A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009."— Transcrição da apresentação:

1 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009

2 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO 2 Apresentação Impactos da Crise Econômica Situação Econômica Brasileira Ações Contra-Cíclicas Previsões para 2009

3 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO De 2003 a 2008, a economia brasileira cresceu 27,4%, uma média de 4,1% por ano. Crescimento Real do PIB (% p.a.) Fonte: IBGE.

4 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Crescimento do PIB mundial (taxa anual) Fonte: FMI (WEO).

5 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO BRASIL: Retração no 4 º trim. de 2008 e Recuperação no 1 º trim. de 2009 Fonte: IBGE.

6 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Fonte: JP Morgan. Crescimento Real do PIB

7 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Baixa inflação Sustentabilidade fiscal Baixa vulnerabilidade externa Robustez do setor bancário Grande mercado doméstico Condições Macroeconomicas Favoráveis

8 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO 10 Anos de Metas de Inflação Fontes: IBGE and Banco Central.

9 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Primary Surplus Fiscal Policy Consistency Fonte: Banco Central. Nominal Deficit Primary Surplus2,914,094,34 Nominal Deficit4,233,502,01 % of GDP

10 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Fonte: Banco Central. Compromisso com a Sustentabilidade Fiscal produziu Resultados Positivos Dívida Líquida do Setor Públic (% of PIB)

11 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Câmbio Pré-Fixada Índice de Preços Selic O Perfil da Dívida mudou Fonte: Banco Central. Duração % Meses Outros

12 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO 12 Melhor Performance Fiscal (Deficit como % PIB) Fonte: The Economist.

13 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Reservas Internacionais (US$ bilhões) Fonte: Banco Central.

14 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Trade Balance (US$ billion) Fonte: Banco Central.

15 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO 15 Fonte: The Bankers Magazine. BIS Capital Ratio (as of December 2007, %)

16 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Evolução das Classes Econômicas (porcentagem da população entre 15 e 60 anos) O Brasil é hoje um país de classe média Fonte: CPS/FGV (IBGE).

17 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Recuperação do Poder de Compra da População (porcentagem do salário mínimo necessário para adquirir uma cesta básica) Fonte: Dieese and MTE.

18 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Política Monetária e de Crédito: Redução da taxa de juros, aumento da oferta de crédito proveniente de bancos estatais, Redução do depósito compulsório. Política Fiscal: Redução do IPI, programas sociais, investimento público e redução temporária do superávit primário. Suporte financeiro à integração regional: Ampliação do limite do CCR, de US$ 120 million para US$ 1.5 billion. Ações Contra-cíclicas

19 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Taxa de Juros Real Ex-ante (% p.a.) Fonte: Banco Central e BM&F.

20 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Investmento Público (% do PIB) Fonte: MF e MP.

21 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Redução Temporária de Tributos para: Automóveis e caminhões (IPI) Materiais de construção (IPI) Motocicleta (COFINS) Eletrodomésticos (IPI)

22 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Mercado de Autoveículos – Jan e Fev (1.000 un.) Menor Impacto da Crise no Mercado Doméstico de Automóveis

23 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Assistência Financeira Capital de giro para o agronegócio Atencipação de transferência de recursos aos municípios Linha especial de crédito para investimentos de long-prazo dos Estados

24 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Minha Casa, Minha Vida O Programa Minha Casa, Minha Vida, lançado em março deste ano tem como objetivo financiar a construção de 1 milhão de casas, a um custo de cerca de R$ 60 bilhões, para famílias com renda de até dez salários mínimos, em parceria com estados, municípios e iniciativa privada.

25 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Brasil - Perspectivas para 2009 Baixo crescimento econômico - Desaceleração no 1º semestre -Aceleração no 2º semestre Finanças externas - Redução do déficit em conta corrente -Baixo mas positivo fluxo de capital -Reservas internacionais estáveis Mercado doméstico e demanda doméstica - Criação de postos de trabalho -Continuação da expansão do crédito

26 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Melhoras recentes Estabilidade dos preços de commotidies; Aumento do crédito (embora insuficiente) e redução da taxa de juros (embora ainda alta); Aumento da atividade econômica em comparação com o quatro trimestre de 2008.

27 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Fonte: ONS

28 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Impactos: Retração das exportações; Queda nos preços de bens primários; Redução de remessas; Diminuição do turismo; Redução do IDE; Aumento do custo do crédito externo; Queda na disponibilidade de empréstimos internacionais. A Crise Internacional afetou a América Latina por vários canais; entretanto de modo não-uniforme

29 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO América Latina: Medidas contra a crise Política Monetária e Financiamento: -Redução do depósito compulsório -Aumento da liquidez em moeda local Política Fiscal: -Redução do IPI/COFINS -Aumento e/ou antecipação dos gastos com infra-estrutura Taxa de Câmbio e Política de Comércio Exterior: -Aumento da liquidez em moeda estrangeira -Financiamento às exportações -Aumento do crédito com instituições financeiras Ações focadas: -Habitação -Agricultura and Pecuaria -Indústria -Turismo -Pequena e Microempresa

30 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Pacotes de Estímulos Fiscais Source: IMF

31 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO A América Latina será menos afetada do que outras regiões do mundo – Recuperação dos preços de commodities; – Situação macroeconômica mais sólida do que em momentos anteriores. Para uma rápida recuperação, necessita-se: – Cooperação com organizações financeiras internacionais; – Ações contra-cíclicas efetivas; – Atração de IDE. Posição de destaque no mundo: – Principal fonte de recursos energéticos do planeta; – Estabilidade macroeconômica; – Democracia consolidada. Expectativas para a América Latina:

32 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Obrigado!


Carregar ppt "MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google