A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Componentes: Ailla Maia, Adevânia Santos, Daiza dos Anjos, Ellen Dias, Luís Gonsaga, Nilvânia Alves, Pâmela Novaes, Sara Dias, Siglida Rodrigues.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Componentes: Ailla Maia, Adevânia Santos, Daiza dos Anjos, Ellen Dias, Luís Gonsaga, Nilvânia Alves, Pâmela Novaes, Sara Dias, Siglida Rodrigues."— Transcrição da apresentação:

1 Componentes: Ailla Maia, Adevânia Santos, Daiza dos Anjos, Ellen Dias, Luís Gonsaga, Nilvânia Alves, Pâmela Novaes, Sara Dias, Siglida Rodrigues.

2 Desenvolvimento Físico E Cognitivo na Adolescência.

3 TRANSIÇÃO DA ADOLESCÊNCIA PARA A FASE ADULTA NOS PAISES COMO: NEPAL TRIBOS APACHE SOCIEDADES INDUSTRIAIS MODERNAS Luís Gonzaga

4 No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei 8.069, de 1990, considera criança a pessoa até 12 anos de idade incompletos e define a adolescência como a faixa etária de 12 a 18 anos de idade (artigo 2 o ), e, em casos excepcionais e quando disposto na lei, o estatuto é aplicável até os 21 anos de idade (artigos 121 e 142). O adolescente pode ter o voto opcional como eleitor e cidadão a partir dos 16 anos. O conceito de menor fica subentendido para os menores de 18 anos.

5 ADOLESCÊNCIA o Uma transição no desenvolvimento entre a infância e a idade adulta que envolve grandes e interligadas mudanças físicas, cognitivas e psicossociais. o Considera-se que a adolescência inicia-se na puberdade. o E dura quase uma década

6 Algumas pessoas nunca deixam a adolescência, não importa a sua idade cronológica.

7 Alguns jovens têm problemas para lidar com tantas mudanças de uma só vez.

8 PUBERDADE A puberdade é um período de transição do desenvolvimento humano, correspondente à passagem da fase da infância para a adolescência, circunstanciada por transformações biológicas de âmbito comportamental e corpóreo. Leva cerca de quatro anos. Tipicamente iniciando-se mais cedo nas mulheres do que nos homens. Sara

9 Quando a puberdade começa?

10 PUBERDADE

11 Nas meninas: o Os ovários aumentam a produção do hormônio feminino o Estrogênio.

12 Nos meninos: Os testículos aumentam a produção de andrógenos principalmente a testosterona.

13 O SURTO DO CRESCIMENTO NA ADOLESCÊNCIA É o rápido crescimento em peso e altura. Nas meninas geralmente em torno dos dez anos. Nos meninos em torno dos doze anos. Dura aproximadamente dois anos. Quando o surto termina eles atinge a maturidade sexual. Pâmela

14 MENINOS E MENINAS As meninas são mais altas, mais pesadas e mais fortes do que os meninos de mesma idade. O surto do crescimento afeta praticamente todos as dimensões esqueletais e musculares. Até mesmo os olhos crescem mais rapidamente, provocando um aumento na miopia. Algumas partes do corpo podem ficar desproporcionais por algum tempo. Pâmela

15 CARACTERES SEXUAIS PRIMÁRIOS

16

17 SINAIS DE MATURIDADE SEXUAL MENINOS O primeiro sinal de maturidade sexual é a produção de espermatozóides que é a primeira ejaculação (espermarca) a qual ocorre em média aos 13 anos. Nilvânia MENINAS O primeiro sinal é a menstruação (menarca), uma perda mensal de tecido do revestimento uterino. O momento normal da menarca pode variar de 10 a 16,5.

18 ASPECTOS DE MATURAÇÃO COGNITIVA A maioria dos jovens que deixa a adolescência com corpos maduros e saudáveis e um entusiasmo pela vida. Não é apenas a aparência dos adolescentes que muda quando comparados com crianças mais jovens; seu comportamento também é diferente. São capazes de raciocínio abstrato e julgamento moral sofisticado.

19 OS ESTAGIOS DE OPERAÇÕES FORMAIS DE PIAGET Grande parte da infância parece uma luta para enfrentar o mundo como ele é. Os adolescentes tomam consciência do mundo como ele deveria ser. Eles não estão mais ligados ao aqui e agora, podemos pensar em termos do que poderia ser verdade e não apenas em termos do que é verdade. Segundo Piaget eles ingressam no nível mais alto de desenvolvimento cognitivo operações formais.

20 EVIDÊNCIAS DE MATURIDADE COGNITIVA

21 O QUE OCASIONA A MATURIDADE COGNITIVA? Segundo Piaget, influências neurológicas e ambientais se combinam para ocasionar a maturidade cognitiva. O cérebro do adolescente amadurece, e o ambiente social mais amplo oferece mais oportunidades de experimentação e crescimento cognitivo. A interação entre os dois tipos de mudança é essencial: mesmo que o desenvolvimento neurológico dos jovens tem progredido o suficiente para permitir-lhes chegar ao estágio de raciocínio formal, eles podem nunca atingi-lo sem estimulação ambiental. Um dos modos disso acontecer se dá pela interação com os pares Daisa.

22 LIMITAÇÕES DA TEORIA DE PIAGET O estágio de operações formais de Piaget representa os níveis mais altos de desenvolvimento cognitivo? Alguns dizem que não. Segundo os críticos de Piaget, o raciocínio formal não é o único, e talvez não o mais importante, aspecto do pensamento maduro. A lógica formal pode ser menos importante em áreas não cientificas como a história, as línguas. A escrita e as artes. Ailla

23 QUESTÕES EDUCACIONAIS E VOCACIONAIS Que influências afetam o êxito no ensino médio e por que alguns alunos abandonam os estudos? Quais são alguns dos fatores no planejamento educacional e vocacional?

24 DEIXANDO O ENSINO FUNDAMENTAL No final da sexta série, a maioria das crianças, nos Estados Unidos deixa o ambiente familiar do ensino fundamental para ingressar na escola secundária júnior (ou intermediária), com muito mais estudantes e um ambiente mais impessoal, no qual professores, salas de aula e colegas mudam constantemente durante o dia. A pesquisa constatou diversos estresses associados com a seqüência típica. Por que as meninas tiveram mais problemas?

25 DESEMPENHO ESCOLAR: INFLUÊNCIAS DO CONTEXTO Nos EUA, a educação tem sido a garantia do progresso econômico, social e sucesso na vida adulta. Entretanto, para muitos estudantes da atualidade, principalmente aqueles de famílias e bairros de baixa renda, a escola não cumpre essa função vital.

26 No Brasil Em nosso pais, por exemplo, o crescimento universitário foi espetacular, e isso levou a se pensar que o sistema educativo oferece realmente igualdade de oportunidades a todos os indivíduos jovens, contudo esse pensamento é incorreto.

27 OS PAIS OS AMIGOS E O BAIRRO O envolvimento dos pais é fator determinante no desenvolvimento escolar dos filhos. Este bom desempenho varia conforme o tipo de criação que os pais dão ao seus filhos. Tipos de pais: Democráticos Autoritários Permissivos Estudos com cerca de estudantes da segundo grau da Califórnia constataram que os filhos de pais democráticos tendem a sair melhor na escola do que os filhos de pais autoritários e permissivos.

28 Tipos de pais.

29 A família, desde os tempos mais antigos, corresponde a um grupo social que exerce marcada influência sobre a vida das pessoas, sendo encarada como um grupo com uma organização complexa, inserido em um contexto social mais amplo com o qual mantém constante interação (Biasoli-Alves, 2004). O grupo familiar tem um papel fundamental na constituição dos indivíduos, sendo importante na determinação e na organização da personalidade, além de influenciar significativamente no comportamento individual através das ações e medidas educativas tomadas no âmbito familiar (Drummond & Drummond Filho, 1998). Pode-se dizer, assim, que esta instituição é responsável pelo processo de socialização primária das crianças e dos adolescentes (Schenker & Minayo, 2003). Nesta perspectiva, a família tem como finalidade estabelecer formas e limites para as relações estabelecidas entre as gerações mais novas e mais velhas (Simionato-Tozo, 1998), propiciando a adaptação dos indivíduos às exigências do conviver em sociedade.

30 A ESCOLA Um fator importante no desenvolvimento dos estudantes e a qualidade da escola que freqüentam. Os estudantes colocados em grupos inferiores perde o estimulo dos parceiros mais habilidosos. Pesquisa constatou que estudantes dotados deu maior desempenho e são mais motivados, quando reunido do mesmo nível intelectual. Vânia

31 EVASÃO ESCOLAR Os estudantes que deixam a escola antes de receber o diploma reduzem oportunidades. Pesquisa mostra porcentagem de estudantes que abandonam a escola: Ensino médio 27% homens e 31% das mulheres. 32% das mulheres eram donas de casa em tempo integral. 14% dos homens e 3% das mulher estavam procurando emprego.

32 MOMENTO FESTA Junina

33


Carregar ppt "Componentes: Ailla Maia, Adevânia Santos, Daiza dos Anjos, Ellen Dias, Luís Gonsaga, Nilvânia Alves, Pâmela Novaes, Sara Dias, Siglida Rodrigues."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google