A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O CONTEÚDO DE THC DA C ANNABIS SATIVA NA A USTRÁLIA Evidências e Implicações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O CONTEÚDO DE THC DA C ANNABIS SATIVA NA A USTRÁLIA Evidências e Implicações."— Transcrição da apresentação:

1 O CONTEÚDO DE THC DA C ANNABIS SATIVA NA A USTRÁLIA Evidências e Implicações

2 Grupo 13: Laís Rezende Sobreiro Lívia Santiago Peneluppi Mariana Rosa Ribeiro Nayara de Abreu Cordeiro Tiago Ferreira Campos Borges

3 C ANNABIS SATIVA, THC E EFEITOS O índice de THC dos produtos do cannabis usados na Austrália cresceu 30 vezes em relação as duas décadas passadas. Tal número aumentado foi atribuído ao cultivo particular do cannabis - incluindo híbrido da planta sativa do cannabis - e o uso de métodos crescentes hidropônicos. THC (tetrahidrocanabinol) é a substância psicoativa do cannabis, responsável pela maioria de seus efeitos.Isso explica um aumento dos efeitos psicológicos e os riscos na saúde de usuários, jovens que fazem uso regular da droga.

4 Debates recentes sobre mudanças propondo penalidades legais para o uso do cannabis exigem a análise crítica, baseada em três fatores: 1. Que o índice de THC de plantas australianas do cannabis aumentou até 30 vezes. 2. Que os problemas se relacionaram ao uso do cannabis têm aumentado entre jovens na Austrália nos últimos anos. 3. Que o índice aumentado de THC é a explanação a mais plausível de qualquer ascensão na taxa de problemas relacionados ao cannabis.

5 M ÉTODOS 1. Que o índice de THC de plantas australianas do cannabis aumentou até 30 vezes. Disponibilização dos dados e coleta em laboratórios do governo, pela policia e por departamentos analíticos da saúde, nos Estados Unidos e na Nova Zelândia. Tais dados foram examinados e obtiveram-se informações sobre o índice de THC. 2. Que os problemas se relacionaram ao uso do cannabis têm aumentado entre jovens na Austrália nos últimos anos. Analise de hospitalizações, tratamentos e agencias de tratamentos e pesquisas entre populações de alto risco. 3. Que o índice aumentado de THC é a explanação a mais plausível de qualquer ascensão na taxa de problemas relacionados ao cannabis. Foram pesquisados variados aumentos reais ou aparentes dos problemas relacionados ao tipo e a forma do uso da maconha.

6 R ESULTADOS A quantidade de THC realmente aumentou na maconha Australiana? Os produtos da cannabis não foram testados sistematicamente durante as ultimas duas décadas para se averiguar o suposto aumento em 30 vezes do THC; As penalidades para os usuários não variam segundo o teor de THC, por essa razão os testes sistemáticos não foram feitos pelo departamento de polícia; Amostras hidropônicas foram testadas e apresentaram teor de 15% de THC; Outras amostras de apreensão foram analisadas e apresentaram em 1997 por volta de 0,6-13%, enquanto a maioria girava em torno de 0,6-2,5%; O departamento de polícia dos EUA também perceberam um aumento do percentual entre 1975 e 1998; O governo da NZ testou durante os últimos 20 anos e constatou variações de 2 a 4%.

7 Por que se acredita no aumento? Um grupo de fatores sustenta a crença na Austrália; Os defensores da afirmação argumentam que algumas amostras indicaram um máximo conteúdo, no entanto essa pode não ser necessariamente utilizada pelos usuários; Houve influência da mídia criando a impressão de que o alto teor de THC é normal; As repetidas informações na mídia de que houve o aumento fixaram a idéia na cabeça da população australiana, deste modo quem descorda deve provar o contrário; O aumento do conteúdo pode explicar o crescente numero de usuários que apresentam problemas.

8 A permanência de problemas relacionados com Cannabis tem aumentado na Austrália? Uso de cannabis tem aumentado substancialmente entre jovens australianos ao longo dos últimos 20 anos, aumentando-se também os problemas relacionados ao uso de cannabis; O uso pode induzir a psicose e a dependência, porém não existe indicações de morte e morbidade relacionados com o uso de cannabis; Altos consumos diários de cannabis são também relatado entre pessoas com primeiros episódios de psicose, infratores juvenis antes do tribunal e adolescentes em programas de tratamento de problemas com álcool e drogas.

9 Explicações alternativas para o aparente aumento dos problemas relacionados com Cannabis : Usuários de cannabis consomem as formas mais potentes de cannabis que dominam o Mercado na Austrália; Jovens Australianos iniciam com pouca idade o uso de pesadas formas de cannabis, o que tem aumentado a prevalência de novatos como usuários de cannabis.

10 Mudança no mercado da maconha : O índice de THC ( Tetra-hidro-cabinol) é variável e depende do local de onde é extraído. As folhas da cannabis contêm menos THC do que suas inflorescências. Nessas encontram-se os mais poderosos valores de THC. A produção da maconha é feita a partir de misturas de substâncias presentes na folha, proveniente de resinas e das cabeças de inflorescências da cannabis. Existem dois pontos plausíveis para o aumento do índice de THC : Uma tensão de produção de linhagens mais poderosas da planta do cannabis. Produtos mais poderosos são retirados de plantas já existentes.

11 A produção da droga de forma ilícita aumentou na Austrália, isso ocorreu em consequência do aumento dos usuários regulares; Esses usuários regulares preferem geralmente os formulários mais poderosos, pois provavelmente desenvolveram tolerância a maconha.

12 Mudanças no padrões de consumo A mudança nos padrões de consumo de Cannabis entre adolescentes australianos e adultos jovens, está no maior numero de usuários mais jovens utilizando formas mais potentes da maconha; O inicio precoce do consumo de maconha provoca um aumento no uso diário, elevando os riscos da dependência; Os níveis de consumo são elevados, já que 40% de uma amostra de adolescentes da NSW relatam fumar 40 ou mais cones de maconha por semana; O uso mais poderoso do Cannabis tais como os waterpipes ou bongs, aparelho usado pra fumar qualquer tipo de ervas, aumentaram a quantidade de THC consumida por usuário, mais do que qualquer aumento especulativo do teor de THC nas plantas.

13 Quais as implicações na saúde com qualquer aumento do THC? Aumento evidente dos efeitos adversos; Dosagem do THC: até atingir o efeito desejado. Benefício: redução dos riscos de desenvolvimento de doenças respiratórias; Pesquisa:capacidade de se medir o THC; Relatório recente: capacidade limitada de dosagem; Efeitos psicológicos, riscos de acidentes; Cannabis mais potentes: maior risco de dependência; Usuários com esquizofrenia: possibilidade de doença agravada.

14 I MPLICAÇÕES PARA A POLÍCIA Há necessidade de mais evidências sobre teor de THC na cannabis pois afirmações feitas pelos meios de comunicação são uma péssima base; Precisa-se de análises do conteúdo de THC em amostras de cannabis consumidas pelos usuários regulares, assim não seriam testadas apenas as amostras mais potentes de maconha; É necessário descobrir qual a medida que usuários regulares de cannabis são capazes de utilizar em suas doses; Uma melhor avaliação da natureza e extensão dos problemas relacionados ao consumo de cannabis entre adolescentes e adultos jovens é necessária; Deve ser dado mais atenção aos problemas que podem surgir devido ao uso de cannabis utilizando a promoção da saúde direcionada a jovens australianos, incluindo essa preocupação nos programas que visam impedir o uso de tabaco e uso irresponsável do álcool entre adolescentes.

15 C ONCLUSÃO Dados: ligeiro aumento no teor de THC nas plantas de cannabis; Maior utilização de produtos mais potentes; Usuários mais jovens; Políticas: seriam melhores se as pesquisas fossem baseadas no teor de THC de produtos australianos.

16 B IBLIOGRAFIA Wayne Hall e Wendy Swift National Drug and Alcohol Research Centre, University of New South Wales Australian and New Zealand Journal of Public Health

17 O BRIGADO !!!


Carregar ppt "O CONTEÚDO DE THC DA C ANNABIS SATIVA NA A USTRÁLIA Evidências e Implicações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google