A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Linguagens e Códigos e suas Tecnologias - Arte Ensino Médio, 3ª Série SURREALISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Linguagens e Códigos e suas Tecnologias - Arte Ensino Médio, 3ª Série SURREALISMO."— Transcrição da apresentação:

1 Linguagens e Códigos e suas Tecnologias - Arte Ensino Médio, 3ª Série SURREALISMO

2 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagem: Rene Magritte / Memory of a Voyage / 1952 /

3 ARTE, 3º. Ano Surrealismo O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido, primeiramente, em Paris dos anos 20. Este movimento seria inserido no contexto das vanguardas que viriam a definir o modernismo, reunindo artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo e, posteriormente, expandido para outros países (1).(1) Imagem: Joan Miró / The Nightingale's Song at Midnight and the Morning Rain / 1940 / Perls Galleries, New York, NY, USA / nightingale-s-song-at-midnight-and-the-morning-rain

4 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud ( ), o surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa (2). (2) Imagem: Sigmund Freud / Max Halberstadt / Domínio Público

5 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Seus representantes mais conhecidos são (3):(3) Max Ernst, René Magritte e Salvador Dalí no campo das artes plásticas André Breton na literatura Luis Buñuel no cinema

6 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Suas origens devem ser buscadas no dadaísmo e na pintura metafísica de Giorgio De Chirico. O surrealismo foi, por excelência, a corrente artística moderna da representação do irracional e do subconsciente (4).(4) Imagens: (a) Giorgio de Chirico / Carl Van Vechten / Domínio Público (b) Giorgio de Chirico / Piazza d'Italia / 1913 / Art Gallery of Ontario, Toronto, Canada / chirico/piazza-d-italia-1913.

7 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Este movimento artístico surge todas as vezes que a imaginação se manifesta livremente, sem o freio do espírito crítico, o que vale é o impulso psíquico (5). (5) Imagem: Salvador Dali / Persistência da Memória / 1931 / The Museum of Modern Arts, New York, NY, USA /

8 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Os surrealistas deixam o mundo real para penetrarem no irreal, pois a emoção mais profunda do ser tem todas as possibilidades de se expressar apenas com a aproximação do fantástico, no ponto onde a razão humana perde o controle (6). (6) Imagem: Salvador Dali / Spanish Dances in a Landscape / 1946 / spanish-dances-in-a-landscape

9 ARTE, 3º. Ano Surrealismo A publicação do Manifesto do Surrealismo, assinado por André Breton em outubro de 1924, marcou historicamente o nascimento do movimento. Nele se propunha a restauração dos sentimentos humanos e do instinto, como ponto de partida para uma nova linguagem artística (7).(7)

10 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Para isso, era preciso que o homem tivesse uma visão totalmente introspectiva de si mesmo e encontrasse esse ponto do espírito no qual a realidade interna e externa são percebidas totalmente isentas de contradições (8). (8) Imagem: Max Ernst / Édipo / 1922 / Coleção Pricada / ernst/oedipus-rex-1922.

11 ARTE, 3º. Ano Surrealismo A livre associação e a análise dos sonhos, ambos métodos da psicanálise freudiana, transformaram-se nos procedimentos básicos do surrealismo, embora aplicados a seu modo (9).(9) Imagem: Rene Magritte / Le Chateau de Pyrenees / 1959 / Israel Museum, Jerusalem, Israel / the-pyrenees-1959.

12 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Por meio do automatismo, ou seja, qualquer forma de expressão em que a mente não exercesse nenhum tipo de controle, os surrealistas tentavam plasmar, seja por meio de formas abstratas ou figurativas simbólicas, as imagens da realidade mais profunda do ser humano: o subconsciente (10).(10) Imagem: Giorgio de Chirico / Arqueólogos / 1927 /

13 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Buscava deliberadamente o bizarro e o irracional para expressar verdades ocultas, inalcançáveis por meio da lógica. Foram duas formas dentro do movimento: Joan Miró e Max Ernst praticavam a arte improvisada, distanciando- se o mais possível do controle consciente (13).(13) Imagem: Joan Miró / Maternidade / 1924 /

14 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagens: (a) Joan Miró / Dançarinos / 1925 / Joan Miró / Números e constelações em amor com uma mulher / 1941 /

15 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagem: Max Ernst / O jardim da França / 1962 /

16 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagens: (a) Max Ernst / O Casal / 1925 / ernst/the-couple-in-lace-1925(b) Marx Ernst / O mundo ou Mulher pássaro / 1921 /

17 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Já outros, como Dali, De Chirico e Magritte, usavam técnicas realistas para apresentar cenas alucinatórias que desafiavam o senso comum (11). (11) Imagem: Salvador Dali / The Three Glorious Enigmas of Gala(second version) / 1982 / Gala-Salvador Dali Foundation, Figueras, Spain / dor-dali/the-three-glorious-enigmas- of-gala

18 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagem: Salvador Dali / Tentação / 1946 / Musée Royaux des Beaux-Arts, Brussels, Belgium /

19 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagem: De Chirico / Arqueólogo / 1927 /

20 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagens: (a) Giorgio de Chirico / Gare Montparnasse (The Melancholy of Departure) / 1914 / Museum of Modern Art, New York, USA / De Chirico / O Mistério e Melancolia de uma Rua / 1914 /

21 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagens: (a) René Magritte / Chuva de homens / 1953 / (b) René Magritte / O filho do homem / 1926 /

22 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Imagem: René Magritte / Isso não é um cachimbo / 1948 / Coleção Privada / magritte/the-treachery-of-images-this-is-not-a-pipe-1948

23 ARTE, 3º. Ano Surrealismo O Surrealismo apresenta relações com o Futurismo e o Dadaísmo. No entanto, se os dadaístas propunham apenas a destruição, os surrealistas pregavam a destruição da sociedade em que viviam e a criação de uma nova, a ser organizada em outras bases (12). (12) Imagens: (a) Giacomo Balla / Velocidade de um Automóvel / (b) Marcel Duchamp / A fonte / 1917 / Tate Gallery, London, UK /

24 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Os surrealistas pretendiam, dessa forma, atingir uma outra realidade, situada no plano do subconsciente e do inconsciente (13). (13) Imagens: (a) Rene Magritte / A raça branca / 1967 / Patrimoine culturel de la Communauté français de Belgique, Brussels/ Joan Miró / Pássaro Lunar / 1945 /

25 ARTE, 3º. Ano Surrealismo A fantasia, os estados de tristeza e melancolia exerceram grande atração sobre os surrealistas, e, nesse aspecto, eles se aproximam dos românticos, embora sejam muito mais radicais (14).(14) Imagens: (a) Marc Chagall / Over the Town / 1918 / The Tretyakov Gallery, Moscow, Russia / the-town-1918 (b) Marc Chagall / I and the Village / 1911 / Museum of Modern Art, New York, USA / and-the-village-1911.

26 ARTE, 3º. Ano Surrealismo Fontes de pesquisa: - CHIPP, H.B. Teorias da Arte Moderna. São Paulo: Martins Fontes, GOMBRICH, E.H. A História da Arte. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Editora Ática, ARGAN, Giulio Carlo. Arte moderna. São Paulo: Companhia das Letras, Imagens pescadas do Google. - Vídeo com obras surrealistas no youtube, - Música "Fin" de "Anberlin“

27 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 2Rene Magritte / Memory of a Voyage / 1952 / magritte/memory-of-a-voyage magritte/memory-of-a-voyage /04/2012 3Joan Miró / The Nightingale's Song at Midnight and the Morning Rain / 1940 / Perls Galleries, New York, NY, USA /http://www.wikipaintings.org/en/joan- miro/the-nightingale-s-song-at-midnight-and- the-morning-rain nightingale-s-song-at-midnight-and-the- morning-rain 03/04/ Sigmund Freud / Max Halberstadt / Domínio Público d_Freud_LIFE.jpg 03/04/2012 6aGiorgio de Chirico / Carl Van Vechten / Domínio Público _de_Chirico_(portrait).jpg 03/04/2012 6bGiorgio de Chirico / Piazza d'Italia / 1913 / Art Gallery of Ontario, Toronto, Canada / chirico/piazza-d-italia chirico/piazza-d-italia /04/2012 7Salvador Dali / Persistência da Memória / 1931 / The Museum of Modern Arts, New York, NY, USA / dali/the-persistence-of-memory dali/the-persistence-of-memory /04/2012 Tabela de Imagens

28 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 8Salvador Dali / Spanish Dances in a Landscape / 1946 / dali/untitled-spanish-dances-in-a-landscape dali/untitled-spanish-dances-in-a-landscape 03/04/ Max Ernst / Édipo / 1922 / ernst/oedipus-rex ernst/oedipus-rex /04/ Rene Magritte / Le Chateau de Pyrenees / 1959 / Israel Museum, Jerusalem, Israel / magritte/the-castle-of-the-pyrenees magritte/the-castle-of-the-pyrenees /04/ Giorgio de Chirico / Arqueólogos / 1927 / chirico/the-archaeologists chirico/the-archaeologists /04/ Joan Miró / Maternidade / 1924 / miro/maternity miro/maternity 03/04/ aJoan Miró / Dançarinos / 1925 / miro/dancer miro/dancer 03/04/2012 Tabela de Imagens

29 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 14bJoan Miró / Números e constelações em amor com uma mulher / 1941 / miro/ciphers-and-constellations-in-love-with-a- woman miro/ciphers-and-constellations-in-love-with-a- woman 03/04/ Max Ernst / O jardim da França / 1962 / garden-of-france garden-of-france /04/ aMax Ernst / O Casal / 1925 / couple-in-lace couple-in-lace /04/ bMarx Ernst / O mundo ou Mulher pássaro / 1921 / ernst/the-word-woman-bird word-woman-bird /04/ Salvador Dali / The Three Glorious Enigmas of Gala(second version) / 1982 / Gala-Salvador Dali Foundation, Figueras, Spain / dali/the-three-glorious-enigmas-of-gala dali/the-three-glorious-enigmas-of-gala 03/04/ Salvador Dali / Tentação / 1946 / Musée Royaux des Beaux-Arts, Brussels, Belgium / dali/the-temptation-of-st-anthony dali/the-temptation-of-st-anthony 03/04/2012 Tabela de Imagens

30 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 19Giorgio de Chirico / Arqueólogo / 1927 / chirico/archaeologist chirico/archaeologist 03/04/ aGiorgio de Chirico / Gare Montparnasse (The Melancholy of Departure) / 1914 / Museum of Modern Art, New York, USA / chirico/gare-montparnasse-the-melancholy-of- departure chirico/gare-montparnasse-the-melancholy-of- departure /04/ bGiorgio de Chirico / O Mistério e Melancolia de uma Rua / 1914 / chirico/mystery-and-melancholy-of-a-street chirico/mystery-and-melancholy-of-a-street /04/ aRené Magritte / Chuva de homens / 1953 / magritte/gonconda magritte/gonconda /04/ bRené Magritte / O filho do homem / 1926 / magritte/son-of-man magritte/son-of-man /04/2012 Tabela de Imagens

31 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 22René Magritte / Isso não é um cachimbo / 1948 / Coleção Privada / magritte/the-treachery-of-images-this-is-not-a- pipe magritte/the-treachery-of-images-this-is-not-a- pipe /04/ aGiacomo Balla / Velocidade de um Automóvel / balla/velocity-of-an-automobile balla/velocity-of-an-automobile 12/04/ bMarcel Duchamp / A fonte / 1917 / Tate Gallery, London, UK / duchamp/fountain duchamp/fountain /04/ aRene Magritte / A raça branca / 1967 / Patrimoine culturel de la Communauté français de Belgique, Brussels, Belgium / magritte/the-white-race magritte/the-white-race /04/ bJoan Miró / Pássaro Lunar / 1945 / 25aMarc Chagall / Over the Town / 1918 / The Tretyakov Gallery, Moscow, Russia / chagall/over-the-town chagall/over-the-town /04/2012 Tabela de Imagens

32 SlideAutoria / LicençaLink da FonteData do Acesso 25bMarc Chagall / I and the Village / 1911 / Museum of Modern Art, New York, USA / and-the-village and-the-village /04/2012 Tabela de Imagens


Carregar ppt "Linguagens e Códigos e suas Tecnologias - Arte Ensino Médio, 3ª Série SURREALISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google