A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Parte 1. CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Definição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Parte 1. CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Definição."— Transcrição da apresentação:

1 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Parte 1

2 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Definição

3 É a combinação de Instituições pelas quais busca-se disponibilizar e facilitar o acesso dos produtos ou serviços aos seus respectivos consumidores.

4 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Paralelo entre Canais de Distribuição e Distribuição Física

5 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Funções CADEIA DE SUPRIMENTOS Serviços de pós-venda Atender a Demanda Gerar a Demanda Troca de informações CONSUMIDOR

6 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Fatores Ter uma linha de produtos que atenda de forma plena o seu mercado consumidor; Montar uma estrutura que seja suficiente para realizar a comercialização e pós-venda dos mesmos e; Seus próprios produtos terão que gerar um volume de venda que seja suficiente para gerir o negócio de comercialização.

7 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Tipos mais usuais O fabricante abastece diretamente as lojas de varejo; O fabricante abastece seus próprios depósitos e estes, as lojas de varejo; O fabricante abastece os centros de distribuição do varejista que, por sua vez, abastece as lojas de varejo;

8 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Tipos mais usuais O fabricante abastece os depósitos do atacadista ou do distribuidor, que na sequencia abastece as lojas de varejo; O fabricante transfere seus estoques de produtos acabado para um operador logístico, que por meio do seu centro de distribuição faz o abastecimento das lojas de varejo;

9 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Tipos mais usuais O fabricante transfere seus estoques de produto acabado para um operador logístico, que por meio do seu centro de distribuição faz o abastecimento dos atacadistas e distribuidores e estes, por sua vez, abastecem as lojas de varejo.

10 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Tipos mais usuais O fabricante entrega o produto diretamente no domicílio do consumidor final, utilizando o correio ou serviço de courrier (no caso de vendas a distância: internet, telefone, catálogos etc.).

11 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Verticais São aqueles em que as responsabilidades sobre a comercialização e a operação das mercadorias vão passando de um componente para outro na Cadeia de Abastecimento, selecionando de forma unitária as responsabilidades sobre cada fase da comercialização. Exemplo: A indústria fabrica o produto, o atacadista exclusivo estoca e vende aos varejos que comercializa junto ao consumidor final.

12 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Verticais - características Responsabilidade pela comercialização: a preocupação principal neste modelo é a de repassar as responsabilidades da comercialização das mercadorias aos componentes seguintes no processo da cadeia de abastecimento;

13 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Verticais - características Instrumentos de análise de funcionalidade: a análise predominante é a de que este modelo atende ao consumidor final da forma padrão e aos mercados consumidores de forma ampla, mas não de forma dedicada, com serviços dedicados.

14 Prof. Ms Marcos Maia CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Verticais - características Comunicação com o cliente final ou com o usuário: não existem itens importantes nas boas práticas de comercialização atuais, como por exemplo: o pós-venda, ações de comunicação com o cliente (SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente) etc.

15 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Verticais - características a)Canal único – pequeno varejo b)Canal único – tipo Avon c)Canal único típico do grande varejo

16 Prof. Ms Marcos Maia CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - Definição Esse modelo de canal, divide as atividades de comercialização ao longo do Canal de Distribuição entre os agentes que nela atuam.

17 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - características Fabricante produz a mercadoria; Setor de vendas do fabricante vende o produto; O Distribuidor Externo realiza a distribuição física; As Unidades de Serviços (internas e externas) realizam os serviços de pós-venda e; O consumidor final adquire a mercadoria.

18 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - características O Fabricante divide as atividades de comercialização entre três agentes distintos, visando melhorar o atendimento ao mesmo, onde cada agente foca em uma atividade-fim, conforme segue:

19 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - características Fabricante - na produção e venda Distribuidor Externo - na Distribuição física (não se preocupou com aspectos comerciais) As Unidades de Serviço - com o atendimento de pós-venda (assistência técnica, pesquisas de satisfação etc.)

20 Prof. Ms Marcos Maia CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - características

21 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canal Híbrido - atuações

22 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Múltiplos - definição Esse modelo de Canal visa sobretudo, utilizar diversos elementos na cadeia para fazer com que o mesmo consumidor final possa escolher a melhor opção para a sua aquisição.

23 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Múltiplos – características O fabricante produz a mercadoria e vende no atracado, no varejo e disponibiliza ao Setor de Vendas Diretas (internet, catálogos etc. O atacado revende esta mercadoria aos grandes consumidores O varejo dirige suas vendas aos pequenos consumidores

24 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Múltiplos - características O setor de vendas diretas dirige-se ao consumidor final, bem como os serviços de pós-venda; O consumidor escolhe o canal mais adequado ponderando preço, condições de pagamento, financiamentos ou atendimento mais adequados aos seus anseios.

25 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Múltiplos - atuação

26 CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Canais Múltiplos - conclusões Neste modelo o fabricante se aproxima mais fortemente dos seus clientes, oferecendo maior amplitude de opções para aquisição. É desenvolvido uma dinâmica muito maior do que os demais, visto que é preciso, constantemente, criar mecanismos que disponibilizem os produtos de uma forma mais adequada aos anseios e condições de aquisição pelos consumidores finais.


Carregar ppt "CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Parte 1. CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO Definição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google