A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Francisco Caeiro Escola Básica Integrada Mário Beirão Beja/Beja 7º/9º CFQ/Carpintaria MárioMobil 4+2.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Francisco Caeiro Escola Básica Integrada Mário Beirão Beja/Beja 7º/9º CFQ/Carpintaria MárioMobil 4+2."— Transcrição da apresentação:

1 Francisco Caeiro Escola Básica Integrada Mário Beirão Beja/Beja 7º/9º CFQ/Carpintaria MárioMobil 4+2

2 O nosso protótipo começou com a ideia de conseguir um chassis a partir de materiais reciclados (garrafão de plástico), e procurar materiais para conseguir as partes do motor e engrenagens, em impressoras velhas que existiam na escola. AINDA ESTÁ A PRECISAR DE ALGUNS AJUSTES QUE ESTARÃO PRONTOS EM BREVE.

3 A construção começou pelo chassis. A ideia em utilizar um garrafão partiu de um aluno. O grupo analisou a ideia e decidiu que seria viável. O kit fotovoltaico que nos chegou permitiu fazer ensaios iniciais para percebermos que teríamos que utilizar mais placas fotovoltaicas e conseguir outro motor. A escola adquiriu mais placas fotovoltaicas e cedeu-nos duas impressoras velhas para podermos desmontar e conseguir materiais (motor e engrenagem). O inicio da construção Montagem das P. Fotovoltaicas Motor e engrenagens de uma impressora

4 Os alunos, como já se disse anteriormente, procuraram uma solução para o chassis do MarioMobil e, a partir daqui, têm conseguido, com a ajuda dos professores ultrapassar dificuldades que vão surgindo. As maiores dificuldades são na gestão do tempo dos alunos do 9º ano. Estes estão na parte final do ano e têm a sua preocupação com os exames, testes, etc e, por vezes, não têm conseguido juntar- se para trabalhar no carro. O aluno do 7º ano tem revelado muito interesse e está mais disponível porque tem um currículo específico próprio de estudos. Na aula de carpintaria tem conseguido mostrar destreza no manuseamento dos materiais e ferramentas utilizadas na construção do carrinho. Fontes consultadas: Alunos a construir o protótipo.

5 A nossa preocupação ainda não passou por uma eventual comercialização. Os alunos têm adquirido a noção que a energia solar fotovoltaica, tanto falada na nossa região, é de facto uma realidade muito próxima e que poderá ser muito mais utilizada, não só em larga escala mas também em pequenas utilizações do dia-a-dia. Os alunos já tinham noções de grandezas físicas eléctricas adquiridas nas aulas de CFQ, na componente de electricidade que faz parte do currículo. Os professores envolvidos estão a preparar um clube de energia solar para começar no próximo ano lectivo que poderá envolver ainda mais a escola e os fazer a inclusão do tema nos próprios currículos das disciplinas. O projecto foi divulgado em Conselho Pedagógico e teve grande aceitação no 2º ciclo por parte dos alunos. Como é o primeiro ano que estamos envolvidos pensamos que, após este pontapé de saída, nas próximas participações poderemos envolver muito mais a nossa escola.


Carregar ppt "Francisco Caeiro Escola Básica Integrada Mário Beirão Beja/Beja 7º/9º CFQ/Carpintaria MárioMobil 4+2."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google