A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

III - ORIENTAÇÕES AO TCC Profª. Onísia Carmen Stoinski Póvoas – fone 3210-5744 Site:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "III - ORIENTAÇÕES AO TCC Profª. Onísia Carmen Stoinski Póvoas – fone 3210-5744 Site:"— Transcrição da apresentação:

1 III - ORIENTAÇÕES AO TCC Profª. Onísia Carmen Stoinski Póvoas – fone Site:

2 I - COMO INICIAR OS TRABALHOS ACADÊMICO- CIENTÍFICOS? 1. Generalidades - Ao redigir um trabalho acadêmico-científico, o aluno deverá confeccionar três elementos assim designados: pré- textuais, textuais e pós-textuais. Nessa cartilha, esses elementos serão apresentados em três diferentes seções e, na medida do possível, ilustrados com exemplos. Na primeira delas, (PRÉ-TESTUAIS) trataremos dos elementos básicos que auxiliarão os alunos a elaborarem os textos que deverão ser entregues e/ou apresentados aos professores, no decorrer do semestre, nas diversas disciplinas. Na segunda, ‘Projetos de pesquisa’ e na terceira, ‘TCCs – trabalhos de conclusão de curso’, apresentamos as orientações para esses importantes instrumentos utilizados na construção do conhecimento científico na Universidade.

3 2. VAMOS ENTENDER MELHOR? A - ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS São informações de identificação que antecedem o texto. Dependendo da natureza do trabalho, algumas delas são de uso obrigatório, tais como capa, folha de rosto e sumário e outras são de uso opcional, como dedicatória, agradecimentos, epígrafe, dentre outras. B - ELEMENTOS TEXTUAIS Constitui-se no texto propriamente dito. Veremos como esse chamado ‘corpo do texto’ poderá assumir diferentes formatos, ou seja, possuir diferentes itens, dependendo do tipo de trabalho que se está realizando, quer seja um projeto de pesquisa, um relatório, uma síntese etc. C - ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS São documentos complementares, colocados ao final do texto para não alongá-lo e não interromper a seqüência lógica da exposição. Servem para enriquecer e esclarecer o trabalho.

4 3. COMO FAZER? 3.1 CAPA: Elemento obrigatório, onde as informações são transcritas na seguinte ordem: nome do autor ou autores (em ordem alfabética) título e sub-título (se houver) - Exemplos: - Sem subtítulo: O AUMENTO DOS ÍNDICES DE OBESIDADE NA INFÂNCIA - Com subtítulo: O AUMENTO DOS ÍNDICES DE OBESIDADE NA INFÂNCIA: conhecendo a realidade de Uberlândia/MG nome da IES faculdade a qual pertence o curso local/ano

5 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DA CAPA A capa, assim como todo o trabalho, deve ser confeccionada em papel sulfite branco, tamanho A4, com margens medindo 3 cm, superior e esquerda e 2 cm, inferior e direita. A fonte utilizada deve ser a Times New Roman ou Arial, tamanho 14 ou 16, todas maiúsculas, como mostra o modelo abaixo. O alinhamento deverá ser centralizado. O espaçamento entre linhas deverá ser simples. Para efeito de numeração de páginas, a capa não é contada.

6 NOME DO(S) AUTOR(ES) TÍTULO UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LOCAL/ANO

7 FOLHA DE ROSTO 3.2 FOLHA DE ROSTO: Elemento obrigatório, com a seguinte disposição de informações. a) nome do autor ou autores (em ordem alfabética) b) título e sub-título (se houver) c) parágrafo recuado 6 cm contendo as informações vistas no modelo abaixo, cuja fonte deve ser tamanho 10 ou 11 e possuir alinhamento ‘justificado’ d) nome da IES e) faculdade à qual pertence o curso f) local/ano

8 APRESENTAÇÃO GRÁFICA A folha de rosto tem o importante papel de informar dados relevantes do trabalho a quem está lendo, como, por exemplo, o tipo de trabalho (pesquisa teórica, relatório, resumo, exercícios, estudo dirigido, projetos de pesquisa, etc), a disciplina, o professor e a IES. Observe que todos os itens componentes da capa são reapresentados na folha de rosto com as mesmas medidas. Ao acrescentar a nota (parágrafo em recuo), diminua o tamanho da fonte e lembre-se do alinhamento ‘justificado’. Para efeito de numeração de páginas, a folha de rosto é contada, mas não é numerada, ou seja, é a folha número 1, mas esse número não aparecerá impresso. Confira nos modelos e, na página seguinte, em detalhe, a nota que compõe o parágrafo recuado da folha de rosto:

9 NOME DO(S) AUTOR(ES ) TÍTULO Monografia apresentada à banca examinadora da Faculdade... da Universidade Presidente Antônio Carlos/Araguari, como exigência parcial para obtenção do grau de... (licenciado/bacharel) em... (curso), sob orientação do/a prof/a.... UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LOCAL/ANO

10 3.3 SUMÁRIO: Elemento obrigatório, cujas partes são acompanhadas do(s) respectivo(s) número(s) da(s) página(s). É a enumeração das principais divisões, seções e outras partes do trabalho, na ordem em que nele se sucedem. O sumário faz-se necessário apenas para trabalhos que possuem divisões e dependerá, ainda, da extensão do texto, que deverá ser julgada pelo próprio autor ou seguir a solicitação do professor. Exemplificando: digamos que o professor tenha solicitado um trabalho a respeito da morfologia e fisiologia das aves e o aluno o dividisse em várias ‘partes’. Essas diferentes seções constariam no sumário da seguinte maneira: Introdução: apresentando as aves Classificação, subclasses e ordens Morfologia externa e funções Morfologia interna e fisiologia Outros aspectos: reprodução, características adaptativas e voo Considerações finais Referências

11 Sugere-se que haja uma distribuição uniforme dos itens do Sumário na folha de papel. Para isso, as fontes tipo Times New Roman ou Arial poderão ser utilizadas em tamanho 12, 14 ou 16. Sugere-se para o termo ‘sumário’ o alinhamento centralizado e para os itens, o alinhamento justificado. Caso conste Sumário no trabalho, para efeito de numeração de páginas, essa folha será contada, mas não numerada, ou seja, será a folha número 2, mas esse número não aparecerá impresso. Observe o exemplo ABAIXO: Sugere-se que haja uma distribuição uniforme dos itens do Sumário na folha de papel. Para isso, as fontes tipo Times New Roman ou Arial poderão ser utilizadas em tamanho 12, 14 ou 16. Sugere-se para o termo ‘sumário’ o alinhamento centralizado e para os itens, o alinhamento justificado. Caso conste Sumário no trabalho, para efeito de numeração de páginas, essa folha será contada, mas não numerada, ou seja, será a folha número 2, mas esse número não aparecerá impresso. Observe o exemplo ABAIXO:

12 APRESENTAÇÃO GRÁFICA SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃOp APRESENTAÇÃO DAS AVES p.03 2 CLASSIFICAÇÃO SUBCLASSES E ORDEMp Morfologiaexterna e funçõesp Morfologia interna e fisiologiap p p p.06 3 p p.08 (...) 5. CONCLUSÃO OU CONSIDERAÇÕES FINAISp REFERÊNCIASP.21

13 3.4 CORPO DO TEXTO: Trata-se do texto propriamente dito. Deverá ser redigido em fonte Times New Roman ou Arial, tamanho 12, possuir alinhamento justificado e espaçamento entre linhas de 1,5 cm. Sugere-se que o texto seja dividido em: Introdução ou Apresentação, Desenvolvimento e Conclusão (ou Considerações finais).

14 a – Introdução ou Apresentação Nesse item o leitor deverá ser informado a respeito do assunto que será tratado no trabalho. A Introdução pode ser o último item a ser escrito, você poderia explicar por que. b) Desenvolvimento Parte principal do texto, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Poderá ser dividida em seções e subseções. Recomenda-se que essas seções sejam numeradas (reveja o ‘Sumário’). O autor deverá descrever os argumentos conforme tiverem sido apresentados na Introdução. c – Conclusão ou Considerações Finais Nesse item, deverá se reafirmar, em síntese, as principais constatações e reflexões que foram apresentadas ao longo do desenvolvimento. Nos comentários finais o autor poderá indicar outros trabalhos sobre o mesmo tema ou temas correlatos.

15 APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO CORPO DE TEXTO Tipo e tamanho da fonte: Times New Roman ou Arial, tamanho 12. Espaçamento entre linhas: 1,5 cm. Alinhamento do texto: justificado. A partir da Introdução (primeira folha do corpo do texto) as folhas deverão ser contadas e numeradas. Esse número aparecerá no canto superior direito.

16 3.5 REFERÊNCIAS REFERÊNCIAS: Elemento obrigatório, elaborado conforme a NBR 6023/2002. As referências correspondem à relação das fontes utilizadas para a elaboração do texto: livros, revistas científicas, jornais, revistas de ampla circulação, vídeos, documentos eletrônicos, CD-ROM etc. Duas mudanças quanto à apresentação gráfica: alinhamento à esquerda e espacejamento simples.

17 4. PROJETOS DE PESQUISA Antes de apresentar seu TCC ou qualquer resultado de pesquisa, o aluno deve mostrar o que e como pretende realizar esta pesquisa por meio de um Projeto de Pesquisa. O projeto deve ser utilizado, também, para outras pesquisas realizadas durante o curso. O projeto é a intenção de executar a pesquisa visando solucionar o problema que levou o investigador a essa proposta. Portanto, ressaltamos que o PRIMEIRO PASSO PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PESQUISA É O PROBLEMA, mesmo que, no projeto, esse não seja o primeiro item, como veremos abaixo. Para a elaboração de um projeto não há regras fixas. Entretanto, algumas etapas são fundamentais para que os objetivos sejam alcançados. As principais etapas na elaboração de um projeto de pesquisa são:

18 Formulação do Problema O ponto de partida para a pesquisa é a formulação do problema. Ao se propor o problema, este deve ser “empírico, suscetível de solução e estar compatível com os meios disponíveis para não se criar uma expectativa, além daquilo que se deseja investigar” (SEVERINO, 2000, p.128). A elaboração de perguntas sobre o tema é uma sugestão para se construir a problematização ou a problemática da pesquisa. (Ver resumo e slide específico, sobre problema e hipótese CAP. III) Objetivos Os objetivos definem o que se quer alcançar com o desenvolvimento da pesquisa e quais são os resultados esperados. Dessa forma, os objetivos dividem-se em: Objetivo Geral: apresenta o contexto mais amplo e abrangente da investigação. Normalmente, ele sintetiza o problema da pesquisa, por exemplo: - Problema  Por que os índices de obesidade infantil crescem a cada ano? - Objetivo geral  Conhecer os fatores mais importantes que tem contribuído para o aumento das taxas de obesidade infantil. Objetivos Específicos  conhecer a qualidade alimentar do lanche oferecido aos alunos das escolas municipais de Araguari/MG. apresentam o detalhamento do problema a ser estudado. Eles devem indicar claramente os limites procedimentais da pesquisa, e, por isso, podem ser convertidos, posteriormente, em passos metodológicos.

19 Título O título é a nominação da pesquisa. Geralmente, um trabalho apresenta um título geral e um título técnico que aparece como subtítulo, especificando a temática abordada. Recomenda-se que “se a pesquisa se realizar em determinado espaço (geográfico) e período (cronológico), estes devem constar do título” (SEVERINO, 2000, p.128). JUSTIFICATIVA A introdução ou justificativa, tem por objetivo conduzir o leitor ao assunto ou problema que deu origem à pesquisa, proporcionando uma visão geral do trabalho a ser realizado. – A introdução também pode ser escrita, considerando quatro questões: a) relevância científica: o que a pesquisa pode acrescentar à ciência onde se inscreve; b) relevância social: que benefícios poderão trazer à comunidade com a divulgação do trabalho; c) interesse: o que levou o pesquisador a propor e escolher o tema; d) viabilidade: quais são as possibilidades concretas desta pesquisa vir a ser realizada (AZEVEDO, 1993, p.64). Os elementos descritos por Azevedo também são designados com justificativas do projeto de pesquisa.

20 IMPORTANTE ESCLARECER É importante esclarecer aos alunos que os objetivos específicos devem ser factíveis. É comum encontrarmos objetivos do tipo “ajudar a população no combate à obesidade infantil”. Que população? Mundial? Uberlandense? De algum bairro em particular? Como fazer isso? Em quanto tempo? Trata-se de uma pesquisa aplicada, ou seja, será possível, durante a pesquisa, realizar alguma intervenção junto à população estudada? São questões que devemos colocar aos alunos para que percebam que tal ação precisa ser melhor delineada.

21 ALGUNS VERBOS Alguns verbos que poderão ser usados na elaboração de objetivos específicos nos projetos de pesquisa: Acompanhar; adquirir; analisar; aplicar; apontar; apresentar; arrolar; assinalar; assistir; avaliar; caracterizar; citar; classificar; colocar; comparar; compor; correlacionar; construir; criticar; definir; demonstrar; descrever; desenhar; destacar; determinar; elaborar; escrever; especificar; estabelecer; examinar; explicar; fazer; formular; identificar; ilustrar; indicar; informar; interpretar; investigar; justificar; listar; localizar; mostrar; ordenar; organizar; planejar; preparar; propor; quantificar; reconhecer; relacionar; reorganizar; reunir; selecionar; sintetizar; sistematizar; transcrever. (JOSÉ et al, 1983, p.33

22 Revisão de literatura Este item do projeto de pesquisa representa o momento em que o pesquisador procura conhecer o que já foi produzido sobre o tema, através de um rigoroso levantamento bibliográfico. A leitura é de fundamental importância nesta etapa porque vai definir o quadro teórico que permitirá o desenvolvimento da pesquisa. Metodologia da Pesquisa É o “caminho” a ser percorrido na pesquisa. Nesta etapa, também conhecida como procedimentos metodológicos, o pesquisador, após ter caracterizado o problema, elaborado os objetivos e definido o quadro teórico, vai delinear os procedimentos (métodos) e as técnicas (materiais e instrumentos) a serem seguidos na pesquisa, com base nos objetivos específicos. Características e localização da área da pesquisa No projeto, este item é relevante quando a pesquisa se insere em um determinado local. Nesse caso, a localização, a delimitação e a caracterização da área, e também uma justificativa da escolha daquele local, são elementos importantes para auxiliar na compreensão do problema que originou a pesquisa. Entretanto, se as informações sobre a localização da área da pesquisa, a delimitação temporal e espacial e as características forem consideradas na Introdução do projeto, não há necessidade de destacar este item, em separado.

23 3.8 Cronograma A delimitação do tempo, inicial e final, da pesquisa é importante porque demonstra a duração de cada item necessário ao desenvolvimento do plano. O cronograma pode ser organizado de forma mensal, bimestral, trimestral, semestral. A organização dos itens que compõem o cronograma vai depender do tipo de pesquisa proposta. A sugestão apresentada tem por objetivo auxiliar o pesquisador na organização de seu cronograma. Exemplo de cronograma: AÇÕES/MESES JAN MAR MAIJUN Elaboração e entrega do projeto X Levantamento bibliográfico X Pesquisa de campo X Análise dos dados X Redação do TCC X Apresentação do TCC à banca

24 Orçamento O orçamento, ou previsão de custos, deve constar no projeto de pesquisa, se houver solicitação de recursos. Assim, é importante considerar gastos com pessoal e com materiais (de consumo e/ou permanentes) para a realização da pesquisa. Vale ressaltar que os pesquisadores que não irão encaminhar seus projetos de pesquisa para agências de fomento, a exemplo da CAPES, CNPq, FAPEMIG, FUNADESP e outras, poderão suprimir esse item. Referências: visto anteriormente Na conclusão final da pesquisa as referências serão acrescidas de outras obras. Apêndice(s) Elemento opcional. O(s) apêndice(s) são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos apêndices, quando esgotadas as letras do alfabeto. Exemplo: APÊNDICE A – Avaliação numérica de células inflamatórias totais aos quatro dias de evolução APENDICE B – Avaliação de

25 Anexo(s) Elemento opcional. Os anexos são identificados por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelos respectivos títulos. Excepcionalmente utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos apêndices, quando esgotadas as letras do alfabeto. Exemplo: ANEXO A – Representação gráfica de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração ANEXO B – Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração Índice Elemento opcional, elaborado conforme a NBR Os índices são normalmente remissivos, ou seja, ao se definir um tema, o índice aponta todas as páginas em que o mesmo aparece no trabalho. Exemplo: DIETAS INFANTIS RECOMENDADAS: p. 03, p. 36, p. 70, p. 178.

26 ESTRUTURA DE UM PROJETO Capa Folha de rosto Sumário Justificativa Problematização Objetivo geral Objetivo específico Hipótese Revisão da literatura ou Marco teórico Metodologia utilizada ou Método e procedimentos metodológicos Cronograma Referências


Carregar ppt "III - ORIENTAÇÕES AO TCC Profª. Onísia Carmen Stoinski Póvoas – fone 3210-5744 Site:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google