A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FIXADOR EXTERNO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA - OPERATÓRIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FIXADOR EXTERNO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA - OPERATÓRIO."— Transcrição da apresentação:

1 FIXADOR EXTERNO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA - OPERATÓRIO

2 RECEPÇÃO DO CENTRO CIRÚRGICO §Verificar sinais vitais §Checar documentação recebida, medicamentos utilizados na indução anestésica e intra-operatório §Verificar queixas que o paciente possa estar apresentando §Quando estiver com prótese dentária retirá-la §Proporcionar acesso venoso

3 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA - OPERATÓRIO §Encaminhar o paciente para sala cirúrgica §Nos casos de pós-trauma passá-lo da maca para a mesa operatória com cautela §Monitorar o paciente e posicioná-lo para a realização do procedimento anestésico §Normalmente são realizadas anestesia regional ou geral §Retorná-lo a posição dorsal §Tricotomia no membro deve ser feito na S.O. com tricotomizador

4 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA-OPERATÓRIO §Posicionar o paciente proporcionando conforto e proteção para evitar problemas futuros §Assistir a equipe cirúrgica, registrar todas as ocorrências intra-operatórias em impresso próprio §Após a instalação do fixador externo, é feito curativo com gaze ao redor dos pinos/fios e realizado o enfaixamento §Pontos cortantes dos pinos/fios do fixador externo são dobrados ou colocados dispositivos próprios na ponta dos mesmos para prevenir que estes causem lesões em outras áreas do corpo do próprio paciente ou outrem

5 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA-OPERATÓRIO §Assistir o paciente durante a reversão anestésica (nos casos de anestesia geral) §Transferir o paciente da mesa operatória para a maca, com cuidado para não tencionar a montagem do fixador externo §Encaminhar para a sala de recuperação

6 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO §Ao chegar na recuperação pós-anestésica, o membro afetado deve ser elevado para prevenir ou reduzir edema §Avaliar sinais vitais, nível de consciência, drenagem da ferida operatória, ruídos respiratórios §Avaliar estado neurovascular da extremidade do membro afetado: coloração da pele e temperatura, avaliando perfusão distal; características e intensidade do pulso

7 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO §Observar curativo, na presença de sangramento, se necessário colocar bolsa de gelo §Iniciar esquema de anti-coagulantes assim que possível dependendo da anestesia aplicada §Posicionar confortavelmente o paciente elevando a cabeceira do leito e mantendo posição alinhada com auxílio de travesseiros, almofadas ou coxins

8 ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO §Não permitir amplitude nos movimentos §Avaliar queixas de dor e parestesia §Observar sinais e sintomas da Síndrome da embolia gordurosa §Qualquer alteração respiratória como angústia e hipoxia súbita, petéquias na conjuntiva e nas axilas, bem como taquipnéia e taquicardia


Carregar ppt "FIXADOR EXTERNO ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NO INTRA - OPERATÓRIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google