A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O papel da biópsia de aspiração por agulha fina no diagnóstico e acompanhamento de neoplasias da tiróide Ana Rita Simões Lígia Figueiredo 11 de Outubro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O papel da biópsia de aspiração por agulha fina no diagnóstico e acompanhamento de neoplasias da tiróide Ana Rita Simões Lígia Figueiredo 11 de Outubro."— Transcrição da apresentação:

1 O papel da biópsia de aspiração por agulha fina no diagnóstico e acompanhamento de neoplasias da tiróide Ana Rita Simões Lígia Figueiredo 11 de Outubro de 2006

2 Tiróide produz: - T3 (tiroxina) - T4 (triiodotironina) - Calcitonina situada na parte anterior do pescoço glândula endócrina

3 Neoplasia: crescimento anormal e desorganizado num tecido ou órgão Doenças Neoplásicas Não Neoplásicas: Benignas: Malignas: bócio quistos hiperplasia Tiróide adenoma carcinoma

4 Aspiração por agulha fina (Fine-needle aspiration – FNA) Usado há mais de 25 anos na avaliação de doenças palpáveis na tiróide Excelentes resultados apesar disso Método controverso Necessidade de citopatologistas experientes needle tract seeding

5 Materiais e Métodos Características da amostra: FNAs de 295 doentes, entre 1979 e ,5% de mulheres e 8,5% de homens - média de idades de 44,8 anos (entre os 16 e os 79) Indicação clínica comum:presença de um nódulo na tiróide - Os testes foram efectuados por um endocrinologista e os resultados analisados por patologistas 60 casos foram sujeitos a intervenção cirúrgica Teste Gold Standard

6 Materiais e Métodos Preparação para a aspiração: 1. O doente fica deitado, com uma almofada debaixo dos ombros 2. O pescoço do doente é extendido posteriormente 3. A pele é limpa com Betadine 4. Aplica-se anestesia local

7 Técnica da aspiração: Materiais e Métodos

8 Nº de doentesPercentagem Neoplasia Benigna % Maligna 113.6% Não Neoplasia % Insuficientes para diagnóstico % Total % Tabela 1 – Resultados obtidos por FNA Resultados

9 Nº de doentesPercentagem Neoplasia Benigna 3558,3% Maligna 813,4% Não Neoplasia 1728,3% Total 60100% Tabela 2 – Resultados obtidos por cirurgia Resultados

10 Doença +– Diagnóstico +Verdadeiros Positivos (VP)Falsos Positivos (FP) – Falsos Negativos (FN)Verdadeiros Negativos (VN) Conceitos estatísticos: Resultados

11 Os restantes 235 doentes não sujeitos a cirurgia foram acompanhados sem terem sofrido alteração na sua classificação clínica FNACirurgiaNº de diagnósticos* Falsos Positivos (FP) neoplasia benigna não neoplasia 10 neoplasia maligna - não neoplasia - neoplasia benigna Falsos Negativos (FN)não neoplasianeoplasia 7 Verdadeiros Positivos (VP)neoplasia 33 Verdadeiros Negativos (VN)não neoplasia 7 Total-- 57 *3 FNAs foram insuficientes para diagnóstico Tabela 4 – Diagnósticos citológico (por FNA) vs. histológico (por cirurgia) Resultados

12 percentagem de Falsos Negativos (FN)2,3 % percentagem de Falsos Positivos (FP)3,2% Sensibilidade93,0% Especificidade96,5% valor preditivo positivo88,9% valor preditivo negativo96,5% eficácia94,0% sensibilidade = especificidade = valor preditivo positivo = valor preditivo negativo = eficácia = Resultados Tabela 5 – Análise estatística

13 Foram encontradas complicações em apenas 6 dos 309 casos (2%): - duas bradicárdias e desmaios - um hematoma - um caso de dor nas 24 horas após o FNA - uma punção traqueal todas elas complicações ligeiras Não houve casos de needle tract seeding. Resultados

14 Incidência dos nódulos da tiróide nos E.U.A.: - 4% da população - grande maioria: bócios nodulares benignos As neoplasias malignas são os tumores endócrinos mais comuns, mas representam apenas: - 1% dos cancros - 5% dos nódulos na tiróide Apenas 20% dos doentes sujeitos a cirurgia apresentam carcinoma Necessidade de triagem dos doentes! Baixa incidência Discussão dos resultados

15 Métodos de diagnóstico pré-operativos: cintigrafia ultrassonografia raios-X ao pescoço informação clínica terapia supressiva métodos com sensibilidade e especificidade reduzidas alguns deles são caros e pouco fiáveis na distinção entre nódulos malignos e benignos Discussão dos resultados

16 Pontos de vista, relativos ao FNA, encontrados na literatura: - perigoso e inadequado no diagnóstico do cancro da tiróide - deve ser usado em último lugar na avaliação dos nódulos é o melhor método e aquele que deve ser usado primeiramente na avaliação do doente Por um lado: Por outro: os autores corroboram esta ideia, porque… Discussão dos resultados

17 - obtiveram excelentes sensibilidade e especificidade - houve poucas complicações (e ligeiras) - os diagnósticos foram mais esclarecedores do que os obtidos por cintigrafia e ultrassom - é um método de diagnóstico mais barato que os restantes - no caso de lesões císticas, pode ter efeitos terapêuticos Discussão dos resultados

18 Pontos de vista, relativos ao FNA, encontrados na literatura: AutoresFrable FP 3,2%0% a 2% FN 2,3%0,3% a 6,4% Val. Previsto + 88,9%89% a 98% Val. Previsto - 96,5%93,6% a 99,3% Tabela 6 – comparação de estudos Frable: Discussão dos resultados

19 Van Herle: - a precisão do FNA varia entre 50% a 90%, dependendo da perícia de quem o executa e analisa Lowhagen et al. - um grande número de diagnósticos por FNA confirmados histologicamente apresentam uma percentagem de falsos negativos menor que 10% e de falsos positivos abaixo de 2% 1330 casos2309 casoscombinação* FP 0,5%1,1%0,9% FN 1,7%1,6% * obteve-se, neste caso, uma precisão de 97,5% Tabela 7 - comparação de estudos Discussão dos resultados

20 Blum: estudo efectuado pelo National Institute of Health – NIH: - 24% de falsos positivos - pouco entusiasta relativamente à precisão do FNA Explicação dos autores: - demasiados médicos a realizar a aspiração - como diagnósticos positivos, foram consideradas apenas as neoplasias malignas e não todas as neoplasias, como no estudo apresentado Falta de especificidade taxa de FP elevada - não foi feita nenhuma pré-selecção, baseada no diagnóstico citológico, dos doentes sujeitos a cirurgia Discussão dos resultados baseado

21 Kolendorf et al.: - consideram que o FNA deve ser usado no diagnóstico de lesões, mas que é limitado no diagnóstico de neoplasias malignas - obtiveram uma correlação diagnóstico citológico/diagnóstico histológico de apenas 75% Crítica dos autores: - o resultado obtido dever-se-á ao reduzido número de doentes estudados Discussão dos resultados

22 principal limitação do FNA: - avaliação de neoplasias foliculares: adenoma vs. carcinoma necessidade de recorrer-se à cirurgia No entanto, não deixa de ser um método valioso no diagnóstico pré-operativo, já que identifica a natureza da doença Discussão dos resultados

23 Consequências da aplicação do FNA na Mayo clinic: - o custo clínico para doentes da tiróide diminuiu em 25% - o número de cirurgias à tiróide decresceu de 67% para 43% - o número de casos de cancro diagnosticados cirurgicamente aumentou de 14% para 29% Segundo Hamburguer et al., a vulgarização do FNA da tiróide poderá resultar numa redução anual de custos do acompanhamento de doentes com nódulos, nos E.U.A., de cerca de $15,000,000 Discussão dos resultados

24 - é o método de diagnóstico que fornece mais informação - é bastante seguro - tem um custo reduzido - pode ser repetido as vezes necessárias, inclusive no posterior acompanhamento de lesões benignas o médico pode decidir com maior precisão a favor ou contra a cirurgia É, segundo os autores, o método de diagnóstico que apresenta uma melhor relação custo-eficácia - é aplicável em todo o tipo pessoas, incluindo idosos e doentes que não podem ser sujeitos a cirurgia Os autores recomendam a biópsia de aspiração por agulha fina como método de diagnóstico inicial de nódulos da tiróide: Conclusão

25 Bibliografia


Carregar ppt "O papel da biópsia de aspiração por agulha fina no diagnóstico e acompanhamento de neoplasias da tiróide Ana Rita Simões Lígia Figueiredo 11 de Outubro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google