, calor, etc.). Pode ser usado puro ou misturado ao diesel em diversas proporções. O biodiesel substitui total ou parcialmente o óleo diesel de petróleo em motores ciclo diesel automotivos (de caminhões, tratores, camionetas, automóveis, etc.) ou estacionários (geradores de eletricidade, calor, etc.). Pode ser usado puro ou misturado ao diesel em diversas proporções. O nome biodiesel muitas vezes é confundido com a mistura diesel+biodiesel, disponível em alguns postos de combustível. A designação correta para a mistura vendida nestes postos deve ser precedida pela letra B (do inglês Blend). Neste caso, a mistura de 2% de biodiesel ao diesel de petróleo é chamada de B2 e assim sucessivamente, até o biodiesel puro, denominado B100. O nome biodiesel muitas vezes é confundido com a mistura diesel+biodiesel, disponível em alguns postos de combustível. A designação correta para a mistura vendida nestes postos deve ser precedida pela letra B (do inglês Blend). Neste caso, a mistura de 2% de biodiesel ao diesel de petróleo é chamada de B2 e assim sucessivamente, até o biodiesel puro, denominado B100. O que é o biodiesel

7 Ferramenta de Busca Endereço eletrônico: transporteurbano.htm Endereço eletrônico: transporteurbano.htm Título do texto: A Utilização do Biodiesel no Transporte Urbano Título do texto: A Utilização do Biodiesel no Transporte Urbano Autores do texto: Donato Aranda (EQ/UFRJ) e Nehemias Monteiro Júnior (BCB) Autores do texto: Donato Aranda (EQ/UFRJ) e Nehemias Monteiro Júnior (BCB) Disponível no endereço eletrônico: transporteurbano.htm Disponível no endereço eletrônico: transporteurbano.htm Palavras-chave: Utilização, Biodiesel e Combústível Palavras-chave: Utilização, Biodiesel e Combústível Resumo: Resumo:

8 Segundo a Associação Nacional de Empresas de Transporte Urbano (1) – NTU (2004), no Brasil, os sistemas de transporte coletivo urbano atendem 59 milhões de passageiros diariamente, ou cerca de 60 % dos deslocamentos mecanizados. Cerca de 90 % desta demanda é atendida por via rodoviária, através de uma frota de ônibus, aproximadamente, nas 437 cidades com mais de habitantes. O setor movimenta cerca de 1 % do PIB e emprega pessoas. A quase totalidade dos veículos utiliza óleo diesel como combustível. TRANSPORTE URBANO A utilização do biodiesel

9 O uso de misturas biodiesel/diesel tem como efeitos a redução das emissões de CO, hidrocarbonetos e particulados. As emissões de SOx pelo biodiesel puro (B100) são desprezíveis, e no caso de misturas diesel / biodiesel a redução se dá de forma quase proporcional à participação do biodiesel na mistura. Pode existir, entretanto, o efeito colateral do aumento das emissões de NOx. Contudo, vários estudos apontam que com o uso de misturas de cerca de 20 % de biodiesel e 80 % de diesel de petróleo (B20), é possível obter o melhor trade-off entre a redução de emissões de particulados - de 47 %, em média, para o biodiesel puro - e um eventual aumento de emissões de NOx, de até 8 %, com o B100. De acordo com o National Renewable Energy Laboratory (EUA) a mistura B20 não representa aumenta de emissões de NOx (3). Donato Aranda (EQ/UFRJ) e Nehemias Monteiro Júnior (BCB)

10 Ferramenta de Busca Endereço eletrônico: transporteurbano.htm Endereço eletrônico: transporteurbano.htm Descrição: A utilização do biodiesel no transporte urbano Descrição: A utilização do biodiesel no transporte urbano Justificativa quanto a credibildade: O autor possui currículo na plataforma lattes Justificativa quanto a credibildade: O autor possui currículo na plataforma latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=C85532

11

12 Periódico on-line Nome do Periódico: Scielo Nome do Periódico: Scielo Endereço eletrônico do periódico: Endereço eletrônico do periódico: Título do texto: Estimativa dos poluentes emitidos pelos ônibus e microônibus de Campo Grande/MS, empregando como combustível diesel, biodiesel ou gás natural Título do texto: Estimativa dos poluentes emitidos pelos ônibus e microônibus de Campo Grande/MS, empregando como combustível diesel, biodiesel ou gás natural Autor do texto: Glauco Rodrigo KozerskiI; Sônia Corina HessII Autor do texto: Glauco Rodrigo KozerskiI; Sônia Corina HessII Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso Palavra-chave: Biodiesel, Impacto Ambiental, Biocombustíveis Palavra-chave: Biodiesel, Impacto Ambiental, Biocombustíveis Resumo: Resumo:

13 Impacto Ambiental - Vantagens Ele permite que se estabeleça um ciclo fechado de carbono, ou seja, a planta que será utilizada como matéria-prima, enquanto em fase de crescimento, absorve o CO2 e o libera novamente quando o biodiesel é queimado na combustão do motor. Segundo estudos, com esse ciclo fechado estabelecido, o biodiesel reduz em até 78% as emissões líquidas de CO2.(1) Além disso, o uso desse biocombustível reduz significativamente as emissões de: 20% de enxofre; 20% de enxofre; 9,8% de anidrido carbônico; 9,8% de anidrido carbônico; 35% de hidrocarbonetos não-queimados; 35% de hidrocarbonetos não-queimados; 55% de material não-particulado; 55% de material não-particulado; 78 a 100% dos gases causadores do efeito estufa; 78 a 100% dos gases causadores do efeito estufa; 100% de compostos sulfurados e aromáticos; 100% de compostos sulfurados e aromáticos; Vale lembrar também que os materiais não-particulados são os principais causadores de problemas respiratórios e os compostos sulfurados são os precursores do câncer e da chuva ácida. (1) Vale lembrar também que os materiais não-particulados são os principais causadores de problemas respiratórios e os compostos sulfurados são os precursores do câncer e da chuva ácida. (1)

14 Impacto Ambiental - Desvantagens 1) Se chegarmos a uma completa substituição do diesel convencional pelo biodiesel ao invés de apenas fazermos uma adição percentual do mesmo, os países, inclusive o Brasil, acabarão tendo imensas áreas cultiváveis, em que as mesmas não estejam sendo usadas para fins alimentares. Ainda assim, muitos países têm apresentado interesse quanto ao uso do biodiesel para que se cumpram as medidas propostas no Protocolo de Kyoto. 2) O Protocolo de Kyoto, assinado em 1997 pelos países industrializados, exceto pelos Estados Unidos, foi criado com o objetivo de reduzir ou controlar as emissões de carbono a um nível, em média, 5,2% menor que no ano de 1990, com um prazo de cumprimento até o ano de (3) Criou o chamado Mercado de Carbono, onde cada país ou empresa possui uma cota para emissão desse gás na atmosfera e, se não atingido o nível máximo de sua cota, o excedente pode ser vendido através de um projeto chamado MDL – Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. (3) O MDL possui programas de reflorestamento de áreas desmatadas e de captura de carbono antes mesmo de ele ser lançado na atmosfera. O financiamento pode ser feito através do CBF – Fundo Bio de Carbono, administrado pelo Banco Mundial. (1) O Brasil é considerado uma das fontes mais limpas do mundo: 35,9% da energia fornecida pelo país são de origem renovável.

15 Periódico on-line Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso Descrição: Engenharia Sanitária e Ambiental Descrição: Engenharia Sanitária e Ambiental Justificativa: Publicação com ISSN Justificativa: Publicação com ISSN

16 Periódico on-line Nome do Periódico: Scielo Nome do Periódico: Scielo Título do texto: Um desafio novo – O biodiesel Título do texto: Um desafio novo – O biodiesel Autor do texto: Guilherme Leite da Silva Dias Autor do texto: Guilherme Leite da Silva Dias Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso Endereço eletrônico do texto: &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso Palavra-chave: Biodiesel, Economia e Biocombustível Palavra-chave: Biodiesel, Economia e Biocombustível Resumo: Resumo:

17 Visão Econômica Consumo de Diesel 2003 – 38 milhões de m³/ano; Consumo de Diesel 2003 – 38 milhões de m³/ano; 10% importado por U$$ 800 milhões10% importado por U$$ 800 milhões 2008 projeto B2 - Brasil produzirá 760 milhões de m³/ano; 2008 projeto B2 - Brasil produzirá 760 milhões de m³/ano; 2012 projeto B5 – economia de 2 bilhões de litros/ano 2012 projeto B5 – economia de 2 bilhões de litros/ano Com o B10 o Brasil passa a não importar; Com o B10 o Brasil passa a não importar; Vantagens no Agronegócio: matéria prima, distribuição... Vantagens no Agronegócio: matéria prima, distribuição... Fixação do Homem no Campo; Fixação do Homem no Campo;

18 Visão Econômica Valorização em sub-produtos para atividades Agro Industriais Valorização em sub-produtos para atividades Agro Industriais Aumento Regional em ICMS Aumento Regional em ICMS Na produção agropecuária: Na produção agropecuária: Esses efeitos multiplicadores e tendem a crescer conforme produção e exportação; Esses efeitos multiplicadores e tendem a crescer conforme produção e exportação; R$ 1,00 R$ 3,00

19 Periódico on-line Endereço Eletrônico: &lng=pt&nrm=iso Endereço Eletrônico: &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso &lng=pt&nrm=iso Descrição: Artigo Um desafio novo: O biodiesel, vol. 21 pág 179 Abril 2007, ISSN 0103–4014 Descrição: Artigo Um desafio novo: O biodiesel, vol. 21 pág 179 Abril 2007, ISSN 0103–4014 Justificativa quanto à credibilidade: Fonte de pesquisa feito pela faculdade de Economia da Universidade de São Paulo pelo Profº Guilherme Leite da Silva Dias Justificativa quanto à credibilidade: Fonte de pesquisa feito pela faculdade de Economia da Universidade de São Paulo pelo Profº Guilherme Leite da Silva Dias

20 Biblioteca Digital Nome da Biblioteca: Domínio Público Nome da Biblioteca: Domínio Público Endereço eletrônico: Endereço eletrônico: Título do texto: Estudo da Utilização do Biodiesel para Geração de Energia Elétrica no Brasil Título do texto: Estudo da Utilização do Biodiesel para Geração de Energia Elétrica no Brasil Autor do texto: Felipe Carneiro da Cunha Torres Autor do texto: Felipe Carneiro da Cunha Torres Endereço eletrônico do texto: Endereço eletrônico do texto: Palavra-chave: Biodiesel, Participação do Brasil e Visão Mundial Palavra-chave: Biodiesel, Participação do Brasil e Visão Mundial Resumo: Resumo:

21 Visão Mundial EXPERIÊNCIA DA EUROPA COM O BIODIESEL EXPERIÊNCIA DA EUROPA COM O BIODIESEL A Europa é a líder mundial em produção de Biodiesel. Combinando a produção de Biodiesel da Alemanha, França e Itália chega-se a um número aproximadamente igual a dezoito vezes a produção dos Estados Unidos, relata Pahl (2005). Capacidade de Produção Anual de Biodiesel na UE (mil toneladas)

22 EXPERIÊNCIA DA ALEMANHA A Alemanha é hoje o maior produtor mundial de Biodiesel. A Alemanha é hoje o maior produtor mundial de Biodiesel. Na Alemanha, o Biodiesel conseguiu espaço no mercado de combustíveis primariamente como combustível para veículos terrestres, como automóveis e caminhões, e utilizado puro, sem misturar ao óleo diesel. Na Alemanha, o Biodiesel conseguiu espaço no mercado de combustíveis primariamente como combustível para veículos terrestres, como automóveis e caminhões, e utilizado puro, sem misturar ao óleo diesel. Há grande interação entre os produtores de Biodiesel e fabricantes como Merceds-Benz, Volkswagen, Audi, BMW e MAN. A Associação de Táxis da Alemanha (German Taxi Association) adotou o uso do Biodiesel em nível nacional. Em 1998, a cidade de Kreiswerkr Heinsberg recebeu o título de ser a primeira cidade alemã a possuir toda sua frota de ônibus (Mercedes-Benz e MAN) operando com Biodiesel (UFOP, 2005). Há grande interação entre os produtores de Biodiesel e fabricantes como Merceds-Benz, Volkswagen, Audi, BMW e MAN. A Associação de Táxis da Alemanha (German Taxi Association) adotou o uso do Biodiesel em nível nacional. Em 1998, a cidade de Kreiswerkr Heinsberg recebeu o título de ser a primeira cidade alemã a possuir toda sua frota de ônibus (Mercedes-Benz e MAN) operando com Biodiesel (UFOP, 2005).

23 Atualmente não existem grandes barreiras tecnológicas para se substituir o Diesel mineral pelo Biodiesel. Os maiores impedimentos estão relacionados a aspectos mais financeiros do que tecnológicos (GTI, 2003). Recentemente o BNDES lançou o Programa de Apoio Financeiro a Investimentos em Biodiesel (BNDES, 2006), com o objetivo de apoiar investimentos na produção de Biodiesel. O programa atende a todas as fases da produção, i.e. desde a sua fase agrícola, de produção de óleo bruto, de produção de Biodiesel. Atende, também a assuntos ligados a armazenamento, logística e aquisição de equipamentos para a produção de Biodiesel. A participação do Brasil

24 O programa estabelece condições mais favoráveis a projetos que possuam o chamado Selo Combustível Social, a ser outorgado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário-MDA aos projetos que promovam a inclusão social de agricultores familiares. A participação do Banco nestes projetos é de até 90% dos itens passíveis de apoio, para projetos com Selo Combustível Social; e de até 80% (oitenta por cento) dos itens passíveis de apoio, para projetos sem selo. Adicionalmente, foi reduzida a exigência de garantias reais para 100% do valor do financiamento, em vez dos usuais 130%; e são praticadas menores taxas de juros.

25 Biblioteca Digital Endereço Eletrônico 17.pdf Endereço Eletrônico 17.pdf 17.pdf 17.pdf Descrição Aspectos Econômicos e de mecado sobre o Biodiesel no Brasil e no Mundo. Descrição Aspectos Econômicos e de mecado sobre o Biodiesel no Brasil e no Mundo. Justificativa quanto à credibilidade: Material encontrado através da Biblioteca Virtual domínio Publico site governamental. Justificativa quanto à credibilidade: Material encontrado através da Biblioteca Virtual domínio Publico site governamental.

26 Indicações por Cursos Ciências da Computação Ciências da Computação Endereço:www.denunciar.org.brEndereço:www.denunciar.org.br Descrição: Crimes na InternetDescrição: Crimes na Internet Credibilidade: publicação do ministério público federalCredibilidade: publicação do ministério público federal Engenharia Química Engenharia Química Endereço: Descrição: Conselho Federal de QuímicaDescrição: Conselho Federal de Química Credibilidade: Informativos do Conselho Federal de QuímicaCredibilidade: Informativos do Conselho Federal de Química Administração Administração Endereço: Descrição: Gerenciamento de Riscos e PerdasDescrição: Gerenciamento de Riscos e Perdas Credibilidade: Informativos da Associação Brasileira de Gestores de Riscos e Certificado pela ABRAIC – Associação Brasileira de Inteligência e Contra InteligênciaCredibilidade: Informativos da Associação Brasileira de Gestores de Riscos e Certificado pela ABRAIC – Associação Brasileira de Inteligência e Contra Inteligência


Carregar ppt "O NOVO COMBUSTÍVEL DO BRASIL. CIENCIAS NATURAIS E EXATAS Biodiesel Princípio, Impacto Ambiental, Economia e Visão Brasil - Mundial Componentes do Grupo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google