A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CURVAS DE NÍVEL TOPOLOGIA – Estudo das formas da superfície terrestre e das leis que regem o seu modelado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CURVAS DE NÍVEL TOPOLOGIA – Estudo das formas da superfície terrestre e das leis que regem o seu modelado."— Transcrição da apresentação:

1 CURVAS DE NÍVEL TOPOLOGIA – Estudo das formas da superfície terrestre e das leis que regem o seu modelado

2 CURVAS DE NÍVEL - Conceito São linhas que ligam pontos, na superfície do terreno, que têm a mesma cota (mesma altitude). É uma forma de representação gráfica de extrema importância. Permitindo ao usuário a visualização de: a)Vales; b)Grotas; c)Espigões; d)Divisores de águas; e)Terrenos mais ou menos íngremes. Fonte: Fraga et al (CEFET)

3 Representação Vista panorâmica Curvas de nível

4 Geração das curvas de nível Como ilustrado na figura a seguir, as curvas de nível ou isolinhas são linhas curvas fechadas formadas a partir da interseção de vários planos horizontais com a superfície do terreno. Cada uma destas linhas, pertencendo a um mesmo plano horizontal tem, evidentemente, todos os seus pontos situados na mesma cota altimétrica, ou seja, todos os pontos estão no mesmo nível.

5 Os planos horizontais de interseção são sempre paralelos e eqüidistantes e a distância entre um plano e outro denomina-se Eqüidistância Vertical. A Equidistância Vertical varia (segundo Domingues apud Fraga) de acordo com a escala da planta, sendo sugeridos os seguintes valores: Para o traçado das curvas de nível os pontos notáveis do terreno (aqueles que melhor caracterizam o relevo) devem ser levantados altimetricamente. É a partir destes pontos que se interpolam, gráfica ou numericamente, os pontos definidores das curvas.

6 PROPRIEDADES DAS CURVAS DE NÍVEL Curvas de nível muito afastadas representam terreno plano

7 Curvas de nível mais próximas representam terrenos acidentados

8 Como indicado na figura a seguir, a maior declividade (d%) do terreno ocorre no local onde as curvas de nível são mais próximas e vice-versa.

9 Duas curvas de nível jamais devem se cruzar Duas ou mais curvas de nível não podem convergir para formar uma curva única

10 Uma curva de nível inicia e termina no mesmo ponto, portanto, ela não pode surgir do nada e desaparecer repentinamente. Figura de GARCIA e PIEDADE (1984). Uma curva pode compreender outra, mas nunca ela mesma. Nos cumes e nas depressões o relevo é representado por pontos cotados.

11 Obtenção das curvas de nível a)Quadriculação b)Irradiação Taqueométrica c)Seções Transversais d)Interpolação gráfica e)Interpolação numérica

12 Método da Quadriculação: É o mais preciso dos métodos. Também é o mais demorado e dispendioso. Recomendado para pequenas áreas. Consiste em quadricular o terreno (com piquetes) e nivelá-lo. A quadriculação é feita com a ajuda de um teodolito/estação (para marcar as direções perpendiculares) e da trena/estação (para marcar as distâncias entre os piquetes). O valor do lado do quadrilátero é escolhido em função: da sinuosidade da superfície; das dimensões do terreno; da precisão requerida; do comprimento da trena No escritório, as quadrículas são lançadas em escala apropriada, os pontos de cota inteira são interpolados e as curvas de nível são traçadas.

13 Quadriculação do Terreno

14 Método da Irradiação Taqueométrica Método recomendado para áreas grandes e relativamente planas. Consiste em levantar poligonais maiores (principais) e menores (secundárias) interligadas. Todas as poligonais devem ser niveladas. Das poligonais (principal e secundárias) irradiam-se os pontos notáveis do terreno, nivelando-os e determinando a sua posição através de ângulos e de distâncias horizontais. Esta irradiação é feita com o auxílio de um teodolito e trena ou de estação total. No escritório, as poligonais são calculadas e desenhadas, os pontos irradiados são locados e interpolados e as curvas de nível são traçadas.

15 Irradiação Taqueométrica

16 Método das Seções Transversais Método utilizado na obtenção de curvas de nível em faixas, ou seja, em terrenos estreitos e longos. Consiste em implantar e levantar planialtimetricamente os pontos definidores das linhas transversais à linha longitudinal definida por uma poligonal aberta. No escritório, a poligonal aberta e as linhas transversais são determinadas e desenhadas, os pontos de cada seção são interpolados e as curvas de nível são traçadas.

17 Seções Transversais

18 Método da Interpolação Interpolação Gráfica A interpolação gráfica surge da necessidade muito comum ao se elaborar projetos, de se conhecer a cota de um ponto em uma planta que contenha curvas de nível.

19 Exemplo de interpolação gráfica Suponha que queremos calcular a cota do ponto P.

20 Interp. Grafica - Procedimento Traçamos por P um arco de círculo tangente a curva superior (cota 110) determinando o ponto A. Unimos A com P e prolongamos o alinhamento até tocar a curva inferior (cota 100) determinando o ponto B. Medimos as distancias horizontais B-P e B-A representadas na figura anterior por xp e D respectivamente Conhecendo a equidistancia entre as curvas de nivel, por relação de triângulos (figura anterior) calculamos yp. A cota de P será a cota de B mais yp.Qp = ,25 = 106,25

21 Interpolação Numérica O método consiste em determinar os pontos de cota inteira e múltiplos da eqüidistância vertical por semelhança de triângulos:

22 Interpolação Numérica Triângulos Semelhantes Exemplo 1: Calcular as distâncias a partir do ponto A das cotas inteiras conforme croqui:

23 Interpolação Numérica Regra de Três Simples Exemplo: interpolar dois pontos de cotas 42,7m e 54,9m. Sabe-se que entre as cotas calculadas de 42,7m e 54,9m existem as cotas inteiras de 45 e 50, se a eqüidistância entre as curvas de nível for de 5 em 5 metros. 54,9 – 42,7 = 12,2m 54,9–50=4,9m 17,6m 12,2m x 4,9m x = 7,07m de A 54,9–45=9,9m 17,6m 12,2 x 9,9 x = 14,28m de A

24 Interpolação Numérica Método da Tangente Aplicando-se os valores do exemplo anterior, temos: CM = 54,9m e Cm = 42,7m C1 = 50m e C2 = 45m


Carregar ppt "CURVAS DE NÍVEL TOPOLOGIA – Estudo das formas da superfície terrestre e das leis que regem o seu modelado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google