A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FTAD - Formação técnica em Administração Módulo - Contabilidade e Finanças Prof. Karine Oliveira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FTAD - Formação técnica em Administração Módulo - Contabilidade e Finanças Prof. Karine Oliveira."— Transcrição da apresentação:

1 FTAD - Formação técnica em Administração Módulo - Contabilidade e Finanças Prof. Karine Oliveira

2 CONTABILIDADE E FINANÇAS ACI ACI ATIVIDADE CURRICULAR INTERDISCIPLINAR

3 Planejamento Orçamentário Gestão financeira Contabilidade ACI : Estudo de Viabilidade Econômico- Financeira Competências a serem trabalhadas.....

4 Conceito Conceito Consiste em estabelecer com antecedência as ações a serem executadas dentro de cenários e condições preestabelecidos,... Adm. Financeira e orçamentária, segundo Hoji,(2007) PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO INTRODUÇÃO

5 PLANEJAMENTO Os 3 níveis de planejamento: Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Planejamento Tático Planejamento Tático Planejamento operacional Planejamento operacional

6 Orçamento de vendas Orçamento de produção Orçamento de matéria- prima Orçamento de Mão de obras direta Orçamento de custo de produção Despesas gerais, administrativas Orçamento de investimento Orçamento de aplicações financeiras Orçamento de caixa Orçamento de resultado ORÇAMENTOS ESPECÍFICOS

7 ELEMENTOS DO ORÇAMENTO Custos Despesas Investimentos Imobilizado Estratégia Viabilidade econômica e financeira Planilhas de orçamento

8 ELEMENTOS DO ORÇAMENTO Tipos de custos: Custos fixos : Custos variáveis : Despesas Despesas São gastos inerentes à obtenção de receitas e administração da empresa, portanto, próprios das atividades de vendas e administração.

9 Investimento Investimento São gastos necessários ás atividades da produção, da administração e das vendas, que beneficiarão periodos futuros, portanto, ativos de caráter permanente e de longo prazo, que por meio de depreciação ou amortização tornar-se-ão custo ao despesas dependendo de sua origem e natureza. Bernardi, Luiz Antônio. Manual do empreendedorismo e gestão(2003) Bernardi, Luiz Antônio. Manual do empreendedorismo e gestão(2003) ELEMENTOS DO ORÇAMENTO

10 Imobilizado São recursos aplicados em bens e direitos. Ex.: maquinas, moveis e utensílios, terrenos e edificações.Estratégia São medidas tomadas com o propósito de uma possibilidade de resposta futura.

11 Viabilidade econômica financeira Identificar se as decisões tomadas ira impactar de forma positiva ou negativa no empreendimento. ELEMENTOS DO ORÇAMENTO

12 PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO Elementos principais do estudo e elaboração de um orçamento: Mercado Capital Conhecimento detalhado do empreendimento

13 PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO Análise SWOT Análise SWOT Para Ansoff e McDonnell (1993), estratégia é um conjunto de regras de tomada de decisões, que direcionam o comportamento das organizações, estipulando o sentido do crescimento e do seu desenvolvimento, fazendo com que as empresas estruturem suas políticas operacionais para o alcance de seus objetivos.

14 Conhecimento Detalhado do empreendimento Conhecimento Detalhado do empreendimento Conhecer as diversas etapas do processo de produção do bem ou serviços a ser consumido no mercado, capacidade produtiva, recursos disponíveis. Elementos principais do estudo e elaboração de um orçamento

15 Gestão FinanceiraGestão Financeira Introdução Introdução O modelo de gestão financeira determina trazer segurança nas decisões econômicas e financeiro da empresa.

16 Gestão Financeira As principais funções da administração financeira são: Análise e planejamento financeiro: A boa utilização dos recursos financeiros:

17 Gestão Financeira Conceito Conceito A gestão financeira tem como objetivo maximizar os resultados financeiros de uma empresa a partir do controle, analise e planejamento das suas movimentações financeiras.

18 Gestão Financeira Investidor Investidor Quem dispõe a aplicar recursos financeiro com base em gerar riquezas. Tipos de investidor: - Conservador - -Moderado - Agressivo ou dinâmico

19 Gestão Financeira Administração de riscos Administração de riscos O planejamento de riscos e importante para mostrar a realidade e anteceder possíveis eventos que venham impactar no investidor.

20 Gestão Financeira Rating Rating O "rating" é uma opinião sobre a capacidade de uma empresa saldar seus compromissos financeiros. A avaliação é feita por empresas especializadas, as agências de classificação de risco, que emitem notas, expressas na forma de letras e sinais aritméticos, que apontam para o maior ou menor risco de ocorrência de um "default", isto é, de suspensão de pagamentos. Fonte: folha.uol(2009)

21 Gestão Financeira Retorno Retorno Os cálculos de riscos e retorno, envolvem variações consideradas como vantagens e desvantagens. As taxas de retorno são avaliadas de diversas maneiras.

22 Gestão Financeira Estudo de viabilidade Econômico financeiro Tem como objetivo avaliar o plano de investimento a ser realizado, demonstrando a viabilidade ou inviabilidade do projeto.

23 Gestão Financeira Um dos modelos dessa analise mais utilizado o demonstração de fluxo de caixa (DFC). DFC DFC – Representa a análise, a valor presente, dos fluxo de caixa líquidos gerados.

24 Gestão Financeira I - Atividades Operacionais; I - Atividades Operacionais; II - Atividades de Investimento; II - Atividades de Investimento; III - Atividades de Financiamento fonte: portadecontabilidade III - Atividades de Financiamento fonte: portadecontabilidade

25 Gestão Financeira PlayBack – PlayBack – Corresponde ao periodo de recuperação do investimento, em geral em anos, através do fluxo de caixa gerado pelo projeto, considerando prioritário o período de recuperação do investimento.

26 Gestão Financeira Valor presente liquido (VPL) – Valor presente liquido (VPL) – Mede a riqueza gerada por um determinado ativo e valores atuais, utilizado para calcular atratividade de investimentos.

27 Gestão Financeira Taxa Interna Retorno – Taxa Interna Retorno – é definida como taxa esperada de retorno sobre um investimento. Para aplicação do método devemos estimar os valores real das entradas e saídas de caixa.

28 CONTABILIDADE INTRODUÇÃO No período medieval, diversas inovações na contabilidade foram introduzidas por governos locais e pela igreja. Mas é somente na Itália que surge o termo Contabilitá.

29 CONTABILIDADE CONCEITO Contabilidade é a ciência que estuda e controla o patrimônio das entidades, mediante o registro, a demonstração expositiva e a interpretação dos gastos nele ocorridos, com o fim de fornecer informações sobre sua composição e variações, bem como sobre o resultado econômico e decorrente da gestão da riqueza patrimonial (Hilário Franco 1996)

30 CONTABILIDADE As mudanças ocorridas no cenário internacional, exige que passem a adotar novos procedimento contábil harmônico com o mundo, produzindo informações da mesma forma em todos os lugares.

31 Contabilidade Lançamentos Os lançamentos contábil é o registro da informação contábil devendo estar suportado em documento hábil e idônea, formando dessa a escrituração contabil. Dados e informação no lançamento: 1.O valor (ou valores); expresso em moeda nacional. 2.Data do lançamento. 3.Histórico.

32 Contabilidade Plano de contas Plano de Contas : É a estrutura básica da escrituração contábil, pois é com sua utilização que se estabelece o banco de dados com informações para geração de todos os relatórios e livros contábeis, tais como: Diário, Razão, Balancete, Balanço Patrimonial, Demonstração de Resultados e Análises, além de outros. (CFC, 2002:31)

33 Contabilidade Demonstrações contábeis As demonstrações contábeis : São relatórios extraídos da contabilidade após o registro de todos os documentos que fizeram parte do sistema contábil de qualquer entidade (empresa) em um determinado período. fonte:http://www.sempretops.com/estudo/conceito-das-demonstracoes-contabeis/http://www.sempretops.com/estudo/conceito-das-demonstracoes-contabeis/ Objetivo das Demonstrações Contábeis O objetivo das demonstrações contábeis é fornecer informações sobre a posição patrimonial e Financeira da empresa.

34 CONTABILIDADE Princípios de Contabilidade CFC 1.282/10 Princípio da Entidade Princípio da Entidade - Princípio da Continuidade Princípio da Continuidade Princípio da Oportunidade Princípio da Oportunidade Princípio do Registro pelo Valor Original Princípio do Registro pelo Valor Original - Princípio da Competência Princípio da Competência Princípio da Prudência Princípio da Prudência

35 CONTABILIDADE Balanço Patrimonial O Balanço Patrimonial da entidade é a relação de seus ativos, passivos e patrimônio líquido em uma data específica. Apresenta-se nessa demonstração a posição patrimonial e financeira da entidade.

36 CONTABILIDADE DRE – Demonstração do Resultados do Exercício Objetivo principal apresentar de forma vertical resumida o resultado apurado em relação ao conjunto de operações realizadas num determinado período, normalmente, de doze meses.

37 ATIVIDADE 1 – Defina o conceito de Planejamento Orçamentário, e seus níveis de planejamento? 2-Qual o conceito de Gestão Financeira, Rating e Playback ? 3- Resuma os Princípios Contabeis. 4 -Cite três atividades administrativas que envolve contabilidade e finanças, e fale sobre a execução dessas atividades.

38 ATIVIDADE Entrega: 21/12/2013 até às 23:00h às 23:00h EVITE DEIXAR A POSTAGEM DE SUA ATIVIDADE PARA O ÚLTIMO DIA. FAZENDO ISSO, IMPREVISTOS NÃO VÃO LHE PREJUDICAR. * LEMBRANDO QUE SUA ORGANIZAÇÃO TAMBÉM ESTA SENDO AVALIADA

39 DÚVIDAS Acesse o Fórum de dúvidas e discussões Chat dia no horário: 05/12/2013 das 20:00 às 21:30 Hrs Chat dia no horário: 05/12/2013 das 20:00 às 21:30 Hrs


Carregar ppt "FTAD - Formação técnica em Administração Módulo - Contabilidade e Finanças Prof. Karine Oliveira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google