A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 PROGRAMA ACOLHER. 2 OBJETIVO GERAL Oferecer orientação e apoio, através de repasse temporário de benefício (transferência de renda), à famílias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 PROGRAMA ACOLHER. 2 OBJETIVO GERAL Oferecer orientação e apoio, através de repasse temporário de benefício (transferência de renda), à famílias."— Transcrição da apresentação:

1 1 PROGRAMA ACOLHER

2 2 OBJETIVO GERAL Oferecer orientação e apoio, através de repasse temporário de benefício (transferência de renda), à famílias.

3 3 PÚBLICO ALVO -Famílias que se encontram em condição de vulnerabilidade social que receberam uma ou mais crianças e/ou adolescentes, por Medida de Proteção para colocação em família substituta mediante a guarda; -Famílias que se encontram em condição de vulnerabilidade social cujas crianças e adolescentes receberam Medida de Proteção de inclusão em programa comunitário ou oficial de auxílio à família, objetivando a manutenção da guarda na família de origem.

4 4 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Constituição Federal; Estatuto da Criança e do Adolescente; Lei Orgânica da Assistência Social; Política Nacional de Assistência Social; Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária.

5 5 METODOLOGIA Inclusão: - Requisição do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Blumenau e solicitação de avaliação para inclusão dos Conselhos Tutelares; -Estudo Social pela Assistente Social, para identificação das vulnerabilidades da família; -Definição do valor a ser repassado, que pode variar de ¼ a do 2 salários mínimos vigentes; -Definição do tempo de permanência no programa.

6 6 METODOLOGIA Inserção no Programa: -Contato com a família para marcar a primeira entrevista; -Acolhimento pela equipe do programa; -Atendimentos Iniciais; -Elaboração do Plano de Atendimento Familiar com participação da família.

7 7 METODOLOGIA Acompanhamento: -Repasse mensal de benefício (transferência de renda); -Atendimento familiar sistemático pelo programa acolher ou pelo serviço ou programa no qual a familia está inserida; -Abordagem in Loco através de visitas domiciliares e ou institucionais; -Contatos com órgãos encaminhadores; -Interlocução e encaminhamentos para a rede socioassistencial; -Grupos operativos mensais.

8 8 METODOLOGIA Desligamento: -Revisão do Plano de Atendimento Familiar com avaliação do que foi planejado,o que foi executado e se os objetivos foram alcançados; -Superação da vulnerabilidade apresentada inicialmente; -Inserção nos serviços da rede socioassistencial.

9 9 INFORMAÇÕES DE ATENDIMENTO Mês de Junho de Famílias com 78 crianças e adolescentes em acompanhamento.

10 10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS -BRASIL. Política Nacional de Assistência Social – PNAS. Brasília, BRASIL. Constituição Federal de Brasília: Câmara dos Deputados, BRASIL. Lei n , de 13 de julho de Estatuto da Criança e do Adolescente. Blumenau: CMDCA, CABRAL, Cláudia. Acolhimento Familiar: experiências e perspectivas. São Paulo, SP, 2004.

11 11 REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS -BELO HORIZONTE.Trabalho Social com Família na Assistência Social.Belo Horizonte: SMAAS, BRASIL.Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito da Criança e do Adolescente.Brasília,DF:Conanda,2006.

12 12 LOCAL DE ATENDIMENTO: SEMASCRI- Secretaria Municipal da Assistência Social, da Criança e do Adolescente. Diretoria da Criança e do Adolescente Rua Antonio da Veiga, 439 – Victor Konder Blumenau - Santa Catarina. Fone:


Carregar ppt "1 PROGRAMA ACOLHER. 2 OBJETIVO GERAL Oferecer orientação e apoio, através de repasse temporário de benefício (transferência de renda), à famílias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google