A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SÍNDROMES VESTIBULARES Universidade do Estado do Rio de Janeiro Disciplina de Otorrinolaringologia Aída Regina Monteiro de Assunção.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SÍNDROMES VESTIBULARES Universidade do Estado do Rio de Janeiro Disciplina de Otorrinolaringologia Aída Regina Monteiro de Assunção."— Transcrição da apresentação:

1 SÍNDROMES VESTIBULARES Universidade do Estado do Rio de Janeiro Disciplina de Otorrinolaringologia Aída Regina Monteiro de Assunção

2 CLASSIFICAÇÃO DOS QUADROS VERTIGINOSOS Tontura (não rotatória) Vertigem (rotatória) Desequilíbrio - flutuação

3 FALSAS VERTIGENS Cinetose Síncope Vertigem de altura Agorafobia Crises epilépticas

4 Síndromes Periféricas

5 VERTIGEM PERIFÉRICA (labirinto e VIII nervo craniano) Apresenta-se geralmente em c rises agudas Vertigem (rotatória) Manifestações auditivas (hipoacusia, zumbidos, plenitude aural, intolerância a ruídos) Duração: minutos a 48 horas Manifestações neurovegetativas

6 PERIFÉRICAS Principais exemplos: Doença de Ménière Vertigem postural paroxística benigna

7 PERIFÉRICAS Outras causas: Vertigem postural paroxística da infância Ototoxicoses Labirintites Neurite vestibular Schwannoma vestibular

8 VERTIGEM POSICIONAL PAROXÍSTICA BENIGNA Freqüente em adultos e idosos Rara na infância Vertigem à mudança de posição da cabeça (deitar-se; levantar-se; olhar para cima) Náusea e vômito Etiologia: ductolitíase, cupulolitíase, trauma disfunção hormonal ovariana, disglicemias, hiperlipidemia, vascular.

9 VERTIGEM POSICIONAL PAROXÍSTICA BENIGNA Sintoma típico: vertigem de posicionamento Nistagmo de posicionamento (latência, fatigável com vertigem ou náusea) Alterações do RVO à prova de auto-rotação cefálica ativa são freqüentes Prova calórica: normal, hiper/hipo-reflexia, PDN.

10 HYDROPS ENDOLINFÁTICO - DOENÇA DE MÉNIÈRE Sintomas característicos: crises de vertigem recorrentes Hipoacusia de caráter flutuante. Plenitude aural Zumbidos Crise de vertigem - duração de 20 minutos ou mais, com náuseas e/ou vômitos. São necessários pelo menos dois episódio para firmar o diagnóstico Em 30 a 50% dos casos é unilateral

11 VERTIGEM PAROXÍSTICA BENIGNA DA INFÂNCIA É a labirintopatia infantil mais freqüente Ocorre entre o primeiro e o quarto ano de vida, sendo rara depois dos 10 anos Crises vertiginosas intensas e fugazes Com ou sem Nistagmo Espontâneo, náusea e vômito Evolução benigna e remissão espontânea Etiologia: vasoconstrição vértebro-basilar com isquemia dos núcleos vestibulares Equivalente migranoso

12 SCHWANNOMA VESTIBULAR Tumor benigno das células de Schwann Localização: nervo vestibular superior/inferior 95% são unilaterais Audiometria: achado mais freqüente disacusia neurossensorial progressiva, unilateral, nas freqüências agudas Zumbido unilateral Alteração do equilíbrio corporal é pouco freqüente devido a compensação vestibular central

13 NEURITE VESTIBULAR Vertigem súbita, incapacitante (episódio único) Etiologia viral aguda Infecção de vias aéreas precede o quadro vertiginoso Sem sintomas auditivos Duração de 24h a vários dias

14 OTOTOXICOSES Alteração parcial ou total da função cocleovestibular Hipoacusia, zumbidos e alteração do equilíbrio Etiologia: uso de drogas ototóxicas ou exposição a substâncias tóxicas Sensibilidade individual, uso concomitante de várias drogas, comorbidades (diabetes, nefropatias) Via de administração, duração do tratamento, dose Aminoglicosídeos, AAS, diuréticos alça

15 Síndromes Centrais

16 Cem bilhões de neurônios – Conceitos Fundamentais de Neurociências. 2002

17

18 VERTIGEM CENTRAL (núcleos,vias e conexões centrais) Ausência de sintomas auditivos Caráter não rotatório Desequilíbrio - instabilidade Caráter contínuo Alterações de outros nervos cranianos Manifestações neurológicas

19 CENTRAIS Acidentes vasculares Tumores Malformação vascular

20 CENTRAIS Metástases Doença desmielinizante Insuficiência arterial vértebro-basilar Vertigem súbita central (tronco encefálico e/ou cerebelo)

21 ROTINA DIAGNÓSTICA Anamnese Avaliação audiológica Vectoeletronistagmografia Nistagmografia computadorizada Auto-rotação cefálica ativa (Vorteq) Estudo do equilíbrio estático e dinâmico

22 ROTINA DIAGNÓSTICA Avaliação da função cerebelar (provas de coordenação motora) Avaliação dos nervos cranianos Tomografia computadorizada Ressonância magnética (gadolínio) Exames laboratoriais


Carregar ppt "SÍNDROMES VESTIBULARES Universidade do Estado do Rio de Janeiro Disciplina de Otorrinolaringologia Aída Regina Monteiro de Assunção."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google