A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Como publicar artigos Marcus Tolentino Silva BPharm, MSc, PhD

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Como publicar artigos Marcus Tolentino Silva BPharm, MSc, PhD"— Transcrição da apresentação:

1 Como publicar artigos Marcus Tolentino Silva BPharm, MSc, PhD

2 Declaração de potenciais conflitos de interesse Professor: Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas Pesquisador/colaborador: UnB, UNISO e CEBRIM/CFF Membro: HTAi, REBRATS, ABRACIT e GRADE 21 artigos publicados, três no prelo

3

4 Capítulos: 2, 3, 14, 16 e 22

5 Roteiro Vale a pena publicar artigo científico? Como começar? Canais de comunicação Escolha do periódico Planejamento, redação e revisão do texto Submissão do artigo para publicação

6 VALE A PENA PUBLICAR ARTIGO CIENTÍFICO?

7 É tarefa de quem? Pesquisador? Cientista? Iluminado? Ente especial? Qualquer pessoa com informações sistematizadas que podem ser úteis para terceiros

8 Quais motivações nos levam a publicar? Ter algo relevante para comunicar Incrementar o currículo Obter recursos para pesquisas Conquistar o respeito dos colegas Seguir o próprio impulso Manter revistas em circulação

9 Ter algo relevante a comunicar Você tem algo a dizer para a comunidade científica? Você tem algo a dizer para o público em geral?

10 Incrementar o currículo Regra atual: quantidade e qualidade das publicações Publicar e prosperar Publique ou desapareça

11 Obter recursos para pesquisas Cenário de escassez de recursos demanda maior que a oferta Disputa acirrada Uma boa idéia apenas não ajuda publicar sinaliza as comissões de avaliação que o pesquisador leva a frente um projeto de pesquisa até completá-lo Melhores plataformas de atualização do currículo

12 Conquistar o respeito dos colegas Causa uma boa impressão Proferir palestras Membro de bancas Conselhos universitários Comissões de revistas científicas Organismos de ciência e tecnologia

13 Seguir impulso próprio para escrever Escrever por vocação ou prazer Propensão individual Influência familiar Exposição a ambientes em que a publicação é habitual

14 Manter as revistas científicas em circulação Se não existem bons artigos não há boas revistas Trata-se de uma maneira eficiente de divugação

15 Prestígio de um periódico científico Número de citações 150 revistas respondem por metade do que é citado na literatura científica Indicador utilizado: fator de impacto Círculo vicioso de periódicos não indexados Hierarquia dos periódicos científicos A avaliação da publicação nacional está fundamentada na hierarquia

16

17 Valorização da publicação Aumento do número médio de autores por artigo (BMJ: 3,2 a 4,5 em 20 anos chefes de departamento e professores) Especialização e trabalho multidisciplinar Valorização excessiva do número de publicações para avaliar pesquisadores e instituições Publique ou morra Bom pesquisador é o que muito publica

18 Valorização da quantidade de artigos por autor Crescimento do número de periódicos Aumento de números especiais, temáticos ou suplementos Aparecimento de publicações indevidas Comportamentos indevidos

19 Valorização da quantidade de artigos por autor Publicações repetidas Fragmentação exagerada Autoria presenteada Fabricação de dados Falsificação Plágio Roubo de idéias

20 COMO COMEÇAR?

21 Etapas mínimas de uma investigação Definir o objetivo e a questão a ser respondida Revisão abrangente e rigorosa da literatura científica Reflexão sobre o tema

22 Definição do objetivo e/ou questão a ser definida P – população I – intervenção C – comparador O – Desfecho (outcome) T – Tipo de estudo F – Factível? I – Interessante? N – Nova? E – Ética? R – Relevante?

23 O que é necessário? Epidemiologia Estatística Conhecimentos próprios sobre o assunto

24 Auxílios e perigos para uma boa redação científica Google Wikipedia Dicionários Enciclopédias Guias de redação e estilo Diretrizes para o relato mais adequado – Roger Bacon ( ): Confiança em autoridade inadequada Força do costume Opinião da massa carente de experiência Tendência a ocultar a própria ignorância atrás de sabedoria superficial

25

26 CANAIS DE COMUNICAÇÃO

27 Principais canais de comunicação científica escrita 1.Anais de eventos 2.Relatórios 3.Teses e dissertações 4.Livros 5.Periódicos

28 Periódico científico Corpo editorial reconhecido Utilizam revisão por pares ISSN (International Standard Serial Number) Unidade de informação: artigo científico

29 Tipos de artigo Original Comunicação breve Relato de casos Revisão Correspondência Editorial Resenha Consenso Outros tipos (conferências, monografias, estudos teóricos)

30 Leituras obrigatórias Instruções aos autores Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)? Normas de Vancouver: ICMJE –

31

32

33 ESCOLHA DO PERIÓDICO

34 Fatores que influenciam a escolha Prestígio do periódico Público-alvo Características do periódico Probabilidade de aceitação Tiragem Rapidez de publicação

35 Fatores que influenciam a escolha Características do editor Utilidade das sugestões dos revisores Hábito de publicar naquele periódico Recomendação de colegas

36 Critérios para indexação de periódicos Conteúdo: mérito científico, artigos originais > 50% Revisão por pares Comitê editorial Regularidade de publicação Periodicidade: mínimo trimestral

37 Critérios para indexação de periódicos Tempo de existência: mínimo de três fascículos Normalização: deve especificar Layout: boa qualidade na apresentação gráfica, ilustrações e impressão impresso ou eletrônico

38 Tendência sugerida pelo fator de impacto Artigos de ciência básica são citados em curto período de tempo Artigos contendo descrição de métodos são os mais citados Em medicina, os relatos de consensos costumam ser bastantes citados

39 Tendência sugerida pelo fator de impacto Recebem cerca de 10 citações: – 2/5 das revisões sistemáticas com meta-análises Revisões sistemáticas recebem mais citações que revisões narrativas: cerca de 2x

40 Tendência sugerida pelo fator de impacto Recebem cerca de 10 citações: – 1/3 dos ensaios clínicos randomizados – 1/10 a 1/5 dos estudos observacionais – < 1/100 dos relatos de caso + séries de casos

41 Sistema QUALIS/CAPES Decisão por área possibilidade de alteração Medicina 1 – A1: FI > 3,8 – A2: FI 3,7 a 2,5 – B1: FI 2,4 a 1,3 – B2: FI < 1,2 – B3: FI – Medline sem FI – B4: FI – Scielo sem FI – B5: FI – Lilacs e Latindex sem FI – C: FI – sem indexação, nenhum peso, sem relevância

42

43

44 Idioma Universalmente aceito: inglês

45 Busca por periódico

46

47 PLANEJAMENTO, REDAÇÃO E REVISÃO DO TEXTO

48 Principais ingredientes Talento Honestidade Conhecimento Espírito científico

49 Sugestão para início da redação científica Resultados Método Discussão Introdução Clareza Concisão Exatidão Sequência lógica de apresentação de fatos e argumentos Elegância

50 Revisar

51 SUBMISSÃO DO ARTIGO PARA PUBLICAÇÃO

52 Exigências comuns Texto original, nunca foi publicado Não pode haver submissão simultânea Transferência de direitos autorais

53 Exigências comuns Aprovação do texto por todos os autores Respeito aos aspectos éticos Potenciais conflitos de interesse explícitos

54 Aspectos gerais Está adequado o tipo de letra, tamanho da fonte, espaço entre linhas, margens, tamanho do papel e outras formatações – Papel A4 (Brasil) e papel carta (USA) Idioma correto? – Mesmo em português, é comum a exigência do resumo, título e palavras-chaves em inglês

55 Título, resumo e palavra-chave Estão adequados? Há necessidade de título abreviado? O resumo está adequado? – Prefira os estruturados

56 Estrutura do artigo Está no formato IMRD? Está respeitando o limite de palavras? O texto está acompanhado das referências, tabelas e figuras? As referências estão no formato adequado? Todas as referências estão citadas no texto?

57

58

59 Estrutura do artigo O limite de referências foi obedecido? O número de ilustrações (tabelas e figuras) está adequado? As tabelas estão formatadas adequadamente? As figuras estão na especificação correta? As legendas e títulos estão adequados?

60 Carta de apresentação e declarações CUIDADO: junto com o resumo, a carta de apresentação é o que o editor vai ler para decidir se o artigo está no escopo da revista faça-o com afinco Todas as declarações exigidas estão prontas? As formas de contato e filiações estão corretas?

61 Como lidar com editores? Raramente um artigo científico submetido à publicação será aceito sem correções É necessário lidar com as mudanças de texto (ruins e boas) Abusar da competência e tato para informar todas as mudanças ao editor

62 Como publicar artigos Marcus Tolentino Silva BPham, MSc, PhD


Carregar ppt "Como publicar artigos Marcus Tolentino Silva BPharm, MSc, PhD"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google