A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

LEI ELOY CHAVES (1923) Organização das CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) 1923 – CAP dos Ferroviários 1926 – Portuários e Marítimos marco inicial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "LEI ELOY CHAVES (1923) Organização das CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) 1923 – CAP dos Ferroviários 1926 – Portuários e Marítimos marco inicial."— Transcrição da apresentação:

1 LEI ELOY CHAVES (1923) Organização das CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) 1923 – CAP dos Ferroviários 1926 – Portuários e Marítimos marco inicial da Previdência Social no Brasil.

2 Características das CAPs Por instituição ou empresa; Financiamento e gestão: Trabalhador e Empregador; Aposentadoria, pensão e assistência médica.

3 Por categorias: marítimos (IAPM), comerciários (IAPC), bancários (IAPB), transportes e cargas (IAPETEC), servidores do estado (IPASE); – Financiamento: 3 entes (Estado, empregado e empregadores); – Gerência: indicado pelo Estado; - Aposentadoria, pensão e assistência médica. Criação dos IAPs (Institutos de Aposentadorias e Pensões)

4 GOLPE MILITAR EM 1964 # Regime autoritário (21 anos); # Governo autoritário e centralizador; # Urbanização e industrialização crescentes; # Milagre Brasileiro ( ); # Promoveu a unificação dos IAPs em 1966 INPS (Instituto Nacional de Previdência Social):

5 # 1972 = previdência para autônomos e empregadas domésticas; # 1973 = previdência para trabalhadores rurais FUNRURAL # 1974 = criação do Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS):

6 # 1974=Plano de Pronta Ação (PPA) Ampliação do atendimento de emergência/urgência a toda a população nas clínicas e hospitais da previdência. # 1977 = criação do INAMPS (Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social):

7 # Fortalecimento da relação Estado e segmento privado Privatização das ações curativas pagamento por quantidade de atos médicos; # Quase inexistia controle ou regulação cheque em branco.

8 FAS (Fundo de Assistência social) - Caixa Econômica Federal Financiou a ampliação da rede privada juros mínimos e prazo a perder de vista.

9 MODELO MÉDICO ASSISTENCIAL PRIVATISTA Atendimento ao doente Demanda espontânea Assistência ambulatorial e hospitalar Rede contratada e conveniada ao SUS Atenção comprometida pela efetividade, equidade, e necessidades de saúde MODELO SANITARISTA Voltado para problemas de saúde selecionados Atende necessidades específicas de grupos Ação de caráter coletivo Campanhas sanitárias, programas especiais, ações de Vig. Epidemiológica e Sanitária Limitações na atenção integral, com qualidade, efetividade equidade Modelos de Atenção no Brasil

10 # FIGUEREDO Programa nacional de Serviços Básicos de Saúde (PREV-SAÚDE): iniciativa de reorganização do Sistema de saúde (maior integração dos dois ministérios e secretarias estaduais e municipais de saúde); diretrizes que reforçavam a atenção primária da saúde; participação da comunidade; regionalização e hierarquização dos serviços; referência e contra-referência; integração de ações curativas e preventivas.

11 # Resistência dos anéis tecnoburocráticos: interesse do setor privado, políticos e boicote dos dirigentes do INAMPS. POLÍTICOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS tecnocratas EMPRESÁRIOS

12 AIS (AÇÕES INTEGRADAS DE SAÚDE) – Repasse dos recursos do INAMPS para as Secretarias Estaduais de Saúde (para expansão da rede de saúde); – Tentativa incipiente de descentralização do poder; – Gestão ainda no nível federal. – Amplia as ações de assistência (serviços previdenciários) para a POPULAÇÃO NÃO CONTRIBUINTE.

13 Organização da classe operária do ABC Movimento Sanitário Sociedade organizada Mobilização pelas DIRETAS JÁ MOVIMENTO DA REFORMA SANITÁRIA

14 Conceito ampliado de saúde; Reconhecimento da saúde como direito de todos e dever do Estado; Criação do Sistema única de Saúde (SUS); Participação popular (controle social); Constituição e ampliação do orçamento social. Difusão da proposta da Reforma Sanitária:

15 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA (1988) – Constituição cidadã: Saúde como direito de todos e dever do Estado; Ampliação do conceito de saúde; Cria o SUS.

16

17 HISTÓRIA DAS POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL: Uma pequena revisão Marcus Vinícius Polignano EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE Rouquayrol e Naomar Bibliografia Recomendada

18 O QUE É O SUS Novo Sistema de Saúde SISTEMA ÚNICO Envolve todas as atividades da atenção à saúde

19 Melhorar a qualidade de atenção à saúde; Romper com o passado de descompromisso e irracionalidade técnico- administrativa; Servir de norte ao trabalho do Min. da Saúde e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. OBJETIVOS DO SUS

20 Arcabouço Jurídico do SUS

21 Constituição da República 1988 Lei Orgânica da Saúde – 8080/90 Lei Complementar da Saúde – 8142/90 Normas Operacionais Básicas – NOB Normas Operacionais de Assistência à Saúde – NOAS Portaria 399 – Pacto pela Saúde 2006

22 Lei Orgânica da Saúde – 8080/90 Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências.

23 Lei Complementar da Saúde – 8142/90 Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do SUS e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde e dá outras providências.

24 Normas Operacionais Básicas 91, 92, 93 e 96 Avança nas estratégias de implementação do SUS (MUNICIPALIZAÇÃO)

25 Normas Operacionais de Assistência à Saúde – NOAS 2001 e 2002 Avança nas estratégias de implementação do SUS (REGIONALIZAÇÃO e INTEGRALIDADE)

26 Pacto pela Saúde 2006 Pacto pela Vida Pacto em Defesa do SUS Pacto de Gestão

27 PRINCÍPIOS DOUTRINÁRIOS Universalidade Eqüidade Integralidade

28 UNIVERSALIDADE É a garantia de atenção à saúde a todo e qualquer cidadão; Saúde é direito de cidadania; Para se ter acesso, basta apenas precisar

29 EQÜIDADE É assegurar ações e serviços de todos os níveis, de acordo com a complexidade do caso. Todo cidadão é igual perante o SUS e será atendido conforme suas necessidades. Igualdade com justiça.

30 INTEGRALIDADE Cada pessoa é um todo indivisível; Ações de promoção, proteção e recuperação também é um todo indivisível; As unidades de saúde, com diversos níveis de complexidade, também é indivisível; O homem é um ser integral, biopsicossocial e será atendido em uma visão holística por um sistema também integral.

31 DIRETRIZES DO SUS Regionalização e hierarquização Resolutividade Descentralização Participação dos cidadãos Setor privado complementar

32 REGIONALIZAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO Serviços organizados em níveis de complexidade tecnológica crescente, disposto numa área geográfica delimitada e com uma população definida.

33 RESOLUTIVIDADE O serviço de saúde deve apresentar resolutividade até o nível de sua competência.

34 PARTICIPAÇÃO DOS CIDADÃOS Conselhos de Saúde (permanentes, deliberativos e paritários); Conferências de Saúde (provisórios, consultivo e paritários)

35 CONSELHOS E CONFERÊNCIAS TRABALHADORES DE SAÚDE GESTORES E PRESTADORES USUÁRIOS

36 SETOR PRIVADO COMPLEMENTAR Quando por insuficiência do setor público; Contrato de direito público; Posição definida na rede de saúde; Obedecerão os princípios e diretrizes do SUS; Preferências por instituições não lucrativas e filantrópricas.

37 ANTES DO SUS centralização dos recursos e do poder na esfera federal; ações voltadas para a atenção curativa e medicamentosa; serviços exclusivos para contribuintes; não participação da comunidade;

38 HOJE COM O SUS Sistema único de saúde baseado no modelo cubano e canadense (princípios); Ações voltadas para prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde; Investimento nas ações preventivas: PACS PSF. ESF. Clinica da Familia (ESTRATÉGIA DE REFORMA );

39 HOJE COM O SUS Controle social: Conselhos e Conferências de Saúde; Processo de MUNICIPALIZAÇÃO; Novo MODELO DE ATENÇÃO À SAÚDE (vai além da relação hospedeiro e agente etiológico).


Carregar ppt "LEI ELOY CHAVES (1923) Organização das CAPs (Caixas de Aposentadorias e Pensões) 1923 – CAP dos Ferroviários 1926 – Portuários e Marítimos marco inicial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google