A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Liga Pernambucana de Emergências Projeto de Extensão Trauma.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Liga Pernambucana de Emergências Projeto de Extensão Trauma."— Transcrição da apresentação:

1 Liga Pernambucana de Emergências Projeto de Extensão Trauma

2 Definição O que é Trauma? transferência de energia Trauma são lesões orgânicas produzidas por transferência de energia proveniente de agentes externos, esses se compreendem em: físicos, mecânicos e químicos.

3 Tipos de Trauma 1. Etiologia Cranioencefálico Torácico Vertebromedular Abdominal e Pélvico Músculo-Esquelético 2. Mecanismo Fechado/Penetrante Localização Agente/ Vetor 3. Gravidade Leve Moderado Grave

4 Características Embora comuns nos acidentes, raramente representam risco de morte imediato; Podem apresentar risco de morte quando associado à lesão vascular (hemorragias); As situações com aspectos impressionantes não devem desviar a atenção do tratamento de lesões com risco de morte em outras áreas do corpo.

5 O socorrista deve procurar identificar 1.Lesões vasculares Hemorragias. 2.Instabilidades ósseas Fraturas; Luxações. 3.Lesões de partes moles Distensões; Entorses. 4.Amputação

6 As lesões articulares podem ser Luxação: Ocorre quando a cabeça do osso, devido a um mecanismo de trauma, está fora da cápsula articular,posição anatômica. Condutas pré-hospitalares:  Imobilizar a articulação comprometida na posição que seja mais adequada;  Jamais tentar mobilizar a articulação ou tentar colocar na posição anatômica;  Manter a área em repouso. Atenção!! Nunca Atenção!! Nunca tentar re-introduzir a epífise óssea à capsula articular, pois há o risco de interposição de nervos e vasos, até mesmo fraturas.

7 Entorse: Ocorre quando a articulação realiza um movimento além do seu grau de amplitude normal, podendo lesionar ligamentos ao redor da articulação. Características:  Dor local;  Perda completa ou praticamente completa dos movimentos da articulação;  Edema;  Em alguns casos, alteração anatômica da articulação. Cuidados: Imobilizar a articulação comprometida e a região acima e abaixo; Jamais tentar mobilizar a articulação ou tentar colocar na posição anatômica; Manter a área em repouso.

8 Fraturas O corpo humano adulto possui 206 ossos e mais de 700 músculos; Os ossos nas crianças menores são mais flexíveis que no adulto. O processo de maturação óssea estende-se até os 20 anos aproximadamente. Definição: Fratura é qualquer interrupção na continuidade de um osso.

9  Fechada : A pele não foi perfurada pelas extremidades ósseas.  Aberta ou exposta : O osso se quebra atravessando a pele, ou existe uma ferida associada que se estende desde o osso fraturado até a pele

10 Características Deformidade Dor Tumefação e equimose Impotência funcional Fragmento exposto Crepitação Coloração do membro (perfusão)

11 Primeiros Socorros Condutas pré-hospitalares: Conter as hemorragias; Retirar anéis, relógio, pulseiras, expondo o membro Imobilizar com talas que ultrapassem as articulações distal e proximal, levantando o membro segurando nas duas articulações; Checar pulso distal antes e após a imobilização;

12 Obrigado!!!!


Carregar ppt "Liga Pernambucana de Emergências Projeto de Extensão Trauma."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google