A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade 7- Era Industrial. 1- Introdução A Revolução Industrial iniciou à Era Industrial ao provocar o aparecimento e a expansão das fábricas e indústrias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade 7- Era Industrial. 1- Introdução A Revolução Industrial iniciou à Era Industrial ao provocar o aparecimento e a expansão das fábricas e indústrias."— Transcrição da apresentação:

1 Unidade 7- Era Industrial

2 1- Introdução A Revolução Industrial iniciou à Era Industrial ao provocar o aparecimento e a expansão das fábricas e indústrias. Foi a era das máquinas. No início, eram caras, complicadas e volumosas, e nem sempre adequadas à operação humana. Posteriormente, passaram por diversos melhoramentos permitindo um gradativo aumento de sua eficiência em relação ao aumento de quantidade, volume de produção, melhoria da qualidade, redução dos custos e consequente barateamento do preço dos produtos.

3 1- Introdução O preço mais acessível abriu as portas para o consumo. As pessoas tinham mais condição de comprar produtos totalmente fora de suas possibilidades décadas anteriores. Com o crescimento, as fábricas passaram a envolver um número cada vez maior de trabalhadores, que cumpriam uma jornada diária de mais de 10 horas de trabalho intensivo como mão- de-obra descartável e facilmente substituível. Os operários passaram a ser assalariados dos capitalistas.

4 1- Introdução Essa nova era passou a impor novos e crescentes desafios para as empresas da época. Com um volume de produção cada vez maior, não só a complexidade aumentava, mas também os riscos de paradas de maquinário ou falta de materiais. Com um contingente maior de pessoas para trabalhar, eram fundamentais, uma maior coordenação e articulação dos processos produtivos. Também era preciso comprar matéria- prima adequada e contar com ela na ocasião certa.

5 1- Introdução Na verdade, havia pouco controle nas fábricas. As ordens eram contraditórias e o desperdício era enorme. Desta forma, tornava-se necessário criar um verdadeiro manual de regras para lidar com as empresas.

6 2- Crescente Industrialização A indústria é um conjunto de atividades produtivas que se caracterizam pela transformação de produtos naturais por meio de trabalho manufatureiro ou mecânico em mercadorias. A industrialização representa um sistema em que se considera a indústria como principal meio de produção da sociedade. É um processo que abrange principalmente a difusão da maquinofatura, produção em grande escala e divisão técnica do trabalho.

7 2- Crescente Industrialização O processo de industrialização passou a favorecer o intenso desenvolvimento urbano e a expansão do setor de serviços, em especial, atividades financeiras. Em geral, a industrialização pressupõe a existência de um mercado interno e de capitais disponíveis para serem investidos nas atividades industriais.

8 3- Início da Industrialização na Inglaterra Conforme já visto anteriormente, a industrialização teve início na Inglaterra, que disparou na frente dos demais países. A rápida industrialização inglesa se deve a diversos fatores já vistos, todavia, volto a destacar alguns: - Capitalismo; - Recursos Minerais Abundantes; - Mão-de-obra Barata; - Acordos Comerciais Vantajosos.

9 OBS: Tratado de Methuen Tratado de Methuen – celebrado em 1703 com Portugal, assegurando taxas preferenciais para produtos ingleses no mercado português. Com esse acordo, Portugal ampliou sua dívida com a Inglaterra e, para pagar o seu débito, viu-se forçado a entregar a maior parte dos metais preciosos retirados de suas colônias.

10 4- Expansão da Industrialização nos Outros Países A partir de 1815, a industrialização passou a se expandir em direção a outros países europeus, como França, Bélgica, Holanda, Alemanha e Itália, bem como para outros países fora da Europa, como os EUA e o Japão.

11 4.1- Outros Países da Europa Até 1850, a Inglaterra continuou dominando o primeiro lugar entre os países industrializados. A Alemanha já contava com fábricas e equipamentos da época, enquanto o norte da França e algumas regiões da Bélgica também se desenvolveram, mas não dispunham da tecnologia utilizada nas fábricas inglesas.

12 4.1- Outros Países da Europa As unificações da Alemanha e da Itália em 1879 impulsionaram a industrialização desses países. Nas últimas décadas do século XIX, começou a industrialização da Rússia, graças a disponibilidade de mão-de-obra, intervenção do Estado na economia e investimentos estrangeiros.

13 4.2- Estados Unidos Enquanto na Europa, Alemanha e Itália se unificavam, os EUA cresciam. Sua população aumentava graças aos imigrantes, e o território se expandia com a integração de novas terras, compradas ou conquistadas. A industrialização começou no final do século XVIII na faixa leste do país, e somente depois da Guerra de Secessão ( ) é que todo território americano se tornou industrializado.

14 4.2- Estados Unidos OBS: Guerra de Secessão - provocada pela questão da escravidão levou o norte industrializado e protecionista e o sul rural, escravagista e dominado por uma aristocracia a um conflito interno. Somente após o conflito da Guerra de Secessão e a abolição da escravatura é que se verificaram a elevação da produtividade da mão-de-obra e o consequente acumulo de capital, incentivando cada vez mais a industrialização americana.

15 4.3- Japão No Japão, a modernização e a industrialização tiveram início na era Meiji, a partir de 1867, quando a superação do feudalismo unificou o país e a propriedade privada foi estabelecida. A autoridade política foi centralizada, permitindo a intervenção estatal na economia e o subsídio à indústria. Com a mão-de-obra livre dos senhores feudais, foi possível a assimilação da tecnologia ocidental, o que tornou o Japão um país industrializado.

16 4.4- Brasil No Brasil, o processo de industrialização se iniciou com a implantação da indústria leve (produtos alimentícios e têxteis), quando, em geral, o processo se caracteriza pela formação de indústria pesada. As primeiras indústrias no país somente surgiram durante a Segunda Guerra Mundial, sendo retomadas entre 1956 e 1960, e atingindo sua aceleração a partir da década de Até então, o país era agrícola e predominantemente monoculturista com base no café.

17 5- Empreendedores Industriais O surgimento da Era Industrial foi fortemente marcado pela presença de empreendedores: os chamados empire builders que criavam impérios industriais e procuravam comprar e integrar rapidamente o maior número possível de concorrentes, fornecedores e distribuidores, para assegurar a defesa de seus interesses. O problema é que tinham uma forte vocação para iniciar empresas, mas nenhuma para administrá-las adequadamente.

18 5- Empreendedores Industriais Surgiram então, no início da Revolução Industrial, alguns dos primeiros livros sobre administração. Alguns autores mais esclarecidos já afirmavam que o surgimento do mundo industrial iria requer necessariamente um estudo sistemático da administração das tarefas e da padronização das operações do trabalho, a fim de ajustar as empresas à nova realidade existente.

19 5- Empreendedores Industriais Em todos os trabalhos até então apresentados, abordava-se apenas a prática da administração. A teoria por trás da prática viria somente a partir do início do século XX. Contudo, em decorrência da expansão industrial, surgiu uma necessidade intensa de mais gerentes e chefes. Com isso, surgiu uma necessidade intensa de estabelecer princípios de administração para nortear suas atividades.


Carregar ppt "Unidade 7- Era Industrial. 1- Introdução A Revolução Industrial iniciou à Era Industrial ao provocar o aparecimento e a expansão das fábricas e indústrias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google