A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. O que é webwriting? Webwriting é um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. Ao webwriting.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. O que é webwriting? Webwriting é um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. Ao webwriting."— Transcrição da apresentação:

1

2 1. O que é webwriting? Webwriting é um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. Ao webwriting recai a tarefa, ao mesmo tempo complexa e facinante, de aliar texto, design e tecnologia e tratá-los como um produto único – a informação.

3 2. Os princípios do webwriting Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

4 2. Os princípios do webwriting A gama de informações disponíveis hoje é enorme, e o tempo que uma pessoa pode dedicar à busca pela informação é escasso. Assim, a ajuda fundamental que um webwriter pode oferecer é, em primeiro lugar, auxiliar na busca pela informação. E isso é feito através da objetividade, indo direto ao ponto, fornecendo ao leitor/usuário a informação completa, sem rodeios. Em segundo lugar, além de auxiliar na busca pela informação, a função do webwriter é também lapidar a informação, atentando para os aspectos de real interesse e resguardando o que não possui funcionalidade, fechando o cerco aos aspectos da informação que o usuário deseja, e dando-lhe exatamente o que ele precisa. Informações completas, mas sem excesso? Como? Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

5 2. Os princípios do webwriting Trabalhe com o raciocínio de camadas Primeira camada | Conteúdo de apresentação, onde são expostos os aspectos mais persuasivos da informação, ou seja, aquilo que deve atrair a atenção do seu espectador. Segunda camada | Conteúdo genérico, com informações básicas sobre o tema trabalhado, que devem agradar de forma geral. Terceira camada | Conteúdo extendido, onde a informação é mais específica. Trabalhar o conteúdo aos poucos, oferecendo aspectos a cada camada, é a maneira mais eficaz de se lidar com a informação nos novos meios. Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

6 2. Os princípios do webwriting Trabalhe uma ideia a cada parágrafo Lembre-se sempre que ler textos em uma tela é como fixar o olhar em uma lâmpada, mesmo que bem fraquinha, por um tempo prolongado – um exercício que torna-se muito mais cansativo, por mais que ele não perceba de imediato. Outra função do webwriter é fazer desta leitura uma ação tranquila, portanto ele deve auxiliar e facilitar a vida do leitor/usuário também neste aspecto. E isso se resume em escrever pouco. Desenvolva cada aspecto da informação, cada ideia, em um parágrafo. Se o parágrafo ficar muito extenso, desdobre a ideia e divida o parágrafo em dois. Isso torna a leitura mais fácil, mais agradável, facilitando a apreensão da informação por parte do leitor/usuário. Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

7 OBJETIVIDADE E LAYOUT | TABELA COMPARATIVA | MODELOS PARA CONSTRUÇÃO DE PARÁGRAFOS Parágrafo modeloCaracterísticas Melhoria (relativa à condição de controle) A cidade do Rio de Janeiro é repleta de pontos turísticos reconhecidos internacionalmente, que atraem grandes multidões de pessoas todos os anos, sem falta. Em 1996, alguns dos locais mais visitados foram o estádio do Maracanã ( visitantes), a praia de Copacabana ( ), o Corcovado ( ), a Quinta da Boa Vista (86.598), o bairro de Santa Tereza (60.002) e os Arcos da Lapa (28.446). Texto modelo (promocional) Usa o comercialês, ou seja, a persuasão e o convencimento do texto publicitário – modelo encontrado em muitos websites condição de controle (modelo que vamos utilizar como padrão comparativo) O Rio de Janeiro tem diversos pontos turísticos. Em 1996, alguns dos locais mais visitados foram o estádio do Maracanã ( visitantes), a praia de Copacabana ( ), o Corcovado ( ), a Quinta da Boa Vista (86.598), o bairro de Santa Tereza (60.002) e os Arcos da Lapa (28.446). Linguagem objetiva Usa linguagem neutra em vez de uma linguagem subjetiva, pavonada ou exagerada (por outro lado, ela é esteticamente idêntica à condição de controle) 27% melhor A cidade do Rio de Janeiro é repleta de pontos turísticos reconhecidos internacionalmente, que atraem grandes multidões de pessoas todos os anos, sem falta. Em 1996, alguns dos locais mais visitados foram: Estádio do Maracanã ( visitantes) Praia de Copacabana ( ) Corcovado ( ) Quinta da Boa Vista (86.598) Bairro de Santa Tereza (60.002) Arcos da Lapa (28.446). Layout fácil de ler Usa o mesmo texto que a condição de controle em um layout que facilita passar os olhos pelo texto 47% melhor Em 1996, seis dos pontos turísticos mais visitados do Rio de Janeiro foram o estádio do Maracanã, a praia de Copacabana, o Corcovado, a Quinta da Boa Vista, o bairro de Santa Tereza e os Arcos da Lapa. Texto conciso Cerca de metade da contagem de palavras da condição de controle 58% melhor Em 1996, alguns dos locais mais visitados do Rio de Janeiro foram: estádio do Maracanã praia de Copacabana Corcovado Quinta da Boa Vista bairro de Santa Tereza Arcos da Lapa. Versão combinada Usa todos os três aprimoramentos no estilo de redação: texto conciso, layout de fácil leitura e linguagem objetiva 124% melhor

8 2. Os princípios do webwriting Então se a ideia é dividir o texto em camadas, vamos precisar de algum recurso que nos possibilite andar, ou navegar, entre as camadas de informação. No centro deste raciocínio esta o link, e através dele possibilitamos a navegabilidade entre os níveis de informação. Há duas formas de navegação: a linear e a não-linear. Em uma, o leitor/usuáriuo segue a estrutura sugerida, na ordem em que ela foi estruturada (da 1ª para 2ª, e desta para 3ª). Na outra, ele acessa o conteúdo na ordem que desejar. Aqui é importante ressaltar o papel do webwriter – ele deve agir como um guia, apresentando a informação, sugerindo aspectos que possam complementá-la, apontando assuntos correlatos e, quando as possibilidades se encerrarem, recomendar outro endereço onde o espectador possa expandir ainda mais os seus conhecimentos, montando assim uma verdadeira rede de conexões. Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

9 2. Os princípios do webwriting Quanto à visibilidade, último dos princípios que norteiam o webwriting, a sugestão é tomarmos a informação como um produto exposto na vitrine de uma loja. Ela deve ser ofertada, chamando a atenção na vitrine, a partir da qual o leitor/usuário espera ser seduzido, assim como um consumidor espera ser seduzido por uma boa vitrine – bem montada, onde o principal produto chame a atenção, e que o possível cliente identifique com facilidade o produto e visualize rapidamente o preço. Tudo expondo em um ambiente agradável, que faça o consumidor desviar do caminho e quase o obrigue a entrar na loja. Aqui, a informação é o produto, e o espectador, um possível cliente – esse pensamento modifica a relação do webwriter com o seu trabalho, por mais que as informações sejam institucionais ou de serviço, e não relacionadas diretamente a algo verdadeiramente vendável. Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade

10 3. Resumindo Objetividade | Navegabilidade | Visibilidade Ao final, por maior que seja a quantidade de informações a serem trabalhadas, todo produto informacional relacionado às novas formas de comunicação pode- se apoiar em uma bem estruturada organização hierárquica de informações, em que o leitor/usuário consiga enxergar intuitivamente o conteúdo do site – sendo ele evidente, ou mesmo o que estiver mais adiante. Elementos como o menu principal devem dar conta de tornar visíveis as informações e direcionar corretamente o leitor. E é essa a responsabilidade da Arquitetura da Informação – tornar as informações (todas elas) mais claras, mesmo aquelas presentes nas camadas mais profundas.

11 4. Um pequeno exercício Vimos que nos ambientes midiáticos advindos das novas tecnologias, a interação pode ser aferida através da navegação por links – uma das principais ferramentas no contexto das novas formas de comunicação. Eles dão ao leitor/usuário a possibilidade da leitura não-linear, dinâmica, integrando conteúdos e conhecimentos dentro das redes de comunicação mundo afora. E a nossa tarefa, enquanto comunicadores, é fazer com que as mensagens, além de atraentes e persuasivas, sejam organizadas em uma estrutura eficiente, orientando o espectador na busca da informação, além da auxiliá-lo na compreensão desta informação, através do uso de imagens e sons, cores e formas. Exercício Sugerido: princípios básicos do webwriting – aprenda a criar um ambiente de informações interconectadas.


Carregar ppt "1. O que é webwriting? Webwriting é um conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. Ao webwriting."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google