A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL E NA EDUCAÇÃO INFANTIL Parâmetros Curriculares Nacionais PCN.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL E NA EDUCAÇÃO INFANTIL Parâmetros Curriculares Nacionais PCN."— Transcrição da apresentação:

1 CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL E NA EDUCAÇÃO INFANTIL Parâmetros Curriculares Nacionais PCN

2 PCN CAI NA PROVA? Vamos relembrar nossas aulas dos outros períodos? Quais são os blocos/eixos temáticos, propostos nos PCN para o ensino de Ciências no fundamental 1º e 2 ciclos? 1- AMBIENTE 2- SER HUMANO E SAÚDE 3- RECURSOS TECNOLÓGICOS

3 PCN - CARACTERÍSTICAS áreas de abordagem para o ensino de Ciências; metodologias que contemplassem a interdisciplinaridade; estudo integrado e repetido de diversos temas; conteúdos com diferentes abordagens e respeitando a maturidade dos alunos.

4 Estratégias para a abordagem dos blocos temáticos Os blocos temáticos indicam perspectivas de abordagem e dão organização aos conteúdos sem se configurarem como padrão rígido; Possibilitam estabelecer diferentes sequências internas aos ciclos; Permite fazer conexões entre conteúdos dos diferentes blocos, das demais áreas e dos temas transversais;

5 Os professores em busca de novas perspectivas A importância do papel do professor enquanto “agente” de mudança, favorecendo a compreensão mútua e a tolerância.

6 Modificação do Pensar, do Ensinar Século XXI, os preconceitos étnicos e culturais necessitam ser definitivamente eliminados; *a tolerância e a *compreensão adjetivos propulsores do ensino atual

7 Origem no latim, com três significados básicos: a)Domínio particular do conhecimento; matéria de ensino = sentido comum de um campo específico de conhecimento. b)Conjunto de regras de conduta; obediência a essas regras = método de comportamento. c)Regra de conduta que o indivíduo se impõe = específica de certas coletividades. O QUE É ENTENDIDO POR DISCIPLINA?

8 TEMAS TRANSVERSAIS Os Parâmetros Curriculares Nacionais, ao propor uma educação comprometida com a cidadania, elegeram, baseados no texto constitucional, princípios segundo os quais orientar a educação escolar: Dignidade da pessoa humana Implica respeito aos direitos humanos; Repúdio à discriminação de qualquer tipo; Respeito mútuo nas relações interpessoais;

9 ÉTICA/SAÚDE/MEIO AMBIENTE/ORIENTAÇÃO SEXUAL/PLURALIDADE CULTURAL Igualdade de direitos O princípio da eqüidade, isto é, que existem diferenças (étnicas, culturais, regionais, de gênero, etárias, religiosas, etc.); Considerar as desigualdades (socioeconômicas) que necessitam ser levadas em conta para que a igualdade seja efetivamente alcançada.

10 ÉTICA/SAÚDE/MEIO AMBIENTE/ORIENTAÇÃO SEXUAL/PLURALIDADE CULTURAL Participação Princípio democrático, traz a noção de cidadania ativa; Permitir a participação popular no espaço público, compreendendo que não se trata de uma sociedade homogênea e sim marcada por diferenças de classe, étnicas, religiosas, etc.

11 ÉTICA/SAÚDE/MEIO AMBIENTE/ORIENTAÇÃO SEXUAL/PLURALIDADE CULTURAL Co-responsabilidade pela vida social Implica partilhar com os poderes públicos e diferentes grupos sociais, organizados ou não, a responsabilidade pelos destinos da vida coletiva. É, nesse sentido, responsabilidade de todos a construção e a ampliação da democracia no Brasil.

12 Aprofundamento e ampliação de conhecimentos de uma mesma área. Métodos próprios de investigação. Especialização cada vez maior. Limites bem estabelecidos pela área de conhecimento. Caminho normal para a evolução da ciência. Logo, a disciplinaridade refere-se, no máximo, a um nível de realidade. Na maioria dos casos está somente preocupada com os fragmentos de um nível de realidade. Características da disciplinaridade:

13 PROCESSOS DE AQUISIÇÃO DE CONHECIMENTO CONHE- CIMEN-TO MultiPluri Inter TransDis

14 JUSTIFICATIVA: “A linguagem disciplinar [...] não deu conta de provocar a interação entre os conhecimentos das várias disciplinas criadas pela ciência moderna.” (BARBOSA, 2001) MULTIDISCIPLINARIDADE : Ocorre quando “para a solução de um problema, torna-se necessário obter informação de duas ou mais ciências ou setores do conhecimento, sem que as disciplinas envolvidas no processo sejam elas mesmas modificadas ou enriquecidas” (Piaget apud CHAVES, 1988, p. 5). OS CAMINHOS DE MULTI, PLURI, INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE

15 PLURIDISCIPLINARIDADE : A diferença entre multi para pluri é ‘quase’ nula: Multi = conjunto de disciplinas trabalhadas simultaneamente, sem relações explícitas. Pluri = justaposição de várias disciplinas no mesmo nível hierárquico, cujas relações são aparentes. Ex.: Trabalhos de ecologia, especificamente para o estudo da biocenose, necessitam de várias disciplinas, como a botânica, zoologia e meteorologia. “ Os caminhos da MULTI, PLURI, INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE

16 INTERDISCIPLINARIDADE: Transfere métodos de uma disciplina para outra. É o resultado da articulação entre duas ou mais disciplinas com objetivos pedagógicos comuns. Extravasa as disciplinas, mas sua meta ainda permanece dentro da estrutura da pesquisa disciplinar. Exemplos: os métodos da física nuclear são transferidos para a medicina e isso leva para o aparecimento de novos tratamentos para o câncer; os métodos da química transferidos para biologia, nasce a bioquímica; e da transferência de métodos computacionais para a arte, a arte computacional é gerada. Os caminhos da MULTI, PLURI, INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE

17 TRANSDISCIPLINARIDADE: Refere-se à dinâmica engendrada pela ação simultânea de diversos níveis de realidade. Está entre as disciplinas, através de diferentes disciplinas e além de todas as disciplinas. É alimentada pela pesquisa disciplinar. O conceito envolve “não só as interações ou reciprocidade entre projetos especializados de pesquisa, mas a colocação dessas relações dentro de um sistema total, sem quaisquer limites rígidos entre as disciplinas”.(Piaget, apud CHAVES, 1988, p. 5). Exemplos: o entendimento do mundo atual - não pode ser realizado em uma estrutura de pesquisa disciplinar, por isso há que extravasar fronteiras. É uma forma de auto-transformação orientada para o auto- conhecimento. Reconcilia ciências exatas, humanas, arte, literatura, poesia, experiência anterior. Os caminhos da MULTI, PLURI, INTER E TRANSDISCIPLINARIDADE


Carregar ppt "CIÊNCIAS NO ENSINO FUNDAMENTAL E NA EDUCAÇÃO INFANTIL Parâmetros Curriculares Nacionais PCN."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google