A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ir p/ primeira página 1 Apresentação da Disciplina Programa 5 a 9/3 O Sistema Econômico: 12 a 16/3 O Planejamento Econômico 19 a 23/3 O Contexto do Projeto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ir p/ primeira página 1 Apresentação da Disciplina Programa 5 a 9/3 O Sistema Econômico: 12 a 16/3 O Planejamento Econômico 19 a 23/3 O Contexto do Projeto."— Transcrição da apresentação:

1 Ir p/ primeira página 1 Apresentação da Disciplina Programa 5 a 9/3 O Sistema Econômico: 12 a 16/3 O Planejamento Econômico 19 a 23/3 O Contexto do Projeto e Ambientes 26 a 30/3 Tipos de Projeto e Fases Verificação de Aprendizagem 2 a 6 /4 Estudos de Pré-viabilidade e de Viabilidade 8 a 12/4 Aspectos Contábeis e mercadológicos 15 a 19/4 Aspectos Mercadológicos (Contin.) 22 a 26/4 Localização do Projeto 29/4 a 3/5 Localização do Projeto e Tamanho ótimo 6 a 10/5 Aspectos Técnicos Verificação de Aprendizagem 13 a 17/5 Revisão de Matemática Financeira 20 a 24/5 Custos de Produção 27 a 31/5 Custos de Produção 3 a 7/6 Financiamento O Fluxo de Caixa 10 a 14//6 Avaliação e análise do Projeto 17 a 21/6 Avaliação da Incerteza 23 a 27/6 Avaliação e análise do Projeto 30/ a 4/7 Seleção de Projetos 7/7 a 11/7 Seminários Elaboração e Análise de Programas e Projetos AULA 1

2 Ir p/ primeira página 2 O SISTEMA ECONÔMICO SISTEMA ECONÔMICO: Modelo teórico de organização das relações de produção e de consumo existentes em uma sociedade, acionadas pelo trabalho humano e engendradas por diversos bens, cuja finalidade é o atendimento das necessidades e desejos materiais dos membros ali existentes. RECURSOS: Para produzir bens, os homens se valem das matérias-primas, do potencial energético que a natureza lhes oferece e da sua força de trabalho. RECURSOS NATURAIS: Elementos da natureza incorporáveis à atividades econômicas (solos agricultáveis, florestas, jazidas minerais, recursos hidrológicos etc.) ESTOQUE DE RECURSOS NATURAIS: é variável e depende da evolução tecnológica, fontes de energia, de transporte e do levantamento de existências. FATORES DE PRODUÇÃO: elementos que constituem as forças produtivas da sociedade (trabalho, terra, capital) e que são usados em proporção variável (quantidade e qualidade) na busca de combinações que propiciem a geração de riqueza. CAPITAL: exprime o valor em moeda corrente das instalações industriais, imóveis, títulos de créditos etc., de propriedades das unidades produtoras e das famílias. UNIDADES PRODUTORAS: articulam trabalho, capital e recursos naturais, visando à obtenção de determinados bens e serviços. Concretizam a divisão social do trabalho. Uma barbearia ou uma usina siderúrgica são Unidades Produtoras. AULA 2

3 Ir p/ primeira página 3 PRIMÁRIO: atividades exercidas próximas à base de recursos naturais (agropastoris e extrativistas). SECUNDÁRIO: atividades industriais transformadoras de bens, podendo ser-lhes atribuído distintos graus de elaboração. TERCIÁRIO: atividades cujo produto não possui expressão material ( serviços). CLASSIFICAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS a) de consumo: destinados à satisfação direta das necessidades humanas (alimento, roupas, lazer etc.) b) de capital: destinam-se a multiplicar a eficiência do trabalho (máquinas, equipamentos, estradas etc.) c) intermediários: bens que devem sofrer novas transformações antes de se tornarem, finalmente, d) bens finais: pontos para serem consumidos ou para produzirem outros bens O funcionamento das unidades produtoras integradas num conjunto corresponde ao Aparelho Produtivo. PRODUÇÃO - A produção baseia-se no trabalho humano e visa atender às necessidades econômicas individuais e coletivas; - Os bens adquiridos pelas unidades produtoras para alimentar o seu processo produtivo (insumos) sofrem sucessivas transformações pelas quais chegam posteriormente a converter-se em bens de utilização final. - Na obtenção de um bem final, os responsáveis pelas diversas formas de trabalho absorvidas nas diversas etapas e os proprietários dos demais fatores são remunerados. Trabalho => Salário Capital => Lucro A ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ECONÔMICO UNIDADES DO SISTEMA PRODUTIVO POR SETORES

4 Ir p/ primeira página 4 O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO n População e Divisão do Trabalho u Economicamente Ativa u Ocupada u Taxa de Ocupação da População u Fator de Trabalho n Elementos Básicos do Sistema u Estoques de Recursos Produtivos u Complexo de Unidades de Produção u Conjunto de Instituições n Unidades dos Sistemas Econômicos u Unidades Familiares u Unidades de Produção

5 Ir p/ primeira página 5 ELEMENTOS CONSTITUTIVOS DOS SISTEMAS ECONÔMICOS A estruturação dos sistemas econômicos ocorre devido à necessidade de se estabelecer uma divisão de funções e atribuições entre os elementos constituintes bem como o garantir o seu inter-relacionamento com vistas ao desenvolvimento da sociedade e do próprio sistema.

6 Ir p/ primeira página 6 PRODUÇÃO E DESTINO DOS FLUXOS

7 Ir p/ primeira página 7 CARACTERIZAÇÃO DA INTERDEPENDÊNCIA ENTRE OS FLUXOS REAL E MONETÁRIO As Unidades Familiares e de Produção mantém relação de Oferta e Demanda com os Mercados de Produção e de Bens e Serviços Salários, Juros, Aluguéis, Lucros e Dividendos Re-transferência Monetária através de preços pagos pelos bens e serviços adquiridos

8 Ir p/ primeira página 8 Hierarquia do Planejamento OS SISTEMAS CLÁSSICOS O Estado e os Sistemas Sistemas e Planejamento Planejamento Indicativo Planejamento Executivo Planejamento Centralizado Os Sistemas Mistos PLANO PROGRAMA PROJETOS

9 Ir p/ primeira página 9 PLANEJAMENTO n CONCEITO DE PLANEJAMENTO: Conjunto de ações que envolvem a seleção de objetivos e de diretrizes, para que uma organização atinja suas metas em conjunto ou parte, através de programas e de procedimentos a serem desenvolvidos. n PLANEJAR: tomar decisões frente a um conjunto de alternativas. n EXEMPLO: Diretrizes relativas a autoridade, preços, concorrência, programas de produção, sucessão administrativa e auditoria interna - procedimentos que exigem método específico de manejo de sistemas, produtos e recursos humanos. AULA 3 Toda a tomada de decisão envolve uma simplificação da realidade William T. Morris

10 Ir p/ primeira página 10 O PLANEJAMENTO ECONÔMICO É a formulação sistemática de um conjunto de decisões devidamente integradas, que determinam os propósitos de um empreendimento e os meios para alcançá-los. - Pedro Muñoz A direção das atividades econômicas por um organismo da comunidade, valendo-se de projetos em que descreve, em termos quantitativos e qualitativos, os processos de produção que devem ser executados durante um determinado período do futuro.- Landauer Consiste na definição dos objetivos e na formulação de ações que orientam a sua realização, ordenando um conjunto de procedimentos destinados a atingir, com precisão e eficiência, os fins pretendidos. - H. Person Modos de Planejar Planejamento Doutrinário Planejamento Técnico Instrumental

11 Ir p/ primeira página 11 OBJETIVOS DO PLANEJAMENTO Necessidade de planejar: avaliar a disponibilidade de recursos e definir o melhor uso dos fatores e buscar gerir a escassez desses recursos. Planejar: fixar objetivos - alocar recursos - prever dificuldades - esboçar soluções Objetivos: - racionalizar decisões - quantificar com modelos os processos aleatórios - explicar as manifestações espontâneas - estruturar o que está desorganizado - definir metas e meios - realizar ajustes e modificações em estruturas (projetos) que revelem antagonismos com a realidade


Carregar ppt "Ir p/ primeira página 1 Apresentação da Disciplina Programa 5 a 9/3 O Sistema Econômico: 12 a 16/3 O Planejamento Econômico 19 a 23/3 O Contexto do Projeto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google