A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Viver implica conviver Cidália de Jesus Cordeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Viver implica conviver Cidália de Jesus Cordeiro."— Transcrição da apresentação:

1 Viver implica conviver Cidália de Jesus Cordeiro

2 Viver implica conviver Para compreendermos o significado do termo cidadania importa recorrermos à história. Assim, recuando até à Grécia Antiga ( séc. V a. C.) é de realçar a afirmação de Aristóteles: o ser humano é, por natureza, um ser vivo político.

3 Viver implica conviver Na verdade, com a afirmação anterior Aristóteles quer sublinhar a ideia de que o ser humano por natureza necessita de viver em comunidade social, ou seja, na Cidade. Constituindo-se como um ser gregário por excelência.

4 Viver implica conviver Nesta linha de pensamento, o fim último da política é formar Homens de Bem. A vida em comunidade promove a qualidade de vida individual.

5 Viver implica conviver Ser cidadão significava, então, ser reconhecido como um membro pleno e igual. Com o direito de participar activamente na vida da Cidade-Estado. Tratava-se de um esboço do que poderemos considerar hoje um ideal democrático.

6 Viver implica conviver Este ideal (viver em comunhão com os outros), foi ao longo da história tomando várias formas tendo sido muito vezes anulado em nome do servilismo.

7 Viver implica conviver Hoje, quando falamos de cidadania importa realçar todas as conquistas, no domínio dos Direitos Humanos, que foram possíveis graças aos actos heróicos de homens e mulheres que lutaram por mais direitos, maior liberdade e melhores garantias de vida para todos, o que em alguns casos lhes custou a própria vida.

8 Viver implica conviver As experiências de vida destas pessoas são testemunhos de uma abertura ao outro, são exemplos de actos de solidariedade, de altruísmo, caridade e de valores de excelência. Estamos a falar, entre muitos, de Gandhi, Madre Teresa de Calcutá. …

9 Viver implica conviver Em oposição ao que dissemos anteriormente podemos descrever múltiplas situações que são verdadeiros atropelos à dignidade humana. Assim, o que pensar do 11 de Setembro, ou do atentado último ao aeroporto de Moscovo. Não podemos continuar mantermos indiferentes.

10 Viver implica conviver Ser cidadão é ter consciência dos nossos direitos (direito à vida, à liberdade, à igualdade, enfim, direitos civis, políticos e sociais). Mas é também cumprir os nossos deveres.

11 Viver implica conviver Ser cidadão significa ser responsável. A responsabilidade traduz-se na tomada de consciência dos nossos actos. A acção humana é a manifestação de uma vontade livre e portanto consciente. O sujeito não pode ignorar a intenção e as circunstâncias, assim como, as consequências da sua acção.

12 Viver implica conviver Novos desafios se colocam ao cidadão de hoje. Urge repensar o nosso caminho, de forma a que as gerações futuras possam desfrutar em pleno do azul dos mares.

13 Viver implica conviver Em sentido amplo, a estratégia do chamado desenvolvimento sustentável é repor a harmonia entre os seres humanos e entre esses e a natureza.

14 Palavras-chave: compromisso comunhão direitos/deveres engagement liberdade responsabilidade voluntariado

15 Para reflectir: Sê. Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina, sê um arbusto no vale mas sê, o melhor arbusto à margem do regato. Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore. Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva. E dá alegria a algum caminho. Se não puderes ser uma estrada, sê apenas uma senda, Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela. Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso... Mas sê o melhor no que quer que sejas. Pablo Neruda


Carregar ppt "Viver implica conviver Cidália de Jesus Cordeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google