A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

-- 2 -- A PAS 55 combina atividades sistemáticas, coordenadas e práticas pelas quais uma organização gerencia de forma otimizada e sustentável seus ativos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "-- 2 -- A PAS 55 combina atividades sistemáticas, coordenadas e práticas pelas quais uma organização gerencia de forma otimizada e sustentável seus ativos."— Transcrição da apresentação:

1

2 A PAS 55 combina atividades sistemáticas, coordenadas e práticas pelas quais uma organização gerencia de forma otimizada e sustentável seus ativos e sistemas, suas performances, bem como os seus riscos e custos associados. Porém, ela não apresenta em detalhes como deve ser feito! Os Aspectos da Engenharia da Confiabilidade estão ocultos dentro destas diretrizes, e se você não tiver um profundo conhecimento deles, seu processo de gestão pode não alcançar um alto nível de excelência. Introdução

3 Como você vai gerenciar seus ativos sem conhecer sua performance de confiabilidade ao longo do tempo de operação? Gestão de Ativos e Confiabilidade

4 Gestão de Ativos suportada pela Confiabilidade A confiabilidade é fundamental para o sucesso da Gestão de Ativos

5 PAS 55 e Engenharia de Confiabilidade PAS 55 Reliability Engineering SectionElementElement Title 4.1 General requirements 4.2 Asset management policy Asset Management Cycle Asset management strategy Asset Management Cycle Asset management objectives Asset Management Cycle Asset management plan(s) Asset Management Cycle – Define the Reliability and Availability Requirements Contingency planning Structure, authority and responsibilities Outsourcing of asset management activities Specifying Reliability and Availability Requirements for Suppliers Training, awareness and competence Reliability Engineering Capacitation Communication, participation and consultation Asset management system documentation Asset Dashboard – With All Important Information from the Asset: # Failures | MTBF / MTTR | Reliability & Availability Distribution | Maintenance Costs | Reliability Forecast |Risk Information Information management Data Collecting Management / Data Quality Management / Asset Management System with Reliability (LDA, RGA, RCA, RCM, FMEA, etc.) Risk management process(es) Life Data Analysis / RAM analysis / Probabilistic Event and Risk Analysis / Reliability Centered Maintenance Risk management methodology Risk identification and assessment Use and maintenance of asset risk information Asset Dashboard Legal and other requirements Risk Based Inspection – RBI API/ OSHA Management of change Life Data Analysis / Reliability Growth / RAM Analysis

6 PAS 55 e Engenharia de Confiabilidade PAS 55 Reliability Engineering SectionElementElement Title Life cycle activities Life Data Analysis / Reliability Growth / RAM Analysis / Life Cycle Cost Tools, facilities and equipment Performance and condition monitoring Degradation Analysis / Life Data Analysis Investigation of asset-related failures, incidents and nonconformities Failure Reporting, Analysis and Corrective Action Systems (FRACAS) / Root Cause Analysis (RCA) Evaluation of complience Audit Corrective and preventive action Failure Reporting, Analysis and Corrective Action Systems (FRACAS) Continual improvement Failure Reporting, Analysis and Corrective Action Systems (FRACAS) Records Knowledge Management – Centralized System Unites All Past Analysis (LDA / RCA / RCM / RAM / RGA / ETC.) 4.7 Management review Monitoring KPI´s (MTBF / MTTR / Availability / # Failures / Reliability Behavior)

7 Planejamento Estratégico KPIs Planejamento Estratégico O ponto chave da PAS 55 é o link entre dois mundos distintos, o mundo dos acionistas e o do time de gestão de ativos Portanto, é importante criar um processo formal e estruturado, onde o Planejamento Estratégico Organizacional será desdobrado em diversos níveis, para possibilitar a monitoração e a gestão dos ativos da organização

8 Outsourcing de atividades de Gestão de Ativos Especificando os requisitos de Confiabilidade e Disponibilidade para os fornecedores

9 Treinamento, Conhecimento e Competências Confiabilidade e Análise de Dados de Vida - LDA Confiabilidade/Mantenabilidade de Sistemas Análise RAM Manutenção Centrada na Confiabilidade – RCM Análise de Crescimento da Confiabilidade Análise de Causa Raiz Gestão de Ativos suportada pela Engenharia de Confiabilidade Custo do Ciclo de Vida - LCC

10 Documentação da Gestão de Ativos Desenvolver um painel para centralização de todas as informações referentes aos ativos Este painel pode conter informações atuais e futuras do ativo, incluindo: - Informação básica do ativo - Posição funcional - Últimas ordens de serviço - Planos de manutenção programada - Planos de contingência (se aplicável) - Perda de produção - KPIs (MTBF / MTTR / Disponibilidade / Custo / Etc.) - Todo histórico de análises (LDA/RCA/RCM/Etc.) - Comportamento da confiabilidade - Reliability Forecast - Competências dos operadores / gerentes - Etc.

11 Gestão da Informação Ordens de Serviço Perda de Produção Informação do Ativo Manutenção Preventiva Tarefas de Manutenção Confiabilidade Business Intelligence ® Aplicar Técnicas de Análise ERP System CMMs System Maintenance Inspection System PINS Access OX … X... Gestão de Ativos 4.4.6

12 Gestão do Risco Confiabilidade é o fator chave para o Gestão do Risco Existem algumas maneiras de medir o risco através da análises qualitativas, no entanto, se você aposta todas as suas fichas nesse tipo de análise, certamente a empresa está perdendo oportunidades de ganhos financeiros Para a Gestão do Risco é crucial aplicar análises quantitativas A idéia não é parar de usar a análise qualitativa, mas definir a melhor ferramenta a ser aplicada dependendo com o que você esta lidando. Em algumas situação a única maneira de atingir seu objetivo é através da análise qualitativa!

13 Análises de Dados de Vida - LDA

14 O estudo de RCM (Manutenção Centrada na Confiabilidade) fornece uma visão estruturada para analisar as funções e falhas potenciais de seus ativos, de maneira a desenvolver uma plano para a programação das ações de manutenção que irão fornecer um certo nível de operabilidade aceitável, com um certo nível de risco aceitável, com custo benefício aceitável O RCM possui foco em, preservar a função do sistema, invés de preservar o equipamento Manutenção Centrada na Confiabilidade - RCM

15 Simulação e Análise RAM

16 Requisitos Legais e Outros OSHA API RP 580 NR13 X

17 FRACAS (Failure Reporting and Corrective Actions) Monitorar e compreender os incidentes. Investigação das Falhas, Incidentes e Não Conformidades

18 Análise de Causa Raiz Metodologia para analisar logicamente eventos de falha, identificar todas suas causas em termos físico, humano e primário, e definir ações corretivas para prevenir sua recorrência Investigação das Falhas, Incidentes e Não Conformidades A RCA estende o entendimento das causas raízes primárias, indo além das causas físicas e humanas Estabelece uma união de fatores baseada em evidências

19 Uma outra maneira de atribuir a Confiabilidade, com pouca ou nenhuma falha, é a utilização da análise de degradação A análise de degradação envolve a medição e a extrapolação da degradação, obtendo dados que podem ser diretamente relacionados com uma suposta falha do produto em questão Muitos mecanismos de falha podem ser diretamente relacionados com a degradação de uma parte do produto A análise de degradação permite que se extrapole o tempo desta suposta falha, baseado nas medidas de degradação e sua performance ao longo do tempo Monitoramento da Performance e da Condição 4.6.1

20 Análise de Degradação Medição da Degradação Projeções de Falha Curvas de Confiabilidade Análise de Dados de Vida

21 Registros A maioria das empresas comete o mesmo erro. Não gerenciam o conhecimento Várias atividades incluindo análises, planos de ação e decisões não são registradas apropriadamente e não são armazenadas em um local onde outros profissionais envolvidos com a gestão de ativos podem ter acesso no futuro Muito dinheiro e tempo podem ser economizados com uma gestão do conhecimento eficaz 4.6.6

22 Revisão 4.7 A alta gerencia deve revisar periodicamente o andamento da Gestão de Ativos para assegurar a aplicação efetiva e sustentável de todas as metodologias e ferramentas necessárias A revisão inclui também verificar a necessidade de mudanças no Sistema de Gestão de Ativos, incluindo a política, estratégia, objetivos e planos Gestão de Ativos

23 Ciclo de Gestão de Ativos – Estudo de Caso Política Estratégia Objetivos Planos Ciclo de Gestão de Ativos

24 Desdobrar em Planos Ferramentas de Confiabilidade - Análise RAM - Análise RCM - LDA Política Estratégia Objetivos Planos Disponibilizar um trem a cada cinco minutos em áreas centrais e em outras áreas a cada 10 minutos Modernizar a infra-estrutura básica, para atender ao crescimento da demanda que é de 8% ao ano, investindo de forma eficiente $ ao longo dos próximos 5 anos Estamos comprometidos em maximizar o retorno sobre o investimento dos nossos acionistas, através de prestação de serviços de alto valor para nossos clientes de forma legal, ambientalmente correta e sustentável, sem comprometer a saúde e a segurança de nossos funcionários...

25 Aplicando as Ferramentas de Engenharia de Confiabilidade Fluxograma de Processo Diagrama de RBD Exemplo de processo de mineração

26 Aplicando as Ferramentas de Engenharia de Confiabilidade Distribuição de ConfiabilidadeDistribuição de Mantenabilidade Análise de dados de vida Confiabilidade & Mantenabilidade

27 Aplicando as Ferramentas de Engenharia de Confiabilidade Disponibilidade do Trem = 85% Análise de dados de vida Diagrama de Blocos de Confiabilidade Simulação de Monte-Carlo Análise RAM

28 Iniciando o Ciclo de Gestão de Ativos Modernizar a infra-estrutura básica, para atender ao crescimento da demanda que é de 8% ao ano, investindo de forma eficiente R$ ao longo dos próximos 5 anos Planos A análise RAM realizada indica uma Meta de 85% de disponibilidade para os Trens Política Estratégia Objetivos Disponibilizar um trem a cada cinco minutos em áreas centrais e em outras áreas um trem a cada 10 minutos Estamos comprometidos em maximizar o retorno sobre o investimento dos nossos acionistas, através de prestação de serviços de alto valor para nossos clientes de forma legal e ambientalmente correta e sustentável, sem comprometer a saúde e a segurança de nossos funcionários... Ciclo de Gestão de Ativos

29 Ciclo de Gestão de Ativos D M A I C Medir KPI Definir KPI Estabelecer as Metas do KPI e Responsáveis NOF esperado Disponibilidade Perda de Produção Custo Total MTBF MTTR PassosExemplo LDA / FTA / RCA RAM / RGA / 5 Why's Análise de Degradação/ Ishikawa / Etc. Analisar Auditoria: Monitorar o KPI Checar a eficácia do Projeto de Melhoria Realizar RGA periodicamente Criar um projeto de melhoria e planos de ação para restabelecer o KPI num nível aceitável Autorização do Comitê de Revisão do Projeto de Melhoria Aplicar análise de FTA e RCA KPI de Alto Nível : Disponibilidade Disponibilidade de Trem = 85%. Resp.: João Antônio Importância do Ativo: Ativo Crítico Melhorar 1.Criar Projeto de Melhoria 2.Designar Responsável 3.Adicionar Informação de ROI 4.Comitê de Revisão do PM 5.Criar Plano de Ação 6.Designar Resp. pelo PA Controlar Acompanhar PM / PA Auditoria Check list Inspeção RGA Revisar KPIs Configurar Alertas para monitorar os KPI Comitê de Revisão de Análise - CRA

30 Desdobrando em KPIs Custo de Manutenção MTBF MTTR Disponibilidade N de Falhas Determinação de ativos Críticos Análise RAM Definir KPIs apropriados Exemplo: KPI de Alto Nível : Disponibilidade Disponibilidade de Trem = 85%. Resp.: João Antônio

31 Monitorando os KPIs

32 Iniciando a Análise de Falha Análise de Árvore de Falha Análise de Causa Raiz Neste estudo de caso estamos tratando uma falha de um Britador que fez com que o KPI atingisse um valor disparando um alerta, no entanto, no processo de gestão de ativos temos de lidar com qualquer tipo de eventos, incidentes ou problemas

33 Projetos de Melhoria / Planos de Ação Projeto de Melhoria Planos de Ação

34 Ciclo de Gestão de Ativos – Controlar KPIs e Alertas Painel do Ativo MTBF Trend – Análise de RGA Depois que o projeto de melhoria foi implementado, é preciso monitorar o ativo para verificar a eficácia das mudanças

35 A Gestão de Ativos tem uma visão holística que possibilita unir diferentes partes de uma organização que conjuntamente buscam atingir os objetivos estratégicos da empresa O ponto chave da PAS 55 é o link entre dois mundos distintos, o mundo dos acionistas e o do time de gestão de ativos Porém, a norma não apresenta em detalhes Como Fazer Os aspectos da Engenharia da Confiabilidade estão ocultos dentro de diretrizes, e se você não tiver um profundo conhecimento deles, seu processo de gestão pode não alcançar um alto nível de excelência A confiabilidade é fundamental para o sucesso da Gestão de Ativos Sumário

36 Life Data Analysis Reference, ReliaSoft Publishing, 2005 System Reliability Reference, ReliaSoft Publishing, 2007 RS530-Reliability Business Intelligence for Asset Performance Management_V102 PAS 55 link: PAM link: OSHA link: NR13 link: AF9F-4E4F7FD01285}&ServiceInstUID={D3EE7441-F184-41EC-A9CD-E A} LinkedIn Groups Applied Asset Performance Management Reliability Success Confiabilidade Aplicada Softwares de análise: Weibull++ 7 BlockSim 7 RGA Xfracas Orion eAPI System – Reliability Business Intelligence® Onde Encontrar Mais Informações

37 Informações de Contato Claudio Caiani Spanó ReliaSoft Brasil Presidente Tel.:

38 Informações de Contato Obrigado pela sua atenção Você tem alguma dúvida?


Carregar ppt "-- 2 -- A PAS 55 combina atividades sistemáticas, coordenadas e práticas pelas quais uma organização gerencia de forma otimizada e sustentável seus ativos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google