A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é conhecimento 2.1 O critério da verdade: Qual o sinal que permite reconhecer a verdade e distingui-la do erro? A resposta a essa pergunta tem variado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é conhecimento 2.1 O critério da verdade: Qual o sinal que permite reconhecer a verdade e distingui-la do erro? A resposta a essa pergunta tem variado."— Transcrição da apresentação:

1 O que é conhecimento 2.1 O critério da verdade: Qual o sinal que permite reconhecer a verdade e distingui-la do erro? A resposta a essa pergunta tem variado no tempo; Para os gregos a verdade é o que se desvela, o que é visto, o que é evidente;

2 O que é conhecimento Os escolásticos, filósofos medievais, seguindo a tradição aristotélica, repetem que a verdade é a adequação do nosso pensamento às coisas; Ou seja, o juízo seria verdadeiro quando a representação é cópia fiel do objeto representado.

3 O que é conhecimento Na Idade Moderna a questão do conhecimento passa a ser mais complexa: como saber se a definição de verdade é verdadeira?; Os filósofos da modernidade questionam a possibilidade mesma de conhecimento do real;

4 O que é conhecimento Para Descartes (século XVII), o critério de verdade é também a evidência. Para ele trata- se de uma evidência resultante da intuição intelectual; No século XIX há uma crítica a esses critérios puramente intelectuais e teóricos;

5 O que é conhecimento Para Nietzsche, é verdadeiro o que contribui para fomentar a vida da espécie e falso tudo o que é obstáculo ao seu desenvolvimento; Para o pragmatismo norte-americano, a prática é o critério da verdade. Ou seja, a verdade de uma proposição se estabelece a partir de seus efeitos;

6 O que é conhecimento No pensamento contemporâneo, a filosofia analítica se volta para os estudos da linguagem e da lógica e buscam o critério da verdade na coerência interna do argumento; Seria válido o raciocínio que não encerra contradições e é coerente com um sistema de princípios estabelecidos; A verdade pode ainda ser entendida como resultado do consenso, como conjunto de crenças aceitas pelos indivíduos em determinado tempo e lugar e que os ajuda a compreender o real e agir sobre ele;

7 O que é conhecimento 3. Ceticismo e dogmatismo: Tendências do conhecimento humano para atingir a certeza. Dogmatikós em grego, significa o que se funda em princípios; Do ponto de vista religioso, dogma é a verdade fundamental;

8 O que é conhecimento Na religião cristã, por exemplo, segundo o dogma da Santíssima Trindade, as três pessoas (Pai, Filho e Espírito Santo) são apenas um, Deus; Não importa se a razão não consegue entender, porque esse princípio deve ser aceito pela fé e o seu fundamento é a revelação divina.

9 O que é conhecimento Quando a idéia de dogma é transposta para o campo não-religioso, ela passa a designar as verdades não- questionadas e inquestionáveis; A pessoa fixa-se nela e abdica de continuar a busca; Nietzsche disse que as convicções são prisões. Resistindo ao diálogo, o dogmático teme o novo e não raro torna-se intransigente e prepotente.

10 O que é conhecimento São também dogmáticos os seguidores de escolas e tendências quando se recusam a discutir suas verdades, permanecendo refratários às críticas; Quando o dogmatismo atinge a política, assume um caráter ideológico que nega o pluralismo e abre caminho para a imposição da doutrina oficial do Estado ou do partido único. Conseqüência: censura e repressão;

11 O que é conhecimento Ceticismo vem do grego sképsis, que significa investigação, procura: a sabedoria não consiste em alcançar a verdade, mas somente em procurá-la; O cético tanto observa e tanto considera que conclui, nos casos mais radicais, pela impossibilidade do conhecimento.

12 O que é conhecimento 4. A crítica do conceito tradicional de verdade: Diz-se que o conhecimento resulta da relação entre sujeito e objeto, pela qual alcançaríamos a verdade das coisas; Embora o critério da evidência tenha sofrido variações, por muito tempo permaneceu a convicção – excetuando-se os céticos – de que o sujeito teria a capacidade de conhecer a verdade.

13 O que é conhecimento A partir do positivismo, no século XIX, admitiu-se que a ciência é por excelência o modelo do saber. As ciências da natureza nos levam a conclusões seguras, objetivas; Entretanto esse racionalismo exacerbado pelo qual haveria um mundo objetivo a ser desvendado pela razão, começa a sofrer críticas a partir do século XIX.

14 O que é conhecimento Para Nietzsche, por exemplo, não há fatos mas apenas interpretações; Marx procede a uma crítica da razão ao denunciar a ideologia como um discurso ilusório a serviço da dominação; Freud mostra que a consciência não está no centro do sujeito, descobrindo nos sintomas as determinações do inconsciente;

15 O que é conhecimento Assim, não há discurso neutro, uma vez que o mesmo é um lugar onde se exprimem de modo disfarçado interesses inconscientes - de tal modo que esse discurso deveria ser por sua vez interpretado e assim sucessivamente, até ao infinito; Consequentemente, nunca haverá verdade última que esteja absolutamente certa;

16 O que é conhecimento Conclusão: Vimos que, no correr da história humana, existiram várias formas de compreender a verdade; O importante é não sucumbir ao ceticismo radical – que em última instância recusa a filosofia - nem ao dogmatismo – que se aloja na comodidade das verdades absolutas;

17 O que é conhecimento Deve-se aceitar o movimento contínuo entre certeza e incerteza. O que não significa renunciar à busca do conhecimento, porque conhecer é dar sentido ao mundo e interpretar a realidade, é descobrir formas para nela poder agir.


Carregar ppt "O que é conhecimento 2.1 O critério da verdade: Qual o sinal que permite reconhecer a verdade e distingui-la do erro? A resposta a essa pergunta tem variado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google