A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM Profª: Letícia Lazarini de Abreu.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM Profª: Letícia Lazarini de Abreu."— Transcrição da apresentação:

1 Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM Profª: Letícia Lazarini de Abreu.

2 Prof MS Creto Valdivino e Silva Qualquer profissão exige o desenvolvimento de um corpo de conhecimentos próprio que possa ser aplicado à prática; Referencial Teórico

3 Prof MS Creto Valdivino e Silva Tais conhecimentos são expressos em termos de conceitos e teorias; Referencial Teórico

4 Prof MS Creto Valdivino e Silva A enfermagem, como profissão em evolução, está desenvolvendo um conjunto de conceitos e teorias que dão apoio a prática. Referencial Teórico

5 Prof MS Creto Valdivino e Silva Referencial Teórico Idéias Globais Modelos Conceituais Paradigmas Referenciais Teóricos Marcos Conceituais

6 Prof MS Creto Valdivino e Silva Referencial Teórico Predizem Fenômenos Teoria

7 Prof MS Creto Valdivino e Silva Referencial Teórico Método de Organização das Ações Processo de Enfermagem Sistematização da Assistência de Enfermagem

8 Prof MS Creto Valdivino e Silva Modelos Conceituais São construídos sistematicamente, baseados em conhecimento científico, logicamente relatados e identificam o componente essencial da prática de enfermagem; Referencial Teórico

9 Prof MS Creto Valdivino e Silva Modelos Conceituais Proposição que descrevem e explicam fenômenos; Referem-se a idéias globais sobre indivíduos, grupos, situações e eventos de interesse. Riehl&Roy; Chinn&Chacobs; Fawcett – citados por Jesus, C. A.C. Referencial Teórico

10 Prof MS Creto Valdivino e Silva Teoria É uma estrutura (conjunto) organizada de conceitos inventada com um propósito. Explicam, descrevem e predizem os fatos do mundo empírico; Referencial Teórico

11 Prof MS Creto Valdivino e Silva Teoria São formadas por conceitos e proposições inter-relacionadas; São específicas no tratamento dos fenômenos; Podem ser explicativas, descritivas ou preditivas. »Chinn&Chacobs; Dickoff; Fawcett – Citados por Jesus, C. A.C. Referencial Teórico

12 Prof MS Creto Valdivino e Silva Método Método: Ordem que se deve impor aos diferentes processos; Metodologia: estudo dos métodos; Processo: série de ações sistematizadas e progressivas visando a determinado fim; Referencial Teórico

13 Prof MS Creto Valdivino e Silva Método Processo de Enfermagem: ações sistematizadas e seqüenciais que visam o cuidado de enfermagem ao indivíduo, família e comunidade. »Jesus, C. A.C. Referencial Teórico

14 Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM O processo de enfermagem representa um instrumento no planejamento e execução dos cuidados de enfermagem; É um método usado por enfermeiros para coletar dados, planejar, implementar e avaliar o cuidado;

15 Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM Requer habilidades especiais de coleta de dados, entrevista, de comunicação, bem como, a capacidade de agrupar informações, identificar objetivos e os meios para alcançá-los; Etapas ou fases. Jesus, C. A.C.

16 Prof MS Creto Valdivino e Silva HISTÓRICO FASES INICIAIS Processos rudimentares que contribuíram para o processo atual –Processo composto de três fases –Processo composto de quatro fases –Processo de cinco fases Este processo foi legitimado como marco teórico da prática de enfermagem

17 Prof MS Creto Valdivino e Silva Três Fases Lydia Hall (1955) –Essência –Cuidado –Cura Dorothy E. Johnson (comportamental)(1959) –Autocuidado –Deficiência de autocuidado –Sistema de enfermagem HISTÓRICO

18 Prof MS Creto Valdivino e Silva Três Fases Ida Jean Orlando (1961) –Reação da enfermeira (explorada com o paciente) –Necessidade de ajuda –Ação da enfermeira HISTÓRICO

19 Prof MS Creto Valdivino e Silva Quatro Fases Histórico Planejamento Implementação Avaliação Teorias de Yura e Walsh (1967) HISTÓRICO

20 Prof MS Creto Valdivino e Silva Cinco Fases Histórico Diagnóstico Planejamento Implementação Avaliação Teorias de Bloch (1974), Roy (1975), Mundinger e Jauron (1975) e Aspinall (1976) HISTÓRICO

21 Prof MS Creto Valdivino e Silva Cinco Fases ANA (1979) Incorporou o processo à estrutura teórica dos currículos de enfermagem Implantou o processo de enfermagem como obrigatório nas provas de obtenção de registro de enfermagem. HISTÓRICO

22 Prof MS Creto Valdivino e Silva Definição: O processo de enfermagem pode ser definido em três grandes dimensões: 1 - Propósito 2 - Organização 3 - Prioridade PROCESSO DE ENFERMAGEM

23 Prof MS Creto Valdivino e Silva 1 - Propósito: É oferecer uma estrutura na qual as necessidades do cliente, família e comunidade sejam satisfeitas. PROCESSO DE ENFERMAGEM

24 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: HISTÓRICO DIAGNÓSTICO PLANIJAMENTO IMPLEMENTAÇÃO AVALIAÇÃO PROCESSO DE ENFERMAGEM

25 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: –HISTÓRICO É a coleta de informações referente ao cliente, família e comunidade, com o propósito de identificar as necessidades, problemas, preocupações ou reações humanas do cliente. PROCESSO DE ENFERMAGEM

26 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: –DIAGNÓSTICO Os dados coletados e interpretados criteriosamente. São tiradas conclusões quanto às necessidades, problemas, preocupações ou reações humanas do cliente. PROCESSO DE ENFERMAGEM

27 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: - PLANEJAMENTO São estratégias para prevenir, minimizar ou corrigir os problemas identificados no processo de enfermagem. PROCESSO DE ENFERMAGEM

28 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: - IMPLEMENTAÇÃO É o início e a conclusão das ações necessárias à consecução dos resultados, definidos durante o estágio de planejamento. PROCESSO DE ENFERMAGEM

29 Prof MS Creto Valdivino e Silva 2 - ORGANIZAÇÃO: - AVALIAÇÃO Determina o quanto as metas de cuidados foram alcançadas. PROCESSO DE ENFERMAGEM

30 Prof MS Creto Valdivino e Silva Histórico Diagnóstico Implementação Avaliação Planejamento

31 Prof MS Creto Valdivino e Silva Avaliação Histórico Realizar uma investigação para determinar qualquer mudança na situação de saúde e assegurar que todos os dados estejam corretos e completos Diagnóstico Assegurar que a lista de diagnósticos esteja correto e completa e que os pontos fortes e os recursos estejam identificados

32 Prof MS Creto Valdivino e Silva Avaliação Planejamento Verificar a propriedade dos resultados e das intervenções e se os resultados estão sendo alcançados. Implementação Verificar a propriedade dos resultados e das intervenções e se os resultados estão sendo alcançados.

33 Prof MS Creto Valdivino e Silva 3 – PROPRIEDADES: Intencional Voltado para uma meta Sistemático Abordagem organizada para alcançar o seu propósito Dinâmico Envolve mudanças contínuas

34 Prof MS Creto Valdivino e Silva 3 – PROPRIEDADES: Interativo Relação recíproca entre enfermeiro, cliente, família e outros Flexível Por se adaptar às necessidades e poder usar suas fases de modo seqüencial ou concomitante. Baseado em Teorias Elaborado a partir de bases teóricas e de amplo conhecimento

35 Prof MS Creto Valdivino e Silva IMPLICAÇÕES Profissão Demonstra de modo concreto o alcance da atividade de enfermagem e, não apenas uma implementação de plano de cuidados, tal como prescrito pelo médico.

36 Prof MS Creto Valdivino e Silva IMPLICAÇÕES Cliente Beneficia o cliente e família. Estimula-os a participar ativamente no cuidado. Resulta num ambiente seguro e terapêutico. 13

37 Prof MS Creto Valdivino e Silva IMPLICAÇÕES Profissional Aumenta a satisfação profissional e estimula o aperfeiçoamento, a inovação e a criatividade na assistência de enfermagem. 14

38 Prof MS Creto Valdivino e Silva FUNÇÕES DA ENFERMAGEM INDEPENDENTE 7 INTERDEPENDENTE DEPENDENTE Fim

39 Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMGEM HISTÓRICO

40 Prof MS Creto Valdivino e Silva HISTÓRICO Definição –Processo organizado e sistemático de coleta de uma infinidade de fontes para análise do estado de saúde de um cliente.

41 Prof MS Creto Valdivino e Silva HISTÓRICO Pré-Requisito –Opinião, –Conhecimento –habilidades do Enfermeiro.

42 Prof MS Creto Valdivino e Silva COLETA DE DADOS EXAME FÍSICO DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICO

43 Prof MS Creto Valdivino e Silva Coleta de Dados Tipos de Dados Subjetivos Objetivos Históricos Atuais

44 Prof MS Creto Valdivino e Silva Coleta de Dados Fonte dos Dados Primária Secundária

45 Prof MS Creto Valdivino e Silva Métodos de Coleta de Dados Entrevista Introdução Corpo Fechamento Fatores que Afetam a Entrevista Ambientais Técnica de Entrevista Comunicação Verbal e Não- Verbal

46 Prof MS Creto Valdivino e Silva Técnicas Inspeção Palpação Percussão Ausculta Exame Físico

47 Prof MS Creto Valdivino e Silva Métodos de Exame Da Cabeça aos Pés Sistemas Principais do Corpo Padrões Funcionais de Saúde Padrões da Reação Humana Exame Físico

48 Prof MS Creto Valdivino e Silva Documentação Objetivo, sem preconceito, valor, julgamento ou opinião pessoal; Descrição ou interpretação de dados objetivos deve ter apoio de observações específicas; Devem ser evitadas generalizações (bom, regular, normal e etc.)

49 Prof MS Creto Valdivino e Silva Os achados devem ser descritos de modo mais completo possível o que inclui a definição de características como tamanho e forma; Documentar os dados de modo claro e conciso; Escrever de modo legível com tinta indelével; Registro deve estar gramatical e foneticamente corretos. Documentação

50 Prof MS Creto Valdivino e Silva FIM


Carregar ppt "Prof MS Creto Valdivino e Silva PROCESSO DE ENFERMAGEM Profª: Letícia Lazarini de Abreu."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google